Frank casino

A WWE transmitiu esta segunda-feira mais uma edição do Raw na USA Network, a partir do ThunderDome no Amway Center, neste caminho até ao Hell in a Cell que ainda terá o Draft a começar esta sexta-feira.

Resultados

– Raw Women’s Champion Asuka, Mandy Rose & Dana Brooke venceram Lana, Natalya & Zelina Vega
– Seth Rollins & Murphy venceram Humberto Carrillo & Dominik Mysterio
– Braun Strowman vs Keith Lee (Double Count-Out)
– Hurt Business (WWE United States Champion Bobby Lashley & Shelton Benjamin) venceram Apollo Crews & Ricochet
– WWE Women’s Tag Team Champions Nia Jax & Shayna Baszler venceram Riott Squad (Liv Morgan & Ruby Riott)
– Mustafa Ali vs MVP (No Contest)
– Randy Orton, Robert Roode & Dolph Ziggler venceram Raw Tag Team Champions Street Profits & WWE Champion Drew McIntyre

Report

O Raw abriu com Randy Orton sentado na mesma sala em que atacou as lendas no último Raw. O “Legend Killer” começou por falar do Ambulance Match que teve contra o WWE Champion Drew McIntyre e dos ataques de Big Show, Christian e Shawn Michaels, tendo depois falado do que aconteceu da noite a seguir, e explicou que se sentiu na obrigação de responder ao ataque que sofreu por parte das lendas.

De seguida Randy Orton explicou em detalhe o ataque às lendas e que só irá parar quando tirar o WWE Championship de Drew McIntyre. O “Viper” desafiou então o WWE Champion para um Hell in a Cell Match, mas o segmento acabou numa grande confusão, pois Drew McIntyre interrompeu o seu rival e tivemos uma brawl, até que o campeão foi parado por vários árbitros e oficiais da WWE, o que deu espaço a Randy Orton para fugir.

– Raw Women’s Champion Asuka, Mandy Rose & Dana Brooke venceram Lana, Natalya & Zelina Vega: O trio de Asuka, Mandy Rose & Dana Brooke começou o combate da melhor maneira, mas a matreirice de Zelina Vega em conjunto com a experiência de Natalya viraram o ímpeto a seu favor.

Depois de um curto domínio, Asuka entrou em ringue e limpou a casa com toda a facilidade, e até parecia que ia vencer o combate para a sua equipa, mas Mandy Rose confiante fez o tag e acabou por ser ela a dar a vitória à sua equipa depois de uma joelhada fortíssima em Lana.

Já depois do combate ter terminado, as WWE Women’s Tag Team Champions Shayna Baszler & Nia Jax dirigiram-se ao ringue e atacaram mais uma vez Natalya & Lana, com a “Ravishing Russian” a atravessar mais uma vez a mesa dos comentadores, cortesia de Nia Jax.

Nos bastidores, R-Truth já estava a preparar o Draft, mas acabou por ser atacado por um lutador vestido de empregado das limpezas. O WWE 24/7 Champion ainda tentou fugir, mas escorregou e sofreu um pin pelo empregado de limpezas, que era Drew Gulak, que assim se tornou novamente WWE 24/7 Champion.

Noutra zona do backstage, Apollo Crews, Mustafa Ali e Ricochet foram interrompidos por MVP, que lhes tentou mais uma vez explicar como era boa ideia juntarem-se à Hurt Business. O segmento terminou com Ricochet, pela primeira vez, a indicar estar a ponderar a oferta do veterano.

De seguida tivemos um video package para relembrar tudo o que tem acontecido entre Seth Rollins, Murphy e a família Mysteiro. Já no ringue, Murphy afirmou que tem sido um discípulo exemplar, mas que Seth Rollins tem de pedir desculpa, não a ele, mas a Aalyah.

O “Monday Night Messiah” ficou possesso por este pedido e pegou no microfone e disse que ele até foi brando com a filha de Rey Mysterio, pois deveria ter exposto as DM’s onde ela fala dos seus verdadeiros sentimentos e como acha que os seus pais tratam melhor Dominik do que ela.

