A WWE transmitiu esta segunda-feira mais uma edição do Raw na USA Network, a partir do ThunderDome no Tropicana Field em São Petersburgo, Flórida, e rumo ao Elimination Chamber do próximo dia 21 de Fevereiro.

Resultados

– AJ Styles venceu Jeff Hardy
– New Day (Xavier Woods & Kofi Kingston) venceram RETRIBUTION (T-Bar & Slapjack)
– Lacey Evans venceu Charlotte Flair (por desqualificação)
– Damian Priest venceu Angel Garza
– Keith Lee venceu Riddle
– Lana venceu WWE Women’s Tag Team Champion Nia Jax (Tables Match)
Naomi venceu WWE Women’s Tag Team Champion Shayna Baszler
– Randy Orton venceu WWE Champion Drew McIntyre (por desqualificação)

Report

O Raw abriu com um video package a relembrar imagens da amizade entre Sheamus e o WWE Champion Drew McIntyre, que culminou com um Brogue Kick na semana passada.

Já no ringue tivemos Adam Pearce, que apresentou Shane McMahon e os dois anunciaram que o WWE Champion Drew McIntyre irá defender o seu título num Elimination Chamber Match. Os outros cinco lutadores que irão competir neste combate serão: Randy Orton, Jeff Hardy, AJ Styles, The Miz e Sheamus.

Já depois do anúncio ter sido feito, tivemos AJ Styles a vir ao ringue e a dizer que esta é a altura perfeita para se tornar três vezes WWE Champion, porque estamos na Road to WrestleMania.

Já quando Shane McMahon estava a sair do ThunderDome, o WWE Champion Drew McIntyre veio falar com o filho de Vince McMahon e afirmou que achava que no Elimination Chamber ele ia lutar contra Sheamus. Shane McMahon não ligou às palavras do escocês e disse que este é um fighting champion e vai prová-lo no Elimination Chamber.

– AJ Styles venceu Jeff Hardy: Jeff Hardy entrou de forma dominante contra AJ Styles e esse domínio durou vários minutos, até que o “Charismatic Enigma” se lesionou no joelho e isso foi o suficiente para que o “Phenomenal One” virasse o ímpeto a seu favor.

Depois de um longo domínio com AJ Styles sempre focado na perna, mas Jeff Hardy mostrou aquilo que já todos sabemos, é que a sua vontade de vencer é maior do que qualquer dor que possa estar a sofrer e o “Charismatic Enigma” ainda conseguiu acertar o seu Twist of Fate.

No entanto, quando demorou a subir para o Swanton Bomb, deu tempo a AJ Styles para se desviar e o “Phenomenal One” aplicou o seu Calf Crusher e venceu este opener do Raw.

Nos bastidores, Riddle interrompeu Keith Lee e teve uma conversa mais estranha do que é habitual, a falar sobre os filme Air Bud e que vai continuar a tentar até conquistar o WWE United States Championship. Foi então que Keith Lee disse que se calhar estava na altura de ele tentar ir atrás do título.

Noutra zona dos bastidores tivemos Sheamus a falar com Adam Pearce, com o irlandês irritado por não ter o seu combate de singulares contra o WWE Champion Drew McIntyre. O “Celtic Warrior” disse então que ia destruir todos os adversários no Elimination Chamber e a culpa ia ser de Adam Pearce.

– New Day (Xavier Woods & Kofi Kingston) venceram RETRIBUTION (T-Bar & Slapjack): Os New Day usaram a sua maior experiência para dominar o combate contra Slapjack e T-Bar e nem a força deste parou o ímpeto dos ex-campeões nestes minutos iniciais da contenda.

Porém, os lutadores dos RETRIBUTION conseguiram isolar Xavier Woods durante alguns minutos, mas quando conseguiu fazer o tag em Kofi Kingston, este mostrou porque já foi WWE Champion e virou o Tag Team Match completamente do avesso. Depois do Daybreak, os New Day venceram o combate.

Assim que este Tag Team Match terminou Mustafa Ali gritou com os seus lutadores, que se mostraram bastante desapontados com esta derrota.

