A WWE transmitiu esta segunda-feira mais uma edição do Raw na USA Network, a partir do SAP Center em San José, Califórnia, rumo ao Extreme Rules de 8 de Outubro.

Resultados

– WWE United States Champion Bobby Lashley venceu Seth Rollins
– Kevin Owens venceu Austin Theory
– Brawling Brutes (Butch & Ridge Holland) venceram Street Profits (Angelo Dawkins & Montez Ford)
– Judgment Day (Finn Bálor & Damian Priest) venceram Rey Mysterio & Matt Riddle
– Bayley venceu Alexa Bliss

Report

– WWE United States Champion Bobby Lashley venceu Seth Rollins: Este opener abriu de forma equilibrada, com Seth Rollins a tentar vencer o mais rapidamente possível, mas a força de Bobby Lashley foi um problema desde cedo, porém o “Visionary” com alguma batota à mistura conseguiu virar o ímpeto a seu favor.

Seth Rollins dominou então durante alguns minutos, mas a força do “All Mighty” foi sempre o problema para o seu adversário e com o passar do tempo o equilíbrio foi sendo cada vez mais maior.

Nos minutos seguintes, os dois lutadores estiveram bastante equilibrados e com isso foram ficando cada vez mais perto da vitória. No final, Seth Rollins acertou um low blow sem que o árbitro visse e tudo indicava que íamos ter um novo USA Champion, mas a música de Matt Riddle tocou, o que distraiu o “Visionary” e abriu a porta para Bobby Lashley acertar um Spear e reter assim o seu título.

A seguir, revimos imagens de Dakota Kai & IYO SKY a conquistar o WWE Women’s Tag Team Championship. Tendo em seguida, as Damage CTRL chegado ao ringue, com Bayley a não perder tempo a insultar os fãs da sua cidade natal.

As novas campeãs de equipas vangloriaram-se da sua conquista e mais uma vez a “Role Model” começou a falar sobre a sua vitória sobre Bianca Belair, e foi então que a “EST da WWE”, Asuka e Alexa Bliss interromperam as suas rivais.

A Raw Women’s Champion explicou que está farto de ouvir as Damage CTRL falar, algo que irritou Bayley ao dizer que a campeã não consegue ver o futuro e que a próxima vez que lutarem, será quando ela quiser.

Alexa Bliss ia começar a falar, mas Bayley explicou que a “Goddess da WWE” já não é o que era, o que levou a um desafio para um combate neste Raw.

– Kevin Owens venceu Austin Theory: Austin Theory tentou atacar Kevin Owens ainda antes do combate começar, mas este entrou de forma agressiva e dominou os minutos iniciais, isto até que o seu adversário fora do ringue conseguiu atirar o “Prizefighter” contra os degraus e depois contra a mesa dos comentadores.

O domínio do “Mr. Money In The Bank” durou alguns minutos mas o “Prizefighter” não se deu por vencido e começou a usar a sua maior força e agressividade para equilibrar as contas. Nos minutos seguintes, as quase vitórias foram sendo cada vez mais frequentes e no final, Austin Theory tentou usar a sua mala, mas Johnny Gargano apareceu e não o permitiu, o que abriu espaço para Kevin Owens acertar a Pop Up Powerbomb e conquistar a vitória.

Após o combate terminar, Johnny Gargano deixou a mala cair a mala em cima de Austin Theory, e logo onde dói mais.

Em seguida tivemos imagens do desafio lançado por Logan ao Undisputed WWE Universal Champion Roman Reigns.

No ringue, tivemos Butch e Ridge Holland que começaram por dizer que no próximo SmackDown irão conquistar os Undisputed WWE Tag Team Championships.

Os Brawling Brutes foram rapidamente interrompidos pelos Street Profits e rapidamente seguimos para o próximo combate.

– Brawling Brutes (Butch & Ridge Holland) venceram Street Profits (Angelo Dawkins & Montez Ford): O combate começou com as duas equipas a tentarem ganhar o controlo, mas sem sucesso, as acabou por ser os Brawling Brutes que conseguiram controlar.

Os candidatos principais ficaram no domínio durante alguns minutos, mas os Street Profits conseguiram aumentar a velocidade deste embate e com isso o combate voltou a ficar equilibrado e as quase vitórias foram aparecendo de parte a parte.

