Depois das duas noites da WrestleMania 37 deste fim de semana, a WWE transmitiu esta segunda-feira mais uma edição do Raw na USA Network, a partir do ThunderDome, agora no Yuengling Center em Tampa, Flórida, e rumo ao WrestleMania Backlash do dia 16 de Maio.

Resultados

– WWE Champion Bobby Lashley venceu Riddle
– Viking Raiders (Erik & Ivar) venceram Cedric Alexander & Shelton Benjamin
– Raw Women’s Champion Rhea Ripley vs Asuka (No Contest)
– The Miz & John Morrison venceram Damian Priest (Handicap Match)
– WWE Women’s Tag Team Champions Nia Jax & Shayna Baszler venceram Mandy Rose & Dana Brooke (por count-out)
– The New Day (Kofi Kingston & Xavier Woods) venceram Elias & Jaxson Ryker
– Drew McIntyre venceu Randy Orton e Braun Strowman (WWE Championship Nº1Contender’s Triple Threat Match)

Report

O Raw abriu com imagens do que aconteceu durante a tarde desta segunda-feira, com o WWE Champion Bobby Lashley a chegar ao ThunderDome e a ser logo interrompido por Riddle, que o desafiou para um combate pelo WWE Championship. Bobby Lashley recusou esse desafio, mas o “Original Bro” tanto chateou o “All Mighty” que levou um soco na cara, mas pelo lado bom teve o seu desafio aceite.

– WWE Champion Bobby Lashley venceu Riddle: Ainda Riddle vinha a entrar de trotinete e já Bobby Lashley estava atacá-lo fora do ringue. O WWE Champion destruiu Riddle fora do ringue e isso fez com que o “All Mighty” dominasse durante bastante tempo e sem problemas.

De alguma forma, Riddle foi sobrevivendo ao ataque do WWE Champion e com os seus strikes parecia que ia virar o combate, mas quando tentou o Floating Bro, Bobby Lashley desviou-se e aplicou logo o Hurt Lock para vencer o combate.

De seguida tivemos um video package do combate entre Rhea Ripley e Asuka pelo Raw Women’s Championship na WrestleMania 37. Nos bastidores, a “Nightmare” foi entrevistada e explicou que a sua confiança fez com que ela vencesse Asuka e que na desforra que terão hoje, ela vai mostrar que começou uma nova era na divisão feminina do Raw e que ela está preparada para a japonesa.

– Viking Raiders (Erik & Ivar) venceram Cedric Alexander & Shelton Benjamin: Os regressados Viking Raiders entraram de forma dominante, mas Cedric Alexander e Shelton Benjamin conseguiram isolar Erik e assim dominaram durante vários minutos. Ainda assim, Erik foi sobrevivendo e fez o tag em Ivar, que virou o combate do avesso com a sua força.

No final, os Viking Raiders acertaram a Viking Experience e venceram este seu combate de regresso.

Nos bastidores, Asuka mostrou-se irritada por ter perdido o Raw Women’s Championship contra Rhea Ripley e que hoje no Raw vai recuperar o seu título.

A seguir tivemos a primeira surpresa da noite, com Charlotte Flair a vir ao ringue. Esta mostrou-se irritada por não ter estado na WrestleMania 37 e a seguir começou a insultar Rhea Ripley por esta ter-se aproveitado de ela não estar no grande evento, tendo a seguir insultado Asuka por já ter uma desforra.

Os insultos continuaram a voar na direção de várias lutadoras da WWE, até dizer que nunca mais vai ser a boazinha e que voltará a ser campeã mais cedo ou mais tarde.

– Raw Women’s Champion Rhea Ripley vs Asuka (No Contest): A agressividade vista no embate entre estas duas na WrestleMania 37 seguiu-se neste combate no Raw, com a nova Raw Women’s Champion a entrar melhor, tendo dominado assim Asuka durante alguns minutos.

O domínio foi durando, até que a “Empress of Tomorrow” conseguiu virar o ímpeto a seu favor, tendo até quase vencido o combate, mas Rhea Ripley também foi tendo as suas oportunidades para vencer.

Os minutos finais foram bastante confusos, sendo que tivemos novamente Asuka a acertar um DDT no apron e fora do ringue vimos Charlotte Flair a aparecer e a atacar as duas lutadoras de forma bastante agressiva, tendo deixado assim uma mensagem enfática às duas rivais.

