Frank casino

A WWE transmitiu esta segunda-feira mais uma edição do Raw na USA Network, a partir do ThunderDome no Amway Center, que foi também a segunda noite do Draft neste caminho até ao Hell in a Cell.

Resultados

– Kevin Owens venceu Aleister Black (No Desqualification Match)
– AJ Styles venceu Jeff Hardy e Seth Rollins
– Mandy Rose & Dana Brooke venceram Natalya & Lana
– Angel Garza venceu Andrade
– Raw Tag Team Champions Kofi Kingston & Xavier Woods venceram Dolph Ziggler & Robert Roode
– Ricochet venceu Cedric Alexander (por desqualificação)
– Lana venceu Raw Women’s Championship Nº1 Contender’s Dual Brand Battle Royal

Report

O Raw abriu com Randy Orton, que depois de uma entrada demorada afirmou que quer pertença ao Raw ou SmackDown, e apesar de Drew McIntyre estar a ter um excelente ano de 2020, há algo que é certo: no Hell in a Cell irá tirar o WWE Championship ao lutador escocês.

Este interrompeu o seu rival e disse que quando o venceu no Clash of Champions foi por todas as pessoas que ele traiu e atacou no passado. Depois disso Drew McIntyre dirigiu-se ao ringue e o segmento terminou numa brawl dentro e fora do ringue, com Drew McIntyre a dominar por completo este “aperitivo” rumo ao Hell in a Cell.

Em seguida tivemos Stephanie McMahon a apresentar a primeira ronda do Draft deste Raw e as escolhas foram as seguintes: o Raw escolheu “The Fiend” Bray Wyatt, Randy Orton e Charlotte Flair, já o SmackDown escolheu a SmackDown Women’s Champion Bayley e os Raw Tag Team Champions The Street Profits.

– Kevin Owens venceu Aleister Black (No Desqualification Match): O primeiro combate do Raw abriu de forma bastante agressiva, com estes dois rivais a levarem o combate para fora do ringue, onde os dois se tentaram destruir o mais rapidamente possível. Com o passar dos minutos, o “Dutch Destroyer” começou a virar o ímpeto a seu favor, mas já com a ajuda de uma cadeira, Kevin Owens virou o combate do avesso até que Aleister Black quase venceu depois depois de um Double Knees no “Prizefighter” contra quatro cadeiras.

Nos momentos finais do combate vimos Aleister Black acertar o Black Mass contra o poste do ringue, o que lesionou o lutador holandês. Quando Kevin Owens entrou em ringue acertou primeiro um Stunner seguido de uma Powerbomb contra uma mesa, garantido assim a vitória contra o seu rival.

A seguir tivemos mais uma ronda do Draft deste Raw, com as escolhas da segunda ronda a serem as seguintes: o Raw escolheu Braun Strowman, Matt Riddle e Jeff Hardy e o SmackDown escolheu Daniel Bryan e Kevin Owens.

De regresso ao ringue tivemos uma edição do Miz TV, que teve como convidadas a dupla de Mandy Rose e Dana Brooke. Óbvio que a conversa foi logo para o tema de Mandy Rose ter ido para o Raw por causa de The Miz, para a separar de Otis.

A entrevista acabou por ser interrompida por Natalya e Lana, que disseram que deveriam ser elas as entrevistadas e não Mandy Rose & Dana Brooke. Obviamente que o segmento descambou e as quatro lutadoras enfrentaram-se numa brawl que a dupla de Mandy Rose e Dana Brooke ganhou sem problemas.

Porém, a edição do Miz TV continuou, desta vez com o entrevistado a ser John Morrison. Só que a entrevista foi interrompida por Lars Sullivan, que atacou John Morrison enquanto The Miz acabou por fugir com medo.

No backstage tivemos um segmento entre os New Day e os Street Profits, com Adam Pearce a permitir que as duas equipas trocassem os títulos. Assim sendo, Kofi Kingston & Xavier Woods são agora os Raw Tag Team Champions, enquanto Montez Ford & Angelo Dawkins são os SmackDown Tag Team Champions. Dolph Ziggler & Robert Roode interromperam os campeões, exigindo um combate pelos Raw Tag Team Championships.

