A WWE transmitiu esta terça-feira mais uma edição do NXT 2.0 na USA Network, a partir do Capitol Wrestling Center em Orlando, Flórida, rumo ao In Your House do próximo sábado, dia 4 de Junho.

Resultados

– NXT Tag Team Champions Pretty Deadly (Elton Prince & Kit Wilson) venceram Diamond Mine (Roderick Strong & Damon Kemp) (Non-Title Match)
– Cora Jade venceu Elektra Lopez
– Wes Lee venceu Xyon Quinn
– Solo Sikoa venceu Duke Hudson
– Grayson Waller venceu Josh Briggs
– Ivy Nile venceu Kiana James
– NXT North American Champion Cameron Grimes venceu Nathan Frazer (Non-Title Match)

Report

– NXT Tag Team Champions Pretty Deadly (Elton Prince & Kit Wilson) venceram Diamond Mine (Roderick Strong & Damon Kemp) (Non-Title Match): Os Pretty Deadly entraram de forma dominante e controlar a dupla da Diamond Mine durante vários minutos, ainda assim a força de Damon Kemp deu algum ímpeto à sua equipa, mas os NXT Tag Team Champions conseguiram isolar o jovem lutador e voltaram ao domínio.

Damon Kemp conseguiu aguentar e fez o tag a Roderick Strong e este aumentou a velocidade de tal forma que ia vencendo os campeões sozinho, no final, os Pretty Deadly tentaram fazer batota, mas os Creed Brothers vieram até ao ringue e não deixaram que isso acontecesse, no entanto, o líder da Diamond Mine não percebeu isso e distraiu-se com os seus companheiros de equipa, o que abriu espaço para os NXT Tag Team Champions vencerem este opener.

Nos bastidores, o NXT North American Champion Cameron Grimes estava a conversar com Solo Sikoa, quando Duke Hudson apareceu e começou a vangloriar-se da sua vitória contra Bron Breakker, tendo insultado o lutador samoano, que se fartou da conversa e desafiou o australiano para um combate.

A seguir, tivemos imagens de Grayson Waller a insultar Roxanne Perez, Fallon Henley, Brooks Jensen e Josh Briggs, sendo que este último estava a ouvir o discurso do australiano e desafiou-o para um embate neste NXT.

De seguida tivemos imagens de Tony D’Angelo e os seus associados a chegar ao iate de Santos Escobar, e os dois “chefes” não perderam tempo a insultarem-se, tendo o “Don do NXT” lançado então o desafio para o In Your House. 6-Man Tag Team Match entre as duas equipas, sendo que o trio que perder terá de se juntar ao outro grupo e trabalhar sob as ordens do outro “chefe”.

– Cora Jade venceu Elektra Lopez: Cora Jade entrou melhor, mas Elektra Lopez usou a sua força para virar o ímpeto a seu favor e assim controlou a jovem durante vários minutos.

Ainda assim, Cora Jade foi aguentando e usou a sua velocidade para equilibrar este embate, sendo que nos minutos seguintes, ambas as lutadoras tiveram hipótese para vencer, mas no fim, a jovem acertou o seu Senton da terceira corda e conquistou a vitória.

Nos bastidores, Wes Lee foi entrevistado e explicou que está à espera deste combate contra Xyon Quinn há várias semanas e que nos últimos tempos as coisas não lhe estão a correr bem, mas enquanto respirar vai continuar a lutar. A entrevista terminou com Sanga a tentar encorajar o ex-campeão de equipas.

A seguir tivemos um video package de Roxanne Perez a falar da sua juventude e do seu treino que a fez chegar até à WWE e que na próxima semana irá fazer tudo para vencer o NXT Women’s Breakout Tournament.

– Wes Lee venceu Xyon Quinn: Wes Lee entrou a 100 à hora e foi tendo alguma ofensiva, isto até Xyon Quinn fazer batota e virar o ímpeto a seu favor. O domínio durou vários minutos, mas o ex-campeão de equipas foi sobrevivendo e com um pin rápido venceu este embate.

Nos bastidores, Roderick Strong estava a refilar com os Creed Brothers, mas Ivy Nile defendeu os dois irmãos, o que irritou o líder da Diamond Mine que afirmou que ou os Creed Brothers conquistam os NXT Tag Team Championships, ou serão expulsos do grupo.

De seguida tivemos Joe Gacy a continuar a provocar Bron Breakker e a dizer que a agressividade que este tem vem do seu pai e tentou espicaçar ao máximo o campeão, na esperança que este seja desqualificado no In Your House. Já no balneário do NXT Champion, este estava a falar de Joe Gacy, até que se começou a ouvir o riso do seu rival, o que fez o campeão perder a cabeça.

De regresso ao ringue tivemos a assinatura de contrato para os dois combates femininos do In Your House, Katana Chase & Kayden Carter não perderam tempo a insultar as campeãs de equipas que foram respondendo. Wendy Choo só queria que Mandy Rose assinasse o contrato, mas a NXT Women’s Champion Mandy Rose foi-se vangloriando de tudo o que conquistou, sendo que quando assinou o contrato, a sua candidata principal acertou-lhe com uma bola de cuspo.

Tudo isto causou uma brawl caótica que terminou quando Katana Chase & Kayden Carter meteram Mandy Rose numa mesa e Wendy Choo voou para fazer a campeã atravessar a mesa com uma Elbow Drop.

No balneário, tivemos o treino de Ivy Nile a ser interrompido por Kiana James que veio dizer que os Creed Brothers não têm hipótese contra os Pretty Deadly, algo que irritou a lutadora da Diamond Mine.

