A WWE transmitiu esta terça-feira na USA Network e a partir do Capitol Wrestling Center, mais uma edição do NXT, numa altura em que ainda não temos mais nenhum especial ou TakeOver anunciados.

Resultados

– Mercedes Martinez venceu Dakota Kai (por desqualificação)
– Zayda Ramier venceu Toni Storm
– Bronson Reed venceu Austin Theory
– Imperium (Fabian Aichner & Marcel Barthel) venceram Drake Maverick & Killian Dain
– Legado del Fantasma (Santos Escobar, Joaquin Wilde & Raul Mendoza) venceram NXT Cruiserweight Champion Kushida & NXT Tag Team Champions MSK (Nash Carter & Wes Lee)

Report

– Mercedes Martinez venceu Dakota Kai (por desqualificação): Mercedes Martinez entrou melhor neste combate de abertura do NXT, mas Dakota Kai aguentou a ofensiva da veterana e conseguiu colocar-se no controlo. O seu domínio durou vários minutos, mas a adversária conseguiu sobreviver e quando pôde virou o ímpeto a seu favor, em especial depois de um belo Butterfly Suplex.

Fora do ringue, Mercedes Martinez e a NXT Women’s Champion Raquel González tiveram um desentendimento e, nas costas da árbitra, a campeã tentou atacar a veterana, que acabou por levar a melhor.

Já dentro do ringue, Mercedes Martinez parecia que ia vencer o combate, mas a NXT Women’s Champion perdeu as estribeiras atacou de forma bastante agressiva a sua nova rival, levando então à desqualificação.

Nos bastidores, as NXT Women’s Tag Team Champions Shotzi Blackheart & Ember Moon estavam a falar da sua rivalidade com os The Way e do seu combate contra a Robert Stone Brand (Aliyah & Jessi Kamea), quando receberam um ramo de flores cada uma.

Franky Monet e o seu cão apareceram neste segmento e a nova lutadora do NXT afirmou que no cartão dizia que tinha sido Dexter Lumis a enviar as flores, algo que deixou as campeãs a não querer os ramos de flores.

A seguida tivemos imagens de Cameron Grimes numa joalheria, mas ainda não se sabe o que o ricaço do NXT vai comprar.

No ringue tivemos os Grizzled Young Veterans (James Drake & Zack Gibson) a queixarem-se por os NXT Tag Team Champions MSK (Nash Carter & Wes Lee) não defenderem os seus títulos contra eles e que vão ser eles os próximos campeões de equipas.

Porém, os dois foram interrompidos por Tommaso Ciampa e Timothy Thatcher, que afirmaram que eles até têm algumas parecenças, sendo que Timothy Thatcher até começou o cântico típico que era muito comum no Reino Unido para chatear Zack Gibson. Foi então que Tommaso Ciampa, que já tinha a sua bota na mão, atacou os Grizzled Young Veterans, que tiveram de fugir.

Nos bastidores tivemos Drake Maverick e Killian Dain a serem entrevistados, com Drake Maverick a afirmar com certeza que Killian Dain vai traí-lo no combate contra os Imperium, mas este garantiu-lhe que isso não ia acontecer.

Foi transmitido um novo video package sobre o grupo chinês Tian Sha.

No estúdio de Isaiah “Swerve” Scott, este afirmou que está orgulhoso de Leon Ruff por este ter tido coragem de o atacar e que por isso o desafia para um Falls Count Anywhere Match.

Ainda antes do próximo combate começar, Toni Storm pegou no microfone e insultou Zoey Stark e disse que vai acabar com ela quando voltarem a lutar.

– Zayda Ramier venceu Toni Storm: Toni Storm dominou desde cedo e sem problemas usando a sua maior força e experiência para destruir a sua adversária, e quando parecia que ia vencer, Zoey Stark apareceu e distraiu a sua rival. Esta acabou por levar alguns strikes de Zayda Ramier, que acabou por acertar um belo Shooting Star Press e assim venceu este combate de forma surpreendente.

Nos bastidores, o Legado del Fantasma foi entrevistado e os três mostraram-se focados para vencerem o Six-Man Tag Team Match desta noite, contra o NXT Cruiserweight Champion Kushida & NXT Tag Team Champions MSK (Nash Carter & Wes Lee).

No backstage, tivemos LA Knight a falar da sua vitória contra Dexter Lumis e que quando este desapontar Indi Hartwell, ela pode vir falar com ele.

– Bronson Reed venceu Austin Theory: A força de Bronson Reed foi bem patente nos minutos iniciais deste combate, pois não havia nada que Austin Theory conseguisse fazer que dominasse o “Colossal”. No entanto, depois de alguma distracção nas costas do árbitro, Austin Theory com a ajuda do NXT North American Champion Johnny Gargano conseguiu virar o ímpeto a seu favor e assim começou a dominar.