No ringue tivemos Ric Flair a mostrar-se irritado pela forma como a sua filha o trata e que encontrou em Lacey Evans alguém com os atributos físicos para se tornar grande e que ele a vai treinar e ela vai tirar o Raw Women’s Championship de Asuka.

Charlotte Flair veio ao ringue e mostrou-se irritada por Lacey Evans estar a tentar enganar o seu pai e que ela quer é aprender com o “Nature Boy”. Depois de vários insultos, Lacey Evans atacou a “Queen” antes do combate começar.

– Lacey Evans venceu Charlotte Flair (por desqualificação): A “Sassy Southern Belle” continuou a atacar o braço de Charlotte Flair e apesar de um início algo confuso, acabou por dominar durante vários minutos, mas a “Queen” foi começando a virar o ímpeto e fez com que Lacey Evans viesse para fora do ringue, o que fez com que Ric Flair ajudasse a sua nova amiga.

Isto fez com que a “Queen” virasse a boneca e atacasse Lacey Evans de tal forma que até fez com que o árbitro tivesse de a desqualificar. Este ataque só parou quando Ric Flair ficou cara a cara com a sua filha.

A seguir tivemos Edge em ringue a falar da sua vitória e de que esteve quase para anunciar a sua decisão, mas que agora com o anunciado Elimination Chamber Match pelo WWE Championship, ele vai ter de esperar. De forma inesperada, The Miz interrompeu o “Rated R Superstar” e veio ao ringue dizer que se ele vencer na WrestleMania 37, ele vai lá estar e fazer o cash-in.

Edge irritou-se com The Miz e basicamente chamou-lhe estúpido por vir ali ao ringue revelar a sua estratégia e que neste momento está a falar com alguém que deixou três campeões mundiais de sobreaviso e que ele [Edge] precisa de ser campeão e vai sê-lo.

– Damian Priest venceu Angel Garza: De forma surpreendente, Angel Garza entrou melhor neste embate contra Damian Priest, mas este domínio não durou muito e o “Archer Of Infamy” começou a virar o combate. Ainda assim, fora do ringue John Morrison e The Miz atacaram Damian Priest, enquanto Angel Garza distraía o árbitro.

Porém, Bad Bunny que veio para perto do ringue com uma indumentária digna de um turista no Algarve em pleno mês de Agosto, fez com que The Miz e John Morrison parassem o ataque e acabassem expulsos de perto do ringue. Toda esta confusão fez com que Damian Priest conseguisse acertar o Reckoning e vencesse o combate.

Nos bastidores, o WWE Champion Drew McIntyre falou novamente de Sheamus e disse que se este quisesse um combate só tinha de pedir. Já sobre os seus adversários no Elimination Chamber, o “Scottish Warrior” referiu que está encurralado, mas que ao contrário de outros que quebram sobre a pressão, ele quando está encurralado é como um animal selvagem e vai provar isso.

Outra vez no backstage tivemos uma entrevista à vencedora do Women’s Royal Rumble Match, Bianca Belair que estava a falar das possíveis escolhas que pode fazer na WrestleMania. A Raw Women’s Champion interrompeu a entrevista e disse que Bianca Belair não estaria preparada para Asuka. Depois de alguma tensão as duas concordaram que Lacey Evans também não estaria preparada para Asuka.

– Keith Lee venceu Riddle: Keith Lee usou a sua força para contrariar a ofensiva de Riddle e dominou os primeiros minutos sem problema. Riddle recusou-se a desistir e, primeiro com os seus strikes incríveis e depois com o Floating Bro, quase venceu.

A força de Keith Lee continuou a ser avassaladora, mas o “Original Bro” voltou às submissões e tentou fazer o “Limitless” desistir com um triangle choke. Porém, no final Keith Lee mostrou toda a sua força e com a sua Spirit Bomb venceu o combate.

