O nosso YouTube está de volta. Subscreve!
Frank casino

A WWE transmitiu esta quarta-feira mais uma edição do NXT na USA Network, novamente em concorrência direta com o AEW Dynamite. Esta foi transmitida a partir do Performance Center e antecede edições especiais que terão combates que estavam previstos acontecer no NXT TakeOver.

Resultados

– Tyler Breeze venceu Austin Theory
– Killiain Dain venceu Tehuti Miles
– Cameron Grimes venceu Tony Nese
– Io Shirai venceu Aliyah
– Oney Lorcan & Danny Burch venceram Shane Thorne & Brendan Vink
– Candice LeRae venceu Kayden Karter
– NXT Tag Team Champion Matt Riddle venceu Roderick Strong

Report

Tyler Breeze venceu Austin Theory. O primeiro combate da noite começou de forma equilibrada, com bastante wrestling técnico, mas o jovem Austin Theory ganhou o domínio nos minutos seguintes.

Esse domínio durou vários minutos, porém a experiência de Tyler Breeze conseguiu mantê-lo sempre dentro do combate. O “Prince Pretty” acabou por aproveitar a confiança demasiado alta de Austin Theory para, com o Beauty Shot, vencer o combate.

Killian Dain venceu Tehuti Miles. No segundo combate da noite, Killian Dain não teve problemas em dominar o seu adversário e a vitória chegou depois de uma Vader Bomb.

Cameron Grimes venceu Tony Nese. A seguir tivemos o ex-Cruiserweight Champion Tony Nese no NXT, a defrontar Cameron Grimes. Apesar de Tony Nese até ter dominado os primeiros momentos do combate, Cameron Grimes garantiu o domínio e não mais o largou até garantir a vitória com o seu Cave In.

Io Shirai venceu Aliyah. O combate deveria ter sido entre Aliyah e Xia Li, naquele que era o primeiro combate de qualificação para o Ladder Match que definirá a próxima candidata principal ao NXT Women’s Championship. Só que foram mostradas imagens da lutadora chinesa lesionada no backstage do Performance Center.

Porém, Io Shirai fez o seu regresso e lutou no lugar de Xia Li. A lutadora japonesa acabou por não ter problemas em vencer Aliyah, tendo garantido o pin com o seu patenteado Moonsault.

Em seguida, na primeira promo da noite, o NXT North American Champion Keith Lee veio ao ringue e explicou que tem de pedir desculpa a Dominik Dijakovic, depois de o ter atacado a última vez que tiveram em ringue. Dominik Dijakovic dirigiu-se ao ringue e afirmou que não quer uma desculpa, mas sim um combate pelo título.

Damian Priest também apareceu em cena e afirmou que também quer um combate pelo título, o que abriu uma brawl entre os três “grandalhões”. A brawl foi ganha por Dominik Dijakovic, que mais uma vez colocou o seu corpo em risco para deitar abaixo os seus adversários.

Fora do Performance Center e à beira da sua piscina estava o NXT Champion Adam Cole, que explicou que Velveteen Dream ainda não ganhou a sua hipótese de lutar contra ele, e que para isso acontecerá terá de vencer primeiro Bobby Fish. O combate ficou marcado para a próxima semana.

Oney Lorcan & Danny Burch venceram Shane Thorne & Brendan Vink. No único Tag Team Match da noite, a dupla de Shane Thorne & Bredan Vink, que já tinha lutado no último Raw, voltou a estar em ação e até dominaram os primeiros minutos do combate.

Porém, a maior química de Danny Burch & Oney Lorcan fez-se notar e quando assumiram o controlo do combate só pararam quando fizeram os seus dois adversários desistir, para assim ganhar o combate.

Candice LeRae venceu Kayden Karter. No segundo combate de qualificação para para o Ladder Match que definirá a próxima candidata principal ao NXT Women’s Championship, Kayden Karter e Candice LeRae enfrentaram-se num combate equilibrado. No final, Candice LeRae mostrou estar um patamar acima da adversária e fê-la desistir, para assim ganhar a hipótese de se tornar a próxima candidata ao título feminino.

Matt Riddle venceu Roderick Strong. No último combate da noite, Matt Riddle e Roderick Strong começaram o combate como se de uma luta de jiu-jitsu se tratasse, tentando fazer o seu adversário desistir para provar quem era o lutador mais técnico dos dois. Porém, como seria de esperar, rapidamente as coisas escalaram e socos e pontapés começaram a estar na ordem do dia, com o “Messiah of the Backbreaker” a levar a melhor nos minutos seguintes. O final foi equilibrado e com várias false finishes, mas foi Matt Riddle com o Bro Derek a sair vencedor do combate.

