A WWE transmitiu esta segunda-feira mais uma edição do Raw na USA Network, a partir da Sames Auto Arena em Laredo, Texas, rumo ao Money in the Bank do próximo sábado, dia 2 de Julho.

Resultados

– Riddle venceu Men’s Money in the Bank Qualifying Battle Royal
– Montez Ford venceu Undisputed WWE Tag Team Champion Jey Uso
– AJ Styles venceu The Miz (por count-out)
– Liv Morgan venceu Alexa Bliss
– Bobby Lashley venceu Alpha Academy (Chad Gable & Otis) (Handicap Match)
– Becky Lynch venceu Doudrop, Tamina, Shayna Baszler, Nikki ASH e Xia Li (6-Way Elimination Women’s Money in the Bank Qualifying Match)

Report

O Raw abriu com as imagens da chegada de John Cena ao Raw, com os lutadores a aplaudirem o 16 vezes campeão mundial.

– Riddle venceu Men’s Money in the Bank Qualifying Battle Royal: Esta Battle Royal começou de forma caótica como é habitual, sendo que rapidamente tivemos a primeira grande eliminação, quando os Mysterios e Mustafa Ali se juntaram para eliminar Veer.

A confusão e as eliminações foram continuando em alta como seria de esperar num embate deste tipo. Os quatro lutadores finais foram Riddle, The Miz, Dolph Ziggler e AJ Styles, sendo que este último e o “Original Bro” pareciam que iam ser os últimos em ringue, mas The Miz que estava fora do ringue eliminou o “Phenomenal One”.

O “A-Lister” foi fazendo de tudo para vencer este embate, mas Riddle com um RKO virou o ímpeto a seu favor e atirou o seu rival por cima da terceira corda e assim qualificou-se para o Men’s Money in the Bank Ladder Match.

Nos bastidores, os Street Profits foram pedir conselhos a John Cena que só lhes disse para eles nunca desistirem.

A seguir tivemos um video package com várias lendas a falar da carreira de John Cena, sendo que vimos nomes como Shawn Michaels, Triple H, Bryan Danielson entre outros a elogiar “Big Match John”.

Novamente no backstage, Riddle dedicou a sua vitória a Randy Orton, tendo dito que tem passado por um mau bocado, mas John Cena mandou-o nunca desistir e que ele agora venceu e vai ao Money In The Bank.

– Montez Ford venceu Undisputed WWE Tag Team Champion Jey Uso: Os dois lutadores tentaram meter a sua velocidade em jogo desde cedo e parecia que ia ser Montez Ford a controlar, mas Jey Uso atirou o seu rival contra os degraus fora do ringue.

O campeão de equipas dominou durante vários minutos, mas o lutador dos Street Profits foi começando a recuperar e nos minutos seguintes, tanto Angelo Dawkins como Jimmy Uso tiveram interferência no embate, e no final, Montez Ford meteu o pé no acelerador e depois do seu Frogsplash conquistou a vitória.

Nos bastidores, os Mysterios foram interrompidos por Finn Bálor e Damian Priest, com este último a afirmar que o 20º aniversário de Rey Mysterio na WWE também está quase a chegar, mas que este não está a ensinar o que chega ao seu filho. O “Archer of Infamy” explicou que a porta dos Judgment Day está aberta para toda a gente. Rey Mysterio não gostou da conversa e desafiou Finn Bálor e Damian Priest para um Tag Team Match na próxima semana.

A seguir, tivemos um video package de tudo o que John Cena já fez em conjunto com a Make A Wish Foundation.

No ringue, Kevin Patrick ia entrevistar The Miz, mas este não perdeu tempo a dizer que no SummerSlam, ele irá voltar a fazer equipa com Logan Paul. O jornalista perguntou então qual a relação entre os dois, depois do “A-Lister” ter acertado um Skull Crushing Finale no Youtuber, mas este alegou que foi só uma lição. AJ Styles decidiu então vir ao ringue e deu um soco ao seu novo rival.