Na terceira ronda deste Draft no Raw, as escolhas anunciadas por Stephanie McMahon foram: o Raw escolheu os RETRIBUTION (incluindo Mustafa Ali), Keith Lee e Alexa Bliss, já o SmackDown escolheu Lars Sullivan e King Corbin.

Logo de seguida tivemos a despedida do Raw por parte de Seth Rollins, que veio ao ringue e afirmou que o Raw está a perder bastante, pois está a perder um grande líder e que não há ninguém na brand que vá agora ocupar o seu lugar.

Jeff Hardy interrompeu Seth Rollins, que não quis nada com “Charismatic Enigma” e saiu de ringue, até que veio AJ Styles que mandou o “Messiah” seguir caminho, pois isto nunca foi o “Monday Night Rollins”.

Óbvio que Seth Rollins não achou piada nenhuma a esta boca de AJ Styles e recuou para lhe pedir satisfações, tendo então Jeff Hardy aproveitado para atacar os dois lutadores, antes de regressar ao ringue e os desafiar para um Triple Threat Match.

– AJ Styles venceu Jeff Hardy e Seth Rollins: Jeff Hardy começou a 100 à hora e a dominar o combate, mas uma pequena aliança entre os outros dois lutadores parou o ímpeto do “Charismatic Enigma”. Quem aproveitou foi AJ Styles, que virou o ímpeto a seu favor durante alguns minutos.

Ainda assim, Seth Rollins quis mostrar porque foi um dos líderes do Raw durante os últimos anos, tendo virado o combate a seu favor durante algum tempo, isto até Jeff Hardy usar a sua ofensiva pouco ortodoxa para virar o combate do avesso.

O final, como seria de esperar com estes três lutadores, foi bastante equilibrado e caótico e parecia que AJ Styles ia roubar este combate a Jeff Hardy depois deste acertar um Swanton Bomb em Seth Rollins, que conseguiu escapar do pin de forma incrível.

No final, a vitória parecia que ia afinal pender para Jeff Hardy, mas este acabou por ser atacado pelo regressado Elias, que acertou com uma guitarra nas costas do “Charismatic Enigma”. AJ Styles aproveitou e fez o pin da vitória.

A seguir tivemos mais uma ronda deste Draft e as escolhas nesta quarta ronda foram: o Raw escolheu Elias, Lacey Evans e Sheamus, já o SmackDown escolheu o WWE Intercontinental Champion Sami Zayn e a dupla de Cesaro & Shinsuke Nakamura.

– Mandy Rose & Dana Brooke venceram Natalya & Lana: A dupla de Mandy Rose & Dana Brooke começou de forma dominante, mas a veterania de Natalya virou o combate a favor da sua equipa. Porém, Lana perdeu o controlo rapidamente e pouco depois sofreu um Swanton Bomb de Dana Brooke.

Assim que o combate terminou, Natalya mostrou-se irritada com Lana e afirmou que a parceria terminou.

Já nos bastidores, a Hurt Business foi interrompida por Ricochet, que explicou que com tudo o que tem acontecido ele pode ficar sozinho no Raw e por isso queria fazer uma proposta a MVP. Um último combate entre Ricochet e um dos membros da Hurt Business, se ele ganhar, o grupo deixa de o perseguir e atacar, se ele perder, ele junta-se à Hurt Business. Cedric Alexander chegou-se à frente para enfrentar Ricochet.

– Angel Garza venceu Andrade: Os dois ex-parceiros começaram o combate de forma bastante agressiva, com nenhum dos dois a conseguir ganhar vantagem. Já fora do ringue parecia que ia ser Andrade que ia impressionar Zelina Vega, que estava na mesa de comentadores, mas Angel Garza atirou o seu ex-companheiro contra o ringue e assim que voltou ao mesmo acertou o Wing Clipper para a vitória.

Zelina Vega foi ajudar o seu companheiro de longa data Andrade, mas as luzes da arena apagaram-se e tivemos a aparição de “The Fiend” e Alexa Bliss, que atacaram Andrade e Zelina Vega com um duplo Sister Abigail.

