A WWE transmitiu esta quinta-feira, a partir dos estúdios da BT Sport em Londres, mais uma edição do NXT UK na WWE Network, o programa semanal dedicado à sua divisão do Reino Unido com foco em lutadores europeus.

O WWE NXT UK é transmitido na WWE Network. Subscreve aqui!

Resultados

Noam Dar venceu Nathan Frazer (Heritage Cup Rules Match)
– Mark Andrews venceu Levi Mur
– Meiko Satomura venceu Emilia McKenzie, Dani Luna, Isla Dawn e Jinny (Gauntlet Match)

Report

O NXT UK começou com o anúncio de que Xia Brookside está lesionada por causa do ataque de Aleah James na semana passada e por isso foi retirada do Gauntlet Match feminino que definirá a próxima candidata principal ao NXT UK Women’s Championship de Kay Lee Ray. O assistente Sid Scala está à procura de uma substituta.

– Noam Dar venceu Nathan Frazer (Heritage Cup Rules Match): Este combate foi por rondas e depois de uma ronda e meia bastante dividida, Nathan Frazer conseguiu a primeira fall com um pin rápido, o que deixou o adversário irritadíssimo.

Sha Samuels veio então para perto do ringue, o que distraiu Nathan Frazer e permitiu a Noam Dar dominar o combate, com o objectivo de o empatar. Ainda assim, o britânico conseguiu recuperar e ficou perto da vitória, mas o tempo da 3ª ronda terminou. A 4ª ronda abriu a todo o gás, mas Noam Dar recuperou o controlo e aplicou uma Knee Bar, obrigado o adversário a desistir e empatando o combate.

No final, Sha Samuels conseguiu interferir no combate, permitindo a Noam Dar desviar-se de um Springboard de Nathan Frazer, tendo logo de seguida arrecado a vitória com a sua forte joelhada.

Depois do combate, Noam Dar e Sha Samuels gozaram com Nathan Frazer.

Foi transmitido um segmento que já tinha sido transmitido da semana passada, em que a Gallus foi confrontada no WWE UK Performance Center por Rampage Brown. Este perguntou por Joe Coffey, que não estava com eles, mas Wolfgang chegou-se à frente e aceitou o desafio.

Foi transmitido um video package dos NXT UK Tag Team Champions Pretty Deadly.

No WWE UK Performance Center, Trent Seven estava a falar com Flash Morgan Webster, mas foi confrontado por Sam Gradwell, que afirmou que o veterano era overrated. Em resposta, Trent Seven deu-lhe um forte soco e alguns oficiais impediram que os dois lutadores se envolvessem numa brawl.

– Mark Andrews venceu Levi Mur: Apesar da diferença de tamanhos, a velocidade e agilidade de Mark Andrews foi um problema para Levi Mur numa fase inicial do combate. Ainda assim, este conseguiu assumir o controlo do combate com a sua maior força. Só que o membro dos Subculture não desistiu e no final aplicou um Shooting Star Press para a vitória.

Sid Scala estava a falar da Gauntlet Match feminina e foi interrompido por Aleah James, que queria o lugar que pertencia a Xia Brookside. O assistente rejeitou, disse que ela vai enfrentar Xia Brookside assim que esta esteja recuperada. Aleah James ficou irritadíssima e saiu a falar francês.

Foi transmitido um video package da saída de Amir Jordan do NXT UK, depois de ter perdido o No Disqualification Match contra Kenny Williams no programa da semana passada. O lutador está fora da brand britânica da WWE.

Foi anunciado que no próximo NXT UK teremos um Heritage Cup Championship Match em que campeão A-Kid defenderá o troféu contra Tyler Bate. De seguida tivemos uma entrevista de Sid Scala a ambos os lutadores, que mostraram respeito um pelo outro e pelo troféu. No entanto, o britânico provocou o espanhol, e este comparou as posições em que estavam há uns anos e em que estão agora.

Foi anunciado que Ilja Dragunov será o convidado de Noam Dar no Supernova Sessions da próxima semana.

– Meiko Satomura venceu Emilia McKenzie, Dani Luna, Isla Dawn e Jinny (Gauntlet Match): O primeiro combate foi entre Isla Dawn e Emilia McKenzie, que omeçou bastante técnico, mas depressa ficou mais agressivo. No final, Isla Dawn arrecadou a vitória com um pontapé seguido de um German Suplex.

Para o segundo combate entrou Dani Luna, que não perdeu tempo a atacar a adversária. Isla Dawn foi resistindo como pôde, e no final aproveitou o facto da adversária ir contra o poste do ringue para aplicar um roll up e vencer.

Para o terceiro combate entrou Meiko Satomura, no lugar de Xia Brookside. Isla Dawn atacou de imediato a veterana japonesa, que ainda assim conseguiu assumir o controlo graças ao cansaço da adversária. Só que Isla Dawn estava determinada e ficou muito perto da vitória com um double knee. Só que Meiko Satomura lá arrecadou a vitória invertendo uma submissão num pin rápido.