Já depois do combate, Matt Riddle foi atacado por dois lutadores estreantes no NXT.

Depois do ataque, Malcolm Bivens veio ao ringue e sem dizer o nome dos seus clientes afirmou que estávamos perante o futuro da divisão de Tag Team do NXT.

No último segmento da noite tivemos Triple H em ringue, mas “The Game” foi rapidamente interrompido por Tommaso Ciampa que queria Johnny Gargano. Triple H chamou então “Johnny Wrestling” ao ringue.

Já com os dois rivais no ringue, Triple H explicou que não queria violência, até porque eles só ainda estão no NXT por sua causa, porque por William Regal tinham sido os dois despedidos.

Os dois lutadores constantemente interromperam Triple H e por muito que o criador do NXT tentasse explicar que sabia o que se estava a passar com eles e que o combate deles merece o maior palco possível, Tommaso Ciampa e Johnny Gargano só querem provar quem é o melhor o mais rapidamente possível. Ficou assim marcado que, daqui a duas semanas, os dois lutadores irão enfrentar-se uma última vez para provar quem é o melhor.

Porém, o episódio acabou de forma surpreendente, pois ainda com os três no ringue, um vídeo no titantron começou a ser transmitido e assinalou a chegada de Killer Kross ao NXT.

O que achaste do WWE NXT desta semana?

13 Comentários

  1. Pedro Araújo2 semanas

    Porque é que o Nxt está cheio de combates e o Raw e Smackdown apenas promos?

    • Porque para fazer promos os wrestlers precisam de personalidade.

    • DougHC2 semanas

      Curioso quase todos do Raw e smack foram do NXT um dia

    • Muitos deles foram quando o Dusty Rhodes estava lá, ou em melhores palavras, quando aquilo prestava.
      Os que estavam lá recentemente estavam a lutar, não a fazer promo, por exemplo o Ricochet

    • Beatriz Lynch2 semanas

      “Os que estavam lá recentemente estavam a lutar, não a fazer promo, por exemplo o Ricochet” E deu no que deu no main roster, personalidade, mic skills e um bom storytelling é mais importante do que apenas fazer cambalhotas.

    • Hunter2 semanas

      DougHC e Beatriz Lynch não adianta querer argumenta contra “MR. WRESTLING BIO”, ele sabe de tudo enquanto os outros não sabem de nada, estaõ a perder seus tempos com ele.

    • Rolling Cutter2 semanas

      Wesley não querendo ser rude porém já sendo, mas se você não gosta do nxt porque comenta ? sério, isso é uma coisa que nunca irei entender, se você não gosta de algo a tendencia que você se afaste e não que se aproxima-se a mais, se é por causa da quarentena. Vale mesmo perder seu tempo mesmo na quarentena com ALGO QUE NÃO LHE AGRADA ? HAHAHAHAHA!!! tenha paciência.

  2. Antonio2 semanas

    Eai , não queriam combates de qualidade? Toma !

    Grande NXT, combates sensacionais 👏🏽👏🏽👏🏽👏🏽👏🏽👏🏽👏🏽👏🏽

  3. Gostei bastante deste NXT, finalmente alguns combates de jeito em TV e alguns segmentos muito apelativos. Estou curioso pelos resultados das ratings desta semana…
    Destaco o bom opener e o main event sólido, bem como o saudado regresso de Io Shirai (já estava a ver que não voltava como escrevi no artigo da preview do episódio) e as estreias in-ring e via trailer daquela dupla da Índia e de Killer Kross, respectivamente.

  4. Carlos2 semanas

    sera que Tommaso Ciampa e Gargano vao lutar na Wrestlemania ?

    • Anónimo2 semanas

      Não faço ideia, o card já estava quase todo fechado. Acho que se eles fossem lutar na Wrestlemania, já deviam ter promovido o combate.

  5. Anónimo2 semanas

    Foi um bom NXT, gostei bastante.

  6. Jerry Tyler2 semanas

    Interessante o debut dos indianos e uma vignette do Dexter Lumis. Acredito que após o Takeover viria, ou ainda venha uma nova safra para o NXT. E com essa nova vignette, me fez lembrar do Arturo, espero que ele ainda esteja em pauta do programa.