Nos bastidores vimos The Miz e John Morrison a conversar, com o “A-Lister” a parar para cumprimentar e seguir caminho com a sua esposa, Maryse, que vai ser a convidada da Miz TV.

A seguir vimos as WWE Women’s Tag Team Champions Nia Jax & Shayna Baszler a gozarem com Mandy Rose, por esta ter escorregado durante a sua entrada na WrestleMania. Mandy Rose interrompeu e disse que foi um pouco embaraçoso, mas é o que é… O segmento terminou com Mandy Rose e Dana Brooke a atacarem Nia Jax.

Numa edição do Alexa’s Playground, Alexa Bliss começou por explicar que houve um dia uma rapariga que estava perdida, mas foi resgatada pela escuridão e que foi aprendendo várias coisas com essa escuridão, mas que um dia a pequena rapariga começou a perceber que não precisava da escuridão para fazer o que quer. Foi então que Alexa Bliss apresentou a sua nova amiga Lily, uma boneca no mínimo, assustadora.

De regresso ao ringue tivemos uma edição especial da Miz TV que teve como convidada a própria esposa de The Miz, Maryse, que estava presente para promover mais uma temporada do reality show Miz & Mrs.

A seguir, The Miz afirmou que ele fez com que Bad Bunny se tornasse uma estrela da WWE, tendo mostrado imagens da estreia do rapper na WrestleMania 37.

A conversa foi interrompida por Damian Priest que começou a refilar com The Miz e John Morrison, com o “A-Lister” a afirmar que o desafiava para um combate ainda neste Raw. John Morrison também referiu que queria lutar e os dois discutiram, até que Maryse sugeriu um Handicap Match e o “Archer of Infamy” aceitou.

– The Miz & John Morrison venceram Damian Priest (Handicap Match): Damian Priest entrou melhor neste Handicap Match, mas a força dos números fez a diferença e The Miz & John Morrison começaram a dominar o “Archer of Infamy”. Só que o foi um domínio de pouca duração, pois Damian Priest virou o combate do avesso e quase o venceu por várias vezes.

No final, The Miz já estava sem camisa e de calças nos tornozelos, o que levou a que Maryse subisse ao apron e distraísse Damian Priest, que acabou por sofrer um school boy do “A-Lister”, que juntamente com os pés nas cordas acabou por vencer o combate.

Nos bastidores, as WWE Women’s Tag Team Champions Nia Jax & Shayna Baszler foram entrevistadas e a “Irresistible Force” mostrou-se bastante irritada por ter sido atacada por Mandy Rose e Dana Brooke, afirmando que estas vão pagar pelo que fizeram.

– WWE Women’s Tag Team Champions Nia Jax & Shayna Baszler venceram Mandy Rose & Dana Brooke (por count-out): Ainda antes do combate começar, Nia Jax tropeçou na segunda corda e quase caiu a entrar no ringue. Isto só irritou ainda mais a “Irresistible Force”, que dominou Dana Brooke desde o primeiro segundo. Depois de um domínio de alguns momentos, Mandy Rose finalmente entrou em ringue e virou o combate do avesso.

Quando parecia que Nia Jax ia começar a dominar, esta tropeçou novamente a entrar em ringue e isso deixou a lutadora ainda mais irritada e furiosa.

Dana Brooke & Mandy Rose decidiram então que era melhor irem à vida delas e não lidar com Nia Jax, enquanto esta estava tão irritada, e assim as WWE Women’s Tag Team Champions venceram este combate por count-out.

No ringue tivemos em seguida MVP, que disse que o WWE Champion Bobby Lashley só queria festejar, mas que Riddle o chateou e teve o que mereceu. A seguir MVP elogiou Drew McIntyre e que este é um lutador incrível, mas que desmaiou no Hurt Lock e perdeu como ele sempre disse que ia acontecer. MVP explicou que se Drew McIntyre não sobrevive ao Hurt Lock, mais ninguém conseguirá.

Drew McIntyre interrompeu MVP e explicou que sim, ele cometeu um erro, mas que ninguém o irá deitar abaixo e que espera que Bobby Lashley continue no seu pedestal, bem alto, pois quando voltarem a lutar, ele será o próximo WWE Champion.

A seguir tivemos Braun Strowman a interromper e este afirmou que Drew McIntyre tem de sair de cena, pois ele é que vai ser o próximo candidato principal. Obviamente que isto não ia acabar aqui e tivemos a seguir Randy Orton a vir ao ringue dizer que agora que a história com “The Fiend” já acabou, ele pode concentrar-se em ser WWE Champion.

