A WWE transmitiu esta segunda-feira mais uma edição do Raw na USA Network, a partir do BOK Center em Tulsa, Oklahoma, rumo ao Royal Rumble do dia 29 de Janeiro.

Resultados

– Raw Women’s Champion Becky Lynch & Doudrop venceram Liv Morgan & Bianca Belair
– Kevin Owens venceu WWE United States Champion Damian Priest (Non-Title Match)
– Austin Theory venceu Finn Bálor
– Omos venceu Reggie
– The Mysterios (Rey & Dominik Mysterio) & Street Profits (Angelo Dawkins & Montez Ford) venceram Apollo Crews, Commander Azeez & Dirty Dawgs (Dolph Ziggler & Robert Roode)
– Bobby Lashley venceu Seth Rollins (por desqualificação)

Report

O Raw abriu com a promoção de muito do que ia acontecer esta noite, com destaque para o combate entre Bobby Lashley e Seth Rollins, uma retrospectiva das carreiras do “All Mighty” e Brock Lesnar, e ainda uma cerimónia de graduação dos novos Raw Tag Team Champions Alpha Academy (Chad Gable & Otis).

No ringue, o show começou com a Raw Women’s Champion Becky Lynch a dizer que a divisão feminina da WWE nunca esteve tão popular e tudo por causa dela. A “Big Time Becks” explicou que ela cria estrelas e basta ver o que fez o Doudrop, pois foi ela que fez a escocesa ganhar o combate da semana passada, mas esta nunca será campeã.

Doudrop interrompeu e explicou que ela cometeu um erro a ajudá-la, e as duas pareciam que iam começar a discutir, mas foram interrompidas por Bianca Belair. Esta explicou que vai lutar no Women’s Royal Rumble Match, vencer o combate e lutar novamente no main event da WrestleMania. Liv Morgan também apareceu e afirmou que ela é que irá vencer o Women’s Royal Rumble Match.

A lutadora escocesa fartou-se da conversa e chamou o árbitro para o opener desta noite começar.

Antes do primeiro combate da noite ainda deu para vermos os novos Raw Tag Team Champions Alpha Academy (Chad Gable & Otis) no backstage, preparados para a sua cerimónia de graduação.

– Raw Women’s Champion Becky Lynch & Doudrop venceram Liv Morgan & Bianca Belair: O combate foi caótico desde o primeiro segundo, porque nenhuma das lutadoras estava disposta a trabalhar em equipa, mas parecia que esta confusão ia beneficiar Becky Lynch, que até acertou o Manhandle Slam em Liv Morgan. No entanto, Doudrop quebrou o pin atacando a sua parceira de equipa, tendo fechado o combate depois de um Splash em Liv Morgan.

Assim que o combate terminou, a escocesa aplicou também um Airdrop em Becky Lynch.

Nos bastidores, Reggie e a WWE 24/7 Champion Dana Brooke estavam a conversar com Edge & Beth Phoenix, e o “Rated R Superstar”, apesar de elogiar o acrobata, explicou que este não tinha hipótese nenhuma contra Omos.

Os Hall of Famers acabaram a conversar com o WWE United States Champion Damian Priest, que queria umas dicas para vencer o Men’s Royal Rumble Match, mas Beth Phoenix recebeu um papel de Maryse para as duas se encontrarem no ringue sozinhas, algo que interrompeu a conversa.

O segmento terminou com Kevin Owens a tentar explicar ao “Archer Of Infamy” que estava ansioso para o combate entre eles.

De regresso ao ringue tivemos uma edição do KO Show, que teve Seth Rollins como convidado. O “Prizefighter” fez vários elogios ao seu novo amigo e afirmou que este irá conquistar o WWE Universal Championship. Seth Rollins afirmou que enquanto Roman Reigns está a jogar damas, ele está a jogar xadrez, e que quando vencer o título, vai trazê-lo para o Raw. Kevin Owens anunciou então que vai participar no Men’s Royal Rumble Match e que depois irá desafiar Seth Rollins e para terem o combate na WrestleMania 38 que o WWE Universe merece.

O WWE United States Champion Damian Priest interrompeu o KO Show e afirmou que os dois lutadores eram loucos e que o seu combate contra o “Prizefighter” vai começar já a seguir.

A seguir foi transmitida mais uma vignette a promover a chegada de Veer Mahaan ao Raw.

– Kevin Owens venceu WWE United States Champion Damian Priest (Non-Title Match): Kevin Owens entrou melhor neste combate, tendo dominado tanto dentro como fora do ringue. Depois de vários minutos a ser controlado, Damian Priest começou a virar o ímpeto a seu favor, mas ainda assim a primeira quase vitória pertenceu ao “Prizefighter”.

