Faz login e remove a publicidade
Frank casino

WWE realizou esta segunda-feira mais uma edição do Raw nesta Road to WrestleMania. Esta foi mais uma edição feita no WWE Performance Center e sem público presente.

Resultados

– WWE United States Champion Andrade & Angel Garza venceram Ricochet & Cedric Alexander
– Raw Tag Team Champions Street Profits venceram Shane Thorne & Brendan Vink
– Aleister Black venceu Leon Ruff

Report

O Raw desta semana abriu com o WWE Champion Brock Lesnar, acompanhado pelo seu advogado e manager, Paul Heyman. Este começou a promo mencionando todos os lutadores que o WWE Champion já venceu na sua carreira, desde Ric Flair a John Cena, entre outros e que ninguém dominou o mundo do Wrestling como “The Beast”.

Depois de se ter visto um video package de Drew McIntyre, Paul Heyman fechou a promo dizendo que o lutador escocês pode rezar o que quiser, mas que Deus vai dar o sinal de ocupado. Ou seja, que na WrestleMania 36 não há hipótese de Drew McIntyre vencer Brock Lesnar.

Em seguida foi transmitido o combate pelo WWE Championship que aconteceu no Royal Rumble de 2015, entre Brock Lesnar, que na altura também era WWE Champion, Seth Rollins e John Cena. Uma dos melhores Triple Threat Matches da história da WWE.

De regresso ao Performance Center, tivemos AJ Styles a fazer também ele uma promo e foi mais uma vez uma presença do “Phenomenal One” cheia de insultos a Undertaker, gozando com o vídeo que circula na internet, deste ao lado da sua esposa Michelle McCool e um tigre.

Em seguida, AJ Styles afirmou que não quer enfrentar o Mark Calloway que tira selfies para o Instagram e faz likes no Twitter, mas sim o “Deadman” que dominou a WWE durante anos. Por isso, o “Phenomenal One” fechou a sua promo desafiando Undertaker para um Boneyard Match.

No backstage tivemos uma entrevista ao WWE United States Champion Andrade e Angel Garza, que são os novos candidatos aos Raw Tag Team Championships na WrestleMania 36. Zelina Vega explicou que Andrade iria sair da WrestleMania como o lutador com mais títulos na WWE, e que os Street Profits poderiam continuar a dançar no meio do público, só que sem os títulos. Já Angel Garza fechou a promo mais uma vez insinuando-se a Charly Caruso.

Em seguida foi mostrado um video package sobre a história de Edge e Randy Orton.

WWE United States Champion Andrade & Angel Garza venceram Ricochet & Cedric Alexander. No primeiro combate da noite, a dupla de Ricochet & Cedric Alexander até começou melhor o combate, mas um momento de batota de Angel Garza causou a distração necessária para que a sua equipa começasse a dominar o mesmo.

Este domínio durou vários minutos e, apesar de alguns momentos em que parecia que Ricochet & Cedric Alexander iriam virar o o rumo ao combate, assim não aconteceu. Nos minutos finais, Ricochet e Cedric Alexander lá conseguiram colocar a sua maior agilidade em ringue e isso quase lhes valeu a vitória.

No entanto, Andrade mostrou porque também é WWE United States Champion e, com um potente Rolling Back Elbow em Cedric Alexander, venceu o combate.

Logo a seguir ao término do combate, os Raw Tag Team Champions The Street Profits que estavam na mesa de comentadores vieram ao ringue e tivemos uma brawl entre campeões e candidatos principais, brawl que viu os Street Profits levarem a melhor.

Raw Tag Team Champions Street Profits venceram Shane Thorne & Brendan Vink. Os Street Profits ficaram em ringue e lutaram no segundo combate da noite, contra a dupla de Shane Thorne & Brendan Vink. Um combate curto, no qual a força de Angelo Dawkins fez a diferença.

O combate acabou depois da combinação do Sky High de Angelo Dawkins, seguido do Frogsplash de Montez Ford, que assegurou a vitória aos Raw Tag Team Champions.

Depois tivemos uma entrevista em ringue conduzida por Charly Caruso a Shayna Baszler, onde a candidata ao Raw Women’s Championship, para além de insultar a entrevistadora, explicou que estava decidida a destruir Becky Lynch na WrestleMania 36, e não havia melhor maneira de destruir a campeã do que tirando-lhe o título.

