A WWE transmitiu esta segunda-feira mais uma edição do Raw na USA Network, a partir do Gainbridge Fieldhouse em Indianápolis, Indiana, rumo ao Survivor Series do próximo domingo, dia 21 de Novembro.

Resultados

– WWE Champion Big E & Raw Tag Team Champion Riddle venceram SmackDown Tag Team Champions The Usos (Jey & Jimmy Uso) (por desqualificação)
– SmackDown Tag Team Champions The Usos (Jey & Jimmy Uso) & Seth Rollins venceram WWE Champion Big E & Raw Tag Team Champions RK-Bro (Randy Orton & Riddle)
– Bianca Belair venceu Tamina
– Street Profits (Angelo Dawkins & Montez Ford) venceram Alpha Academy (Chad Gable & Otis)
– Queen Zelina venceu WWE Women’s Tag Team Champion Nikki ASH
– WWE Women’s Tag Team Champion Rhea Ripley venceu Carmella
– Kevin Owens venceu Finn Bálor
– AJ Styles & Omos venceram Dirty Dawgs (Dolph Ziggler & Robert Roode)
– Bobby Lashley venceu Rey Mysterio

Report

O Raw abriu com imagens de tudo o que aconteceu na semana passada entre o WWE Champion Big E e Kevin Owens. Já no ringue do Raw, a primeira Superstar que apareceu foi Big E, que explicou que desde que é campeão, tem muitos olhos em si e que agora quer falar do WWE Universal Champion Roman Reigns, pois este e os The Usos atacaram a sua família (os New Day) e que ele agora vai dar uma tareia ao “Tribal Chief” no Survivor Series.

A seguir, Big E pediu a Kevin Owens vir ao ringue e o “Prizefighter” apareceu, mas ficou no stage do Raw, explicando que o WWE Champion lhe custou o combate na semana passada e que ele não estava a mentir, mas como Big E disse que ele estava a mentir, todos acreditaram, por isso que se lixe o campeão e as pessoas.

O “Prizefighter” saiu de cena e Big E ia atrás dele, mas foi atacados pelos The Usos que lhe enviaram os cumprimentos de Roman Reigns, antes de começarem também a falar dos RK-Bro.

Porém, o que os The Usos não esperavam era que Riddle viesse para o ringue ajudar o WWE Champion, tendo Sonya Deville aparecido e marcado um combate de equipas entre os quatro lutadores.

– WWE Champion Big E & Raw Tag Team Champion Riddle venceram SmackDown Tag Team Champions The Usos (Jey & Jimmy Uso) (por desqualificação): A força de Big E foi um problema para os The Usos e o duo improvável do WWE Champion e Riddle estava a dominar, mas Seth Rollins decidiu atacar o “Original Bro”, isto depois de ter levado um soco de Big E, causando a desqualificação.

Os The Usos e Seth Rollins atacaram os dois lutadores em ringue, mas Randy Orton apareceu e colocou o “Visionary” a correr para fora do ringue, antes de acertar um RKO em Jey Uso.

– SmackDown Tag Team Champions The Usos (Jey & Jimmy Uso) & Seth Rollins venceram WWE Champion Big E & Raw Tag Team Champions RK-Bro (Randy Orton & Riddle): O Six-Man Tag Team Match começou logo em seguida com os RK-Bro & Big E a dominarem durante algum tempo, mas os The Usos & Seth Rollins isolaram Riddle e ficaram eles no controlo.

Ainda assim, o “Original Bro” aguentou a ofensiva dos seus adversários e fez o tag a Big E que entrou com tudo, mas fez o tag a Randy Orton que acabou por ser travado pelo trio de oponentes. O “The Viper” mostrou a sua resistência e conseguiu manter-se no combate até fazer o tag a Riddle, que virou o combate do avesso. No final, o caos ficou instalado e Seth Rollins acertou duas Rollins Elbows no “Original Bro” e venceu assim este embate.

Assim que o combate terminou, os The Usos queriam atacar Riddle, mas Randy Orton tinha mais um RKO para distribuir. Já depois dos RK-Bro saírem de cena, Big E dirigiu-se ao ringue e acertou um Big Ending em Jey Uso, tendo afirmado que isto era uma mensagem para Roman Reigns.

Nos bastidores, Bianca Belair foi entrevistada e explicou que quer resolver o seu problema com Doudrop, mas acabou por ser interrompida por Tamina, que explicou que quer enfrentar a “EST da WWE”, desafio esse que foi aceite.

Ainda no backstage, Kevin Owens estava a dar uma entrevista um pouco confusa e foi interrompido por Finn Bálor, que explicou que nunca confiaria nele e que Sonya Deville lhe disse que hoje os dois vão enfrentar-se.