Depois de alguns minutos de domínio, o jovem lutador dos The Way acabou por ser apanhado na força absurda de Bronson Reed, que voltou a virar o combate do avesso. Os minutos finais viram os dois lutadores a terem várias quase vitórias e Dexter Lumis apareceu e tentou “conversar” com Indi Hartwell. Quando esta já estava dentro do ringue, Dexter Lumis salvou a sua amiga de levar com Austin Theory.

Toda esta confusão deu o espaço que Bronson Reed precisava para acertar uma Lariat no seu adversário, antes de acertar o seu Tsunami da terceira corda e assim vencer este combate.

Com esta vitória, Bronson Reed ganhou a hipótese de voltar a lutar pelo NXT North American Championship de Johnny Gargano.

Nos bastidores, os NXT Tag Team Champions MSK (Nash Carter & Wes Lee) e o NXT Cruiserweight Champion Kushida foram entrevistados, com os campeões de equipas a mostrar o seu apreço pelo japonês, onde mostraram vontade de hoje juntarem-se a ele para vencerem o Legado del Fantasma.

Noutra zona do Capitol Wrestling Center tivemos Johnny Gargano e Candice LeRae a tentar convencer Indi Hartwell que tudo isto é culpa de Dexter Lumis, que ainda por cima agora está a fazer olhinhos a Shotzi Blackheart e Ember Moon.

Foi anunciado que Finn Bálor foi de férias, mas que voltará ao NXT já na próxima semana.

– Imperium (Fabian Aichner & Marcel Barthel) venceram Drake Maverick & Killian Dain: Killian Dain usou a sua força para dominar nos primeiros momentos, o problema foi quando Drake Maverick entrou em ringue, este tentou usar a sua velocidade, mas acabou por ser completamente dominado pelos Imperium.

O domínio a Drake Maverick durou vários minutos, mas já se sabe que o carismático lutador tem uma resistência incrível e foi sobrevivendo. Quando este ia fazer o tag, Marcel Barthel tirou Killian Dain do apron, o que irritou o grandalhão deste combate.

A confusão instalou-se, em especial fora do ringue, quando Alexander Wolfe hesitou em atacar o seu ex-parceiro, mas mesmo assim, no meio de tudo isto, os Imperium conseguiram com o seu golpe final vencer este combate.

A seguir tivemos Pete Dunne a voltar a afirmar-se como o lutador mais duro do NXT e que seja qual for o campeão, este está avisado sobre si. Pete Dunne terminou dizendo que quem discordar que ele é o lutador mais duro do NXT, pode tentar provar o contrário.

De novo com Cameron Grimes na joalheria e depois deste estar super-feliz por ter escolhido um relógio de ouro, tivemos o “Million Dollar Man” Ted DiBiase a dizer que aquele até pode ser um bom relógio, mas não tão bom como o seu. O segmento terminou com Cameron Grimes irritadíssimo com o WWE Hall of Famer.

Ainda antes do próximo combate começar, tivemos Candice LeRae e Indi Hartwell a atacar as NXT Women’s Tag Team Champions Shotzi Blackheart e Ember Moon, um ataque que só foi parado por vários árbitros.

Logo a seguir tivemos uma entrevista a Adam Cole, que começou por dizer que a 100% ou não, é melhor que todo o roster do NXT, e que tem carregado a Undisputed ERA e a brand amarela nestes últimos quatro anos.

Adam Cole afirmou em seguida que Kyle O’Reilly não está preparado para ser o principal lutador do NXT. Depois, o ex-campeão começou a falar do NXT Champion Karrion Kross e explicou que este até é bom, mas quando tiver de enfrentar Adam Cole, vai perder.

O segmento terminou com Adam Cole a insultar o entrevistador, Arash Markazi.

Logo a seguir tivemos imagens de Kyle O’Reilly a ver a entrevista e a simplesmente abanar a cabeça.

Depois foi transmitido um video package de algo chamado Diamond Mine, que parece ser algo relacionado com MMA.

– Legado del Fantasma (Santos Escobar, Joaquin Wilde & Raul Mendoza) venceram NXT Cruiserweight Champion Kushida & NXT Tag Team Champions MSK (Nash Carter & Wes Lee): O trio de campeões entrou de forma dominante neste main event, sendo que a sua velocidade e trabalho de equipa colocou o Legado del Fantasma em apuros.

No entanto, o trio liderado por Santos Escobar conseguiu isolar Nash Carter e assim começaram a dominar este Six-Man Tag Team Match durante alguns minutos.

Quando Nash Carter conseguiu finalmente fazer o tag a Kushida, este mostrou porque é um dos lutadores mais explosivos do mundo e virou o combate do avesso. O caos ficou mais do que instalado, sendo que fora do ringue, Santos Escobar acertou uma Powerbomb em Kushida que fez este atravessar a mesa de comentadores.

