A WWE transmitiu esta segunda-feira mais uma edição do Raw na USA Network, a partir do American Airlines Center em Dallas, Texas, rumo ao Crown Jewel de 4 de Novembro.

Resultados

– New Day (Kofi Kingston & Xavier Woods) venceram Alpha Academy (Chad Gable & Otis)
NXT Women’s Champion Becky Lynch venceu Indi Hartwell
Johnny Gargano venceu Giovanni Vinci
– WWE Women’s Champions Chelsea Green & Piper Niven venceram Natalya & Nikki Cross
– Drew McIntyre venceu Sami Zayn
– Bronson Reed venceu Akira Tozawa
– Undisputed WWE Tag Team Champion Damian Priest venceu Jey Uso

Report

Em destaque neste Raw tivemos a presença de Logan Paul, alguns segmentos envolvendo Cody Rhodes e os Judgment Day, e combate entre o Undisputed WWE Tag Team Champion Damian Priest e Jey Uso no main event.

15 Comentários

  1. Anonimo_BR6 meses

    Tirando o combate de duplas, qnto combate fraco marcado pro Raw da semana q vem…

    • Natan6 meses

      Quais combate fraco ? Cite-as

    • Anonimo_BR6 meses

      Rollins vs JD
      Candice vs Xia Lin são exemplos

    • Natan6 meses

      Candice vs Xia posso até concordar, mas Seth vs Devlin não acharia muito ruim não, desde que o Irish Ace seja bem valorizado

    • Natan6 meses

      Valorizado no combate*

  2. Vitória do Gargano! Top! Pena o Site não meter o meu comentário que fiz so tosse no artigo do Gargano e do Tomasso…

  3. WWE Raw – ⭐⭐⭐, um Raw onde o melhor foi as promos, tal como quase sempre.
    New Day vs Alpha Academy – ⭐⭐⭐, não consigo perceber o que pretendem dos Alpha Academy, agora foram buscar uma personagem cómica para a tag team ou stable, e mesmo assim dar a vitória aos new day? valeu que o combate foi bom o suficiente.
    Becky Lynch vs Indi Hartwell – ⭐⭐⭐, só não dou 4 estrelas porque o combate não teve esse caminho mas foi talvez o melhor combate que vi da Indi e talvez o melhor combate da era Becky NXT Champion, mas continua a ser mau ter combates pelo título NXT no main roster.
    Johnny Gargano vs Giovanni Vinci – ⭐⭐⭐, o combate foi bom o suficiente para 3 estrelas e está a ser uma feud interessante mas a WWE faz sempre isto em feud de tag team, 2 singles match entre os rivais e eu não consigo gostar disso.
    Chelsea Green & Piper Niven vs Natalya & Nikki Cross – ⭐, o pior combate que talvez vi no Raw deste ano, o que raio andam a fazer a esta divisão…
    Drew McIntyre vs Sami Zayn – ⭐⭐⭐, acho que dava para ser melhor para um combate entre estes dois.
    Bronson Reed vs Akira Tozawa – ⭐, simplesmente não!
    Damian Priest vs Jey Uso – ⭐⭐⭐, o mesmo que o combate do Drew vs Sami, dava para ser melhor.

  4. Anonimo_BR6 meses

    Se a WWE não explicar o comportamento da Nikki Cross nas próximas semanas vai ser o “falhaço do ano” pra mim. Q coisa tosca, sem sentido…

  5. Luis Salvador o Site não é para falar em Wrestling? Assim ou não deixares ir esse comentário não tás a ser democrático… se fosse ao contrário? O tosse podia responder a vontade nada contra… um abraço Luis!

    • Fala de Wrestling e discute as cenas mais irrelevantes à vontade, mas a partir do momento em que partem para os insultos, os comentários são eliminados.

  6. Os campeões de tag não defedem os títulos? Não arranjam uma luta para o Ballor?

  7. Gostei:
    – Promo dos Judgment Day. Uma boa mudança de ritmo com o babyface a interromper os Judgment Day em vez de ser ao contrário. Cody Rhodes vs Damian Priest no Crown Jewel? Metam a mala em jogo e temos conversa! A porrada foi mais interessante que as promos e tornou isto num ótimo segmento.
    – Alpha Academy vs The New Day. Tozawa nos Alpha Academy? Sim senhora! No futuro, Gable a solo enquanto que Tozawa/Otis são a tag team é algo que gosto. Uma ótima tag match aqui entre 2 excelentes equipas. Ação muito sólida.
    – Becky Lynch (c) vs Indi Hartwell. Uma boa title match aqui. A Indi teve uma chance para se destacar e aproveitou-a.
    – Promo do Logan Paul. Temos aqui a convenção de “F*da-se o Rey Mysterio” e até teve a sua piada. Existe possibilidade para um Rey & Ricochet vs Dominik & Logan Paul, o que tem imenso potencial. Achei um segmento sólido.
    – Sami Zayn vs Drew McIntyre. Facilmente o melhor combate deste RAW, na minha opinião. Imensos counters interessantes, com o melhor deles a ser o Avalanche White Noise para uma Flip Powerbomb. O final com a Rhea Ripley não deixa de ser curioso… ela está a brincar com a cabeça tanto do McIntyre como a do Rollins, talvez a tentar diminuir a concentração deles para um eventual cash-in do Priest.
    – Jey Uso vs Damian Priest. Um ótimo main event com boa ação. O final com a distração do Balor era previsível. Gostei imenso do pós-combate com o Cody.

    Não Gostei:
    – As 5 mulheres da Fatal 5-Way no Crown Jewel assinam contrato. Ouçam bem o pop que a Rhea Ripley recebeu. Quando a WWE decidir terminar com os Judgment Day, ela vai ser a maior babyface da divisão feminina. Este segmento estava a andar bem, mas depois a Nia Jax pegou no microfone e foi por água abaixo. A porrada até foi divertida mas a coisa dos seguranças entrarem e serem despachados durou demasiado tempo.
    – Johnny Gargano vs Giovanni Vinci. Vitória rápida para o Johnny. DIY vs Imperium na próxima semana? Considerem-me entusiasmado.
    – Green & Niven vs Natalya & Cross. Não sei mesmo o que eles estão a tentar conquistar com a Nikki Cross… Já é a 3ª/4ª vez que estão a tentar fazer algo deste género com ela só neste último ano. O combate em si é desinteressante.
    – Bronson Reed vs Akira Tozawa. Squash. Continuando.

    Overall: 6.5/10. Tivemos 3 combates muitos curtos e o segmento para o Women’s World Title Match não foi grande coisa muito pela Nia Jax ter tido direito a um microfone. O segmento inicial, New Day vs Alpha Academy, Zayn vs McIntyre e o main event são os meus destaques e, aliados a um bom público e um bom avanço de histórias, acaba por ser um bom episódio que confirma a frase que o Cody disse no segmento incial: a Rhea é a verdadeira líder dos Judgment Day.

  8. Anónimo6 meses

    Ótimo main event.