Depois do combate, Keith Lee e Riddle cumprimentaram-se mostrando respeito mútuo. Quem não estava para aí virado era o WWE United States Champion Bobby Lashley, que veio ao ringue e basicamente destruiu Keith Lee e Riddle, mostrando que os dois dificilmente lhe vão tirar o título.

De seguida tivemos Randy Orton a falar dos assuntos por terminar com Drew McIntyre, mas que o WWE Championship é tudo para ele quer e que irá fazer tudo o que for preciso no Elimination Chamber para sair de lá com o título.

– Lana venceu Nia Jax (Tables Match): Nia Jax destruiu Lana desde o primeiro segundo, sendo que a “Ravishing Russian” tentou de tudo para sobreviver. Quando parecia mesmo que Nia Jax ia destruir de vez de Lana, acabou por cair de cu no apron, o que abriu espaço para que Lana empurrasse a sua rival contra uma mesa e vencer.

Assim que o combate terminou, Shayna Baszler atacou Lana, mas Naomi defendeu a sua parceira de equipa.

– Naomi venceu WWE Women’s Tag Team Champion Shayna Baszler: Naomi e Shayna Baszler tiveram então um combate e a “Queen of Spades” dominou de tal forma que, para além de dar uma tareia a Naomi, veio fora do ringue dar mais pancada a Lana. No entanto, essa ideia acabaria por se provar uma má ideia, pois Naomi com um Inside Cradle venceu este combate.

A seguir tivemos um video package a relembrar os perigos do Elimination Chamber e toda a história do combate.

– Randy Orton venceu WWE Champion Drew McIntyre (por desqualificação): O WWE Champion Drew McIntyre entrou melhor neste main event, mas Sheamus veio até perto do ringue e isso distraiu o “Scottish Warrior”, o que permitiu a Randy Orton dominar durante vários minutos.

O WWE Champion conseguiu equilibrar a contenda com o passar dos minutos e nos momentos finais deste main event tivemos algumas quase vitórias de parte a parte. No final, Sheamus decidiu vir a ringue e acertou um Brogue Kick em Randy Orton, mas Drew McIntyre um Claymore Kick no seu antigo amigo.

O Raw terminou com o WWE Champion a mostrar-se preparado para o Elimination Chamber.


O que achaste do WWE Raw desta semana?

17 Comentários

  1. 19043 semanas

    Estou a prever que Miz se esconde no final do combate Elimination Chamber e faz cash-in

  2. Rooben3 semanas

    Raw fraco a meu ver e combates para encher chouriços.
    Ja nem ha qualificações para a EC nem nada .
    A equipa criativa da WWE para mim nao passam de uma versão Vince Russo , mas que so nao chegam ao nivel dele porque ainda nao se lembraram de fazer um viagra in a pole .
    PS: mais alguem reparou no grito da Nia Jax “My Butt” ? Ahah

  3. Il Stelvio di WWE 2010/??3 semanas

    Raw fraco, muito fraco
    Muitos combates sem qualquer importância
    O EC match é simplesmente ridículo, pois não há qualquer construção, nem para o combate em si, muito menos para as superstars involvidas, todas menos o Sheamus
    E lá se esfumou mais uma oportunidade do The Fiend regressar
    Sinceramente, ainda não percebi muito bem o que é que a WWE quer fazer, no que concerne ao The Fiend

    • Il Stelvio di WWE 2010/??3 semanas

      , não só no que diz respeito ao regresso do mesmo, como também à rivalidade entre este e Randy Orton

    • Facebook Profile photo
      Gonçalo Flores3 semanas

      Para o EC Match concordo que não tenha havido uma construção pensada e que a WWE deverá ter colocado lá nomes que sejam do conhecimento do fã casual. Mas a verdade é que desde o começo do primeiro reinado do McIntyre, todos os lutadores envolvidos (com exceção do Jeff que não sei o que lá está a fazer, dado que, neste momento, tem perdido muitos combates, embora tenha amealhado uma vitória ali e outra acolá), os restantes têm todos história com o Drew. Penso que, apesar de tudo, a WWE se preocupou mais com as audiências do que com coerência, em termos de enredo, e concordo contigo. Mas não podemos ignorar o facto de todos, à exceção do Hardy, terem história no passado recente com o WWE Champion.

