A WWE transmitiu esta segunda-feira mais uma edição do Raw na USA Network, a partir do Moda Center em Portland, Oregon, rumo ao Extreme Rules de 8 de Outubro.

Resultados

– Finn Bálor venceu Matt Riddle
– Damage Control (Dakota Kai & IYO SKY) venceram WWE Women’s Tag Team Champions Raquel Rodriguez & Aliyah
– Johnny Gargano venceu Chad Gable
– Raw Women’s Champion Bianca Belair venceu Sonya Deville
– Omos venceu Ryan Toombs & Cash Marazzi (Handicap Match)
– Edge venceu Dominik Mysterio (por desqualificação)

Report

Seth Rollins abriu o Raw e afirmou que não tem vontade de voltar a enfrentar Matt Riddle, tendo afirmado que há muito tempo que não é campeão. O “Original Bro” interrompeu o seu rival e atacou-o assim que chegou ao ringue e os dois tiveram uma brawl, até que o “Visionaty” fugiu, tendo os Judgment Day aparecido logo a seguir.

Damian Priest falou da sua amizade com Matt Riddle e tentou convencer o “Original Bro” a juntar-se ao grupo, um pedido que foi rejeitado, algo que irritou Finn Bálor que explicou que ele ou está com os Judgment Day ou contra o grupo. O segmento terminou com Matt Riddle a atacar Damian Priest e a atirá-lo para fora do ringue.

– Finn Bálor venceu Matt Riddle: Matt Riddle entrou de forma dominante neste opener e controlou durante alguns minutos, mas Finn Bálor aproveitou uma distração de Damian Priest para virar o ímpeto a seu favor.

O “Princípe” dominou durante algum tempo, mas o “Original Bro” não se deixou ficar e foi equilibrando as contas e nos minutos finais tivemos várias quase vitórias de parte a parte. No final,  Rey Mysterio atacou Damian Priest, o que abriu uma distração que quase deu a vitória a Matt Riddle, mas Seth Rollins distraiu o seu rival, o que abriu espaço para Finn Bálor acertar o 1916 tendo fechado o combate com o Coup De Grace.

Depois do combate terminar, Seth Rollins entrou em ringue e acertou um Stomp em Matt Riddle.

Nos bastidores, as Damage Control falaram do combate que terão com as WWE Women’s Tag Team Champions Raquel Rodriguez & Aliyah, tendo Dakota Kay e IYO SKY prometido que irão conquistar os títulos que já deveriam ter conquistado há algumas semanas

A seguir, tivemos uma promo de Dominik com este a falar de como foi desrespeitado por Edge e que este agora já teve o que mereceu. A seguir, o jovem falou que sabe que desapontou o seu pai, mas que ele está farto de viver na sua sombra e que já não é uma criança, mas sim um homem.

– Damage Control (Dakota Kai & IYO SKY) venceram WWE Women’s Tag Team Champions Raquel Rodriguez & Aliyah: Raquel Rodriguez dominou durante alguns minutos, mas Dakota Kai & IYO SKY conseguiram isolar Aliyah e controlaram este embate durante algum tempo.

A canadiana conseguiu aguentar a ofensiva das suas oponentes e quando teve uma abertura fez o tag a Raquel Rodriguez que quase venceu o combate sozinha. Nos minutos finais, as campeãs quase retiveram os seus títulos, mas Bayley ajudou as suas companheiras de grupo, o que abriu espaço para que Dakota Kai com o Kai-ropractor desse a vitória e os títulos de equipas à sua equipa.

Nos bastidores, Rey Mysterio veio pedir desculpa a Dominik e afirmou que ele não tem de enfrentar Edge e que o “Rated R Superstar” tem um lado perigoso e que ele não o deveria enfrentar. Rhea Ripley interrompeu a conversa e afirmou que Edge não é perigoso, que Dominik é agora um homem, tendo os dois lutadores saído juntos.

– Johnny Gargano venceu Chad Gable: Os dois lutadores quiseram mostrar a sua técnica nos minutos iniciais deste embate, sendo que Johnny Gargano começou a usar a sua velocidade para ter algum domínio, mas Otis acabou por ser um fator de distração que ajudou Chad Gable a ficar no controlo.

O “Mestre” da Alpha Academy dominou durante alguns minutos, mas “Johnny Wrestling” não veio ao Raw para perder neste seu combate de regresso e começou a usar a sua ofensiva para ficar cada vez mais perto da vitória.

