Frank casino

Por causa da pandemia causada pelo COVID-19, a WWE teve de parar todos os seus live events e como todos sabemos continuou só a fazer os seus eventos televisivos no Performance Center e agora no ThunderDome.

Depois da WWE ter passado o segundo trimestre de 2020 “fechada” no Performance Center, a empresa de Vince McMahon registou grandes lucros e muito acima dos números esperados no início do ano, percebendo-se logo que a empresa perdia dinheiro por fazer live events.

Agora Dave Meltzer, na mais recente edição do Wrestling Observer Radio, revelou que a WWE está a ponderar acabar com os live events. De acordo com o jornalista, a ideia dos live events não regressarem quando a normalidade no mundo voltar, tem sido discutida várias vezes nos tempos mais recentes, visto que estes não trazem lucro.

Esta ideia dos live events acabarem também deve ser bem vista pelos lutadores, pois poderiam passar mais tempo em casa com as suas famílias e fazerem menos combates por ano, tendo menos hipóteses de se lesionarem.

Ainda assim, esta é uma decisão que apesar do ponto vista financeiro e até da saúde dos lutadores seria benéfica para a empresa, ainda nada está confirmado sobre os live events acabarem ou não.


Pensas que a WWE vai realmente acabar com os seus live events?

20 Comentários

  1. Realmente para além de não dar lucro ainda há o risco de haver lesões como houve por exemplo com o Rollins que teve de abdicar do título. Acaba por ser compreensível e ser mais benéfico para o negócio mas claro que é pena para os fãs pelo mundo fora esta notícia a se confirmar

  2. Tirando as tours europeias e fora dos EUA faz todo o sentido terminar os live events

  3. Logoseve3 semanas

    A pouco e pouco poderão acabar por ir perdendo público. Os lives events são bons a longo prazo, não a pensar no lucro instantâneo… É um investimento…
    “Quem não aparece, é esquecido”

    • Filipe3 semanas

      Live events sao os eventos nao televisionados. Raws e Smackdowns e PPV apos pandemia devem voltar a rodar pelos EUA.

    • Logoseve3 semanas

      Não disse o contrário….

  4. Zickelous3 semanas

    Realmente é uma boa, já que se não tivessem live events algumas lesões de lutadores poderiam ser agitadas como a lesão do Rollins no joelho ou a lesão que acabou com a carreira da Paige

  5. El Cuebro3 semanas

    Eu já venho falando isso há muito tempo, esses live events não são bons para a WWE, sobrecarregando seus funcionários, claro que isso não afete turnês mundiais e tudo mais, mas eles devidamente são um atraso para a WWE que já tem um calendário bem cheio!

  6. Diogo3 semanas

    Eu não concordo depois covid 19 os fãs precisam do espectaculo wwe

  7. Anónimo3 semanas

    Sem dúvida que se fizerem mesmo isso, os lutadores vão ter um horário mais leve. Se chegarem a fazer isso, deviam só acabar nos EUA, e deixarem os Lives para a Europa ou outros países que não têm a oportunidade de ver o show da WWE muitas vezes.

  8. Junior 0073 semanas

    E a melhor coisa dará tempo dos lutadores descansarem .

  9. Anderson3 semanas

    Trazer um raw ou smack down para o Brasil pós pandemia.

  10. Essa daí Silva luta livre eu quero ver a luta livre3 semanas

    É mesa saiu Silva eu vou lutar luta livre já assina

  11. Rui Miguel3 semanas

    Ainda à uns tempos atrás não houve uma notícia em que dizia que havia lutadores chateados por terem cancelado live events porque recebiam mais dinheiro?

  12. Faz muito sentido acabarem e talvez um dia regressem quando tudo voltar á normalidade

  13. jk3 semanas

    nem sei pq nao encerraram ainda o risco que os wrestler correm em termos de lesao nesses eventos meia boca é alto

  14. André Lopes3 semanas

    Sim acho bem que a empresa acabe de vez com os live events pois se não dão lucro devem encerrar e focar se mais nos seus house shows e paper vi wens.