Antes que as coisas ficassem ainda mais confusas, Adam Pearce chegou à entrada e anunciou que ainda neste Raw teremos um Triple Threat Match entre os três lutadores e quem vencer irá enfrentar o WWE Champion Bobby Lashley no próximo grande evento da WWE, o WrestleMania Backlash.

Nos bastidores tivemos Drew McIntyre e Braun Strowman e os dois ficaram a discutir sobre quem irá ser o próximo candidato principal ao WWE Championship, mas o segmento terminou sem que houvesse um confronto físico.

Ainda antes do próximo combate começar, Elias decidiu fazer uma música de homenagem a Shane McMahon, mas o que tivemos foi os New Day a interromper e estes disseram que Elias & Jaxson Ryker são uma vergonha por terem sido destruídos por um só homem na WrestleMania 37 e que se isso lhes acontecesse, eles nunca mostrariam a sua cara.

Elias afirmou o óbvio, foi que os New Day foram destruídos por Omos na WrestleMania 37, o que tirou Xavier Woods e Kofi Kingston do sério e prometeram que iam mostrar a Elias & Jaxson Ryker o que era uma equipa a sério.

– The New Day (Kofi Kingston & Xavier Woods) venceram Elias & Jaxson Ryker: Os New Day usaram a sua velocidade par dominar os primeiros momentos desta contenda, mas o duo de Elias & Jaxson Ryker conseguiu virar o combate a seu favor, tendo isolado Xavier Woods durante alguns minutos.

Xavier Woods sobreviveu a tudo o que sofreu e conseguiu finalmente fazer o tag em Kofi Kingston, que usou a sua agilidade para colocar o ímpeto do lado dos New Day, tendo a vitória surgido pouco depois.

Nos bastidores, Randy Orton disse que nos últimos 6 meses esteve distraído com Alexa Bliss e “The Fiend”, mas que isso acabou e que finalmente se pode concentrar no WWE Championship. Apesar de ter de lidar com Drew McIntyre e Braun Strowman, ele vai levar para o ringue as três letras mais perigosas do mundo do Wrestling, R-K-O.

Logo em seguida tivemos uma edição da Firefly Fun House e Bray Wyatt abriu logo dizendo que está feliz por estar de volta para perto dos seus amigos e que apesar de tudo o que aconteceu, ele sente-se bem e que isto pode levar a um novo começo, e que pode ser aqui o início de um novo Bray Wyatt.

– Drew McIntyre venceu Randy Orton e Braun Strowman (WWE Championship Nº1Contender’s Triple Threat Match): O caos ficou instalado desde o primeiro momento, sendo que sempre que um lutador começava a dominar, um dos outros revertia o domínio a seu favor. Sendo que isso foi bastante claro fora do ringue, quando Drew McIntyre com as escadas deitou Braun Strowman por terra, para no segundo seguinte sofrer um Back Suplex na mesa de comentadores às mãos de Randy Orton.

Mesmo com o passar dos minutos, nenhum dos três lutadores foi ganhando um grande domínio, algo que é habitual nestes combates Triple Threat. Com o aproximar do fim do combate, Braun Strowman começou a usar a sua força e também as escadas para destruir os seus dois adversários.

Porém, o “Monster Among Men” acabou por demorar demasiado tempo, o que abriu espaço para que Randy Orton do nada virasse o combate e acertasse o RKO. Porém, não foi o “The Viper” que venceu, mas sim Drew McIntyre. O “Scottish Warrior” interrompeu o pin de Randy Orton com um Claymore Kick e venceu ele este Triple Threat Match, garantindo um rematch pelo WWE Championship no WrestleMania Backlash de 16 de Maio.

Depois do combate, enquanto Drew McIntyre festejava, tivemos MVP a aparecer na rampa e quando todos pensávamos que quem ia atacar o escocês era Bobby Lashley, tivemos Mace & T-Bar a atacar o “Scottish Warrior” com um duplo Chokeslam.


O que achaste do WWE Raw desta semana?

48 Comentários

  1. Best2 meses

    Acho que os Viking Raiders podem pintar como candidatos ao Raw Tag Team Champions com esse retorno…

  2. Devil2 meses

    O que aconteceu com a wwe hein? Está chato.

    • joao (só para diferenciar dos restantes)2 meses

      esperavas alguma surpresa num raw sem fãs?

    • BOSS2 meses

      Isso não é desculpa pra fazer um show de péssima qualidade!