Depois de várias false finishes de parte a parte, parecia que Kevin Owens estava lesionado na sua perna, o que fez o WWE United States Champion baixar a guarda. Isso abriu espaço para que o “Prizefighter” acertasse um Stunner e vencesse este embate.

Nos bastidores, Nikki ASH foi entrevistada e acusou Rhea Ripley de não ser uma boa amiga e ser a vilã, porque foi ela que terminou a equipa, e no final do combate de hoje, a “Nightmare” vai precisar de um super-herói quer queira quer não.

A seguir tivemos a cerimónia de graduação de Otis na Alpha Academy, e depois de vários elogios de Chad Gable, o seu parceiro explicou que só agora está a cumprir todo o seu potencial e que irá destruir todos os que lhes tentarem tirar os Raw Tag Team Championships.

Riddle decidiu então interromper a cerimónia e fez um discurso de graduação, mas acabou interrompido pela Alpha Academy, com Chad Gable a dizer que os RK-Bro podem ter a sua desforra, mas primeiro têm de vencer a Alpha Academy num teste de conhecimentos.

Otis fartou-se da conversa e saiu de ringue para atacar Riddle, e foi então que do nada apareceu Randy Orton para acertar um RKO em Chad Gable, tendo aceite o desafio dos Raw Tag Team Champions.

No escritório de Vince McMahon, este relembrou Austin Theory que ele perdeu para Finn Bálor e que se voltar a acontecer isso, vai-lhe dar uma tareia tão grande que o vai deixar irreconhecível e no final irá tirar uma selfie com o jovem.

– Austin Theory venceu Finn Bálor: O combate foi bastante agressivo desde o primeiro segundo e acabou por ser o jovem lutador a ter maior ímpeto. Porém, Finn Bálor nunca se deixou ficar e no final ambos tiveram várias hipóteses para vencer. Quando parecia que o “Prince” ia vencer, Austin Theory acertou o ATL e bateu assim o irlandês.

Já depois do combate terminar, Austin Theory decidiu acertar mais um ATL, deixando assim uma mensagem enfática neste Raw.

Nos bastidores, Rhea Ripley foi entrevistada e mostrou-se zangada pelo que Nikki ASH lhe fez, e que se a escocesa acha que ela é a vilã então está completamente iludida, e que no combate de hoje ela vai relembrar a todos quem Rhea Ripley é realmente.

Ainda antes do combate começar, as WWE Women’s Tag Team Champions Carmella & Queen Zelina vieram gozar com Rhea Ripley e quiseram o crédito pela mudança de atitude de Nikki ASH. Esta decidiu atacar Rhea Ripley de forma bastante agressiva, tendo atirado a sua antiga amiga contra as escadas, e assim nem houve combate entre elas.

Nos bastidores, vimos a WWE 24/7 Champion Dana Brooke a tentar motivar Reggie para o seu combate contra Omos, mas não teve lá muito sucesso.

– Omos venceu Reggie: Akira Tozawa, R-Truth e Tamina apareceram para correr atrás de Dana Brooke e os dois lutadores acabaram atacados por Omos, e isto deu espaço para Reggie achar que podia vencer. No entanto, Omos apanhou o seu adversário e com um Double Arm Chokeslam venceu o combate.

A seguir tivemos Maryse em ringue, que não perdeu tempo a chamar Beth Phoenix. A “Glamazon” veio acompanhada por Edge, sendo que a rival tentou explicar que o combate deveria ser cancelado, porque nem ela nem ninguém quer este combate. Maryse tentou convencer Beth Phoenix que elas e as suas filhas deveriam ser amigas.

Beth Phoenix rejeitou toda a conversa da rival e foi para o ringue para a atacar, mas acabou por ser distraída com uma tentativa de ataque de The Miz a Edge fora do ringue. Maryse aproveitou para acertar com a sua mala na nunca da “Glamazon”, tendo já depois de fugir do ringue revelado que dentro da mala estava um tijolo.

Nos bastidores, os Street Profits (Angelo Dawkins & Montez Ford) estavam entusiasmados com a sua presença no Royal Rumble, mas foram interrompidos pelos Mysterios. Rey Mysterio disse que ele e o seu filho vão também lutar nesse combate e que irão eliminar toda a gente antes de lutarem entre si.

– The Mysterios (Rey & Dominik Mysterio) & Street Profits (Angelo Dawkins & Montez Ford) venceram Apollo Crews, Commander Azeez & Dirty Dawgs (Dolph Ziggler & Robert Roode): Os Mysterios tentaram colocar a sua velocidade em jogo nos primeiros minutos deste embate, mas o caos rapidamente ficou instalado e acabou por ser a equipa dos Dirty Dawgs, Apollo Crews & Commander Azeez a dominar.