– Bianca Belair venceu Tamina: Bianca Belair entrou melhor neste embate, mas a força de Tamina foi um factor determinante para a veterana dominar durante alguns minutos. Bianca Belair usou a sua maior agilidade e também grande força para virar o combate e no final venceu com o KOD.

Assim que o combate terminou, Doudrop apareceu e explicou que seria feio da parte dela aproveitar-se de Bianca Belair agora que esta está cansada, mas que depois do Survivor Series, as duas terão muito que conversar.

A seguir tivemos a Raw Women’s Champion Becky Lynch no ringue, que mostrou imagens do que Charlotte Flair disse no SmackDown e começou a explicar que elas as duas eram amigas, mas deixaram de ser, porque ela começou a ter sucesso e a “Queen” odeia-a por isso. Além disso, afirmou que o combate do Survivor Series já não é sobre a brand supremacy, mas sim sobre o legado pessoal de ambas.

Becky Lynch ia continuar a falar de Charlotte Flair, mas Liv Morgan interrompeu-a e explicou que está ansiosa para defrontar alguém que um dia admirou, mas que agora já não. A irlandesa relembrou que antes de sair de cena para ser mãe, afirmou que Liv Morgan ia ser campeã, mas que a culpa foi dela por criar tanta expectativa.

Depois de mais alguns insultos, a “The Man” tentou atacar Liv Morgan, mas a jovem lutadora deu a volta à campeã para irritação desta e terminou o segmento a levantar o Raw Women’s Championship.

Nos bastidores, Randy Orton estava a dar mais uma descasca a Riddle por ter-se metido num problema que não era seu, tendo o “The Viper” explicado no meio de vários gritos que só está preocupado com os Raw Tag Team Championships e com os RK-Bro. Quando Riddle questionou Randy Orton sobre o que este disse, este só deu mais um grito e saiu de cena. O segmento acabou com os Street Profits e Riddle a gritar que queriam o fumo.

– Street Profits (Angelo Dawkins & Montez Ford) venceram Alpha Academy (Chad Gable & Otis): Os Street Profits entraram melhor neste combate, mas o problema foi a força de Otis, que virou-o completamente do avesso.

A Alpha Academy teve Angelo Dawkins isolado durante vários minutos, mas este conseguiu aguentar a ofensiva dos seus adversários e fazer o tag a Montez Ford, que entrou a 100 à hora como é habitual. O final acabou por ser algo caótico e Montez Ford reverteu um Crossbody de Chad Gable e garantiu a vitória.

A seguir tivemos imagens de uma discussão entre Adam Pearce e Rey Mysterio que aconteceu horas antes do Raw, com o “Mestre do 619” irritado com o que aconteceu ao seu filho na semana passada, mas o oficial da WWE anunciou então que o lendário luchador irá enfrentar Bobby Lashley no Raw.

A seguir foi transmitido mais um video package sobre a chegada de Veer Mahaan.

– Queen Zelina venceu WWE Women’s Tag Team Champion Nikki ASH: Nikki ASH e Queen Zelina tiveram um combate bastante equilibrado, mas que até parecia que íamos ter vitória por parte da quase super-heroína, mas no final a rainha da WWE acertou o seu Code Red e venceu o combate.

– WWE Women’s Tag Team Champion Rhea Ripley venceu Carmella: Rhea Ripley entrou de forma bastante agressiva neste embate, mas com alguma batota à mistura, Carmella virou-o a seu favor, tendo até quase vencido. No entanto, no final, a “Nightmare” com a sua força aplicou o seu Riptide e garantiu a vitória.

Já depois do combate ter terminado, Queen Zelina afirmou que ela e Carmella vão lidar a Team Raw no Survivor Series, enquanto Nikki ASH vai ficar em casa a ver.

Nos bastidores, o WWE Champion Big E e Adam Pearce estavam a conversar e o oficial da WWE proibiu o campeão de estar perto no ringue no embate entre Finn Bálor e Kevin Owens.

Ainda no backstage, Seth Rollins foi entrevistado e explicou que no Survivor Series vai lidar a Team Raw e levá-los à vitória, e que depois do evento vai tirar o WWE Championship a Big E.

– Kevin Owens venceu Finn Bálor: Kevin Owens entrou de forma agressiva neste combate, tendo dominado durante vários minutos, mas Finn Bálor mostrou a sua resistência e sempre que aumentava a velocidade, conseguia ter algum ímpeto, tendo equilibrado a contenda.

Nos minutos finais, Finn Bálor parecia que ia conquistar a vitória, mas o “Prizefighter” com alguma batota à mistura ganhou o ímpeto que precisava para acertar um Stunner e sair deste Raw vitorioso.

No backstage, AJ Styles & Omos foram entrevistados e o “Phenomenal One” insultou basicamente todas as equipas da WWE, antes de Omos explicar que eles vão destruir os Dirty Dawgs. Já estes últimos também deixaram umas palavras de insulto à equipa adversária.