Logo a seguir entrou a última lutadora, Jinny. O combate começou de forma lenta e muito cautelosa, com Jinny a ser calculista na forma como abordar o confronto com japonesa, apostando na técnica para a controlar.

Ainda assim, Meiko Satomura conseguiu dar a volta ao combate e prender um STF que quase lhe deu a vitória, mas Jinny chegou à corda, usando-a também para recuperar o controlo. Jospeh Conners ainda tentou interferir e isso distraiu Meiko Satomura por uns instantes.

No entanto, a veterana mostrou-se preparada para as artimanhas da adversária e seu parceiro,  acabando por vencer com o Scorpion Kick. A “Final Boss” vai assim lutar novamente pelo NXT UK Women’s Championship.

O NXT UK terminou com a campeã Kay Lee Ray a ir ao ringue confrontar e atacar Meiko Satomura com um Superkick.


O que achaste do WWE NXT UK desta semana?

9 Comentários

  1. El Cuebro1 mês

    Uma pena sobre a Xia ter ficado de fora, mas acho que teremos uma storyline com a Aleah, no mais a grande Meiko terá uma nova chance pelo título da Kay, promessa de grande luta aí e nova campeã quem sabe?!

    • Das duas uma, ou a meiko ganha e a kay passa para os USA ou a meiko perde e passa ela para os USA, seja como for o nxt uk é pequeno de mais para elas as 2, por mim apanhavam as 2 o aviao e deixava o titulo com a jinny e depois a isla dawn

    • Facebook Profile photo

      Epá parem de menosprezar o NXT UK.

    • Alguem menosprezou alguma coisa???

    • Facebook Profile photo

      Para mim sim, “seja como for o nxt uk é pequeno de mais para elas as 2”. Ok todos nós sabemos que o NXT UK não é tão grande, mas a brand não fica melhor se entregar as duas melhores que têm neste momento só porque não é grande suficiente, como os melhores apenas podem pisar o melhor ring. Para mim isso é menosprezar, acredito que não tenha sido esse o intuito, mas esta é a minha opinião.

    • Facebook Profile photo

      Agora dando a minha opinião. Eu acho que a Meiko ganha desta vez, é provável que a Kay vá para o NXT USA mas não será logo pelo título, talvez contra quem tirar o título da Raquel. Mas até lá ainda falta.

    • Mas eu nao menosprezei o nxt uk, agora o que quero dizer é que estas 2 merecem brilhar nos grandes palcos, ja brilham no uk, agora era nos usa e entretanto no main roster (progressão de carreira) é o que me refiro

    • Facebook Profile photo

      Ok então eu peço desculpa, foi erro meu de interpretação. Muitas desculpas!

  2. Gostei:
    – Noam Dar derrotou Nathan Frazer num Heritage Cup Rules Match com ação rápida e divertida. Considerando o recente recorde do Dar, ele precisava desta vitória. Ambos estiveram ótimos.
    – Um confronto intenso entre Sam Gradwell e Trent Seven enquanto este último estava a falar com Jack Starz devido à tristeza deste. Gradwell diz que Seven é um falhado, ao que Seven responde com uma chapada. Esta feud tem sido ótima.
    – Uma entrevista nos bastidores entre A-Kid e Tyler Bate começou com A-Kid a dizer que a vida dele tem melhorado desde que se tornou o Heritage Cup Champion, com Bate a responder que ele nasceu para vencer isto. A-Kid respondeu com o facto de pertencer-lhe e de já ter derrotado Bate antes, mas Bate diz que melhorou e não irá repetir erros que lhe custaram combates no passado, e termina a dizer que não está a perseguir A-Kid, mas está no seu próprio caminho. Isto foi fantástico.

    Não Gostei:
    – Mark Andrews derrotou Levi Miur num combate decente mas que devia ter sido melhor para apresentar a Subculture.
    – O 1º combate da Five Women Gauntlet, Isla Dawn derrotou Emilia McKenzie. Decente, mas curto.
    – O 2º combate, Isla Dawn derrotou Dani Luna no que foi basicamente um squash. (Esta não faz parte da nova stable que estão a introduzir à brand?)
    – No 3º combate, Meiko Satomura, a substituir Xia Brookside após o ataque de Amale, derrotou Isla Dawn. Medíocre.
    – Meiko Satomura derrotou Jinny para ganhar a gauntlet num combate ok para se tornar a #1 Contender.

    Overall: 6/10. Em termos de qualidade de combates, não foi uma ótima semana para o NXT UK, especialmente por nenhum dos combates da gauntlet ter sido bom, ou por terem sido curtos. Uma coisa que reconheço melhorias da semana passada é o ritmo do show. A introdução da Subculture foi decente (apesar de um dos membros ter sido ”squashada”), mas a theme deles tem que mudar, é demasiado genérica. O Mark Andrews não é vocalista de uma banda? Podiam aproveitar isso. Temos um A-Kid vs Tyler Bate na próxima semana pelo Heritage Cup Championship, isto promete.