Frank casino

A WWE transmitiu esta quarta-feira, a partir do agora chamado Capitol Wrestling Center, mais uma edição do NXT na USA Network. Esta edição foi especial de Halloween Havoc e novamente em concorrência com o AEW Dynamite.

Resultados

– Johnny Gargano venceu NXT North American Champion Damian Priest (Devil’s Playground Match)
– NXT Cruiserweight Champion Santos Escobar venceu Jake Atlas
– Rhea Ripley venceu Raquel González
– Dexter Lumis venceu Cameron Grimes (Haunted House of Terror Match)
– NXT Women’s Champion Io Shirai venceu Candice Lerae (TLS Match)

Report

– Johnny Gargano venceu NXT North American Champion Damian Priest (Devil’s Playground Match): Antes do combate começar, tivemos Shotzi Blackheart a rodar a sua roleta, que anunciou um Devil’s Playground Match.

O combate pelo NXT North American Championship entre Damian Priest e Johnny Gargano começou de forma bastante equilibrada, tanto dentro como fora do ringue. Quando as armas entraram em jogo, Johnny Gargano começou a dominar o NXT North American Champion, tendo levado o combate para todo o Capitol Wrestling Center, onde usou todo o tipo de coisas para tentar vencer o campeão.

Com o passar dos minutos, o “Archer of Infamy” foi virando o rumo desta guerra, tendo a luta sido levada para o palco onde estava a roleta de Shotzi Blackheart.

A vitória parecia que ia sorrir a Damian Priest, mas um guna mascarado com a máscara do filme “Scream” atacou Damian Priest, tendo ajudado “Johnny Wrestling” a atirar o NXT North American Champion pelo palco abaixo. Seguiu-se depois uma contagem de três, tendo então Johnny Gargano conquistado o NXT North American Championship pela 2ª vez na sua carreira.

A seguir nos bastidores tivemos um assustado Cameron Grimes a falar com o General Manager William Regal e a dizer que não quer lutar contra Dexter Lumis, então o GM do NXT levou-o até ao parque de estacionamento.

A seguir tivemos Pat McAfee no ringue, acompanhado pelos novos NXT Tag Team Champions Oney Lorcan & Danny Burch, que basicamente repetiu o que já tinha dito na sua conta de Twitter, explicando que foi ele o responsável pelos vários ataques à Undisputed ERA.

O trio acabou por ser interrompido por Kyle O’Reilly e depois pelo regressado Pete Dunne, que acabou por atacar o membro da Undisputed ERA com uma cadeirada nas costas, tendo-se assim juntado ao grupo de Pat McAfee e dos NXT Tag Team Champions Oney Lorcan & Danny Burch. O ataque acabou com o “Bruiserweight” a tentar partir braço de Kyle O’Reilly, antes dos campeões terem feito um DDT numa cadeira.

No parque de estacionamento, Cameron Grimes foi interrompido por uma carrinha com zombies e Michael Hayes, que levaram Cameron Grimes na carrinha.

– NXT Cruiserweight Champion Santos Escobar venceu Jake Atlas: Jake Atlas entrou com tudo neste combate e dominou-o ao ponto de quase o vencer com o seu Top Rope Handspring DDT. Porém, as distrações e interferências de Raul Mendonza e Joaquin Wilde, tiraram todas as hipóteses a Jake Atlas, que acabou por perder para o campeão.

– Dexter Lumis venceu Cameron Grimes (Haunted House of Terror Match): Cameron Grimes chegou a um terreno baldio com uma casa abandonada e o desbocado lutador continuava a falar muito, apesar de estar visivelmente cheio de medo, dentro desta casa assombrada. Dexter Lumis lá atacou Cameron Grimes, mas este conseguiu fugir do pouco ortodoxo lutador, tendo-se escondido dentro da casa de banho, onde estava uma personagem sombria.

Cameron Grimes continuou a fugir sempre que pôde, encontrando-se com várias personagens sombrias pela casa fora, tendo até sido atacado por uma espécie de zombie. O lutador lá conseguiu fugir de casa, o que nos deixou este combate por aqui, pelo menos para já…

– Rhea Ripley venceu Raquel González: O combate entre Rhea Ripley e Raquel González foi o esperado desde o primeiro segundo, com as duas lutadoras a usarem a sua força e agressividade para tentarem ganhar vantagem. Raquel González acabou por dominar durante alguns minutos, mas já se sabe que a “Nightmare” não desiste e esta virou o combate a seu favor pouco depois.

Os minutos finais foram ainda mais agressivos do que o restante combate, com várias false finishes a acontecerem. No final, a antiga NXT Women’s Champion conseguiu acertar o seu Riptide para assim assegurar a vitória.

A seguir nos bastidores tivemos um segmento de Drave Maverick e Killain Dain a gozar com a WCW, onde até tivemos a presença de The Yeti.

No parque de estacionamento do Capitol Wrestling Center vimos Cameron Grimes ainda a fugir de Dexter Lumis. Já no ringue, este foi atacado por Dexter Lumis, mas os zombies deram cabo da mente do lutador. Este “combate” acabou depois da submissão de Dexter Lumis.

A seguir tivemos uma promo de Tommaso Ciampa a afirmar que já não reconhece este NXT, os lutadores continuam a ser talentosos, mas já não têm a mesma atitude dos lutadores do passado. Tommaso Ciampa continuou a insultar os lutadores por estarem sempre a queixarem-se do mesmo e que ele nunca pediu nada, simplesmente tornou-se inegável e então ele tornou-se o NXT.

O ex-NXT Champion acabou por falar diretamente para Velveteen Dream, dizendo que ele atacá-lo uma vez com o seu braço engessado é uma coisa, mas se o fizer uma segunda vez, é um homem morto.