– AJ Styles venceu The Miz (por count-out): AJ Styles entrou de forma agressiva, decidido a vingar-se da forma como foi eliminado na Battle Royal que abriu o programa, mas The Miz com alguma batota à mistura virou o ímpeto a seu favor.

O “A-Lister” dominou durante alguns minutos, mas o “Phenomenal One” foi criando alguma ofensiva e foi equilibrando este embate.

Nos momentos finais, quando AJ Styles estava a ganhar vantagem e parecia que ia preparar para acertar o Phenomenal Forearm, The Miz fugiu do ringue e preferiu perder por contagem.

No balneário de John Cena, Ezekiel foi pedir conselhos a “Big Match John”, que lhe disse para este ser ele próprio. O USA Champion Theory decidiu então também aparecer e começou a gozar e a insultar o seu ídolo, e quando se preparava para tirar uma selfie, John Cena saiu de cena.

De seguida tivemos mais um video package de homenagem a John Cena, com várias lendas incluindo Chris Jericho, Randy Orton, Steve Austin entre outros a fazer elogios ao 16 vezes campeão mundial.

De regresso ao ringue tivemos a Raw Women’s Champion Bianca Belair que afirmou que ninguém respeita Carmella porque esta não se respeita a ela própria, mas a verdade é que a sua adversária tem o potencial para ser excelente, caso não estivesse tão obcecada consigo própria. Isso fez com que a “Princess of Staten Island” viesse ao ringue e afirmasse que a “EST da WWE” está errada, tendo dito que irá vencer no Money In The Bank. O segmento terminou com a candidata principal a tentar atacar a campeã nas costas, mas acabou a ser atirada para fora do ringue com um soco.

No backstage, Liv Morgan e Alexa Bliss foram entrevistada e as duas admitiram que se têm ajudado mutuamente, mas não são amigas e que irão fazer de tudo para vencerem no Raw e acima de tudo no Money In The Bank.

– Liv Morgan venceu Alexa Bliss: Este combate começou de forma equilibrada, sendo que quando a velocidade aumentou, parecia que o ímpeto estava do lado de Alexa Bliss.

As duas lutadoras foram tentando vencer o mais rapidamente possível e foi isso que Liv Morgan conseguiu depois de um pin rápido.

Vince McMahon apresentou John Cena, que teve direito a uma guarda de honra por parte de várias Superstars da WWE.

Já em ringue, “Big Match John” afirmou que só pode celebrar estes 20 anos porque os fãs lhe deram essa oportunidade e que por isso lhes agradece. O lutador explicou que isto será sempre sobre a relação entre os lutadores e os fãs, tendo-lhes pedido para estes nunca se calarem e quando gostarem de algo para dizerem, e quando não gostarem de algo para também fazerem questão que todos saibam disso. John Cena terminou agradecendo mais uma vez tendo também dito que irá voltar a lutar, só não sabe quando.

– Bobby Lashley venceu Alpha Academy (Chad Gable & Otis) (Handicap Match): Bobby Lashley entrou de forma dominante, mas uma distração por parte do USA Champion Theory, fez com que a Alpha Academy se colocasse no controlo.

Chad Gable & Otis foram fazendo de tudo para vencer o “All Mighty” mas este foi sobrevivendo e quando meteu a sua força em jogo virou mais uma vez este Handicap Match do avesso. Depois de várias quase vitórias, Bobby Lashley arrumou Otis com um Eletric Chair, tendo aplicado o seu Hurt Lock em Chad Gable que lhe deu a vitória.

Assim que o combate terminou, Theory e os Alpha Academy tentaram atacar Bobby Lashley mas este arrumou a equipa, enquanto o USA Champion fugiu.

A seguir tivemos imagens de Cody Rhodes na fisioterapia, onde este voltou a dar a entender que quer recuperar antes dos 9 meses anunciados pela WWE, tendo a seguir falado do Men’s Money In The Bank, tendo dito que apesar de não ter um favorito, se Seth Rollins vencer este embate, ele será o primeiro a dar-lhe os parabéns.

