A WWE transmitiu esta terça-feira mais uma edição do NXT 2.0 na USA Network, a partir do Capitol Wrestling Center em Orlando, Flórida, rumo ao especial Spring Breakin’ do próximo dia 3 de Maio.

Resultados

– Tiffany Stratton venceu Sarray
– Grayson Waller venceu Sanga
– Legado Del Fantasma (Joaquin Wilde & Cruz Del Toro) venceram Drake & Gibson
– Carmelo Hayes venceu Santos Escobar
– Natalya venceu Tatum Paxley
– Xyon Quinn venceu Wes Lee
– Roxane Perez venceu NXT Women’s Tag Team Champion Jacy Jayne
– NXT Tag Team Champions Pretty Deadly (Elton Prince & Kit Wilson) venceram Duke Hudson & Dexter Lumis

Report

O NXT abriu com os novos NXT Tag Team Champions Pretty Deadly a vangloriarem-se da sua conquista, tendo até dito que venceram quatro das melhores equipas do NXT. Os novos campeões foram interrompidos por James Drake & Zack Gibson, que afirmaram que queriam uma hipótese pelos títulos. No entanto, o Legado Del Fantasma apareceu e atacaram os dois britânicos, numa brawl que foi parada por vários árbitros.

Quem aproveitou esta confusão para vir ao ringue foi o NXT Champion Bron Breakker, que exigiu que Joe Gacy também aparecesse, mas este só apareceu em todos os ecrãs LED do Capitol Wrestling Center, a dizer para o campeão vir à sua procura.

A seguir tivemos imagens de uma promo de Santos Escobar que aconteceu no último sábado, em que afirmou que o lugar de Carmelo Hayes é no fim da fila. Já o ex-NXT North American Champion explicou que o líder do Legado Del Fantasma até poder ser bom, mas ele vai vencê-lo e em breve vai acabar com o sonho de Cameron Grimes.

– Tiffany Stratton venceu Sarray: A lutadora japonesa entrou com a sua técnica para dominar a rival, mas a “menina do papá” de forma agressiva virou o ímpeto a seu favor.

Tiffany Stratton dominou durante alguns minutos, mas cometeu o erro de tentar trocar strikes com Sarray, que até parecia encaminhada para a vitória, mas no final, a riquinha acertou a sua Spinning Vader Bomb e conquistou a vitória neste opener.

Nos bastidores, tivemos o NXT Champion Bron Breakker à procura de Joe Gacy, mas este só encontrou a jaula onde o seu pai esteve preso.

Continuando no backstage, os NXT Tag Team Champions Pretty Deadly tentaram arrastar a asa a Persia Pirotta e Indi Hartwell, com as duas a aproveitarem-se disso para convencerem os campeões a enfrentar a dupla de Dexter Lumis & Duke Hudson.

A seguir tivemos Grayson Waller a culpar Sanga por não ser campeão, mas foi interrompido por Andre Chase e Bohdi Hayward, sendo que Sanga veio atrás do seu patrão, tendo este fugido até ao ringue.

– Grayson Waller venceu Sanga: Sanga entrou de forma implacável neste embate e dominou o australiano durante vários minutos, isto até que fora do ringue este virou o ímpeto a seu favor com batota e depois com o seu Stunner “roubou” a vitória ao seu ex-guarda-costas.

Em seguida tivemos um video package de Cora Jade a falar sobre Natalya, rasgando uma fotografia das duas.

O video package que vimos a seguir foi a promover a estreia de Roxane Perez no NXT, que acontecerá na próxima semana. Esta foi entrevistada, mas rapidamente interrompida pelas Toxic Attraction, que chatearam a nova lutadora e desafiaram-na para antecipar a sua estreia para esta noite.

– Legado Del Fantasma (Joaquin Wilde & Cruz Del Toro) venceram Drake & Gibson: Os Legado Del Fantasma usaram a sua velocidade para dominar, sendo que os dois britânicos foram fazendo batota para ter algum controlo. Só que no final, a dupla de Joaquin Wilde & Cruz Del Toro meteu a quinta mudança e acabaram por conquistar a vitória.

Nos bastidores, Wes Lee estava a falar de como a sua vida está um caos, mas foi interrompido por Xyon Quinn, que o ameaçou e assim ficou marcado o combate entre eles.

