A WWE transmitiu esta terça-feira mais uma edição do NXT 2.0 na USA Network, a partir do Capitol Wrestling Center em Orlando, Flórida, rumo ao Great American Bash de 5 de Julho.

Resultados

– Cora Jade & Roxanne Perez venceram Kayden Carter & Katana Chance (NXT Women’s Tag Team Championships Nº1 Contender’s Match)
– Giovanni Vinci venceu Ikemen Jiro
– Kiana James venceu Indi Hartwell
– Joe Gacy & The Dyad venceram Diamond Mine (Roderick Strong & NXT Tag Team Champions Creed Brothers (Brutus & Julius Creed))
– Sanga venceu Xyon Quin
– Nikkita Lyons venceu NXT Women’s Champion Mandy Rose (por desqualificação)

Report

– Cora Jade & Roxanne Perez venceram Kayden Carter & Katana Chance (NXT Women’s Tag Team Championships Nº1 Contender’s Match): Este opener começou de forma equilibrada com as duas equipas a tentarem usar a sua técnica e velocidade para ter o controlo.

Acabou por ser a dupla de Kayden Carter & Katana Chance que conseguiu isolar Roxanne Perez e assim a dupla mais experiente dominou durante alguns minutos, porém a jovem conseguiu fazer o tag à sua parceira de equipa e Cora Jade virou o combate a favor da sua equipa. No final, as duas equipas tiveram hipótese para vencer, mas Roxanne Perez com o Pop Rocks conquistou a vitória.

No balneário da Diamond Mine, os Creed Brothers tiveram o seu treino interrompido por Joe Gacy que tentou recrutar os NXT Tag Team Champions, sendo que nem os Creed, nem Roderick Strong gostaram desta aparição do estranho lutador.

Nos bastidores, as Toxic Attraction estavam a ser entrevistadas e a falar do embate pelos NXT Women’s Tag Team Championships, quando Nikkita Lyons as interrompeu e desafiou a NXT Women’s Champion Mandy Rose para um combate.

– Giovanni Vinci venceu Ikemen Jiro: Giovanni Vinci dominou desde o primeiro segundo e não deu hipótese ao seu adversário, tendo conquistado mais uma vitória quando acertou um íncrivel Springboard DDT seguido da sua Powerbomb.

A seguir, tivemos imagens da conquista dos NXT UK Tag Team Championships por parte de Brooks Jensen & Josh Briggs.

No backstage, o NXT North American Champion Carmelo Hayes começou a vangloriar-se das suas conquistas, mas foi interrompido por Grayson Waller que pediu ao campeão autógrafos para ele enviar para a sua família, coisa que o “A-Champion” aceitou, e tudo pela ajuda que o australiano lhe deu.

No ringue tivemos os novos NXT UK Tag Team Champions Brooks Jensen & Josh Briggs e estes falaram da sua conquista, tendo este último falado de todo o potencial que o seu jovem parceiro tem.

Quando Fallon Henley sugeriu que o trio fosse beber umas cervejas, os Pretty Deadly interromperam os campeões, e os britânicos não perderam tempo a gozar com Brooks Jensen & Josh Briggs.

Os NXT UK Tag Team Champions responderam com insultos aos ex-campeões de equipas, mas também deixaram um aviso que são campeões que querem lutar e isso pode começar já, tendo aproveitado para atacar os Pretty Deadly.

Em seguida tivemos um video package sobre as conquistas do NXT Champion Bron Breakker.

Nos bastidores tivemos Kayden Carter & Katana Chance bastante irritadas com a sua derrota, sendo que até começaram a discutir com uma outra lutadora no balneário.

– Kiana James venceu Indi Hartwell: Indi Hartwell tentou usar a sua maior experiência para dominar, mas Kiana James conseguiu colocar-se no controlo deste embate.

Porém, a australiana não se deixou dominar por muito tempo e tivemos as duas lutadoras a tentar conquistar a vitória o mais rapidamente possível. O final deste combate chegou, quando Kiana James fez um pin rápido em Indi Hartwell e meteu os pés nas cordas para garantir a vitória.

A seguir tivemos imagens de Tony D’Angelo com “Stacks”, tendo o “Don do NXT” explicado que “Two Dimes” tentou ficar com o lugar dele, e que agora está a dormir com os peixes. Tony D’Angelo a seguir recebeu uma chamado de Santos Escobar, que começou a gozar com o seu rival, que acabou por atirar o telefone ao ringue.

Wes Lee em seguida explicou que na semana passada estava a dizer o que lhe ia na alma mas Trick Williams gozou com ele e que no Great American Bash, ele irá pagar por isso.

– Joe Gacy & The Dyad venceram Diamond Mine (Roderick Strong & NXT Tag Team Champions Creed Brothers (Brutus & Julius Creed)): O trio da Diamond Mine dominou os minutos iniciais deste combate, mas a equipa liderada por Joe Gacy conseguiu isolar Julius Creed e controlar durante vários minutos.

O campeão de equipas conseguiu ainda assim sobreviver ao ataque e quando fez o tag ao seu irmão este começou a virar o combate a favor da sua equipa.

Os minutos finais acabaram por ser algo confusos, mas parecia que a Diamond Mine ia vencer, quando Roderick Strong entrou em ringue quando Julius Creed estava no domínio, o que fez com que o líder do trio começasse a discutir com os campeões de equipas, o que abriu espaço para que The Dyad acertasse o seu Elevated DDT no “Messiah of the Backbreaker” e conquistasse a vitória.

Novamente nos bastidores, o NXT North American Champion Carmelo Hayes e Trick Williams foram entrevistados, com este último a dizer que irá vencer Wes Lee. Já o campeão descobriu que irá defender o seu título contra Grayson Waller, algo que o “A-Champion” não gostou.