– NXT Women’s Champion Io Shirai venceu Candice Lerae (TLS Match): Antes do main event começar tivemos Shotzi Blackheart a rodar a sua roda, que definiu que este seria um Tables, Ladders & Scares Match, sendo que para vencer será preciso subir a um escadote e retirar o NXT Women’s Championship que está suspenso por cima do ringue.

Durante os primeiros minutos o combate aconteceu quase totalmente fora do ringue e de forma bastante equilibrada, isto até Candice LeRae usar um computador portátil para virar a contenda a seu favor.

Já dentro do ringue, a agressividade foi aumentando e Io Shirai, depois de ter feito um Brainbuster a Candice LeRae contra uma cadeira, parecia que ia vencer, mas a “Poison Pixie” manteve-se na luta. As duas lutadoras acabaram a lutar no apron, onde Candice LeRae acertou um Neckbreaker contra duas mesas que estavam fora do ringue.

O guna mascarado voltou ao ringue e tentou ajudar, mas Shotzi Blackheart impediu em parte que isso acontecesse, pois a “Poison Pixie” ficou no topo do escadote, mas acabou por ser atirada contra outro escadote por Io Shirai. Esta conseguiu depois retirar o título e manter-se como NXT Women’s Champion.


O que achaste deste NXT Halloween Havoc?

17 Comentários

  1. Tribal chief1 mês

    É melhor que o johny tenha ganho pra dar pro dexter dps pq se não foi um resultado bem bosta

  2. Tribal chief1 mês

    Caraca mano os cara usaram uma musica do marilyn manson os cara tava no clima de terro

  3. Victor Márcio1 mês

    Johnny ganhou, acho que a Candice vai ganhar também!

  4. O Gargano ganhou o título, por esta não esperava.

  5. Erick1 mês

    Melhor que o de 95 ha ha ha ha ha

  6. Michel1 mês

    NXT SEMPRE MOSTRANDO-SE FORTE NOS SEUS SHOWS

  7. Zickelous1 mês

    Finalmente o Gargano ganhou, espero que desse avez tenha um reinado sólido

  8. Bea Ospreay1 mês

    Faces continuam tendo reinados curtos, aquilo que o Wesley dizia era verdade, Gargano dinovo.

  9. Isto foi um NXT de qualidade de um PPV. Ótimo show.

  10. Que show incrivel,foi mesmo muito bom e de nivel PPV.
    Destaques:
    -Combate muito fixe entre o Priest e o Gargano,contaram uma boa historia e teve spots muito violentos.Este combate teve ainda a aparição de uma figura misterio que esteve tambem no main event…eu diria que essa pessoa é a Indi Hartwell.
    Não esperava a mudança de campeão no entanto,curioso para ver o que farão com o Priest daqui para a frente,possivelmente uma feud com o Balor pelo titulo do NXT.
    -Grimes vs Lumis foi algo bizarro mas entertaining,a historia do Grimes a fugir completamente transtornado e o Lumis a aparecer quando o Grimes estava completamente desprevenido foi otimo…e o acting do Grimes estava no ponto.
    -Bom regresso do Dunne ao NXT e a juntar-se ao McAffee,estou a gostar da forma como estão a desenvolver a stable apesar da lesão do Holland.Boa promo do McAffee.
    -Para terminar,ainda tivemos um grande main event entre a Candice e a Io.Gostei dos spots que foram feitos e como conseguiram elevar o nível dos seus combates apesar de ja terem lutado algumas vezes.

  11. Acredito que a rivalidade os Undisputed Era com o Pat McAfee possa terminar no próximo Take Over com um combate War Games entre os Undisputed Era e Pat McAfee, Oney Lorcan, Danny Burch e Pette Dunne.

  12. Grande show! Já não via um episódio do NXT com tantos “acontecimentos” há algum tempo. Não estava à espera que Johnny Gargano ganhasse (foi o único resultado que me surpreendeu), visto que o reinado de Damian Priest ainda estava em “apenas” 2 meses. No entanto, ele bem precisava de voltar a ganhar algo importante depois de tantas derrotas consecutivas em NXT TakeOver’s.
    O main event foi absurdamente brutal, teve imensos spots malucos entre duas das melhores lutadoras da WWE na atualidade. Props para Io Shirai, que reteve o título, mas também para Candice LeRae que vai mostrando cada vez mais que já se justificava a conquista do título feminino (especialmente agora que tem uma personagem interessante). De resto, o combate cinematográfico foi razoável e os outros dois combates também correram decentemente.

  13. duzonraven1 mês

    Gostei muito do show, bem interessante e consistente!
    Achei uma pena Priest ter perdido, fazia um bom reinado, sempre entregando bons combates!
    Quem sabe não sobe ao Main Event agora?
    Io e Candice deram um show, melhor combate da noite, ambas fantásticas!

  14. Muito bom NXT.
    Destaco:
    – muito boa abertura, o Gargano e o Priest estiveram muito bem, não estava á espera deste resultado, mas tendo em conta que as duas lutas por títulos eram “repetidas” até se justifica a troca de campeão
    – aquela luta do Grimes e Lumis, não sei se foi boa ou estranha btw, “zombies are legal in this match”
    – muito bom main event, muito bem a Io Shirai e a Candice Leray
    – bom segmento do Pat McAfee e retorno do Pete Dune

  15. El Cuebro1 mês

    Eu gostei muito do show e claro que não podia faltar um combate cinematográfico e ficou para Dexter Lumis e Cameron Grimes a responsabilidade!

  16. Doughc1 mês

    Pouca gente comentou mas a rhea e a Raquel fizeram um belo combate, o melhor que lembro de ter visto de duas mulheres tão fortes

  17. Anónimo1 mês

    Excelente NXT, com combates cheios de boa qualidade!