A WWE realizou este domingo mais um grande especial do NXT, o Worlds Collide entre o NXT 2.0 e o NXT UK, a partir do Capitol Wrestling Center em Orlando, Flórida.

Resultados

– NXT North American Champion Carmelo Hayes venceu Ricochet
– Pretty Deadly (Elton Prince & Kit Wilson) venceram NXT Tag Team Champions Creed Brothers (Brutus & Julius Creed), NXT UK Tag Team Champions Josh Briggs & Brooks Jensen e Gallus (Wolfgang & Mark Coffey) (Fatal 4-Way Elimination Tag Team Championship Unification Match)
– NXT Women’s Champion Mandy Rose venceu NXT UK Women’s Champion Meiko Satomura e Blair Davenport (Triple Threat Match Unification Match)
– NXT Women’s Tag Team Champions Katana Chance & Kayden Carter venceram Doudrop & Nikki ASH
– NXT Champion Bron Breakker venceu NXT UK Champion Tyler Bate (Title vs Title Match)

Report

Este foi o fim oficial do NXT UK e nada melhor do que recordar o prestígio das duas brands e relembrar como será esta colisão entre estes “dois mundos”.

– NXT North American Champion Carmelo Hayes venceu Ricochet: Este foi um combate cheio de ação e adrenalina que passou essa energia para o público. Movimentos aéreos fantásticos vindos das duas partes, chegado até aos dois lutadores a colidirem no ar.

O combate continuou e ambas as estrelas deram tudo o que tinham. Ricochet esteve muito perto de vencer, no entanto, depois de um 450 Splash falhado, levou a que Carmelo Hayes captura-se a vitória com um small package e reteve o NXT North American Championship.

Depois do combate, foi mostrado um vídeo de Roderick Strong completamente ensanguentado no parque de estacionamento, o que pareceu ter sido um ataque brutal, no qual foi acompanhado por Ivy Nile até ao hospital.

– Pretty Deadly (Elton Prince & Kit Wilson) venceram NXT Tag Team Champions Creed Brothers (Brutus & Julius Creed), NXT UK Tag Team Champions Josh Briggs & Brooks Jensen e Gallus (Wolfgang & Mark Coffey) (Fatal 4-Way Elimination Tag Team Championship Unification Match): Antes mesmo do combate começar, uma grande brawl iniciou-se entre todos os lutadores dentro do ringue. Um combate que foi caótico do inicio ao fim, onde vimos bastantes estrelas a voarem para fora do ringue para derrubarem os seus adversários.

Com Brooks Jensen no topo das cordas, Mark Coffey abanou a corda, o que permitiu que ele e o seu parceiro Wolfgang que aplicassem o Enziguri Kick/ Body Slam Combo para a eliminação dos NXT UK Tag Team Champions.

As equipas restantes tiveram mais uma brawl no ringue. Depois de os Creed Brothers atingirem o seu Doomsday Cannonball em Wolfgang, seguido de um Clothesline de Julius Creed, esta foi a eliminação dos Gallus.

Na fase final, o árbitro foi atacado por seguranças, deixando-o fora do combate, Kit Wilson aproveitou e tentou dar uma cadeirada no adversário, mas Damon Kemp interveio e acertou-lhe com um Spear.

Por fim, Damon Kemp traiu os Creed Brothers e deu uma cadeirada nas costas de Julius e aplicou-lhe um Backbreaker.

Já Elton Prince fez o pin em Julius Creed para os Pretty Deadly se tornarem os Unified NXT Tag Team Champions.

Nos bastidores, Tony D’Angelo e Channing “Stacks” Lorenzo estavam a falar sobre os Legado del Fantasma enquanto bebiam café, até que apareceu em cena Cameron Grimes. Tony tentou fazer uma proposta a Cameron Grimes para falarem sobre negócios e se juntar à estrela, no qual foi recusado.

