A WWE transmitiu esta segunda-feira mais uma edição do Raw na USA Network, a partir da MVP Arena em Albany, Nova Iorque, rumo ao Royal Rumble de 27 de Janeiro.

Resultados

– Drew McIntyre venceu Sami Zayn
– Nia Jax venceu Shayna Baszler
– DIY (Johnny Gargano & Tommaso Ciampa) venceram Imperium (Ludwig Kaiser & Giovanni Vinci) (2-out-of-3 Falls Match)
– Kayden Carter & Katana Chance venceram Natalya & Tegan Nox
– Creed Brothers (Brutus & Julius Creed) venceram Judgment Day (NXT North American Champion Dominik Mysterio & JD McDonagh)
– World Heavyweight Champion Seth Rollins venceu Jey Uso

Report

Num Raw que teve vários combates em destaque, o main event foi o embate pelo World Heavyweight Championship entre o campeão Seth Rollins e Jey Uso.

16 Comentários

  1. John Smarks3 meses

    Espero honestamente que a tal da stable japonesa se forme mesmo, ao menos para termos as Kabuki Warriors tomando o título de duplas de Chelsea Green e Piper Niven. Green é o Greyson Waller de saias, uma chatice só.

    • tosse3 meses

      mais japas a lutarem com metade do tamanho dos main eventers e sem saberem falar uma frase em inglês?

      não, obrigado.

      queres belos combates, só?
      vai ver indys

  2. Mercedes3 meses

    Nia Jax vencendo um combate atrás do outro. Certamente vai receber um push, só não entendi a Becky a aparecer no final, sei que as duas têm história, mas esperava que a Nia rivalizasse com Ripley primeiro.

    Katana e Kayden vão receber uma luta pelo título, que é quase certo que irão perder.

    Drew é muito bom como face, mas como heel, é insuperável. O homem é uma lenda. Poderia ser o adversário do Seth para o RR, aliás.

    No mais, quero os DYE ganhando os títulos tag!

    • Marcelo3 meses

      Eu acho dificil os DYI ganhando os titulos de duplas por agora a wwe tinha era que separar esses titulos

    • Sincerão3 meses

      Meu Deus nunca ouvi tanta bobagem, Mercedes…

      PRIMEIRO que Becky e Nia é uma boa rivalidade sim, e óbvio que a Nia não vai receber push, pelo contrário.
      E o Drew já foi bom, hoje não é mais, tanto que foi deixado de lado e pode até ir pra AEW, e faz bem em ir… ele pela belt? esquece já foi.

    • Mercedes3 meses

      Você não sabe interpretação de texto? Eu disse que Nia vs Becky não era uma boa rivalidade? E Drew seria um excelente adversário para o Rollins no RR, isso é fato. Esquecido é o Owens, Styles, LWO…

  3. tosse3 meses

    Drew está um wrestler’s wrestler (entende isto quem quiser entender)

    como cresceu desde os tempos do Impact
    muito bom.

  4. MC3 meses

    Rumores de que o Drew vai sair em 2024, Drew isto, Drew aquilo. Eu cá acho que isto vai acabar com o Drew como WHC e contrato renovado na mão.

    • Sincerão3 meses

      Nunca.

    • Não acredito que saia da WWE. Acho que o Drew McIntyre está muito bem na empresa. E sim, mais cedo ou mais tarde irá vencer o título mundial pela primeira vez com o público na arena a assistir.

    • Natan3 meses

      Você não sabe nem o que diz Sincerão, fecha a matraca e assista melhor

    • Wwe3 meses

      Só espero que quando ganhar um título mundial, seja num premium live event numa grande arena, é como face.

  5. Marcelo3 meses

    Foi um bom raw mas destaco Katana e Kayden que dupla afinada viu a nxt tinha que virar um patrimônio mundial do wresting tanto lutador bom que sai de la acho que somos privilegiados que podemos acompanhar a carreira de lutadores e lutadoras tão bons quanto elas

  6. Anonimo_BR3 meses

    Ta tudo caminhando pra um Triple Threat no Royal Rumble… seria espetacular

  7. Anónimo3 meses

    Ótimo main event.

  8. Depois de um show com muita antecipação que não cumpriu com as expectativas criadas, o RAW volta a entregar um ótimo programa como tem feito nos últimos meses. A troca de palavras entre o Drew e o Sami no início do programa é algo que recomendo a ver e o combate que se seguiu entre os 2 foi muito bom, com o Drew a ser cada vez mais heel, aproveitando uma lesão do Sami Zayn. Para mim, a imagem nunca esteve mais clara: Sami Zayn como vencedor do Royal Rumble 2024 tem que acontecer! Drew vs Sami foi o 1º de 3 combates muito bons neste RAW, ao qual se juntam a 2-out-of-3 falls e o main event. Comecemos pelos #DIY, que estão a ficar over e é absolutamente belo. Aquela 3ª fall foi o destaque óbvio e os #DIY a vencerem corrigindo o erro da 1ª fall foi bem feito. E o main event teve uma das minhas near-falls favoritas deste ano, com o spear e o splash seguido do Jey Uso. O resto do combate foi entusiasmante. Ah, e essa triple threat de McIntyre/Rollins/Uso – já estou sentado à espera dela. Falando no World Champion, estou a ser fã da forma como estão a montar esta fase inicial da sua feud com o CM Punk. De resto no show, gostei imenso da justificação do Shinsuke Nakamura para o seu ataque no Cody e especialmente da sua frase final: “Não consegui acabar a minha história, portanto vou acabar a tua”. Os Creeds tiveram uma excelente exibição contra o Dom e o JD (adoro esta dinâmica dos Judgment Day com o Truth, continuem!) e Nia Jax vs Shayna Baszler foi decente. No entanto, Nia vs Becky Lynch? Eles realmente estão a procurar todas as formas possíveis de queimar tempo antes de fazer Becky vs Rhea. A tag feminina teve algumas falhas de comunicação e não foi assim grande coisa, mas feliz por ver a Chance/Carter a arrecadarem a vitória.