No entanto, a entrevista acabou da pior maneira para a “Queen of Spades”, pois Becky Lynch aproveitou o facto das luzes do Performance Center estarem apagadas e atacou a adversária à cadeirada. A mensagem da “The Man” para a WrestleMania 36 foi assim entregue.

Aleister Black venceu Leon Ruff. No terceiro combate da noite, Leon Ruff ainda tentou ter alguma ofensiva, mas no final bastou um Black Mass para Aleister Black vencer o combate e aumentar o seu ímpeto rumo à WrestleMania, onde irá enfrentar Bobby Lashley.

Em seguida tivemos Kevin Owens em ringue, que chamou Seth Rollins para os dois terem um cara a cara, mas o “Monday Night Messiah” para se vangloriar. Seth Rollins afirmou que nunca treinou no Performance Center, porque este foi criado pelo seu suor, lágrimas e sucesso. Quando ele assinou pela WWE, treinava num barracão velho e que por causa do seu sucesso foi criado o Performance Center, para dar hipóteses a pessoas como Kevin Owens de treinar num bom centro de estágio.

O “Monday Night Messiah” continuou a auto bajulação, afirmando que sem ele não existiria nem o Performance Center, nem o NXT, nem os lutadores famosos do NXT, nem a Women’s Revolution, nem nenhum NXT TakeOver.

Seth Rollins fechou a sua promo dizendo que não percebe o porquê de Kevin Owens ter escolhido a WrestleMania 36 para lutar contra ele, pois o “Monday Night Messiah” já tem mais grandes momentos na WrestleMania do que ele consegue contar, enquanto Kevin Owens é um falhado e nem sequer participou na do ano passado.

Logo de seguida foi transmitido o combate que aconteceu na WrestleMania 34 entre a então SmackDown Women’s Champion Charlotte Flair e Asuka, que marcou o fim da invencibilidade da lutadora japonesa na WWE.

De regresso ao Performance Center tivemos uma entrevista a Charlotte Flair no backstage. A “Queen” falou de todas as suas conquistas passadas na WrestleMania, onde venceu Asuka há dois anos, conquistou o WWE Women’s Championship na WrestleMania 32 e teve no primeiro combate feminino a ser main event na história da WrestleMania. Depois, afirmou que se Rhea Ripley acha que na WrestleMania 36 vai ser diferente, então está enganada.

O último segmento deste Raw teve Randy Orton, para responder ao desafio lançado por Edge para um Last Man Standing Match na WrestleMania 36. Só que antes de sabermos a resposta do “The Viper”, este falou do que tem acontecido nas últimas semanas.

Randy Orton afirmou mais uma vez que tudo o que ele tem feito foi por gostar de Edge. Em seguida, falou da promo de Edge onde o Hall of Famer disse que ele não tinha a coragem e tenacidade que ele tem, algo que o ofendeu.

O “The Viper” assumiu que no início da sua carreira as coisas foram lhe entregues por causa do seu último nome, mas que não foi o seu último nome que criou uma carreira digna do WWE Hall of Fame. Para além disso, que ele tem tenacidade, pois num mundo como o do Wrestling, onde a longevidade é complicada, ele é a única constante no balneário da WWE nos últimos 18 anos.

Randy Orton fechou o Raw aceitando o desafio do “Rated R Superstar” para um Last Man Standing Match na WrestleMania 36, onde afirmou que vai escrever o último capítulo da história de Edge.

O que achaste do WWE Raw desta semana?

36 Comentários

  1. Este Raw bem melhor do que o episódio da semana passada, com três combates (o opener foi muito bom, por sinal) e duas excelentes promos por parte de Seth Rollins e Randy Orton.

    • Beatriz Lynch4 meses

      Seth se tornando cada vez mais gigante, e Randy gigante como sempre. E como eu disse abaixo, achei muito bom passar aquela triple threat match fantastica do RR 2015, uma das melhores lutas da carreira dos 3 envolvidos.

    • Sem dúvida, Beatriz Lynch. Seth Rollins melhorou imenso nas promos, esse era um dos seus “calcanhares de Aquiles” no início da carreira.
      Esse combate em particular que você mencionou foi um dos melhores da última década e outra coisa não seria de esperar de Broooock Leeeeesnar, John Cena e Seth Rollins.

    • Beatriz Lynch4 meses

      Se bem que não lembro exatamente de uma promo ruim dele, em 2015/2016 dos shield ele só não era melhor que o Dean, apesar de não ser um Jericho ou Rock obviamente, saudade dessa epoca tambem do “HaHaHaHaHa”.