– Carmelo Hayes venceu Santos Escobar: Santos Escobar entrou melhor neste embate e Carmelo Hayes só conseguiu virar o ímpeto a seu favor depois de uma distração de Trick Williams.

O antigo NXT North American Champion dominou durante vários minutos, mas o líder do Legado Del Fantasma foi equilibrando com o passar do tempo, o que fez com que o cansaço fosse cada vez mais visível.

Quando Santos Escobar estava no controlo, Trick Williams distraiu o árbitro, o que fez com que dois homens de fato atacassem o lutador com um pé de cabra, o que abriu espaço para Carmelo Hayes acertar o seu Axe Kick da terceira corda e assim garantir a vitória.

Quando o combate terminou, Carmelo Hayes desafiou o NXT North American Champion Cameron Grimes para um combate no Spring Breakin’, e o campeão apareceu e aceitou o desafio. O segmento terminou com Solo Sikoa a atacar Trick Williams e Carmelo Hayes, antes de ter um cara a cara com Cameron Grimes, mostrando assim que também quer o título.

Ainda pelos corredores do Capitol Wrestling Center, vimos o NXT Champion Bron Breakker à procura de Joe Gacy, tendo entrado numa sala cheia de espelhos, onde viu o seu rival, mas afinal este não estava lá.

No centro de treinos da Diamond Mine, Roderick Strong afirmou que sabe que está numa fase má da sua carreira, mas que as coisas irão mudar e ele irá fazer de todos os que não concordarem com a sua visão da Diamond Mine, seus inimigos. Malcolm Bivens não se mostrou muito interessado nesta conversa.

– Natalya venceu Tatum Paxley: De forma algo inesperada, a jovem lutadora entrou melhor neste embate, sendo que só fora do ringue é que Natalya teve algum domínio. A veterana controlou durante alguns minutos, mas Tatum Paxley quase surpreendeu a adversária. No final, Natalya conseguiu aplicar o seu Sharpshooter e venceu este combate.

A seguir tivemos um video package a promover a estreia de Nathan Frazer ao NXT para a próxima semana.

No balneário, tivemos Duke Hudson a tentar discutir tácticas com Dexter Lumis, mas o australiano acabou por perder a cabeça com o seu novo parceiro de equipa.

– Xyon Quinn venceu Wes Lee: O antigo membro dos MSK entrou a 100 à hora, mas quando Xyon Quinn conseguiu colocar a sua força em jogo, acabou por dominar sem problemas e com a sua cotovelada em corrida venceu este embate.

Nos bastidores, Natalya estava a dizer que atacou Cora Jade em auto-defesa, mas foi interrompida por Nikkita Lyons, que deixou um aviso à veterana. A “Queen of Harts” ameaçou a jovem para esta se lembrar destas palavras quando estivesse presa no Sharpshooter, mas Nikkita Lyons desvalorizou a ameaça dizendo que tem bastante flexibilidade.

– Roxane Perez venceu NXT Women’s Tag Team Champion Jacy Jayne: Roxane Perez mostrou toda a sua técnica para dominar os minutos iniciais desta sua estreia, sendo que quando Jacy Jayne estava no controlo, tivemos Wendy Choo a aparecer no titantron, onde mostrou ter remodelado o Toxic Lounge. Isto causou a distração necessária para a estreante conquistar a vitória com um Code Red.

No parque de estacionamento do Capitol Wrestling Center, os Legado Del Fantasma preparavam-se para ir embora, mas o seu carro estava bloqueado, e havia um peixe numa folha de jornal em cima do capot, no que é uma clara mensagem por parte de Don D’Angelo.

– NXT Tag Team Champions Pretty Deadly (Elton Prince & Kit Wilson) venceram Duke Hudson & Dexter Lumis: De forma inesperada, Dexter Lumis & Duke Hudson entraram melhor neste main event e dominaram os campeões durante vários minutos, mas a dupla de Elton Prince & Kit Wilson conseguiu virar o ímpeto a seu favor e ficar no domínio por mais tempo.

Quando Duke Hudson parecia que ia ter hipótese para fazer o tag, os Pretty Deadly conseguiram evitar isso com alguma batota e no final conquistaram a vitória para assim reter os NXT Tag Team Championships.

Assim que o combate terminou, tivemos Joe Gacy a aparecer e não demorou muito até que Bron Breakker viesse atrás do seu rival. O sinistro lutador disse que devolve o anel do Hall of Fame que pertence ao pai do NXT Champion, se este lhe der um combate pelo título, algo que o campeão aceitou sem problemas.