– AJ Styles & Omos venceram Dirty Dawgs (Dolph Ziggler & Robert Roode): Omos entrou logo a abrir o combate e o gigante destruiu os Dirty Dawgs sem problemas, tendo o combate sido finalizado por AJ Styles com o seu “Phenomenal Forearm”.

Nos bastidores, Bobby Lashley explicou que Dominik nunca mereceu estar no Team Raw do Survivor Series e que ele vai destruir Rey Mysterio como fez ao seu filho e como irá fazer à Team Smackdown no Survivor Series.

– Bobby Lashley venceu Rey Mysterio: Rey Mysterio foi usando a sua velocidade para tentar dar luta a Bobby Lashley, mas a força do “All Mighty” foi um problema para o lendário luchador. Bobby Lashley dominou durante vários minutos, contudo já sabemos que Rey Mysterio nunca se deixa vencer e começou a equilibrar o combate, tendo até acertado o seu 619.

No entanto, isso de nada valeu a Rey Mysterio, que acabou por sucumbir às mãos de Bobby Lashley, quando este o fez desistir com o Hurt Lock.

Já depois do combate, Adam Pearce apareceu e explicou que Rey Mysterio está fora da Team Raw do Survivor Series e que o seu substituto será anunciado mais tarde. Austin Theory apareceu e atacou Dominik pelas costas, e o oficial da WWE acabou por anunciar que o jovem lutador vai ficar com o lugar que pertencia a Rey Mysterio na Team Raw.


O que achaste do WWE Raw desta semana?

11 Comentários

  1. Eduardo2 semanas

    TOU Ansioso para este RAW, tou curioso para ver os desenvolvimentos pró Survivor series e também entre O BIG E e O Kevin Owens

  2. Kay Orton2 semanas

    “3 meses ou 3 anos”

    Kevin Owens é um dos maiores storyteller, wrestler, talker e personagem mais completo que a WWE tem hoje pra mim. Kevin teve todos esses anos sendo face e mostrou tentar mudar sua personalidade ruim e ser uma pessoa boa ao longo do tempo. todos nós fãs sabíamos que uma hora ou outra ele iria fazer a heel turn pois as heel turns dele são inesquecíveis. Incrivelmente pra WWE, não precisa de uma história ou booking pra isso acontecer, KO é um cara fácil de trabalhar em qualquer momento e com qualquer pessoa. Finn Balor disse a frase que define 100% Kevin Owens: “eu nunca confiaria em vc” e essa frase machuca. Machuca tanto, que a grande pegadinha disso tudo é que: nenhum wrestler confia nele, nós fãs sabemos que ele não é confiável e Kevin Owens NÃO CONFIA em Kevin Owens. Disso, temos a Heel Turn.
    Kevin é um prêmio de mão cheia pra qualquer empresa.

    “Pode ser por mais 3 meses ou mais 3 anos, toda vez que estou no WWE Raw, darei aos fãs algo para lembrar”

    2022 vai ser um ano grande pro Wrestling, é NÓS fãs continuaremos vencendo todos os meses.

  3. BigMando2 semanas

    Os desenvolvimentos para o Survivor Series foram bem fraquitos. Foi muito fraco para um evento tão reconhecido como o Survivor Series, quando poderia haver mais construção. O Raw de hoje foi bom, mas acho que não foi melhor que nas últimas duas semanas.

  4. Surf2 semanas

    este Austin Theory nem reação dos fans teve.. credo

  5. Facebook Profile photo

    Sem querer comentar muito, mas analisando os comentários que aqui vejo, e acho ridículo.
    “WWE não aposta em novos talentos, é uma vergonha”
    Apostam no Austin Theory, que está a ter um booking bastante sólido e só vejo povo a reclamar, que é uma falta de respeito pelo Rey Mysterio.
    Não apostam reclama, apostam reclamam 🙈

    • Facebook Profile photo

      o problema do austin pra mim é o personagem, ele não faz nada além de tirar fotos, ridiculo

    • Facebook Profile photo

      Respeitando a tua opinião que é tão válida, quanto a minha. Para mim um heel, ou é um tipo irritante, ou alguém mau ou sádico.
      E acho que a WWE tem sido inteligente pois está a fazer um Hell irritante dos tempos mordernos, ao pôr-lo a usar as novas tecnologias que é o mundo de hoje em dia, pois já não estamos no tempo da Attitude Era(há 20 anos atrás) e o Wrestling tem que acompanhar o progresso de hoje em dia.
      Mas focando no caso do Austin Theory, ele está a desempenhar bem a sua função de Hell, pois está a ser um tipo irritante que anda sempre de telemóvel na mão, e aproveita para tirar selfies, quando os adversários saem por baixo.
      Daí na minha opinião achar que está a ter um booking consistente, pois tem aparecido todas as semanas e consequentemente saído por cima nos segmentos que aparece. E apesar do booking para o Survivor Series estar a ser fraquissímo, gosto de o ver na equipa do RAW, junto de nomes de peso, pois assim aos poucos conquista o seu espaço no plantel e aos olhos dos fãs.