    • Devil2 meses

      Não é desculpa pra pouca qualidade. Shows fracos outas fracas parece 2014 que foi o pior ano.

    • Andrade992 meses

      2014 pior ano ? Está doido. 2014-2015 foi um dos melhores períodos da wwe nos ultimos anos. Ja foi comprovado q a queda da wwe vem de 2017 pra cá.

    • Bea Ospreay2 meses

      2014 pra mim foi ok, prefiro 2015 – 2016 que foram excelentes, agora a sequencia 2017/2018/2019 foi terrivel com uma ou outra coisa boa, 2020 foi um pouco melhor mesmo sem publico.

  3. BOSS2 meses

    Um dos Raw pós-WM mais chatos de todos!

  4. Kay Orton2 meses

    cara de verdade, toda a péssima audiência do Raw dessa semana é mais que merecida, não fizeram nem um esforço pra trazer algo bom.

    • Bea Ospreay2 meses

      É torcer que o SD salve a semana, que tenha algum retorno realmente impactante ou suba algum nome de peso do NXT, alem de saber o que vem seguir para o Universal Tittle.

    • Devil2 meses

      O S D vai ser Roman blablabla Edge blablabla DB blablabla, Apollo blablabla da Nigéria com o Dabba Kato ai vem o Big E e blablabla todo kundo querendo revanche. Ai o primo do Roman ataca e apanha, Bianca sendo desafiada e blablabla.

    • Kay Orton2 meses

      O que me deixa chateado é que WM foi realmente ótima nas duas noites, nos trouxe o entretenimento, bons e ótimos combates, trouxe a revolta dos resultados, novos campeões e campeãs.
      Mas chegar no Raw pós WM e ver um show desse sinceramente…..hoje mais do que nunca parece que a regra do: “vamos montar o roteiro do show faltando 1 hora, pode acreditar que vai dar certo” foi cumprida com sucesso.

    • Kay Orton2 meses

      Olha Bea, um retorno nunca se sabe então basta esperar, e subir um nome do NXT acho bem difícil, acredito que pensam em subir só Io Shirai por agora mas só depois da revanche contra Raquel.

      E Devil, quem vc pensa que é pra falar isso ? vc virou Paul Heyman ? Só ele pode dar SPOILERS hahahaha e realmente, vai ser EXATAMENTE ISSO.

    • Verdade, o RAW está insuportável e até custa ver infelizmente!

    • Andrade992 meses

      Eles quiseram apostar q o pessoal ia se prender só ao fato de ser raw pos wrestlemania, q nos últimos anos sempre gerou ótimas audiências. Só q nesses anos sempre tinham bastante novidades (retornos, deduts) na qual atraía o interesse.

    • devil2 meses

      Kay Orton eu dei spoiler porque o Paul Heyman já tinha dito que isso iria acontecer no SD seguinte a WM.

  5. Bea Ospreay2 meses

    Foi MUITO fraco esse raw, tirando uma ou outra coisa de interessante, o resto foi bem ruim, decepcionante depois de uma Wrestlemania muito boa.

  6. Zoro sola2 meses

    Drew wins booring

  7. Joelson Souza Ribeiro2 meses

    Show do raw tava sem, graça qui eu ate dormir so acordei com Orton atacando brau stroman ate torci pra ele ser o desafiante do Bobby lashey mais acabou sendo o Drew de novo. Ja era esperado digas de passagem.

  8. Joelson Souza Ribeiro2 meses

    Eu não VEJO, hora de chegar sexta-feira pra ver o chefe da tribo em ação. No smackdown porquê ta massa com ele nos shows com suas promas foda.

  9. Leandro2 meses

    Dreew tu não se cansa mesmo até conseguir teu título de volta,volta logo brock Lesnar,kk

  10. Rui jesus messias2 meses

    Longe vão os tempos em que o Raw a seguir à WM era o melhor do ano…

  11. Facebook Profile photo

    Para mim foi um Raw depois da Wrestlemania bem leve. Botchs a mais, parecia que os lutadores estavam em esforço porque ainda estariam a sentir o show anterior. O que é normal claro! 6 de 0 a 10.
    Nota: ex retribution nos hurt business? Para ser assim mais valia ter ficado quem estava lá

    • Bea Ospreay2 meses

      6? Vc até que anda bonzinho ultimamente Bruno, cade aquele Bruno heel que andava em feud comigo xD kkk