O NXT terminou com Joe Gacy a empurrar Bron Breakker da plataforma onde estavam, e vários homens encapuçados rodearam o campeão, no que foi um final bastante estranho do programa.


O que achaste deste WWE NXT?

4 Comentários

  1. Só vim para ver se estava tudo bem com o Rick Steiner e nada, é vergonhoso a atuação da polícia do USA, um homem foi raptado.
    Pelo que vejo recriaram a cena do Warrior a aparecer no espelho, desta vez com o Joe Gacy. O Vince Russo deve estar a adorar ver nxt 2.0

  2. Anónimo2 meses

    Ótimo combate entre Santos Escobar e Carmelo Hayes. O Triple Threat Match pelo NXT North American Championship promete.

  3. Gostei:
    – Celebração dos Pretty Deadly, com interrupções dos Grizzled Young Veterans e Legado Del Fantasma, terminando com bulha entre estas 2 tag teams. A isto segue-se uma promo de Bron Breakker, interrompida também por Joe Gacy. Foi um começo de show caótico, no bom sentido, envolvendo de imediato 2 feuds. Para mim, o destaque foram os GYV, finalmente a mostrarem frustração pelo sua pobre utilização.
    – Tiffany Stratton vs Sarray. Para o que tivemos, até foi um combate sólido. Espero que este seja o fim da feud, dado que já passou o seu prazo de validade.
    – Legado del Fantasma vs Drake & Gibson. Portanto retiraram-lhes o 1º nome e o nome de tag team… para um combate que nem passou a marca dos 4 minutos, foi divertido de se assistir. Bom trabalho por parte dos 4.
    – Carmelo Hayes vs Santos Escobar. Um ótimo combate, com várias sequências divertidas de assistir. Teria considerado o combate ainda melhor não fosse o final fraco.
    – Pretty Deadly (c) vs Lumis & Hudson. Foi um main event sólido o suficiente. Não esperava melhor, mas também não esperava coisas más.
    – Segmento final entre Bron Breakker e Joe Gacy. Acho que o melhor que posso dizer sobre este segmento é: foi tão mau que chega a ser bom. Não digo mais.

    Não Gostei:
    – Grayson Waller vs Sanga. Isto foi uma squash prolongada para o Sanga, com o Waller a reverter o ímpeto do gigante no final. Não teve nada demais por aqui.
    – Tatum Paxley vs Natalya. Isto é o teu típico combate da Natalya; muito técnico, só que pouco divertido de se assistir.
    – Xyon Quinn vs Wes Lee. Vou aproveitar a chance aqui para dizer: o despedimento do Nash Carter é parvo como tudo. Se a foto é má? É. Mas não sabemos o contexto da foto, para além de ter sido há imensos anos. Tragam o rapaz de volta e reúnam os MSK. O combate em si também teve pouco de substância.
    – Jacy Jayne vs Roxanne Perez. Um combate fraco para estrear a ex-Rok-C no NXT 2.0. Durou pouquíssimo tempo e ainda terminou com uma distração…

    Overall: 6/10. Foi um show algo caótico… O único destaque vai mesmo para Hayes vs Escobar, apesar do mau final. Pela negativa, a pobre forma como o combate de estreia da ex-Rok-C foi bookado. O restante do show pareceu ter sido feito à pressa.

  4. El Cuebro2 meses

    O Gacy arranjou mais seguidores agora é? Está me lembrando uma versão genérica do Bray Wyatt, mas até gostei do segmento dele jogando o Bronson do topo ali, no mais alguma coisa estava acontecendo no show que vários botches aconteceram hein, na luta do Wes contra o Xyon, na luta da Natalya, também na luta dos Veterans e na do Carmelo, aquela Tiffany é muito fraca no ringue também, só grita e não luta certo, ela obriga a Sarray a tentar seguir ela pelo ringue, Diamond Mine sem o Malcolm também, pode ser interessante, acho que o Strong não mudará de brand tão cedo e a qualidade do show podia ser melhor, mas até gostei por exemplo do main event, os Pretty Deadly são uma ótima dupla, mas Lumis e Hudson foram muito bem, boa estreia da Rok-C também, logo veremos a Rita em ação com sua dupla com a Yulisa, vamos ver o que virá!