– Solo Sikoa venceu Duke Hudson: Duke Hudson entrou de forma bastante dominante e controlou durante vários minutos, mas Solo Sikoa conseguiu equilibrar o ímpeto e usou toda a sua explosividade para virar o combate a seu favor e conquistou a vitória com um Splash da terceira corda.

A seguir, tivemos Tiffany Stratton a dizer que era uma injustiça ela não estar no NXT Women’s Breakout Tournament, mas isso agora está corrigido e ela irá conquistar o torneio.

Depois de vermos imagens de Thea Hail a graduar-se da sua escola secundária, vimos a jovem a rejeitar todas as universidades que a queriam, tendo anunciado que irá estudar na Chase University.

– Grayson Waller venceu Josh Briggs: Josh Briggs entrou de forma agressiva, mas o australiano conseguiu virar o ímpeto a seu favor e assim dominou durante algum tempo. Josh Briggs conseguiu virar o combate a seu favor, mas uma distração de Von Wagner abriu espaço para Grayson Waller acertar o seu Stunner e vencer este embate.

Assim que o combate terminou, Von Wagner quis atacar Josh Briggs, mas Brooks Jensen veio em auxílio do seu parceiro, sendo que Sofia Cromwell, não deixou o seu lutador entrar em ringue por causa da desvantagem numérica.

– Ivy Nile venceu Kiana James: As duas lutadoras entraram de foram bastante agressiva, sendo que Kiana James teve alguma ofensiva depois de fazer batota. Ivy Nile ainda assim aguentou o ataque da sua adversária e começou a equilibrar este embate, e depois das duas terem algumas hipóteses de vencer, a lutadora da Diamond Mine conquistou a vitória com um Suplex poderoso.

Assim que o combate terminou, os NXT Tag Team Champions Pretty Deadly vieram provocar Ivy Nile, mas os Creed Brothers vieram ao ringue e atacaram os seus rivais.

A seguir, tivemos mais um video package a promover a chegada de Giovanni Vinci ao NXT.

– NXT North American Champion Cameron Grimes venceu Nathan Frazer (Non-Title Match): O main event começou de forma equilibrada, mas Nathan Frazer foi começando a colocar a sua velocidade em jogo, sendo que Cameron Grimes com um grande pontapé virou o ímpeto a seu favor.

O NXT North American Champion dominou durante alguns minutos, mas o lutador britânico começou a equilibrar este combate e com isso as quase vitórias foram sendo cada vez mais frequentes.

No final, até parecia que íamos ter a surpreendente vitória de Nathan Frazer, mas Cameron Grimes com um German Suplex da terceira corda virou o combate do avesso e conquistou a vitória com o seu Cave-In.

Assim que o main event terminou Trick Williams e Carmelo Hayes tentaram atacar o NXT North American Champion, mas este conseguiu ver-se livre dos seus rivais.


O que achaste deste WWE NXT?

5 Comentários

  1. Facebook Profile photo

    Esse nxt ficou muito desinteresante, as vezes eu via na esperança de ver o dexter, mas agora q ele se foi não tenho a minima vontade de assistir

    • El Cuebro4 semanas

      Realmente a qualidade caiu demais quando o Vince e os irresponsáveis que ele comanda resolveram interferir lá e reformular o show, até há bons combates, mas certos angles, principalmente de backstages são ruins demais, assim como boa parte das gimmicks do show!

  2. Gostei:
    – Pretty Deadly vs The Diamond Mine. Um bom combate, com Damon Kemp a ter uma bela exibição, Roderick Strong a ter uma exibição do nível a que já nos habituou e os Pretty Deadly sólidos como sempre.
    – Segmento com as Toxic Attraction, Wendy Choo e Chance & Carter. Para o que tivemos, foi um segmento sólido. Nada por aí além, mas nada de terrível.
    – Duke Hudson vs Solo Sikoa. Um combate curto, mas que ainda teve uma boa ação e uma boa vitória para Sikoa a caminho do seu combate pelo título.
    – Cameron Grimes vs Nathan Frazer. Tinha expectativas para este combate e estas foram cumpridas, ao entregarem um ótimo main event. De longe o melhor combate da noite. Sequências criativas, boa ação, tudo excelente.

    Não Gostei:
    – Cora Jade vs Elektra Lopez. Combate medíocre, comunicação com imensas falhas. Ainda teve alguns momentos, a vencedora foi bem escolhida, mas nada demais.
    – Wes Lee vs Xyon Quinn. Um combate que não foi mau, mas durou pouco tempo e não teve chance de ser melhor.
    – Grayson Waller vs Josh Briggs. Combate curto que terminou com distração… medíocre.
    – Kiana James vs Ivy Nile. Mais um combate curto que não foi bom nem foi mau.

    Overall: 5.5/10. Um show bem meh. O único destaque vai para o main event.

    • El Cuebro4 semanas

      A Kiana tem potencial, mas essa gimmick nova dela é bem ruim, o Briggs poderia ter algo muito melhor, ele era um face muito forte na Evolve, alguém que chegava para dominar tudo, mas no NXT a gimmick também está muito ruim, Cora vs Elektra foi bem ruim mesmo, o Waller está meio sem caminho no NXT e tanto o Wes como o Xyon estão muito deslocados por lá, no mais o NXT tem até bons combates, mas os angles não costumam ser bons, principalmente nos backstages!

  3. Anónimo4 semanas

    Ótimo main event entre o Cameron Grimes e Nathan Fraze.