    • Facebook Profile photo

      Irmã de Deus, o Bruno Heel (achei engraçado kkk) já não é mais heel. Tomei a poção da tranquilidade! Terminei a carreira e limito-me a ser o Adam Pierce do Wrestling PT. Mas foi boa a minha jornada pela WWE. O meu combate favorito foi na WM contra o Undertaker, foi épico! 😂😂👌

  12. Balhote2 meses

    Fiquei bastante desiludido com este Raw mas isso já é habitual. De novo só tivemos os Viking Raiders, mais nada. A rivalidade pelo WWE championship vai ser a mesma, o título femininos e os títulos femininos de equipas também é a mesma coisa, só com a inclusão da Charlotte. Os novos campeões de tag team e o novo US champion não apareceram, enfim. Não tivemos debuts, espero que o Smackdown seja melhor. Fiquei também desapontado com os desenvolvimentos entre o Bray e a Alexa que basicamente não foram desenvolvimentos nenhuns. Estava à espera de muito mais

  13. Eduardo2 meses

    Nada de Sheamus, nada de AJ e Olmos, nenhuma subida ao main roster, nada diferente do habitual. Achei esse RAW bem fraco, principalmente por ser o pós-Wrestlemania.

  14. TakerVanderVaart232 meses

    Para um Raw pós Wrestlemania esperava bem mais mas pronto! E depois de duas noites de Wrestlemania bem boas esperava que assim continuasse, pelo menos nesta primeira semana pós Wrestlemania… Que o NXT e SD consigam entregar um melhor show

  15. BigMando2 meses

    O único ponto positivo do show foi o regresso dos Viking Raiders, gostei muito do combate que fizeram

  16. lisbon2 meses

    um rumor para o summerslam …. quem ira tirar o titulo ao boby sera o brock lesnar

    • Bea Ospreay2 meses

      Eu sinceramente duvido que ele chegue até o Summerslam com o titulo.

  17. RAW ok e abaixo daquilo que por norma é o RAW pós-Mania.
    Destaques:
    -Bom combate entre o Lashley e o Riddle.
    -Bom combate entre a Rhea e a Asuka.
    -Bom main event.

    Notas para os regressos dos Viking Raiders e da Maryse.

  18. The truth hurts2 meses

    O pior Raw pós WM que presenciei e já lá vão alguns bons anos a ver isto, por um lado percebo porque os regressos e surpresas sem público não têm o mesmo impacto mas o pior mesmo foi a construção do show, pareceu tudo que foi feito em cima da hora

  19. Realmente esperava mais e melhor deste show. Ainda assim, destaco os regressos dos Viking Raiders (que voltaram como se nada fosse em termos de prestação in-ring — lamento por Cedric Alexander & Shelton Benjamin continuarem a perder depois de terem cedido os títulos de tag team), Charlotte Flair (que é capaz de ter feito a melhor promo da sua carreira e está com uma nova atitude muito porreira enquanto heel) e Maryse (quiçá para voltar a ser manager de The Miz e relembrar aqueles tempos áureos deste último enquanto campeão Intercontinental há 3/4 anos).
    No que toca a rivalidades, tivemos já alguns sinais de coisas que poderão acontecer para breve rumo ao WrestleMania Backlash: rematch já confirmada pelo WWE Championship entre Bobby Lashley e Drew McIntyre, com o “plus” daquele ter agora aparentemente mais dois membros no Hurt Business (T-Bar e Mace, curiosamente antigos rivais do Lashley na feud entre HB e RETRIBUTION) que com certeza farão de tudo para enfraquecer o escocês até ao PPV; triple threat match entre Rhea Ripley, Asuka e Charlotte pelo título para que a australiana retenha com pin na japonesa e depois haja um combate individual com a “Queen”; separação lenta mas progressiva entre Miz e John Morrison.

    • Bea Ospreay2 meses

      Ou seja Steal, ta tudo EXTREMAMENTE previsivel, o booking do raw esta horrivel.

    • Desse ponto de vista realmente é verdade, Bea. Pode ser que desviem esses trilhos nas próximas semanas para haver mais indefinição, mas não acredito.

  20. Para mim foi um RAW bem razoável beirando o mau!
    Destaques vão para:
    * Lashley vs Riddle no início do RAW;
    * Regresso dos Viking Raiders
    * Triple Threat Match
    * Combate entre Rhea e Asuka!