As quase vitórias foram sendo cada vez mais frequentes e no final, Johnny Gargano conseguiu arrumar Otis, tendo acertado o One Final Beat em Chad Gable que lhe deu a vitória.

Assim que o combate acabou Otis tentou atacar “Johnny Wrestling”, mas este acertou-lhe um Superkick, mas o poderoso lutador continuou a querer lutar, tendo o ex-NXT Champion saído do ringue, tendo sido atacado pelas costas por Austin Theory.

Já com o “Mr. Money In The Bank” em ringue este começou a vangloriar-se do que conquistou e do que vai conquistar, tendo também falado de como estragou o momento de Johnny Gargano.

Foi então que Kevin Owens o interrompeu e voltou a explicar que ele foi o escolhido, mas que as coisas já não são como eram no passado. Austin Theory provocou o “Prizefighter” dizendo que nos últimos 5 meses fez mais do que Kevin Owens e Johnny Gargano juntos nos últimos cinco anos, algo que irritou o canadiano.

Este explicou então que tudo o que o jovem ganhou, ele não o mereceu ganhar e que se pensarmos nos últimos 20 anos, se pensarmos em lutadores com o corpo e potencial de Austin Theory, já houve centenas que não deram em nada, porque pessoas assim existem aos milhares. Mas se pensarmos em pessoas como ele e Johnny Gargano, só eles é que tiveram sucesso na WWE, pois eles são únicos e são a alma e o coração desta indústria.

O “Prizefighter” pediu então para Austin Theory provar que ele está errado e para mostrar que ele é realmente o futuro da WWE, mas o “Mr. Money In The Bank” decidiu provocar mais uma vez o canadiano, que deu-lhe um estaladão que começou uma grande brawl entre os dois que aconteceu tanto dentro como fora do ringue, sendo que só vários árbitros e oficiais da empresa conseguiram parar.

A seguir, tivemos a Raw Women’s Champion Bianca Belair em ringue e esta não perdeu tempo a chamar a lutadora que respondeu ao seu desafio aberto. Quem apareceu foi Sonya Deville que relembrou que a “EST da WWE” lhe custou o lugar como oficial da empresa e agora ela lhe irá tirar o título.

– Raw Women’s Champion Bianca Belair venceu Sonya Deville: O combate começou de forma técnica com Bianca Belair a levar a melhor durante alguns momentos, sendo que Sonya Deville só conseguiu virar o ímpeto a seu favor, quando as duas começaram a lutar fora do ringue.

A campeã foi dominada durante vários minutos, mas nunca se deu por vencido e a maior força da “EST da WWE” fez com que esta equilibrasse as contas deste combate. Nos minutos seguintes, as duas lutadoras tiveram hipótese para vencer, e no fim Bianca Belair conseguiu contra-atacar o ataque de Sonya Deville e aplicou o seu KOD que lhe deu a vitória.

Assim que o combate terminou, Bayley interrompeu os festejos da campeã e afirmou que sabe que a “EST da WWE” está irritada por ela a ter vencido no Clash at the Castle, pois ela esteve mais dum ano sem lutar e mesmo assim a conseguiu vencer e que também a irá vencer quando lutarem pelo Raw Women’s Championship.

Bianca Belair pediu então à sua rival para entrar em ringue, mas tudo não passou duma armadilha das Damage Control, tendo o trio atacado a Raw Women’s Champion, até ao momento em que Alexa Bliss e Asuka vieram em auxílio da “EST da WWE”, tendo o segmento acabado com o trio a atacar Bayley.

– Omos venceu Ryan Toombs & Cash Marazzi (Handicap Match): Apesar da desvantagem numérica, Omos não deu hipótese e venceu este Handicap Match sem problemas.

No balneário, Rey Mysterio foi pedir a Edge para não lutar contra o seu filho, mas o “Rated R Superstar” explicou-lhe que Dominik precisa duma pequena lição e que sabe que não irá ser o “Mestre do 619” a dar-lhe, por isso é melhor que seja ele.

Nos bastidores, Seth Rollins mostrou-se irritado por continuar a ter de lidar com Matt Riddle, tendo a seguir afirmado que ele é a cara do Raw. O USA Champion Bobby Lashley interrompeu o “Visionary” e explicou que ele é que tem o título e por isso é a cara do Raw. Seth Rollins insultou o “All Mighty” tendo então desafiado-o para um combate na próxima semana pelo USA Champion, desafio esse aceite de bom grado por Bobby Lashley.