Wes Lee acabou por ficar sozinho contra o Legado del Fantasma e o lutador foi sobrevivendo a tudo o que lhe iam fazendo. Mesmo já com Nash Carter em ringue e com Kushida a tentar ajudar, Wes Lee acabou por sofrer um Phanton Driver de Santos Escobar e Joaquin Wilde Raul Mendoza fizeram o seu golpe de equipa para vencerem o combate.

O NXT terminou com o Legado del Fantasma a segurar os títulos dos MSK e Kushida.


O que achaste do WWE NXT desta semana?

12 Comentários

  1. Devil2 semanas

    Ta seguindo a receita do raw…

  2. Zickelous2 semanas

    É bem surpreendente as derrotas que a Toni Storm vem tendi ultimamente

    • Devil2 semanas

      Será que estão usando ela como jobber pea subir ela pro smck ou raw, já que contrataram duas novas semana passada? Algumas passaram por isso.

  3. JOAOPEDROOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO2 semanas

    O NXT devia de voltar a ser apenas uma hora. O show era muito melhor.

  4. Facebook Profile photo

    Gostei do Show principalmente a segunda metade que foi mais intensa.

  5. Coitado do Lumis, foi rejeitado esta semana.

  6. Foi um bom show.
    Destaques:
    -Bom combate a abrir o show entre a Dakota e a Mercedes.
    -Segmentos engraçados a envolver o Cameron Grimes.
    -Boa entrevista do Cole
    -Bom main event.

  7. Episódio decente por parte do NXT. Destaco os segmentos entre Cameron Grimes e Ted DiBiase (que saudades do seu mítico riso) e entre Grizzled Young Veterans e Tommaso Ciampa & Timothy Thatcher (“shoes off” xD) e o bom combate de trios que fechou o programa.

  8. Gostei:
    – Austin Theory vs Bronson Reed.
    – Drake Maverick & Killian Dain vs IMPERIUM. Ambas as equipas contaram uma boa história ao longo do combate. Aquele pequeno detalhe do Wolfe a não querer acertar com a cadeira no Dain foi dourado.
    – Segmento entre Cameron Grimes e Ted DiBiase.
    – Ataque dos The Way a Ember Moon e Shotzi Blackheart.
    – Entrevista do Adam Cole.
    – Dakota Kai vs Mercedes Martínez. O combate foi bom, mas a decisão para uma DQ não foi a melhor.
    – Raquel Gonzalez ataca Mercedes Martínez.
    – Promo dos Grizzled Young Veterans e Ciampa & Thatcher. A respetiva brawl após foi boa.
    – Isaiah ”Swerve” Scott com um segmento muito bom.
    – Toni Storm vs Zayda Ramier. Bom combate. O Shooting Star Press da Zayda foi espetacular.
    – Entrevista do LA Knight e interrupção dos Ever-Rise.
    – Legado del Fantasma vs KUSHIDA & MSK. Este main event foi um caos, no bom sentido. Legado del Fantasma tiveram muito bem, destaque para a equipa adversária, em especial Wes Lee.

    Não Gostei:
    – Nada.

    Overall: 7/10. Bons combates, continuação do bom build para combates futuros. A aparição do DiBiase foi boa! Só não dou uma nota mais alta devido a combates a acabarem com distrações/DQ/nem sequer começar.

  9. Bom NXT.
    Destaco:
    – bom main event
    – bom segmento do Adam Cole e o que envolveu o Grimes

  10. Anónimo2 semanas

    Mais um bom NXT. Boa entrevista com o Adam Cole, e bom main event.

  11. Foi um NXT agradável, superior ao da semana passada.

    Destaco pela positiva:

    – Feud da Raquel Gonzalez vs Mercedes, ainda bem que a Mercedes não continuou nos RETRIBUTION. É obvio que a campeã vai reter o título mas a Mercedes é uma oponente credível.

    – Os vários bons nomes à volta do North American Championship, apesar de não ser o título principal é tratado com bastante prestígio, tirando o Leon Ruff até só teve bons nomes como campeões.

    – O segmento entre o Cameron Grimes e o “Million Dollar Man” Ted DiBiase foi engraçado. Aquela risada é imortal.

    – A entrevista com o Cole foi bem porreira, gostei muito da parte que focaram no O’Reilly, esta feud está longe do fim.

    – Estou muito curioso à cerca deste tal “Diamond Mine”, pelo que me pareceu ou vai ser um tipo de torneio com regras de MMA ou pode também ser a apresentação de um lutador com um bom background de MMA.

    – Boa vitória por parte dos El Legado del Fantasma.

    Pela negativa destaco:

    – A Zoey Stark tem um gimmick completamente genérica, podiam fazer algo mais interessante com ela.

    – A ausência do campeão principal.