  21. Alexa vais continuar nesta treta??? Zzzzzz

    Bom regresso dos vikings, pena os 2 ex hurt business vorarem jobber assim.como o riddle, espero me enga ar quanto ao jobbar

    Curioso ver se o tbar e o mace terão finalmente um bom caminho

    Charlotte é ouro, só a presença dela cria logo interesse na divisão, que promo de arrepiar e bom ataque durante o womens tag championship, sinceramente quero que a rhea mantenha o titulo durante uns meses mas só imagino a charlotte como proxima champ, a carrega uma divisao as costas se necessário, é a wrestler mais completa e como já o disse noutra vezes é possivelmente a melhor de sempre

    • Bea Ospreay2 meses

      Mal tem uma nova campeã e ja esta a pensar em quem vai ser a proxima, ok, depois reclamam da Charlotte Flair receber hate.

    • Lol que eu saiba referi que queria que a rhea mantivesse o titulo nos proximos meses, antes de dizeres asneiras lê bem as coisas

  22. RAW ok.
    Destaco:
    – promo da Charlothe
    – combates de Lashley vs Riddle, o do main event e Rhea vs Asuka

  23. Anonimo2 meses

    mano que raw pos wrestlemania horroroso nem um retorno importante ou estreia pior raw pos wm de sempre

  24. Gostei:
    – Segmento backstage entre Lashley e Riddle e o respetivo combate entre ambos.
    – O regresso dos Viking Raiders!!! É sempre bom vê-los de volta mas espero que este combate não resuma o que pode vir a ser o futuro do Benjamin & Alexander.
    – O regresso da Charlotte Flair como heel.
    – Rhea Ripley vs Asuka. Não foi tão bom como o combate da WrestleMania, mas também não foi mau.
    – O segmento para preparar a triple threat.
    – New Day vs Elias & Jaxson Ryker. Bom combate tag team.
    – Drew McIntyre vs Bobby Lashley vs Randy Orton. Bom main event, só acho que foi muito curto e que a pessoa errada ganhou.

    Não Gostei:
    – Alexa’s Playhouse. Durante os últimos tempos tenho sempre elogiado a Alexa e o Bray. Mas o final do combate na WrestleMania desiludiu-me. E isto não foi nada de mais, não adicionou nada. A WWE precisa fazer algo com a Alexa em breve, pois sinto que a Alexa já fez tudo o que podia fazer com esta gimmick (dei essa sugestão na League: Apostas mas questionei-me na altura se era cedo de mais. Agora acho que está na hora da Alexa voltar à gimmick que tinha por volta de 2016-2018).
    – MizTV. Este segmento foi inútil, só serviu para promover o Miz & Mrs., para além de estar sempre a dar dicas de uma possível separação do Miz & Morrison.
    – The Miz vs Damian Priest. O combate não foi bom, mas ao menos protegeram o Damian de certa forma com o fim.
    – O que quer que tenha sido aquilo entre a Shayna/Nia e Mandy/Dana.
    – Muito como o Alexa’s Playhouse, a Firefly Funhouse foi fraca. Espero que ele esteja correto quando disse que está na altura de um recomeço, pois vinha a gostar muito destes segmentos e agora…

    Overall: 5/10. Tinha potencial para ser um dos melhores episódios do ano, mas acabou por ser medíocre. Onde estavam os Raw Tag Team Champions? Onde estava o United States Champion? Porque é que os campeões que apareceram tiveram tão pouco tempo?

  25. Anónimo2 meses

    Boa promo da Charlotte, ainda bem que voltou com heel. Bom combate entre o Lashley e Riddle. Bom combate entre Rhea e Asuka. E bom main event.

  26. Raw fraquinho, esperava mais surpresas visto ser o 1º Raw a seguir à Wrestlemania.

    Destaco pela positiva:

    – O bom opening com um bom combate entre o Lashley e o Riddle.

    – E o retorno dos Viking Raiders e da Maryse, principalmente o da Maryse porque pode ser o fator principal para o fim a tag team Miz e Morrinson. Digo isto porque é uma tag team estagnada e nada acrescenta à divisão ou dá beneficio aos lutadores, seria um bom refresh se o Miz e o Morrinson entrassem em feud entre eles.

    Pela negativa destaco:

    – A ausência dos campeões tag team e do Sheamus, na minha opinião como campões da brand deveriam aparecer, ainda para mais num Raw pós-Wrestlemania.

    – Algo que não achei bem foi o tempo do combate do main event, para os 3 integrantes de peso que estavam no combate e para a importância do mesmo deveria ter sido um combate com mais tempo.