A seguir, tivemos uma entrevista a The Miz feita em sua casa, tendo as suas filhas e Maryse interrompido a entrevista, com o “A-Lister” a mostrar-se algo chateado por ter de sair de casa, mas a sua esposa convenceu-o. The Miz foi ficando cada vez mais irritado por o entrevistador estar a falar de Dexter Lumis, tendo expulsado-os de casa. O segmento terminou, com Miz e Maryse a saírem da sua propriedade e com Dexter Lumis dentro de casa a fazer um desenho da família.

– Edge venceu Dominik Mysterio (por desqualificação): Edge entrou de forma bastante agressiva e foi dando uma tareia a Dominik Mysterio tanto dentro como fora do ringue, durante os minutos iniciais deste main event.

O rumo do combate só mudou, quando nas costas do árbitro, Rhea Ripley atacou o Hall of Famer, o que permitiu ao jovem ficar no controlo durante vários minutos, tendo feito do joelho do “Rated R Superstar” o seu alvo preferencial de ataque.

Edge nunca se deixou ficar e mesmo com mais interferências de Rhea Ripley, o “Rated R Superstar” foi começando a equilibrar as contas deste combate e com isso as quase vitórias foram começando a surgir.

Nos minutos finais, Edge prendeu os braços de Dominik Mysterio nas cordas e foi-lhe dando vários strikes, até que Rey Mysterio parou o ataque contra o seu filho, tendo os dois amigos tido um pequeno desentendimento, até que os outros membros do Judgment Day apareceram e atacaram os dois veteranos, tendo causado a desqualificação.

O ataque do grupo continuou com Dominik Mysterio a dar cadeiradas na perna de Edge, tendo o ataque terminado com um Coup de Grace de Finn Bálor no joelho lesionado do Hall of Famer.


O que achaste deste WWE Raw?

19 Comentários

  1. Que Promo do Kevin! Awesome…

  2. Sam3 semanas

    Dominik sem talento Mysterio

  3. Wilow3 semanas

    Não consigo gostar da Bayley, mas que bom que as damage são campeãs. Primo ótima do KO, Seth x Bob L. Semana que vem será brutal. Seguimento dos JD com Edge e Mysterio foi ok. A luta da Bianca foi mais ou menos o padrão apresentado por ela, que é bom.

  4. Belitzki3 semanas

    odeio a dakota e a io sky agora que sao campeãs vão ser mais insuportaveis que a bayley , foram humilhadas por bianca alexa e asuka em plena edição do raw apos atacar bianca belair olha se esse grupo não for se separar dakota kay trai io e bayley como sempre fez no final se alguem não parara torço pra que seja a becky a traição vem por parte de alguem não me surpeenderei se surgir da dakota so esperar e quanto io sky e dakota não chegam ao 100 dias com o titulo

    • Natan3 semanas

      Kkkkkk eu é que tinha mais raiva da Bayley e Sasha Banks como heels, completamente insuportáveis depois de terem ganho três títulos femininos

    • Willow3 semanas

      A Bayley é mais chata que o Miz e não duvido que ela ganhe o título da Bianca.

  5. Roger3 semanas

    A luta do Gable foi muito boa que bom que ele tem mais tempo de tela agora!
    SHOOOOOOOOOOOOOSH!

  6. wrestling is wwe and nothing else3 semanas

    Metam o Gable a solo que Wrestler fantastico que despercicio ele estar com o Otis

    • Willow3 semanas

      Concordo plenamente. É que o Otis é adorado pela galera lá e se não for numa dupla ele some.

  7. Há aqui alguns pontos a retirar e que concordo com alguns comentários.
    O primeiro foi a promo fantástica do KO.
    O segundo é que o Gable é um wrestler fantástico e já merecia um título mid card, portanto concordo com uma carreira solo do mesmo.
    O terceiro é que Dominik não está a aproveitar para já a stable dos Judgment Day e como Heel está horrível, portanto o melhor é agora continuar com isto até ao fim e chegar a um ponto onde os JD ficam fartos dele e dão uma carga de porrada ao Dom, ele faz uma pausa, e vai para a NXT como novo nome, nova gimmick (com máscara) e novos movimentos.
    De resto gostei do nome da stable Damage Control e a música de entrada, e das novas campeãs, acho que foi uma gestão perfeita por parte de Triple H, os meus parabéns.
    Seth Rollins vs Lashley, seria bom o Seth vencer porque está à muito tempo sem nenhum título e meio “perdido”.
    Considerando tudo foi um bom Raw, e se tivesse de dar uma nota daria um 7 de 10.