    • Beatriz Lynch4 meses

      A e claro… o THE GREATEST IN RING PERFORMER estava extremamente Overpower nessa match, essa epoca ele era brutal.

    • Esse Seth heel era do melhor que houve, Beatriz 😛 O seu riso (“HA HA HA JOOOOOOHN”) e atitude cobarde eram tão bem adequados à sua personagem.
      Quanto ao que você disse do Lesnar, é verdade mas acho tudo isso normal visto que se trata do REIGNING, DEFENDING, WWE HEAVYWEIGHT CHAMPION OF THE WORLD.

    • “Quanto ao que você disse do Lesnar, é verdade mas acho tudo isso normal visto que se trata do REIGNING, DEFENDING, WWE HEAVYWEIGHT CHAMPION OF THE WORLD.”

      Não há forma de presentear os melhores comentários deste site?

    • Ahahahahah muito obrigado, Bruno xD Seria interessante se existisse uma forma de dar likes nos comentários ou então, pelo menos, haver top comments.

    • Beatriz Lynch4 meses

      Ei Steal, pra vc qual foi a melhor match da ultima decada na WWE? Alias, poderia fazer um top 5?

    • Beatriz Lynch pode ser complicado listar os 5 melhores de uma década, e como tal eu aconselho-te a que enquanto não obtiveres resposta fazeres o seguinte, abres o YouTube e pesquisas.. Brock Lesnar.. só isto.. vais ser completamente bombardeada com vídeos de combates 5⭐ para cima.
      Fica a dica 😜

    • É uma questão muito boa e obviamente subjectiva, mas apontaria o “combate de despedida” (entre aspas porque entretanto voltou para one more match na Arábia Saudita… 🙄) de Shawn Michaels contra The Undertaker na WrestleMania 36, em 2010.
      Para mim foi um instant classic e um combate extraordinário, digno de aposentadoria para o Shawn que foi um dos melhores wrestlers de sempre. Em relação a um top 5 completo dentro do main roster, assim de cabeça colocaria também, sem ordem específica, essa Triple Threat do Royal Rumble 2015 entre Brock Lesnar, John Cena e Seth Rollins, Becky Lynch vs Charlotte Flair no Evolution 2018, CM Punk vs John Cena no Money In The Bank 2011 e Team Cena vs Team Authority (que conta com a estreia de Sting) no Survivor Series 2014.
      Menções honrosas para Becky vs Asuka vs Charlotte no TLC 2018, a Rumble masculina deste ano e o Money In The Bank Match do ano passado. E para si, Beatriz? Qual o seu combate predileto dentro da WWE da última década e top 5?

    • WrestleMania 26 *

    • Beatriz Lynch4 meses

      As vezes eu até esqueço que essa match foi na decada passada por ter sido a mais “distante”, melhores? Eu sei que é um pouco de questão pessoal mas eu diria o melhor mesmo, podia colocar uma pedra com o cara e saia algo bom, só lembrar daquela com o Vince. E é foi triste ele ter voltado para uma das piores lutas da historia do wrestling junto com taker vs goldberg(levando em conta o star power que tinha) pois bem…

      HBK vs Undertaker, por ser a primeira vez que me emocionei vendo uma match de pro wrestling, e acreditei até o fim que o Shawn poderia vencer, esse cara sempre vai ser meu eterno favorito.
      Bryan vs Orton vs Batista, não pelas performaces em si, mas sim por encerrar a que pra mim foi a melhor storyline da decada e que pra mim é o melhor encerramento de uma Wrestlemania.
      Team Cena vs Team Authority, essa por ser a melhor SS match junto com a de 2001(a da epoca da Invasion), com uma excelente performace do Ziggler e um excelemte final, pena que a WWE não deu mais push para ele(a ponto de ganhar o titulo mundial).
      Seth vs Brock vs Cena, pela excelente performaces dos 3, por ser la que comecei a ficar fã do Archtect, e ter um Brock Lesnar Overpower dando até German suplex duplo.
      E Becky Lynch vs Charllote Flair do Evolution, com excelentes performaces de duas e um grande storytelling e um final sensacional, e por ser o auge da popularidade da “Becky Heel”. E não se apresse steal, vai que a WWE cancela Styles vs Taker e faz um HBK vs Taker 3?! Ja que a moda agora é trazer velho de volta, mas bom que o Shawn tem mais bom senso que o Undertaker(e um grande arrependimento).

