O nosso YouTube está de volta. Subscreve!

A WWE realizou esta segunda-feira mais uma edição do Raw, a última antes do Super Showdown que se realiza já esta quinta-feira, dia 27 de Fevereiro, na Arábia Saudita, e que é a primeira paragem desta Road to WrestleMania.

Ver combates marcados para o WWE Super Showdown

Resultados

– Angel Garza venceu Humberto Carrillo
– Ricochet venceu Luke Gallows
– Aleister Black venceu Erick Rowan
– Bobby Lashley venceu R-Truth
– Angelo Dawkins venceu Murphy (por desqualificação)
– Seth Rollins venceu Montez Ford
– Randy Orton venceu Kevin Owens

Report

O último Raw de Fevereiro começou com Randy Orton no ringue, que apesar de não ser a pessoa mais sentimental, pediu desculpas novamente pelo ataque a Edge. Isto antes de falar que a última vez que o Raw esteve em Winnipeg foi em 2004, e ele era na altura o Intercontinental Champion e lutou contra Edge, e que ninguém na arena percebe o porquê do seu ataque.

O “The Viper” foi interrompido por Kevin Owens, que afirmou que no último tempo só tem lidado com pessoas completamente iludidas com a vida, e que neste Raw era a vez de lidar com Randy Orton. Kevin Owens perguntou o porquê dos ataques a Edge e Matt Hardy, e depois de uma troca de palavras acesa, o “Prizefighter” desafiou o “The Viper” para um combate. Desafio esse que foi aceite.

Em seguida, no backstage, tivemos uma entrevista de Charly Caruso a Zelina Vega e Angel Garza, onde esta última falou do combate que iria acontecer entre o ex-NXT Cruiserweight Champion e Humberto Carrillo. Já o mexicano encantou a entrevistadora com o seu charme, antes de partir para o combate contra o seu primo.

Angel Garza venceu Humberto Carrillo. No primeiro combate da noite, os dois primos enfrentaram-se e mostraram que se conheciam um ao outro como a palma da mão, tendo sido um combate repleto de contra ataques. No entanto, Angel Garza conseguiu finalmente o domínio, apesar de Humberto Carrillo nunca desistir e assim manter-se em combate, mesmo depois de um Spanish Fly do ex-NXT Cruiserweight Champion.

No final, a vitória quase sorriu aos dois lutadores, mas depois de vários pins rápidos, Angel Garza venceu o combate com um Victory Roll.

Ricochet venceu Luke Gallows. No combate seguinte, a velocidade de Ricochet foi sempre um problema para o mais jovem e mais forte membro dos The O.C., Luke Gallows. Apesar deste, durante alguns minutos, até ter conseguido acalmar o ritmo do combate, no final Ricochet acertou o Recoil seguido de um Shooting Star Press impressionante para arrecadar a vitória e ganhar ímpeto para o combate contra Brock Lesnar no Super Showdown.

No backstage, AJ Styles estava a dar uma reprimenda aos seus companheiros dos The O.C., até que Aleister Black passou por eles, o que lhe valeu um ataque por parte de AJ Styles, Karl Anderson e Luke Gallows.

De regresso ao ringue, tivemos Paul Heyman acompanhado pelo WWE Champion Brock Lesnar e tivemos a típica promo do diretor executivo do Raw, onde explicou que se Ricochet vencesse o seu cliente, seria um milagre e que na WrestleMania 36, Brock Lesnar também iria acabar com o sonho de Drew McIntyre.

Aleister Black venceu Erick Rowan. Este último aproveitou que o lutador holandês ainda estava massacrado do ataque dos The O.C., para impor a sua força. Porém, Aleister Black continuou a sobreviver a todos os ataques de Erick Rowan e conseguiu ganhar vantagem suficiente para vencer o combate, quando fora do ringue fez o “Big Red” ir contra as escadas, tendo atirado a sua gaiola ao chão. Isso deixou Erick Rowan mais preocupado com a gaiola do que com o combate, e quando entrou em ringue, dois Black Mass foram o suficiente para a vitória.