    • Willow3 semanas

      Não acho que o Dom deva usar máscara igual o pai, até porque ele não é da escola mexicana, apenas descendente igual ao pai, o Dom é americano. Acho que ele é fraco demais e só está no raw e smackdown devido ao pai. O JD mereceria oponentes a altura e só o que vem a minha mente é o retorno do Hurt Business com uma mulher que pode bater de frente com a Ripley. O segmento do KO com o Austin T. está bom, melhor que aquele que ele tinha com o Elias, que por acaso sumiu. Gargano é mais para encher grade, não vejo nada de especial neles. Gable sempre foi bom, porém sempre empurram uma dupla a ele. As novas campeãs de dupla femininas serão tão chatas quanto a Bayley como heel e acho que não vão durar muito tempo.

    • Willow3 semanas

      A faltou uma coisa que vale para o masculino e o feminino, a muitos anos que está demasiado a quantidade de lutas que terminam com interferência, vide o que a bayley e o Priest fizeram e o que vem acontecendo com o chefe da tribo. Gostaria de ver lutas com pin sem ajuda.

    • Certo, respeito a tua opinião sobre todos os assuntos mas não concordo com alguns.
      Primeiro percebo o porquê de dizeres que Dom não deveria de usar máscara, mas quando eu digo para ele usar é para se esconder e ninguém saber quem ele é, e além disso pode ser americano mas é descendente mexicano e há pessoas que gostam de mostrar esse lado, claro que não conheço Dom para saber se é o caso dele.
      Quanto aos adversários dos JD eu concordo perfeitamente contigo, e já houve essa discussão neste site em comentários em fazer o regresso dos WarGames, a melhor coisa que a WWE inventou nos últimos 10 anos, e podiam “imitar” a AEW e ter mais em conta as tag teams e Stables e fazer lutas entre os mesmos, WarGames em PPV’s e o regresso dos Hurt Business seria brutal, e concordo com a adição de uma wrestler feminina, mas enquanto não voltam têm Imperium, Bloodline, Brawling Brutes, Hit Row, Maximum Models.
      Bayley ser chata é a tua opinião, conheço quem mais a tenha mas para mim é a melhor Heel da wwe, são apenas opiniões.
      Gargano é bom e vai provar isso.
      Quanto aos pins com ajuda é algo que acrescenta alguma emoção às histórias mas também não gosto quando o fazem em demasia.

    • wrestling is wwe and nothing else3 semanas

      Willow o Elias desapareceu até deixar crescer a barba para regressar com a sua antiga personagem acho que desconfio disso xD

    • Wilow3 semanas

      Eu te entendo e acho que os Imperium deveriam entregar mais antes de enfrentarem o JD. A Bayley é a melhor heel da atualidade, concordo, mas eu não gosto da personagem dela. O Elias poderia usar uma barba falsa se fosse o caso para voltar, a WWE é um cinema ao vivo. Hurt Business com a Charlotte Flair seria brutal. Era games deveria ser algo focado em tag team.

  8. Finn Balor vs. Matt Riddle – ⭐️⭐️⭐️ ½

    Women’s Tag Team Championship – ⭐️⭐️⭐️ ¼

    Johnny Gargano vs Chad Gable – ⭐️⭐️⭐️⭐️

    RAW Women’s Championship – ⭐️⭐️ ¾

    Omos vs Two Locals – ½

    Edge vs. Dominik Mysterio – ⭐️⭐️⭐️

    💥 Otimas decisões na troca dos tituloes de Tag Team Femininos; na rivalidade do Theory e no booking dos Judgment Day. Vejo totalmente o Gargano a tirar a mala ao Theory. E o Kevin Owens a dar promo-masterclasses semana após semana.

    🤷‍♂️ A Sonya estava a precisar de ir para o PC um pouco e quiçá uma run no NXT. Fez bem à Mandy, poderá fazer bem a ela.

    🤢 Squashes até podem ter utilidade. Não foi o caso. De todo. Bad bad bad.

  9. Anónimo3 semanas

    Bom Raw. Ótimo combate entre o Gargano vs Gable. Grande promo do Kevin Owens. Bom main event e final do show. Destaco também a vitória das Damage Control e o combate entre o Rollins vs Lashley para a próxima semana.

  10. El Cuebro3 semanas

    Omos aparece nos resultados, mas nos vídeos de highlights do Raw nem hein, levem-no de volta para o Performance Center e nem é tanto culpa dele, o jogaram numa verdadeira roubada!