– Seth Rollins & Murphy venceram Humberto Carrillo & Dominik Mysterio: O combate começou a 100 à hora, com o duo de Humberto Carrillo e Dominik Mysterio a nem esperarem pela indicação do árbitro para atacarem os seus adversários.

No entanto, a dupla do “Monday Night Messiah” e do seu discípulo virou o combate a seu favor tendo dominado Dominik Mysterio durante vários minutos, até que os problemas entre Seth Rollins e Murphy vieram ao de cima e os dois começaram a discutir, pois o “Monday Night Messiah” afirmava que não precisava de ajuda do australiano.

Quem aproveitou foi Humberto Carrillo, que usou a sua lucha libre para virar o ímpeto a seu favor e quase vencer sozinho o combate.

O final acabou por ser bastante caótico e até parecia que Humberto Carrillo ia mesmo vencer, mas Murphy com uma grande joelhada deixou o lutador mexicano KO e venceu assim este Tag Team Match.

Nos bastidores, Braun Strowman apareceu e falou com Adam Pearce dizendo que mesmo sem Raw Underground ele quer lutar. O oficial da WWE explicou-lhe que como ele não é do Raw, não lhe pode dar um combate oficial, mas sim um combate de exibição, isto caso alguém queira lutar contra o “Monster Among Men”. Já depois de Braun Strowman ter saído de cena, Keith Lee apareceu e disse a Adam Pearce que lutaria contra Braun Strowman.

Noutra zona dos bastidores, Seth Rollins mostrou-se irritado por Murphy não o respeitar e deu uma hora ao seu discípulo para este lhe pedir desculpa.

No ringue, Kevin Owens afirmou que ao contrário do que é habitual não está feliz por estar a apresentar no KO Show, mas que finalmente percebe que é por se ter encontrado com “The Fiend” pela primeira vez. O “Prizefighter” estava preparado para confrontar Bray Wyatt, mas este apareceu no titantron com mais uma edição da Firefly Fun House, em que apelidou Kevin Owens de ser o seu novo “amigo”.

Kevin Owens voltou a mostrar-se irritado por Bray Wyatt não vir ao ringue para os dois lutarem e ameaçou-o de que no SmackDown ele vai ter o que merece. Já com a voz mais sombria, Bray Wyatt avisou o “Prizefighter” que ele não se sabe no que se está a meter.

O segmento terminou quando Kevin Owens já se dirigia para o backstage para ir atrás de Bray Wyatt, mas acabou por ser atacado pelas costas pelo seu rival Aleister Black.

Nos bastidores tivemos uma entrevista ao WWE Champion Drew McIntyre, que explicou que Randy Orton o irritou e que ele o vai continuar a atacar, e que o “The Viper” cometeu um erro ao desafiá-lo para um Hell in a Cell Match, pois ele vai levá-lo ao limite.

– Braun Strowman vs Keith Lee (Double Count-Out): Os dois gigantes mostraram que tinham uma força muito idêntica, o que levou os dois a lutar fora ringue, isto fez com que o árbitro os contasse até aos 10 e o combate acabasse por empate. Braun Strowman ficou em brasa com esta contagem do árbitro e acabou por fazer Keith Lee atravessar o separador entre o ringue e os ecrãs dos ThunderDome.

O “Limitless” também frustrado por o combate ter acabado desta forma, acabou por se levantar mais rapidamente do que alguém esperava e a brawl continuou. Apesar de todos os esforços de árbitros e oficiais da WWE, os dois gigantes acabaram por lutar no palco até que ambos atravessaram uma série uma estrutura.

A seguir tivemos mais um video package de Bianca Belair, desta vez a mostrar que ela também é a mais inteligente da divisão feminina da WWE.

Nos bastidores, o WWE 24/7 Champion Drew Gulak estava a tentar fugir dos seus rivais, mas acabou por ser apanhado por R-Truth e Akira Tozawa. Os três lutadores acabaram a guerrear dentro de um caixote do lixo e de alguma maneira, R-Truth conseguiu recuperar o seu título e já vão 42 reinados como WWE 24/7 Champion.