Depois de ter sido dominado durante alguns minutos, Rey Mysterio conseguiu fazer o tag a Angelo Dawkins, que entrou com tudo e virou este Eight-man Tag Team Match do avesso. O combate ficou caótico, com todos os lutadores em ringue quer fossem o homem legal ou não.

No final, Angelo Dawkins acertou o seu Sky High em Apollo Crews, tendo Montez Ford fechado o combate com mais um Frog Splash vindo do céu.

Já depois do combate terminar, os Mysterios atiraram os Street Profits pela terceira corda, como aviso para o Men’s Royal Rumble Match, tendo o segmento terminado com o luchador a fazer o mesmo ao filho, no que pode ser visto como uma lição ao jovem.

Em seguida tivemos um video package a promover o combate entre o WWE Champion Brock Lesnar e Bobby Lashley que irá acontecer no Royal Rumble do próximo dia 29 de Janeiro.

Nos bastidores, The Miz e Maryse vangloriaram-se com o plano deste Raw, tendo o “A-Lister” anunciado que na próxima semana teremos a festa de aniversário da sua mulher.

A seguir tivemos mais uma consulta de Alexa Bliss com um psicólogo, e desta vez a lutadora fez um exercício de associação de palavras que não correu lá muito bem. Ainda assim, pelo menos desta vez, Alexa Bliss não entrou em despesa e não partiu nada no consultório do seu médico.

– Bobby Lashley venceu Seth Rollins (por desqualificação): A força de Bobby Lashley foi um problema para Seth Rollins durante os primeiros momentos deste main event, mas o “Visionary” acabou por fazer da perna esquerda do “All Mighty” o seu alvo preferencial de ataque.

Depois de minutos a ser dominado, Bobby Lashley conseguiu mais uma vez colocar a sua força em jogo e virou o ímpeto a seu favor, mas Seth Rollins com o Pedigree foi o lutador que teve a primeira quase vitória.

Quando parecia que Bobby Lashley estava novamente por cima, Cedric Alexander e Shelton Benjamin decidiram atacar o seu antigo companheiro de grupo. Apesar do combate ter terminado em desqualificação, o “All Mighty” destruiu os dois lutadores fora do ringue.

Seth Rollins ficou distraído com tudo isto e não viu os The Usos, que chegaram e acertaram um Double Superkick no “Visionary”, naquele que foi o último momento deste Raw.


O que achaste do WWE Raw desta semana?

13 Comentários

  1. BigMando4 meses

    A Doudrop ainda agora começou a title feud e já anda a botchar 🤣🤣

  2. MC4 meses

    Vou esperar surgirem alguns comentários para decidir se vejo ou não os melhores momentos deste RAW. Pelo amor de Deus… a velha história de “mas será que a campeã e a desafiante conseguem coexistir?!?!?!?!” e um Lashley vs Seth anunciado antes do programa quando obviamente nenhum podia perder, para não sair descredibilizado (para quê marcar sequer este combate então??). Evidentemente que o último acabou arruinado por interferências, julgo que uma criança de 8 anos já conseguia perceber isso quando viu o combate anunciado e somou 1 com 1. Santa paciência…

    • Kay Orton4 meses

      Dificilmente eu paro meu tempo pra ver algum combate do main roster, mas se eu for dar meu voto de confiança eu escolheria ver:
      Priest vs Owens
      Becky e Piper vs Liv e Bianca

      o resto é 70% indiferente, até Seth vs Bobby é um combate que pode ter sido bom, mas é burro pq ambos tem Roman e Brock pra enfrentar valendo título, obviamente acabaria por DQ

    • BigMando4 meses

      Kay Orton,o combate da Becky e Piper vs Liv e Bianca foi mau. A Doudrop impede a Becky de fazer o pin na Liv quando ela estava quase a ganhar e em vez de arrastar a Becky para o canto e fazer o tag, não, arrasta a Becky para um canto e vai fazer o pin quando ela não é legal women para o fazer. Começa mal a sua rivalidade com a Becky, quase de certeza que a Becky vai gozar com ela por causa disso, e da maneira como a Becky é nesta personagem, o mais certo é que vai colocar a Doudrop down

    • Kay Orton4 meses

      Não tinha visto que Piper ia enfrentar a forçada da Becky no RR, o combate ter sido ruim explica muita coisa dos últimos embates da Becky como campeã e suas desafiantes. Todo mundo sentiu falta dela e ela é a mesma coisa de sempre, protegida por não o que tanto precisa de proteção, vence por roll up ou é uma vitória estranha 🙄 Lamentável.