– NXT Women’s Champion Mandy Rose venceu NXT UK Women’s Champion Meiko Satomura e Blair Davenport (Triple Threat Match Unification Match): Blair Davenport e Mandy Rose inicialmente juntaram forças para derrubar a lenda Meiko Satomura. Durante o combate a  NXT Women’s Champion mostrou as suas qualidades na outra campeã, no entanto, a japonesa não se deixou levar e demonstrou do que era capaz com a sua brutal ofensiva de que já é conhecida.

Apesar das três lutadoras estarem em grande nível, foi Meiko Satomura que dominou durante várias partes do combate, mas no final, foi Mandy Rose que conseguiu Running Knee Strike nas duas adversárias para fazer o pin em Blair Davenport para se tornar a Unified NXT Women’s Champion.

Nos bastidores, Wes Lee foi entrevistado por McKenzie Mitchell e a estrela revelou que vai enfrentar JD McDonagh na próxima edição do NXT, que acontece na próxima terça-feira.

– NXT Women’s Tag Team Champions Katana Chance & Kayden Carter venceram Doudrop & Nikki ASH: Este duelo foi bastante equilibrado e ambas as equipas demonstraram que poderiam vencer este combate. Vimos um combate dinâmico em que nenhuma das duplas cedeu nesta batalha. As quatro lutadoras mostraram-se niveladas e o final do combate poderia acontecer a qualquer momento.

Depois de todos estes momentos do combate, Doudrop e Kayden Carter subiram às cordas, mas Jacy Jayne e Gigi Dolin tinham intenções de interferir neste duelo e Nikki ASH atacou as duas intrusas.

Enquanto acontecia todo este caos, Kayden Carter e Katana Chance aplicaram uma combinação Neck Breaker e 450 Splash em Doudrop, para conseguirem reter os NXT Women’s Tag Team Championships.

Grayson Waller discutiu com The Dyad até ser entrevistado por McKenzie Mitchell. Durante a entrevista, a estrela revelou que a sua mãe fez-lhe uma chamada e disse-lhe que estava enojada com as suas ações, ao qual o mesmo não quis saber e até insultou a sua própria mãe.

– NXT Champion Bron Breakker venceu NXT UK Champion Tyler Bate (Title vs Title Match): Um grande duelo entre o fortíssimo NXT Champion e o habilidoso NXT UK Champion. Os fãs começaram por ficar do lado de Tyler Bate, mas rapidamente tornou-se um combate com grande momentos de puro Wrestling. Ambos deram tudo e Bron Breakker foi levado até ao limite.

Bron Breakker foi ganhando alguma energia do público e da adrenalina, onde tentou acabar o combate com o famoso Spear, mas Tyler Bate contra-atacou com o característico Bop and Bang. Mais uma vez, o NXT Champion demonstrou o seu domínio em termos de força, tentando mais uma vez o Gorilla Press, mas o adversário voltou a escapar.

Tyler Bate tentou finalizar o combate, mas Bron Breakker conseguiu aplicar o Spear para conseguir a vitória e se tornar o Unified NXT Champion. Com grande respeito, o inglês colocou os dois títulos no ombro do campeão, assim finalizando o NXT Worlds Collide.


O que achaste deste WWE NXT Worlds Collide?

13 Comentários

  1. Estava à espera que alguns do NXT UK ganhassem combates, como o caso do Tyler Bate e da Meiko, no entanto gostei de alguns combates como o caso do main event, adorei o combate.
    Gosto de ver a Mandy mas é por outros motivos, não muito pela sua habilidade de wrestling.
    No geral achei um bom PPV, especialmente para o que a NXT 2.0 nos tem oferecido.

  2. Natan4 semanas

    Infelizmente esse PPV de hoje não me agradou muito não, teve resultados que foram bem previsíveis, a melhor luta que foi bacana mesmo é o Ricochet e o Carmelo, entregaram muito bem e a única parte que foi realmente chata é a traição do Kemp sobre os Creed Brothers, queria saber qual futuro esse irá tomar como heel, 5/10 a minha nota

  3. João Freakin Sousa4 semanas

    Bom PPV, já estava à espera que nas lutas de unificação os representantes do NXT UK perdessem todos. Otima luta de abertura e ótimo main event tbm, só tive pena de o reinado da Mandy não ter acabado hoje, já está mais que na hora das TA irem para o Smackdown.