Depois do combate, Aleister Black foi entrevistado por Sarah Schreiber e desafiou AJ Styles para um combate no próximo WWE Raw, onde procurará vingar o ataque sofrido esta semana.

Logo de seguida tivemos uma entrevista a Drew McIntyre, que foi conduzida por Charly Caruso, e onde o vencedor do Men’s Royal Rumble Match contou a sua história desde que assinou pela WWE em 2009, onde foi rotulado como futuro campeão do mundo. Agora, em 2020, ele nem um título mundial tem no seu currículo e que tenciona que tudo isso mude na WrestleMania 36. O “Scottish Psychopath” também afirmou que não lhe interessa se é Brock Lesnar ou Ricochet, pois ele na WrestleMania 36 lutará no main event e tornar-se-á o próximo WWE Champion.

Em seguida parecia que iríamos ter uma edição do “Truth TV”, apresentada por R-Truth, e que teria Lana e Bobby Lashley como convidados. Mas afinal, quando Lana e Bobby Lashley chegaram ao ringue, descobrimos que o que estava marcado era um combate entre os dois lutadores, mas R-Truth fez confusão. Este ainda tentou safar-se do combate, dizendo que Bobby Lashley era demasiado grande e que ele preferia fazer uma entrevista ao “All Mighty”, mas nada feito.

Bobby Lashley venceu R-Truth. A força de Bobby Lashley foi o factor decisivo neste combate e isso percebeu-se desde cedo. R-Truth ainda tentou dar luta, em especial quando imitou o seu “herói de infância”, John Cena.

Só que depois de um Spear, Bobby Lashley venceu o combate e ganhou assim ímpeto rumo ao WWE Super Showdown.

De regresso ao ringue, tivemos a assinatura de contrato para o Women’s Elimination Chamber Match que irá definir a adversária da Raw Women’s Champion Becky Lynch na WrestleMania 36. Como é hábito numa assinatura de contrato, as coisas descambaram rapidamente depois das seis lutadoras o terem assinado.

Quando parecia que as coisas estavam sanadas, veio “The Man” a Raw Women’s Champion Becky Lynch e atacou Shayna Baszler. Aí sim, ficou montado o monumental tarantantan, e as duas lutadoras tiveram de ser separadas por árbitros e oficiais de backstage da WWE.

Logo de seguida tivemos os Street Profits em ringue para os seus combates, mas antes tivemos uma promo da equipa, que afirmou que no WWE Super Showdown irão conquistar os Raw Tag Team Championships, além de que neste Raw iriam vencer Murphy e Seth Rollins nos respectivos combates individuais.

Angelo Dawkins venceu Murphy (por desqualificação). O primeiro destes dois combates entre as duas equipas foi extremamente rápido, com a força de Angelo Dawkins a ser um problema para Murphy. Depois de um Sky High de Angelo Dawkins, parecia que o combate iria acabar, mas Seth Rollins atacou o membro dos Street Profits causando a desqualificação, o que nos levou logo de seguida para o segundo combate.

Seth Rollins venceu Montez Ford. Assim que o combate começou, Seth Rollins rapidamente percebeu que estava metido num problema, pois a agilidade e a energia de Montez Ford deram-lhe o domínio do combate nos minutos iniciais. Ainda assim, a experiência de Seth Rollins veio ao de cima e o “Monday Night Messiah” começou o domínio do combate, que duraria vários minutos.

Os minutos finais foram intensos, com Montez Ford a mostrar todo o seu potencial e a quase vencer Seth Rollins por várias vezes. No entanto, depois de um Frogsplash falhado, seguiu-se o Blackout de Seth Rollins, que arrecadou assim a vitória.