Nos minutos seguintes, caos foi-se instalando e quando parecia que os Street Profits iam ficar perto da vitória, os Brawling Brutes usaram uma ofensiva em equipa e conquistaram a vitória neste embate.

Nos bastidores, Johnny Gargano foi parado pela Alpha Academy, com Chad Gable irritado com o que “Johnny Wrestling” fez a Austin Theory. Quando a Alpha Academy estava a insinuar que tinham a força dos números do seu lado, foi então que Kevin Owens apareceu, o que fez com que ficasse marcado um combate de equipas para o próximo Raw.

A seguir, vimos imagens do que aconteceu na semana anterior entre os Judgment Day, Edge e Rey Mysterio, tendo o “Mestre do 619” sido entrevistado em seguida e este afirmou que se soubesse como o seu filho se sentia já o teria ajudado antes. O lendário luchador explicou que Edge estará de fora durante algum tempo, mas que ele irá fazer de tudo para recuperar o seu filho. Matt Riddle apareceu então e perguntou a Rey Mysterio se este estava pronto para destruir os Judgment Day.

Em ringue tivemos então os Judgment Day e estes vangloriaram-se do que fizeram a Edge, tendo virado a sua atenção para Dominik Mysterio e como este agora é um homem e que consegue lutar sozinho. O jovem mal conseguiu falar no meio das vaias do público, tendo o segmento terminado quando Finn Bálor pediu para se tirar uma foto de família.

– Judgment Day (Finn Bálor & Damian Priest) venceram Rey Mysterio & Matt Riddle: Rey Mysterio & Matt Riddle entraram melhor neste combate, mas os Judgment Day conseguiram isolar o “Mestre do 619” e dominaram durante alguns minutos, mas este conseguiu fazer o tag ao “Original Bro” que virou o combate do avesso e quase o venceu sozinho. isto até que Finn Bálor & Damian Priest conseguiram voltar ao controlo quando o “Archer of Infamy” acertou um Chokeslam no apron.

Matt Riddle foi dominado durante alguns minutos, mas nunca se deu por vencido e finalmente conseguiu ter espaço para fazer o tag a Rey Mysterio que usou a sua incrível velocidade para equilibrar as contas.

As quase vitórias foram sendo cada vez mais frequentes, mas o caos ficou instalado com as interferências de Rhea Ripley, Dominik Mysterio e Seth Rollins que veio atacar Matt Riddle.

No final, Rey Mysterio ficou sozinho em ringue contra os seus adversários, tendo Damian Priest acertado o South of Heaven Chokeslam que abriu espaço para Finn Bálor acertar o Coup de Grace e conquistar a vitória para a sua equipa.

Nos bastidores, vimos Seth Rollins e Matt Riddle à pancada, enquanto vários árbitros e agentes da WWE os tentavam parar, tendo o “Visionary” dito que está farto e que basta o “Original Bro” dizer quando quer lutar e isso irá acontecer. Foi então que Matt Riddle afirmou que quer enfrentar o Seth Rollins no Extreme Rules e num Fight Pit Match, desafio esse que foi aceite.

A seguir, tivemos mais uma edição da Miz TV, em que o “A-Lister” estava irritadíssimo por Dexter Lumis o estar a perseguir, ao ponto de na festa de anos da sua filha ter dado um murro a um Minion. Enquanto The Miz continuava a insultar Dexter Lumis, este começou a cortar a parte debaixo do ringue, tendo tentado arrastar o “A-Lister” para debaixo do ringue, mas este com a ajuda de Tommaso Ciampa conseguiu fugir.

Nos bastidores, os Judgment Day foram entrevistados e estes estavam prontos para ir festejar, quando Finn Bálor viu AJ Styles e foi falar com o seu amigo, com os dois a trocarem palavras que foram ficando cada vez mais acesas com o passar dos minutos, isto apesar do abraço que o “Príncipe” deu ao “Phenomenal One”.

– Bayley venceu Alexa Bliss: Bayley entrou de forma bastante agressiva e dominou este main event desde cedo, tendo feito do joelho esquerdo de Alexa Bliss, o seu alvo preferencial de ataque. Apesar do maior controlo da “Role Model”, Alexa Bliss nunca se deixou ficar e foi tendo alguma ofensiva.