De regresso ao ringue e ao Wrestling, tivemos a Hurt Business com MVP a explicar que Apollo Crews, Mustafa Ali e Ricochet até lhes podem ganhar a luta, mas nunca a guerra. MVP explicou que os três lutadores são bastante talentosos, mas só lhes ganharam porque os RETRIBUTION apareceram nos ecrãs.

O trio de Apollo Crews, Mustafa Ali e Ricochet apareceu para gozar com MVP, por só arranjar desculpas quando perde e também para fingirem que se iriam juntar ao Hurt Business. MVP não gostou da brincadeira e pediu a Bobby Lashley e Shelton Benjamin para darem especial atenção a Ricochet.

– Hurt Business (WWE United States Champion Bobby Lashley & Shelton Benjamin) venceram Apollo Crews & Ricochet: Assim que o combate começou foi exatamente isso que aconteceu, com o WWE United States Champion Bobby Lashley e Shelton Benjamin a isolarem Ricochet durante vários minutos. Depois de um longo domínio, Ricochet conseguiu fazer o tag em Apollo Crews, que virou o combate do avesso com a sua força e agilidade.

No entanto, o “All Mighty” mostrou estar num patamar acima de todos em ringue e usou a sua força para acabar com o ímpeto de Apollo Crews, fazendo o seu rival desistir com o Hurt Lock.

Nos bastidores tivemos Murphy e Aalyah Mysterio a conversar, com a jovem preocupada com o seu novo amigo e a questioná-lo se ele iria pedir desculpa a Seth Rollins, e o australiano a responder que ainda não sabia. Aalyah ficou a olhar para Murphy como quem diz para ele fazer o que quiser…

Noutra zona do ThunderDome, a Hurt Business vinham felizes pela sua vitória, até que foram interrompidos por Mustafa Ali que disse que queria enfrentar MVP, para que eles percebessem que a seguir também venceria Shelton Benjamin e Bobby Lashley. O “All Mighty” ficou irritado com este desafio, mas MVP aceitou sem problema.

A hora dada por Seth Rollins a Murphy terminou e o “Monday Night Messiah” dirigiu-se ao ringue para receber o pedido de desculpas do seu discípulo. Já com Murphy no ringue, Seth Rollins continuou a explicar que o seu discípulo deveria pedir desculpa, pois foi ele que o tirou do anonimato e que não deveria ser assim tão difícil pedir desculpa. Seth Rollins mostrou-se cada vez mais irritado, o que fez o discípulo virar a boneca e atacá-lo.

Acabámos por ter uma brawl que Murphy venceu e quando pegou no kendo stick acertou em Seth Rollins e obrigou-o a pedir desculpa a Aalyah Mysterio. Este acobardou-se e pediu desculpa, mas tudo não passou de uma farsa e o “Monday Night Messiah” atacou violentamente o olho do seu antigo aliado. Quando saiu do ringue para ir buscar uma cadeira para continuar o ataque, já Aalyah Mysterio estava em ringue para pedir a Seth Rollins para parar.

O pior poderia ter acontecido, mas a restante família Mysterio dirigiu-se ao ringue, o que fez com que Seth Rollins fugisse. Rey Mysterio e Dominik Mysterio tiraram Aalyah do ringue, enquanto tentavam explicar à jovem que ela não se deveria preocupar com Murphy.

– WWE Women’s Tag Team Champions Nia Jax & Shayna Baszler venceram Riott Squad (Liv Morgan & Ruby Riott): As Riott Squad ainda tentaram empregar a estratégia que trouxeram para este combate, mas a força de Nia Jax e a mestria táctica de Shayna Baszler não permitiram isso, tendo isolado Ruby Riott e fazendo do seu braço esquerdo o alvo preferencial do ataque das campeãs.

Depois de um longo domínio, Liv Morgan ainda veio cheio de força ao ringue, mas só conseguiu ter o ímpeto do combate a seu favor durante alguns minutos, pois foi parada pelas campeãs. No final, Shayna Baszler fez Ruby Riott desistir com o seu Kirifuda Clutch.

– Mustafa Ali vs MVP (No Contest): O combate começou com a força de MVP a ser um factor determinante, mas rapidamente Mustafa Ali deu a volta ao combate. Só que a Hurt Business não parecia interessada em deixar terminar o combate e entraram no ringue para atacar Mustafa Ali.