Randy Orton venceu Kevin Owens. O main event começou com o domínio de Kevin Owens. No entanto, Seth Rollins acompanhado de Murphy e os AOP apareceram perto do ringue, o que criou a distração necessária para que o “The Viper” começasse a dominar o confronto. Como seria de esperar, o grupo de Seth Rollins não ficaria muito tempo a ver o combate de perto, pois os Street Profits e os Viking Raiders vieram atacar os seus rivais, causando ainda maior confusão.

Nos minutos finais, Seth Rollins conseguiu escapar à confusão e tentou atacar Kevin Owens por várias vezes. Numa dessas vezes, Randy Orton fez o seu vintage DDT com o adversário pendurado na 2ª corda e, inexplicavelmente, tivemos uma contagem rápida por parte do árbitro e assim “The Viper” venceu o combate.

O “Monday Night Messiah” tentou depois convencer Randy Orton a atacar Kevin Owens com duas cadeiras, tal como este fez a Edge e Matt Hardy, mas quem acabou por ser atacado foi o árbitro do combate. Kevin Owens livrou-se dos adversários e revelou que, por baixo do seu equipamento de árbitro, tinha uma t-shirt de Seth Rollins.

Kevin Owens não perdoou o árbitro por este tê-lo feito perder o combate contra Randy Orton e fechou o episódio desta semana do Raw com um Stunner e uma Powerbomb numa mesa ao “árbitro” da WWE.

O que achaste do WWE Raw desta semana?

31 Comentários

  1. Hugo1 mês

    Bom…..gostei,na verdade até gostei bastante.

  2. TEX1 mês

    Mais um grande RAW

  3. Rollins1 mês

    Raw agradável

  4. Sheamus e Cesaro-The Bar1 mês

    Eu acho que Randy Orton vai-se juntar á stable de Seth Rollins e provavelmente vai iniciar uma feud dos The OC (Aj Styles, Karl Anderson, Luke Gallows) e Ricochet, Aleister Black e Edge.

  5. JOAOPEDROOOOO1 mês

    Foi bastante bom, para dizer a verdade.

  6. Rayan Alonso Chagas Dias1 mês

    Olha galera o Paul Heyman está fazendo um ótimo Trabalho no Raw . Gostaria que o mesmo ou o Triple H assumisse o controle do SmackDown.

  7. lito1 mês

    kevin owens e ouro e nao ficaria chocado se no fim das contas isto leve a um Kevin Owens vs Triple H na wrestlemania 36

  8. Mais um Raw bastante entertaining, não houve assim grandes “tempos mortos” e 2/3 combates foram bem porreiros.

  9. Ricardo1 mês

    Bem vamos ter um Aleister vs AJ no próximo RAW, a minha ideia seria o combate acabar em desqualificação ou num empate e seguíamos em direção a um Aleister X AJ na WrestleMania ou então para não queimar já o combate num RAW o Styles dizia no próximo RAW que não estava medicamente autorizado a competir e ia um membro dos O.C e o Styles atacava o Black no final do combate achava um bom combate de WM

  10. Beatriz Lynch1 mês

    Otimo Raw, essa stable do Rollins é ouro(alem do proprio), e Randy continua muito bem desde o ataque ao Edge.

  11. El Cuebro1 mês

    Um bom Raw, muito interessante, bons combates e ainda alguém mais pensou no R-Truth enfrentando o Cena na Mania por ele usar os movimentos do John e tudo mais?

  12. Ah Applegate1 mês

    Não sei porque a WWE ainda não demitiu o R-Truth, esse cara não agrega em nada os shows, assim como esse Carrilo. Ridículo o Roman perder para esse Alester Black. WWE só sabe valorizar o que não presta dentro dos ringues.