Na quinta ronda do WWE Draft as escolhas anunciadas por Stephanie McMahon foram: o Raw escolheu Nikki Cross, R-Truth e Dabba-Kato, já o SmackDown escolheu Dolph Ziggler & Robert Roode e Apollo Crews.

– Raw Tag Team Champions Kofi Kingston & Xavier Woods venceram Dolph Ziggler & Robert Roode: A dupla de Dolph Ziggler & Robert Roode dominou desde os primeiros minutos e tiveram um longo domínio enquanto mantiveram Kofi Kingston isolado.

No entanto, quando Xavier Woods conseguiu entrar em ringue veio com a força toda e virou o combate do avesso.

Os minutos finais foram bastante equilibrados, com várias false finishes, e até parecia que Robert Roode ia apanhar Xavier Woods com um pin rápido, mas um tag de Kofi Kingston abriu espaço para o ex-WWE Champion entrar em ringue e ,depois do Midnight Hour, os Raw Tag Team Champions retiveram os seus títulos.

Nos bastidores tivemos uma entrevista a Elias, que culpou Jeff Hardy por o ter atropelado em Maio e que vai vingar-se do “Charismatic Enigma”. Depois, anunciou que o seu novo álbum vai ser lançado no dia 26 de Outubro e que no próximo Raw fará um concerto para celebrar o seu regresso.

– Ricochet venceu Cedric Alexander (por desqualificação): Cedric Alexander entrou neste combate de forma agressiva, como nunca se tinha sido visto antes, e assim dominou Ricochet durante vários minutos.

O “One and Only” teve de usar toda a sua velocidade e agilidade para equilibrar o combate, mas as as coisas não lhe estavam a correr bem quando o árbitro se lesionou, o que permitiu a MVP ir buscar uma cadeira.

Porém, Ricochet apanhou a cadeira e sentindo que o árbitro se estava a levantar, bateu com a cadeira no ringue e atirou-se para o chão, tal como Eddie Guerrero fazia. O árbitro, com o barulho, pensou que Cedric Alexander tinha atacado o seu ex-amigo com a cadeira e desqualificou assim o homem da Hurt Business.

Ricochet venceu assim por desqualificação e para já não se irá juntar à Hurt Business.

Em seguida tivemos o video package a relembrar o que aconteceu entre Keith Lee e Braun Strowman na semana passada, e foi anunciado um novo combate entre eles para o Raw da próxima semana.

Em seguida tivemos a última ronda do WWE Draft de 2020, onde os lutadores escolhidos foram: o Raw escolheu Titus O’Neill, Peyton Royce e Akira Tozawa, já o SmackDown escolheu Carmella e Aleister Black.

– Lana venceu Raw Women’s Championship Nº1 Contender’s Dual Brand Battle Royal: A Battle Royal começou com Nia Jax cheia de bazófia a dizer que ela ou Shayna Baszler iam vencer o combate, por isso para poupar o tempo as outras lutadoras poderiam-se auto-eliminar. As outras lutadoras não gostaram do que ouviram e atacaram as WWE Women’s Tag Team Champions, mas não as conseguiram eliminar.

Nia Jax conseguiu ainda assim eliminar várias lutadoras, antes de todas as lutadoras restantes, incluindo Shayna Baszler eliminarem a “Irresistible Force”. Nia Jax perdeu as estribeiras e fora do ringue encontrou Lana, que não escapou da sua viagem semanal contra a mesa de comentadores com um Samoan Drop.

Durante esta Battle Royal tivemos imagens do backstage, onde o WWE Champion Drew McIntyre e Randy Orton estavam envolvidos numa brawl.

As quatro últimas lutadoras foram Natalya, Lacey Evans, Liv Morgan e Ruby Riott, sendo que as Riott Squad de forma surpreendente foram eliminadas, ficando Natalya e Lacey Evans no ringue. Depois de vários minutos de luta, em especial no apron do ringue, Natalya eliminou Lacey Evans e parecia que tinha vencido a Battle Royal…

Só que Lana ainda não tinha sido eliminada e atacou Natalya pelas costas, tornando-se assim a nova candidata principal ao Raw Women’s Championship de Asuka.