    • Quase as mesmas escolhas hehehehehe Esse combate entre Batista, Daniel Bryan e Randy Orton referente ao main event da WrestleMania 30 também foi especial pelo “YES Movement” de Bryan, assim como a “KofiMania” do ano passado.
      Concordo com o que você disse sobre Shawn Michaels, indubitavelmente um dos melhores de sempre só no quesito in-ring. E esse combate magnífico do Shawn contra Taker foi impressionante pela psicologia que colocaram e a história que contaram de que tentava de tudo para derrotar o “Deadman” e nada parecia ser suficiente. Simplesmente incrível, foi um dos momentos mais sensacionais que também já assisti.
      Espero que o Shawn Michaels não volte, pois, tal como vocês referiu, ele ao menos tem alguma noção do que pode/deve fazer ao contrário do Undertaker… Mas que gostaria imenso de poder ver mais um HBK vs Taker, isso obviamente que sim. A ver vamos como corre AJ Styles vs Undertaker, eu pessoalmente acho que o combate será decente porque o AJ geralmente consegue tirar bons combates de qualquer um e a estipulação (Boneyard Match) é propícia a que criem algo interessante.

    • Beatriz Lynch4 meses

      Não só pelo ring mas tambem pelo grande carisma, ser bom tanto como face e heel(embora prefira face) e promava pelo menos beeem melhor que o tambem gigante Hitman(seu maior rival).

    • Isso mesmo, Beatriz! “Nem mais” ;p

  2. Se preparem 24-3 no final da WrestleMania! À terceira é de vez e AJ Styles vai enterrar e acabar com a carreira de Undertaker. Até que em Novembro no Survivor Series com AJ campeão mundial lutando contra Velventen Dream (NXT Champion) e contra Roman Reings (Universal Champion) num combate em que o placar do SS está 3-2-2 para o SmackDown Undertaker retorna no 30° aniversário da sua estreia e faz um tombstone no AJ após um Styles Clash em V. Dream e ajuda Roman Reings a ganhar a luta e faz o SmackDown ganhar o Survivor Series 4-2-2 faltando ainda a tradicional luta de 5 contra 5 contra 5.

  3. Rui jesus messias4 meses

    Não sei qual foi a lógica de colocarem o Andrade e o Garza a lutar pelos tag team champions na WM xD , assim o USA champion não deve ser defendido…

    • Nuno4 meses

      Eu por acaso também pensei nisso será que o Andrade vai defender o título dos EUA contra o Rey Mysterio vejamos na próxima semana? E que na semana passada levou o pin

    • Anónimo4 meses

      Realmente, gostava de ver o titulo USA a ser defendido.

  4. Gostei do show, foi bem melhor que a da semana passada.
    Acho que estão preparando uma futura feud entre o Andrade e o Garza, pois percebir que algumas vezes o Andrade faz uma cara de irritado quando o Garza fala, e na primeira vez que eles fizeram dupla, o Andrade fico empurrando o Garza. Mas também isso pode só ser eu observando demais e ser só coisa da minha cabeça.
    Se tem uma coisa que aprendi nesses últimos shows é que as promos são bem melhores sem plateia.

    • Beatriz Lynch4 meses

      Muitos lutadores que não são “reis do mic” ficam menos pressionados e se sentem mais a vontade.

  5. Beatriz Lynch4 meses

    Gostei de terem passado aquela classica Triple Threat, lembro que foi ali que comecei a virar fã do Seth.

  6. André Santos4 meses

    Que final estupido foi aquele no combate entre o Cedric e Andrade

  7. El Cuebro4 meses

    O cara que lutou contra o Aleister Black é o parceiro de duplas do AR Fox na Evolve não?! E num geral foi um bom episódio do Raw, talvez tirando a parte de mais uma derrota para Ricochet e Cedric!

  8. Antonio4 meses

    RAW sensacional 👏🏽👏🏽👏🏽👏🏽

  9. Anónimo4 meses

    Gostei do show, foi bem melhor que o da semana passada, foi um bom Raw. As promos do AJ Styles, Seth Rollins e do Randy Orton foram boas. Assim como houve mais combates, gostei do combate do Ricochet/Cedric contra o Garza/Andrade.

  10. Flávio Jr4 meses

    Que promo brutal do Seth!!! Fiquei impressionado.

    • Flávio Jr4 meses

      E que luta que tivemos no RR 2015 hein! Muito bem lembrado, foi sensacional.

  11. José Carvalho4 meses

    Well , curioso como vai ser o Edge vs Randy , e o AJ vs Taker. 2 combates que prometem, mas a idade não perdoa..