    • Rui Ferreira1 mês

      Já vi que não percebes nada de Wrestling pra ti é só Seth Rollins Randy Orton Kevin Owens Aj Styles Roman Reigns e Bray Wyatt não a wwe precisa de criar novas estrelas por isso Garza Andrade Aleister Black Carrillo Street Profits têm tido destaque pois são o futuro

    • Flávio Jr1 mês

      Ah applegate, pelo seu nome e pelo comentário nota-se que seu ramo não é Wrestling, é outro 😂😂

    • Hellawake1 mês

      Se este não é o comentário mais desafortunado que li nesta página deve ser no mínimo top3

  13. Mateus1 mês

    Ricochet vs. Brock Lesnar só pode ser uma piada.

    Não tô assistindo os shows semanais, mas esse parece ter sido um pouquinho melhor.

    • Anónimo1 mês

      Um pouquinho melhor? Ultimamente o Raw tem apresentado shows muito bons.

    • Flávio Jr1 mês

      Mateus, você é o tipo de pessoa que critica sem ao menos saber do que está falando, mais um que passa vergonha na internet…

    • Mateus qual é a piada? Ricochet tem uma técnica incrível e o Brock apresenta sempre dificuldades contra lutadores mais pequenos e mais ágeis.
      Não quero com isto dizer que o Ricochet vai ganhar, mas também não vamos desvalorizar o Ricochet porque ele é muito bom dentro do estilo dele

    • Hunter1 mês

      Se você não assiste como que você pode tirar alguma conclusão se o Show foi um “pouquinho melhor” e sobre Ricochet Vs Lesnar ser uma “piada” ?

    • Mateus1 mês

      Ricochet não tem história para lutar contra um Brock Lesnar.

    • TEX1 mês

      E tu não tens história para falar se não vês

  14. Anónimo1 mês

    Excelente Raw, o combate entre o Angel Garza e o Humberto Carrilho foi muito bom, o main event também foi. E para a semana promete ser outro Raw excelente.

  15. Flávio Jr1 mês

    Que show! A cada semana a qualidade vem subindo, mas fazia um tempo que eu não assistia um Raw assim, isso só pode ser a mão do Haymen, um dos melhores do ano, na minha opinião!
    – Angel Garza venceu Humberto Carrillo – Aqui já começamos muito bem!!! O Garza definitivamente é ouro e o Carrillo apesar de não ter carisma, vai muito bem em ring.
    – Ricochet venceu Luke Gallows – Essa match foi mais pra dar um gás para o Ricochet, apesar de sabermos o resultado, se não for rápido, pode sair algo bom desse WWE Championship.
    – Aleister Black venceu Erick Rowan – O combate teve ingrediente a mais com o ataque dos OC e na semana que vem promete um Black vs AJ!!
    – Bobby Lashley venceu R-Truth – mais pra encher chouriços mesmo…
    – Angelo Dawkins venceu Murphy (por desqualificação) – Seth Rollins venceu Montez Ford – Foi um excelente combates, o Rollins é ouro e isso já não é novidade, e os Street Profets estão sendo melhor aproveitados enfim!
    – Randy Orton venceu Kevin Owens – Que Main event! Acho que vamos ter surpresas na stable do Seth, enfim… Valeu o show.

  16. Max Araújo1 mês

    Alguém sabe o horário do ppv nessa quinta feira pelo Brasil?

  17. Max Araújo1 mês

    Então a luta do The fiend será o main event? E a do Brock será a penúltima? Saio do trabalho as 14:00 podendo chegar em casa umas 15:15,tomara que eu pegue o main event

  18. Hellawake1 mês

    Mas que grande RAW! Quando fazem as coisas bem temos de dar os parabéns, estou a gostar desta nova abordagem de misturar as storylines das várias personagens. Muito interessante. E os combates todos bastante bons, Montez Ford desde que o vi a lutar a primeira vez não me enganou, que máquina!!

  19. Hellawake1 mês

    Queria deixar aqui uma opinião… Para que fique registado… Eu acho que a razão pela qual o Rady Orton atacou o Edge é porque ele é um seguidor do Messias Seth Rollins e estava a seguir ordens. Pode parecer uma ideia louca mas…. quem sabe….