A WWE realizou este domingo, dia 4 de Fevereiro, o seu primeiro premium live event do NXT do ano, o Vengeance Day, a partir da F&M Bank Arena em Clarksville, Tennessee.

Resultados

– Bron Breakker & Baron Corbin venceram Trick Williams & Carmelo Hayes (Final do Dusty Rhodes Tag Team Classic)
– Dijak venceu Joe Gacy (No Disqualification Match)
– D’Angelo Family (NXT Tag Team Champions Tony D’Angelo & Channing “Stacks” Lorenzo e Adriana Rizzo) venceram OTM (Lucien Price, Bronco Nima & Jaida Parker)
– NXT Women’s Champion Lyra Valkyria venceu Roxanne Perez e Lola Vice
– NXT North American Champion Oba Femi venceu Dragon Lee
– NXT Champion Ilja Dragunov venceu Trick Williams

Report

Num evento com três títulos em jogo e a final do Dusty Rhodes Tag Team Classic, o main event foi o embate pelo NXT Championship entre o campeão Ilja Dragunov e Trick Williams.

9 Comentários

  1. Traição do Carmelo, viria mais cedo ou mais tarde…

  2. A atmosfera nesse último combate foi demais.
    Só prova o talento desses 3. Decisão acertada em manter a Lyra como campeã, Roxanne já devia ter subido e Lola ainda não chegou no nível pra campeã

    • Noah4 semanas

      Roxanne se subir para o Main roster vai ser Mid card. Embora seja boa em Ring é muito genérica e sem nada de especial. Serve para tapar lacunas na divisão do Smackdown

      Lola nunca esteve preparada para ser campeã, e até mesmo suas vitórias deixam a desejar e fazem questionar porquê investem nela sendo que tem Telento melhor no NXT.

      Lyra é razoável para não dizer terrível como campeã, reinado mais aborrecido e sem storylines interessantes. Até certas candidatas ao título chegam de ser mais interessantes que a própria Campeã

  3. Anônimo_BR4 semanas

    Previsível a traicao, mas agora fica a duvida: vai virar heel no NXT e babyface no SmackDown, com feud contra Theory e Waller? Tem umas pontas meio soltas

  4. Creed4 semanas

    que previsivel

  5. Conde de Monte cristo4 semanas

    Vamos as minhas análises?

    1) Bron e Baron venceram os preferidos de HBK: Bom resultado. Ainda acho que a Família vai reter o título para perder para a stable do Charlie Dempsey;
    2)Dijak venceu Joe: Ótima luta e bom resultado. Dijak é um dos melhores personagens deste NXT em declínio, tem salvado bastante os shows;
    3) Family venceu OTM:Family tem feito um péssimo retinado. Gulak e Dempsey mereciam esses títulos;
    4) Lyra venceu Roxxane e Lova: Um roster feminino que tem Roxxanne como grande promessa, não tem como esperar muita coisa;
    5) Oba venceu Dragon Lee: previsível;
    6) Ilja venceu o preferido de HBK: ótimo resultado. Desfecho muito bom, apesar de não gostar dos preferidos de HBK

    No mais, achei o PPV ruim. Muito hype para a CHASE U desnecessário. Destaque sem sentido para o Osborne. Essa luta de Endrif e Malik contra o Frazer e Axiom não faz sentido. Dempsey e Gulak que deveriam squashá-los na minha opinião.

    Nota: 2/10. O que salvou foi o Dijak.

  6. Anónimo4 semanas

    Destaco o main event e o final do show.

  7. Amy4 semanas

    Bom show

  8. Corbin & Breakker vs Hayes & Williams foi um excelente opener com um grande ambiente pela arena, com todos estes 4 a combinar de belíssima forma. Houve um botch ou outro, nomeadamente o Breakker quase a lesionar-se gravemente no pescoço com as cordas, mas o ótimo storytelling e psicologia ajudaram a esconder isso! Dijak vs Joe Gacy – começa a ser hábito os combates com estipulação do Dijak serem um banger total nos shows do NXT. História simples e eficaz, com vários spots super divertidos, nomeadamente aquela cabeçada do Joe Gacy com o caixote do lixo. Out The Mud vs The Family não tinha grandes expectativas, o que é um bocado triste dado que a Family são os Tag Team Champions mas pronto. Notou-se que ambas as mulheres ainda estão muito verdes e realmente não foi uma boa decisão meter isto em PPV, apesar do facto que o combate nem foi mau e o público na arena até curtiu disto. Vice vs Valkyria vs Perez – esperava-se um grande combate entre a Lyra e a Roxanne e foi exatamente isso que tivemos com grandes sequências e bons spots. A adição da Lola Vice foi bem-vinda e ela falhar o cash-in é, sem dúvida alguma, a decisão correta. Ela ainda não está preparada para ser a campeã. A história entre a Tatum Paxley e a Lyra Valkyria também tem sido, honestamente, uma das minhas coisas favoritas em semanas recentes e, apesar de não ter conseguido arranjar tempo para ver os recentes episódios do NXT, certifico-me sempre em ver o que se está a passar entre elas e foi bom ver o progresso na storyline aqui. Dragon Lee vs Oba Femi – OBA FEMI, RAAAH! O campeão corresponde às enormes esperanças depositadas nele com um ótimo combate frente a alguém extremamente talentoso como o Dragon Lee. Futuro monstro main-eventer no main roster! Ilja Dragunov vs Trick Williams – Como é que chegámos a um ponto onde o Trick Williams está quase a entregar combates 5 estrelas?! Genuinamente, que p#ta de evolução! A ação aqui foi excelente, o Trick Williams brilhou com um público fervoroso a apoiá-lo, as near-falls foram excelentes (então aquelas 2 seguidas com o duplo H-Bomb e a Discus Boot), e a escolha correta de vencedor, continuando o reinado do Ilja Dragunov. O turn após o combate foi perfeito, grande heat para o Carmelo Hayes. Recomendo a assistirem a este main event! Primeiro PPV do ano para o NXT acaba por ser excelente, com uma boa quantidade de combates sólidos e um absolutamente sensacional main event. De destacar o público, brutal a noite inteira.