Quando a equipa de comentadores revelava o estado de saúde de Alba Fyre, Lash Legend interrompeu-os e vangloriou-se do ataque que fez à escocesa.

No balneário da Diamond Mine, os Creed Brothers estavam a discutir com Roderick Strong, que se fartou da conversa e afirmou que na próxima semana, ele e Damon Kemp irão conquistar os NXT Tag Team Championships.

– Sanga venceu Xyon Quin: Xyon Quin aproveitou uma distração para atacar Sanga assim que o combate, mas nem assim teve o controlo, pois foi o lutador indiano que dominou esta contenda.

Xyon Quin ainda tentou fazer o seu adversário desmaiar com um Sleeper Hold, mas sem efeito, tendo este continuado a usar a sua força, tendo conquistado a vitória após um Chokeslam.

Em seguida tivemos um video package sobre Cameron Grimes e sobre todas as conquistas que este já teve no NXT.

O video package que vimos a seguir foi sobre Wendy Choo, onde vimos a “dorminhoca” do NXT a sonhar com o que irá fazer a Tiffany Stratton.

– Nikkita Lyons venceu NXT Women’s Champion Mandy Rose (por desqualificação): No que foi um combate bastante físico desde o primeiro momento, a maior força de Nikkita Lyons fez com que esta dominasse durante alguns minutos, mas uma distração por parte das NXT Women’s Tag Team Champions, fez com que Mandy Rose atacasse a perna esquerda da sua adversária.

A NXT Women’s Champion dominou durante vários minutos e começou a ficar demasiado convencida, o que abriu espaço para que a “Lioness” virasse o ímpeto a seu favor e quando parecia que íamos ter a campeã a perder, Gigi Dolin e Jacy Jayne atacaram a jovem lutadora causando assim a desqualificação.

As Toxic Attraction continuaram o ataque, isto até que Roxanne Perez & Cora Jade vieram em auxílio de Nikkita Lyons.

Nos bastidores, Solo Sikoa estava irritado por ter perdido com Grayson Waller, mas Apollo Crews relembrou ao lutador que ele é especial. Xyon Quin interrompeu a conversa e começou a insultar Apollo Crews que aproveitou e deixou uma ameaça ao lutador do NXT.

A seguir tivemos mais uma vignette a promover a chegada de JD McDonaugh ao NXT 2.0.

No ringue tivemos Wade Barrett que foi o moderador do cara a cara entre o NXT Champion Bron Breakker e Cameron Grimes, tendo o campeão dito que Cameron Grimes é diferente de todos os seus adversários, pois tem muito a ganhar e pouco a perder. Cameron Grimes discordou e disse que se Bron Breakker perder o título provavelmente irá para o Raw ou SmackDown e até lutará no SummerSlam, mas se ele perder, é o fim da estrada.

O tom da conversa continuou a aumentar e Bron Breakker acabou a insultar o pai de Cameron Grimes que o atacou, ainda assim, parecia que o campeão ia vencer esta pequena brawl, mas o candidato principal desviou-se, o que fez com que o NXT Champion batesse com o seu ombro no canto, o que fez com que a corda do ringue se partisse.

O pessoal médico do NXT veio ao ringue e rapidamente disseram que Bron Breakker tinha deslocado o ombro, o que fez com que Cameron Grimes dissesse que se calhar até nem conseguiria vencer o campeão se este tivesse a 100%, mas que ele não irá estar a 100%.


O que achaste deste WWE NXT?

3 Comentários

  1. Gostei:
    – Jade & Perez vs Chance & Carter. Resultado previsível, dado que Jade & Perez serão certamente as próximas campeãs. Um bom combate de abertura, com o destaque a ser Roxanne Perez.
    – Segmento entre Briggs, Jensen, Henley e Pretty Deadly. Um segmento divertido e sólido. Não sei qual o objetivo de voltar a meter os Pretty Deadly a lutar pelos NXT UK Tag Titles, mas desde que eles estejam a fazer algo.
    – 6-Man Tag Team Match. Foi um combate com boa ação, no entanto, acho que podia ter durado uns 3 minutos menos e teria a mesma opinião. Também cumpriu o seu objetivo de fomentar a tensão nos Diamond Mine.
    – Mandy Rose vs Nikkita Lyons. Para a qualidade das 2, nem foi muito mau. Até foi algo decente, e isso é um enorme elogio.
    – Confronto cara-a-cara entre Bron Breakker e Cameron Grimes. Isto foi o melhor segmento que o NXT produziu em muito tempo. O Cameron fez uma excelente promo, mostrou muito bem o quanto significa este combate na próxima semana. É uma pena que a corda não tenha partido à primeira, teria tornado este segmento um bocadinho melhor. Fantástica forma de terminar o show.

    Não Gostei:
    – Ikemen Jiro vs Giovanni Vinci. Essencialmente, uma squash para Vinci.
    – Indi Hartwell vs Kiana James. O resultado foi surpreendente. O combate em si, nada de mais e foi curto.
    – Sanga vs Xyon Quinn. Até começou competitivo, mas depois transformou-se numa squash para Sanga. Durou demasiado tempo para uma squash.

    Overall: 6/10. Um go-home show decente, nada de muito mau, mas o único destaque é mesmo o segmento final entre Breakker e Grimes.

  2. Anónimo2 meses

    Bom combate entre Diamond Mine vs Joe Gacy e The Dyad, destaco também o segmento final.

  3. El Cuebro2 meses

    O show até tem rendido bons combates, mas os momentos de backstage ainda deixam um pouco a desejar, num todo bom show!