O controlo durou mais alguns minutos, mas Alexa Bliss ganhou uma nova vida e conseguiu equilibrar as contas deste main event, mas até foi Bayley a primeira a quase vencer com o Belly to Bayley.

Nos minutos seguintes, as campeãs de equipas, Asuka e Bianca Belair envolveram-se fora do ringue e essa confusão permitiu que no fim, Dakota Kai distraísse o árbitro, tendo Io Shirai atacado Alexa Bliss, o que abriu espaço para Bayley acertar o Rose Plant que lhe deu a vitória.

Após o combate terminar, as Damage CTRL atacaram Alexa Bliss, tendo Bianca Belair ainda tentado contrariar a força dos números, mas no final, Bayley acertou o Rose Plant e fechou este programa a dizer que quer o Raw Women’s Championship no Extreme Rules.


O que achaste deste WWE Raw?

16 Comentários

  1. MC7 dias

    Bom RAW a todos. de resto está prevista uma interessante noite, especialmente uma MizTV onde é suposto falar um homem que em toda a carreira de WWE só disse 2 palavras. Se há coisa que é certa é que a mão do Miz não vai ter de subir hoje para o entrevistado se calar 😂

  2. AndreTaker7 dias

    A boneca Lily voltou…
    O que será que significa? 😉

    • Willow7 dias

      significa que ela voltou….bray … fiend….

  3. Willow7 dias

    Raw foi bom.

  4. Natan6 dias

    Esse Raw foi bom hein, Bayley contando os dias para o fim do reinado da Bianca foi foda, Dexter mais uma vez perseguindo o Miz, Matt e Seth provavelmente já estarão prontos pra encerrar a rivalidade no ExR e uma pergunta que é complicada, será que Aj se juntará no JD ??

  5. Belitzki6 dias

    bayley é muito chata adoraria ver charlotte flair destruindo esse grupo da bayey são chatas se duvidar capaz da bayley querer ser campeã indisputivel aff ninguem merece no final todas vão se trair e vem da dakota a traição

  6. Bom Raw.

    – Bom combate entre o Rollins vs Lashley.
    – Os Judgment Day estão a ser tratados exatamente como devem ser, uma ameaça.
    – Divisão feminina bem encaminhada, espero que a Bayley se torne a nova campeã.

    Resumindo as feuds estão bem encaminhadas… esperemos é que o desfecho das mesmas não desaponte.
    É que sinceramente já estou farto de ver duplos campeões 😉

  7. MC6 dias

    Sem me alongar muito, foi um bom RAW. O que mais me agrada é como na WWE atual as storylines cruzam-se e misturam-se de forma muito natural e simples, há feuds secundárias à mistura com as principais, bom exemplo disto é ver com quem o Rollins e o Riddle tem interagido nestas últimas semanas, quando vamos a ver o Riddle já anda metido até com os Judgment Day, os Judgment tem a feud principal com as lendas mas andam a tentar recrutar o AJ (que indubitavelmente vai levar a feud penso eu), e claro não posso deixar de destacar o destaque que tem sido dado aos títulos ditos secundários, que é indispensável especialmente quando os 2 principais estão presos a uma superstar e devem continuar por mais tempo. Está tudo muito smooth, agrada-me.

  8. Zoro6 dias

    Bom RAW. Gostei dos combates e dos que anúnciaram para o próximo RAW. O que se segue para AJ Styles?

  9. Bom Raw, estou a gostar muito do que estão a fazer com os judgment day.

  10. Royce6 dias

    HAHAHAHA essa é a nova equipizinha criativa da WWE que iria renovar a empresa? Mesmo resultados previsíveis e mesmos segmentos ruins. FORA HHH.

    • Natan6 dias

      Fora você dos comentários 🙃

    • The Name6 dias

      Preferias o Vince então? O raw está muito melhor do que era com o Vince, este foi o melhor raw desde que estiveram no Canadá há umas semanas atrás, pode haver uma ou outra coisa menos boa, mas o show é mais agradável de se ver e algumas storylines até estão bem interessantes agora.

    • Blackpool elite6 dias

      Quem é Royce? Kkkk hater e foda

  11. Anónimo6 dias

    Bom Raw. Ótimo combate entre o Rollins vs Lashley. Destaco também os desenvolvimentos a volta dos Judgmente Day, e do Rollins com o Riddle.