Só que não houve tempo para muitos festejos, pois o Raw acabou com a brawl de Drew McIntyre e Randy Orton a vir para a zona do ringue, até que vários oficiais e árbitros da WWE separaram o WWE Champion e o seu rival.


O que achaste do WWE Raw desta semana?

32 Comentários

  1. Foi um bocado estúpido terem colocado os Retribution no draft.

    • joao2 semanas

      faz sentido visto que “têm contrato”, secalhar continuam a aparecer nas 2 brands pq fazem o que querem, nao sei, mas n foi estupido

    • Eles não têm aparecido no Smackdown, mas sendo eles uma stable que fazem o que querem, achei um bocado estúpido estarem a colocá-los no draft. Só se agora forem ao Smackdown atacar o pessoal para demonstrar que a WWE não manda neles, mas se isso não acontecer é porque estão a seguir as regras e já não são aquilo que deviam ser.

    • joao2 semanas

      eles em kayfabe assinaram contrato para fazerem o que quiserem dentro daquilo que a empresa lhes dá que é acesso ao RAW, secalhar quando chegarmos perto do survival series eles irao aparecer em ambas as brands

  2. Anônimo2 semanas

    acabaram com a divisão feminina do smackdown.

  3. Max Araújo2 semanas

    Lana? Kkkkk

  4. De todas as decisões estúpidas que já vi na WWE, a Asuka a ir da mesa de comentadores para o backstage está lá em cima.

  5. Karan2 semanas

    Não gostei desse Draft, acabou com o SmackDown eu achei, sei lá….posso estar me precipitando. Basicamente as sextas feiras serão casos de família com o Mistério e o Seth e o Roman e o Jey. E o Raw das uniões e agregados Retribution, Hurt, The Fiend

  6. MC2 semanas

    Apanhei o resumo assim por alto, logo mais vejo com mais atenção mas parece ter sido um bom RAW. Pelo resumo destaco dois momentos, o duplo Sister Abigail no Andrade e Vega foi awesome, e o fim do Cedric Alexander x Ricochet. Ricochet a prestar um belíssimo e bem executado tributo a Eddie Guerrero.

    Quanto ao draft, novamente, assim por alto senti que o SmackDown ficou algo enfraquecido especialmente a divisão feminina e tag. Mas, sendo sincero, quando é que o SD não é enfraquecido pelo draft? 🤣

  7. Max Araújo2 semanas

    Agora entendi os treinos da Lana com a Natália para que ela faça um bom combate diante da asuka embora já sabemos já o resultado,no mínimo ela vai ter que se esforçar o máximo,mais Lana juro que me surpreende com essa escolha,kkk

  8. Max Araújo2 semanas

    Ainda no final ficar só Lana e Natalia,kkk

  9. Edge2 semanas

    Chega de Asuka, Lacey Evans podia ter ganho e ido pro HIV e saído como campeã

  10. Bom Raw, surpreendeu-me pela positiva visto que até teve imensa coisa a acontecer.
    É de notar que este segundo dia de Draft foi bem mais mexido do que o primeiro no que toca a trocas de brand, os mid cards então tiveram várias alterações interessantes.
    Gostei muito do combate entre Aleister Black e Kevin Owens (este está em grande no que diz respeito a performances) e do triple threat entre AJ Styles, Jeff Hardy e Seth Rollins (o final foi totalmente inesperado).
    Já a Battle Royal, achei meh (ainda para mais, era o main event), e esperava uma promo de Mustafa Ali como havia sido prometido mas a WWE deve se ter “esquecido”… É pena ver também Andrade a acumular derrotas.

    • Acho que foi melhor o Garza ter ganho. Hoje apesar do Andrade ser o melhor lutador dos dois, o Garza é o pacote completo, carisma, luta bem e sabe falar inglês logo consegue promar.

    • Ze Pedro, eu também partilho da tua opinião. O que me entristece é ver que ele não parece contar para a WWE já que nem se sabe ainda qual é a sua nova brand.

    • Verdade, é uma pena. A ver se começa a falar inglês senão não vai ter muitas chances.