    • Anonimo3 semanas

      discordo um pouco. A historia para a EC pode ainda ser construida. A ideia é clara a de o campeao mostrar que esta preparado para entrar na wm com o titulo depois de ultrapassar uma estrutura demoniaca e por isso que a chamber acontece antes da wrestlemania alem disso e o tipo de match perfeito para credibilizar um vencedor para o grande evento do ano. se fosse só sheamus vs drew e que nao tinha sentido nenhum

  4. Roger Komesu3 semanas

    Raw totalmente igual a outros
    Jeff hardy perdendo
    Retribution perdendo
    Charlotte perdendo com o ric flair atrapalhando
    Miz fazendo palhaçadas “padrão”
    Drew contra Orton de novo, só faltava a Alexa aparecer de novo e interferir de alguma forma
    Espero que o smackdown seja diferente

  5. RAW fraco.
    Destaques:
    -Boa promo do Edge.
    -Main event ok.
    -Bom combate entre o Jeff Hardy e o AJ.

    Mencionar a completa preguiça em anunciar os participantes na Chamber em vez de combates de qualificação,o Lee a vencer o Riddle e depois ambos lutarem pelo titulo dos EUA.

  6. Mais um Raw recheado de distrações a meio dos combates e desqualificações. Histórias a progredir lentamente e feuds muito pouco interessantes… Não é fácil conseguir assistir a um espetáculo desta qualidade durante 3 horas. E se quem escreve o RAW são as mesmas pessoa que escrevem o SD!, ou é o Vinnie Mac que faz que estão que o RAW seja assim, porque considera esta patetice toda o E em WWE. Ou então é mesmo porque ninguém consegue montar um programa de 3 horas todas as semanas.

    – Não percebi o que o Shane foi fazer ao RAW.
    -Gostei do Aj Styles VS Hardy.
    – Gostei do Riddle Vs Lee.
    – Estava a gostar do Drew Vs Orton e da Lacey Vs Charlotte, mas enfim.

    O RAW não tem alma nenhuma. E os comentadores não ajudam. A forma como eles estão super excitados com tudo o que acontece é quase tão fake como o barulho do público.

    O Sheamus não teve um ano que o faça ser um adversário com credibilidade para um ME de WrestleMania este ano. A amizade dele com o Drew pode dar uma boa feud, mas o Sheamus não vem com o mínimo Hype. No entanto o combate fazia todo o sentido acontecer na EChamber PPV.

    O Elimination Chamber pelo título podia pelo menos ter combates de qualificação. Seria bem melhor que muito do que assistimos neste RAW. Kofi campeão em 2019 não entra na Chamber de ex-campeões da WWE. Miz campeão em 2010 e actual Mr. Money In The Bank entra. OK…

  7. El Cuebro3 semanas

    Mais alguém viu o Jonathan Gresham da ROH nos telões do ThunderDome no Smackdown na sexta e ontem no Raw?

  8. raw mediano para não dizer pior, senão fosse as publicidades já me esquecia que estamos a caminho da wrestlemania.

  9. Nada de carlito…

  10. RAW fraco
    Destaco:
    – boa promo do Edge
    De resto muito abaixo.

  11. Anónimo3 semanas

    Destaco a boa promo do Edge, e o combate entre o AJ e Jeff Hardy.

  12. Anonimo3 semanas

    miz fazendo o cash in na chamber e tomara que seja de novo em cima do randy orton

  13. Realmente esse RAW foi abaixo mesmo…
    Mas o que foi aquela promo do Edge?
    Hahaha deu uma aula no Miz, realmente o homem voltou com tudo.
    De resto os tópicos não me diziam muita coisa, com um Main Event repetitivo.

  14. Episódio do Raw razoável. Gostei da promo de Edge, do combate entre AJ Styles e Jeff Hardy e do ótimo match entre Keith Lee e Riddle (melhor coisa do show, a meu ver).