  4. Kk4 semanas

    Piada . Doudrop e niki melhor tag da empresa e fazem isso. Péssimo trabalho da nova equipe criativa da WWE.

  5. Blackpool elite4 semanas

    Agora Tyler bate e meiko satomura sobem pro main roster acredito eu, Gallus podia subir tbm, Blair Davenport deve ficar no nxt, vamos ver o que HHH faz

  6. Um claro statement de que a lógica do NXT black and gold regressará, desde a construção, ao booking e produção dos combates.

    North American Championship – ⭐️⭐️⭐️⭐️1/4
    Tag Team Unification – ⭐️⭐️⭐️ 3/4
    Women Unification – ⭐️⭐️⭐️1/2
    Women’s Tag Championship – ⭐️⭐️⭐️
    World Unification – ⭐️⭐️⭐️⭐️

    💥 – Breakker e Mandy a terem dos combates mais sólidos desde a implementação do NXT 2.0, tal como Hayes. Pretty Deadly a surpreenderem as casas de apostas, num bom move tal como o turn de Kemp.
    🤷‍♂️ – Há três reinados que o trigger de mudarem campeão já surfou a onda várias vezes e a WWE não aproveitou. Breakker e Rose são dois desses casos. Espero que no caso da última leve a uma Meiko vs. Mandy em que a Final Boss saia por cima.
    🤢 – As posições dos combates femininos deviam ter sido invertidas, já que prejudicou ambos os combates e até ver não foi clara a razão pela interferência das Toxic Attraction no embate pelos títulos femininos de Tag Team.

    Foi sólido, mas claramente o Clash at the Castle saiu por cima, overall. Esperta a ideia de antecipar o horário do Worlda Collide para saturar os fãs, sendo previsível um All Out longo, com 15 combates marcados. Concorde-se ou não, do ponto de vista de business foi inteligente.

  7. El Cuebro4 semanas

    Alguma possibilidade de vermos os cinturões unificados com um novo design?

  8. BRRM4 semanas

    Que belo main event

  9. Gostei:
    – Ricochet vs Carmelo Hayes (c). 2 atletas a tentarem constantemente fazer melhor que o outro com as suas acrobacias fenomenais. Fez sentido e foi um combate suave. Fantástica forma de começar o show.
    – Elimination Fatal Four-Way para unificar os Tag Titles. Foi um bom combate, a meu ver, mas com um imenso overbooking que impediu que fosse melhor.
    – Rose (c) vs Satomura (c) vs Davenport. Uma fantástica triple threat aqui. Preferia que a Blair Davenport tivesse ganho, ela já merecia conquistar um título, e também acho que está na hora das Toxic Attraction irem para o main roster.
    – Doudrop & ASH vs Chance & Carter (c). Foi um bom combate em geral, com Doudrop a ter uma exibição sólida. O final do combate não foi lá grande coisa mas pronto. Honestamente, a personagem da Nikki ASH já está mais que gasta e deviam considerar alterar a gimmick dela.
    – Bron Breakker (c) vs Tyler Bate (c). De longe, o melhor combate da noite e mais um combate que considero candidato a combate do ano! O Bate mostrou que já é um dos melhores do mundo numa jovem idade e o Breakker também mostrou que pode chegar a esse nível num futuro muito próximo. Espero que o Bate não vá para o NXT Europe, que permaneça aqui ou que até vá já para o main roster. Vale imenso a pena ver este combate perfeito!

    Overall: 8.5/10. Um show muito sólido que vale a pena ver. Destaco Ricochet vs Hayes, a triple threat e o main event, que é um sério candidato a combate do ano!

  10. Anónimo4 semanas

    Um bom PPV no geral. Bom combate entre o Ricochet vs Carmelo Hayes. Ótimo main event entre o Bron Breakker vs Tyler Bate.