  3. Gostei:
    – Kevin Owens Show com Seth Rollins, interrompido por Damian Priest. Isto foi ótimo. A química entre Seth Rollins e Kevin Owens é brutal. Também gosto que o Damian Priest esteja a envolver-se com os main eventers.
    – Entrevista a Nikki A.S.H.. Boa promo. Gostava que ela continuasse esta gimmick da heroína que pensa ser para o público.
    – Damian Priest vs Kevin Owens. Um bom combate e bem agradável de se ver. Owens vence com batota, no que é a 1ª derrota de Damian Priest no main roster (em singles, sem perder por DQ).
    – Cerimónia de licenciatura da Alpha Academy, interrompidos pelos RK-Bro. Este segmento superou as minhas expetativas por completo. Foi um segmento absolutamente fantástico e extremamente engraçado. Vejam isto!
    – Segmento entre Vince McMahon e Austin Theory. A possibilidade de McMahon espancar o Theory num futuro próximo é algo que me diverte, não sei porque.
    – Segmento entre Beth Phoenix, Edge, Maryse e The Miz. Claro que isto acaba em porrada. As promos não foram nada de especial, mas a porrada até compensou e a revelação do tijolo dentro da mala de Maryse foi bem vinda.
    – Video package a detalhar as carreiras de Bobby Lashley e Brock Lesnar. Isto foi excelente, ótimo trabalho. Pouco depois tivemos Seth Rollins vs Bobby Lashley. Um ótimo combate arruinado pelo fim, com a DQ. Sempre a DQ em combates grandes… Depois do combate, Lashley destrói Benjamin & Alexander e os Usos atacam Seth Rollins, terminando o show de uma ótima forma.

    Não Gostei:
    – Segmento entre Lynch, Morgan, Belair e Doudrop. Entendo o porquê da Morgan e Belair terem aparecido, mas podiam ter ficado de lado neste segmento. As promos das outras 2 foram medíocres. Segue-se Lynch & Doudrop vs Morgan & Belair e Jesus, como isto foi mau. Pareceu que tentaram apressar o combate e saiu quase tudo mal. Doudrop ataca Becky depois.
    – Segmento de Edge e Beth Phoenix com a malta do 24/7 e Damian Priest. Uma mão cheia de nada.
    – Finn Bálor vs Austin Theory. Não foi mau mas não foi bom. Theory continua o ataque após o combate.
    – Entrevista com Rhea Ripley. Comparada à de Nikki, foi bem fraca. Depois íamos ter Nikki A.S.H. vs Rhea Ripley, mas Queen Zelina e Carmela fazem bullying a Ripley e Nikki ataca-a. Mais uma mão cheia de nada. Não sei porque é que Zelina e Carmella tem que estar envolvidas nisto.
    – Reggie tem medo de Omos, blá blá blá. Segue-se Omos vs Reggie. Omos destrói o coitado. Continuando.
    – Segmento com os Street Profits e os Mysterios. Nada demais. Segue-se a 8-Man Tag. Mais um que não foi bom nem mau. Os faces vencem, como seria de esperar, e Rey Mysterio atira o seu filho por cima das cordas, a caminho do Rumble.
    – Mais um segmento entre The Miz e Maryse. Continuando.
    – Mais uma sessão de terapia da Alexa Bliss. Praticamente igual à da semana passada, tirando ela a destruir o escritório.

    Overall: 6/10. Os destaques vão para a Alpha Academy, KO Show, Priest v Owens e o main event. De resto, grandes críticas para a divisão feminina. O seu booking hoje foi paupérrimo. Um show decente, mas pior que a semana passada.

    • Kay Orton4 meses

      Perfeito Soares. Sempre bom ler suas análises.

  4. Zickelous4 meses

    Acho engraçado uma nanica que nem a Nikki botando ordem em uma grandalhona que nem a Rhea

  5. Esperava-se um RAW melhor! 😂

  6. ??4 meses

    Nota 8/10.

    • BigMando4 meses

      No máximo um 7/10, acho que 8 já é demais para o que foi o show

    • The Name4 meses

      Really um show como o raw 8/10? 😂😂😂😂
      3/10 no máximo, foi a pior raw do ano, teve momentos muitos maus, já nem se esforçam para melhorar o programa, pior de tudo é a crowd não reagir a nada praticamente, pagam bilhete e estão ali aborrecidos todas as santas semanas 😂😂😂

  7. Anónimo4 meses

    Bom KO Show. Bom combate entre o kevin Owens e Damian Priest. Bom main event entre o Rollins e Lashley. Destaco também aparição dos Usos.