  6. Show razoável, no máximo. Destaco o segmento inicial com aquele bate-boca entre o WWE Champion Big E e Kevin Owens, o combate de trios (Seth Rollins & The Usos vs Big E & RK-Bro), a boa promo de Becky Lynch e Kevin Owens vs Finn Bálor.

  7. Gostei:
    – Promo de Big E, que é interrompido por Kevin Owens e depois atacado pelos Usos, com Riddle a salvar o campeão. É anunciado uma tag match entre estes (exceto Kevin). É um ótimo segmento inicial. Big E fez uma ótima promo, bem como Kevin Owens, e os Usos aparecerem fazem sentido dado à feud entre os New Day e a Bloodline. Vejam este segmento!
    – RKBro & Big E vs Seth Rollins & Usos. Ao menos tivemos aqui uma ótima 6-man tag, sendo que com um fim estranho. Após o combate, os Usos tentam continuar o ataque, mas um RKO e um Big Ending para-os. Tudo bom aqui.
    – Segmento entre Kevin Owens e Finn Bálor, ficando marcado um combate entre os 2. Será um bom combate, porque não?
    – Promo de Becky Lynch, interrompida por Liv Morgan. Becky tenta atacar Liv, mas Liv reverte e levanta o título. As 2 fizeram boas promos e esperemos que esta feud seja aquela que lance Liv para o topo do card. Um ótimo segmento. Vejam!
    – Segmento dos RKBro, interrompidos pelos Street Profits. Os segmentos dos campeões tem sido medíocres mas este foi ótimo. Ótimo trabalho dos 2. Alpha Academy vs Street Profits. Um ótimo combate aqui, com uma grande exibição de Otis. Preferia que os heels tivessem ganho, mas não me importo dos Profits.
    – Segmento entre Big E e Adam Pearce. Gosto mesmo deste novo comportamento de Big E como WWE Champion, tem sido brutal. Entrevista a Seth Rollins, que diz que vai focar-se em Big E após o Survivor Series. Mal posso esperar.
    – Finn Bálor vs Kevin Owens. Como seria de esperar, um ótimo combate.
    – Rey Mysterio vs Bobby Lashley. O típico combate de Rey Mysterio vs grandalhão, que é sempre bom. Após o combate, Adam Pearce anuncia que Austin Theory será o substituto de Rey, com Theory a atacar Dominik logo a seguir. Tirou o Dominik porque nunca foi WWE Champion para meter o Austin Theory. Se isso não mete heat no homem, não sei o que irá.

    Não Gostei:
    – Big E & Riddle vs The Usos. Seth Rollins estava nos comentários e acaba por ser ele a terminar o combate numa DQ. Randy Orton aparece para ajudar e temos a habitual 6-man tag. Que desperdício de tempo.
    – Entrevista com Bianca Belair, interrompida por Tamina. Fica combinado um combate entre as 2. Não é algo que me interesse.
    – Bianca Belair vs Tamina. Não foi bom, mas não foi mau. Após o combate, Doudrop faz uma promo. A feud tem potencial e, no final, pode meter Doudrop numa posição interessante na divisão.
    – Segmento entre Adam Pearce e Rey Mysterio, ficando marcado Mysterio vs Lashley para o main event. Nada demais.
    – Nikki ASH vs Queen Zelina. Nada demais aqui. Carmella vs Rhea Ripley. Melhor que o anterior, mas não significa que seja bom. Zelina faz uma promo após isto tudo. Tudo isto foi algo desinteressante.
    – Segmento entre AJ Styles & Omos e os Dirty Dawgs. Nada demais, avançando. Idem aspas para o combate entre eles.
    – Entrevista a Bobby Lashley. Promoção ao Survivor Series, continuando.

    Overall: 7/10. Mais um bom episódio do Raw. Destaco Finn vs KO, Profits vs Academy, segmento entre Becky e Liv e heel Kevin Owens. Houveram alguns segmentos que não valiam a pena ter estado cá, mas continua a ser um bom show.

  8. Anónimo2 semanas

    Bom início de show com o Big E e Kevin Owens. Bom combate entre Rollis e Usos vs Big E e RK-Bro. Bom segmento entre a Becky e Liv Morgan. Destaco também o combate o Finn Bálor e Kevin Owens, foi um bom combate.

  9. Luis Henrique Rueda Xavier1 semana

    mano como tiraram o dominick falando que todos do time tinham sido wwe champion e agr colocaram o Austin WTF