    • Bea Ospreay2 semanas

      Acho dificil ele ter sucesso agora no main roster, talvez voltar pro NXT seria uma boa, mas sem a Selina, e tentar mudar a personalidade (e trabalhar carisma), e quem sabe voltar preparado, pois agora sem a Selina, acho que o Vince não o ve mais que um lutador talentoso no ring. E não da pra ele depender pra sempre de um manager se quiser voos mais altos.

    • Concordo totalmente consigo, Bea. Com tanto bom lutador (e especialmente com traços de personalidade bem vincados) a solidificar-se e outros que começam a aparecer consistentemente e a ganhar destaque, para além dessa mencionada ausência de Zelina Vega, Andrade perde muito do seu brilho e “fator especial”.

  11. Rated R2 semanas

    até no raw o miz e o morrison já estão a levar squash…

  12. Foi um otimo RAW tendo em conta o que habitualmente é apresentado.
    Destaques:
    -Feud do Orton e do McIntyre muito violenta e cada vez mais pessoal.
    -Black vs Owens e o triple threat com o Hardy,o AJ e o Rollins foram bons combates,especialmente o segundo,foi fast pace e todos estiveram a bom nivel…nota tambem para o regresso do Elias e o regresso dos seus concertos,curioso para ver como funcionara sem publico.
    -Esperava que começassem a fazer um setup para unificar os titulos de tag team,mas os Profits e os New Day simplesmente trocaram os belts entre si.

    Por fim,o Draft foi mais interessante em relaçao ao que tinha sido feito no Smackdown.

  13. Bom RAW.
    Destaco:
    – feud do Orton e Drew que continua a um bom nível
    – bom combate do KO e Black
    – bom triple treath e regresso do Elias
    – o draft como um tudo também foi bom

  14. Foi mais um bom RAW, fiquei surpreendido com o Draft, mas espero que a divisão feminina do SD seja melhor aproveitada, a ver vamos que futuro irá ter!

  15. Facebook Profile photo

    Raw razoável a meu ver! 7.5 do Bruno Meltzer Messiah

  16. El Cuebro2 semanas

    Sobre o Dabba Kato ele continuará no Underground? E teríamos o Mustafa Ali falando o por quê de estar com os Retribution não?!

  17. Com o draft já completado espero que o Drew McIntyre vença o Orton no heel in ceel, e já vejo 3 lutadores que ele possa enfrentar no futuro são eles Aj styles , The fiend bray wyat e Braun strowman e só queria que Drew McIntyre seja dos melhores de sempre da WWE .

  18. Acho que podiam ter guardado, as manhas de eddie guerrero para outro tipo de lutador, visto que o ricochet é um face por natureza (a menos que me surpreenda futuramente como heel) e acho que essas manhas são mais de uma personagem heel mas cativante para o público
    Acho sinceramente que podiam ter guardado isso para usar no Angel Garza, visto que lhe assentaria muito melhor

    Em relação ao sister abigail em conjunto, gosto da atitude da alexa (sempre foi das minhas lutadoras favoritas pelas suas mic skills), mas o sister abigail aplicando assim? então ela vira a zelina que estava “fresca” fica parada ali uns bons segundos e a zelina nem sequer tenta ripostar, no caso do andrade ainda vá ele vinha de um combate, falo nesta situaçao como acontece as vezes com o fiend quando ataca algum lutador.
    Acho que ficaria melhor aplicar a mandible claw, e fazer uma transição para o sister abigail e aplicar.

    Em relação ao draft, acho estúpido haver trocas de titulos, (street profits com new day) nem sequer faz sentido, para mim quem está com os titulos que distinguem brands (exceto talvez USA e intercontinental) não deveria constar no draft, Para isso mais valia manter o cesaro e naka, pois mantiveram se no smackdown, do que ter dado uma title shot ao new day do nada, e perdia os street nem que fosse pos new day e trocavam

    De resto, bom draft, e bom ver como tem andado os shows nos ultimos tempos

  19. Anónimo2 semanas

    Bom Raw. Destaco o combate entre o AJ, Seth e o Jeff, foi bom.