Porém, tivemos os RETRIBUTION a aparecer e quando parecia que Mustafa Ali se ia juntar à Hurt Business para enfrentarem o inimigo comum, tivemos a grande surpresa de Mustafa Ali ter saído do ringue e ordenado os RETRIBUTION atacar a Hurt Business.

T-Bar, Slapjack, Mace entre outros mascarados destruíram a Hurt Business, até que Mustafa Ali entrou em ringue e todos os membros dos RETRIBUTION se juntaram a ele, e assim ficámos a saber que Mustafa Ali é o líder dos RETRIBUTION.

– Randy Orton, Robert Roode & Dolph Ziggler venceram Raw Tag Team Champions Street Profits & WWE Champion Drew McIntyre: O main event foi dominado nos primeiros minutos pela equipa dos campeões, muito por causa da força de Drew McIntyre e a agilidade de Montez Ford.

Porém, a equipa de Randy Orton, Robert Roode & Dolph Ziggler conseguiu isolar o ágil Montez Ford e dominar durante vários minutos, até que o WWE Champion entrou em ringue e limpou a casa.

O final foi caótico, com as duas equipas a quase vencer, em especial o trio de campeões que ficou à porta de uma vitória depois de mais um impressionante Frog Splash de Montez Ford em Randy Orton.

Os momentos finais do combate viram o WWE Champion Drew McIntyre acertar dois Claymore Kicks, um em Dolph Ziggler e outro em Robert Roode, até que do nada sofreu um RKO de Randy Orton, que arrecadou assim a vitória neste Six-Man Tag Team Match, ganhando ímpeto rumo ao Hell in a Cell.


O que achaste do WWE Raw desta semana?

13 Comentários

  1. Victor Márcio3 semanas

    Já chega! quero ver o Seth Rollins rivalizando com grandes nomes!

    • Juh3 semanas

      Tbmmm

    • Jessykah3 semanas

      Ele até tentou com o Drew Mcintyre, mas ele levou logo Cleymore Kick na cara e tudo se acabou.

    • Anónimo3 semanas

      Isso de certeza que só vai acontecer depois da pausa que ele fizer. E aí quando voltar deve começar a rivalizar com outros nomes. E espero que venha com a personagem renovada, está já deu o que tinha a dar a meu ver.

  2. Anônimo3 semanas

    finalmente Drew Mclntyre leva um pin

  3. Agora tenho quase a certeza que vamos ter o Apollo e Ricochet a juntarem-se aos Hurt Business para um combate no Survivor Series contra RETRIBUTION e Ali

  4. Facebook Profile photo

    Já deu família Mysterio. Já chega de “messias”, salvem o Seth, o Dominik pode ser um grande lutador… mudem essa história chaaaata.

  5. Facebook Profile photo

    Sólido Raw!
    7.5 de 0 a 10 do Bruno Meltzer Messiah!

  6. Foi um bom RAW.
    Destaques:
    -Heel turn do Ali,pode ser que consiga trazer algo interessante para os Retribution.
    -Boa promo inicial do Orton
    -Main event ok,com destaque para o primeiro pin que o Drew sofre enquanto campeão.
    -A storyline do Rollins e do Murphy com a familia Mysterio já está demasiado arrastada,mas pelos vistos vão focar no Rollins contra o Murphy.
    -Owens e Wyatt tiveram um segmento que entreteve

  7. Bom RAW.
    Destaco:
    – segmento inicial e bom main event com o Drew a levar o pin
    – heel turn do Ali
    – segmentos do Rollins e Murphy
    – bom segmento do KO e Bray Waytt

  8. El Cuebro3 semanas

    Foi um bom Raw, Ali surpreendendo, como alguém já disse aqui queria ver o Ricochet e o Apollo entrando para a Hurt Business e acontecendo um combate no Survivor Series, no mais queria uma chance melhor para Liv e Ruby, algo melhor para o Aleister Black também!

  9. Foi um bom RAW com uma surpresa que foi o Drew a levar um pin!

  10. Anónimo3 semanas

    Foi um bom Raw. Destaco o heel turn do Mustafa Ali, vai ser interessante o que se segue.