Nos bastidores, Seth Rollins foi chatear John Cena e provocar o seu velho rival, sendo que este monólogo foi interrompido por MVP e Omos, tendo o manager afirmado que o “Gigante da Nigéria” irá destruir os seus adversários e conquistar o Men’s Money In The Bank Match.

– Becky Lynch venceu Doudrop, Tamina, Shayna Baszler, Nikki ASH e Xia Li (6-Way Elimination Women’s Money in the Bank Qualifying Match): Doudrop e Nikki ASH tentaram usar a sua parceria para dominar e acabou por ser Becky Lynch a aproveitar esse trabalho para eliminar Xia Li.

O caos continuou neste combate de eliminação, sendo que a “super-heroína” tentou eliminar “Big Time Becks”, mas acabou por ter de desistir para o Dis-Arm-Her.

Este main event continuou com as quatro lutadoras a lutar tanto dentro como fora do ringue, sendo que Doudrop aproveitou que Shayna Baszler estava a aplicar uma submissão, para acertar um grande Crossbody e assim eliminar a “Queen of Spades”, sendo que a escocesa pouco depois eliminou também Tamina.

Doudrop tentou vencer o mais rapidamente possível, mas falhou uma Vader Bomb, sendo que a seguir tentou meter “Big Time Becks” na segunda corda, o que foi a abertura que a irlandesa precisava para acertar um Manhandle Slam da segunda corda e assim qualificar-se para o Women’s Money In The Bank Match.


O que achaste deste WWE Raw?

8 Comentários

  1. Vauquiria 🇦🇴2 meses

    Espero que esteja um bom raw

  2. Huellisson Camargo2 meses

    Ver Daniel Bryan, Big Show e o Jericho com suas mensagens especiais, isso foi muito bacana! Por mais que tenham “fãs” que adoram entrar em discussões ridículas sobre WWE vs. AEW. É sempre legal ver alguns unidos assim como a aparição do AJ no Slammiversary, são momentos bons.

  3. MC2 meses

    Umas notas:

    Respeito pela AEW por certamente ter permitido a aparição do Bryan, Show e Jericho.

    Uma RAW suave de se ver, tal como o último SmackDown.

    Por mim pode ser o Riddle o Mr. MITB. O gajo tem feito um belíssimo trabalho nos últimos meses, mas confesso que gostava de ver os títulos “desunificados”. Quem sabe dar o WWE ao Riddle daqui por uns meses, o Orton regressa por Janeiro julgo eu? Pelo que foi reportado. Bom, a história escreve-se a si mesma.

    Interessante a interação backstage dos Judgment Day com os Mysterios, bem feito poderia levar a um turn do Dominic, alteração da sua personagem e quem sabe o rapaz evoluía melhor junto da stable.

    O conselho do Cena ao Ezekiel, “never forget who you really are”. Génio! 😂

    O Vince já apareceu mais vezes depois daquela polémica do que nos 5 anos anteriores. Não tarda aparece no NXT, NXT UK, Dynamite, Rampage, Money in the Bank… e por aí fora.

    Para terminar, uma nota para os 20 anos do Cena, curioso como durante a maior parte deste tempo era maioritariamente Cena sucks e o sentimento de estar fartos deste ser “empurrado pelas nossas gargantas abaixo”. Olhem para as ovações que o homem recebe agora, o certo é que está sem dúvida numa lista de GOATs e agora já “toda a gente o ama”. Será caso para dizer que … nunca se sabe o que temos, até o perdermos. Thank you Cena!

  4. Foi um bom Raw!

  5. Gostei:
    – Montez Ford vs Jey Uso. Boa exibição do Ford. Ele está cada vez melhor e cada vez o vejo mais como um futuro singles main eventer. Bom combate aqui, estou à espera de assistir a um belo tag team match no sábado.
    – John Cena conhece Ezekiel, antes de ter uma interação com Theory. Adorei a interação entre o Cena e o Ezekiel, o entusiasmo do Cena foi brutal. E a própria conversa com o Theory também foi interessante. Não entendi porque é que o Theory ficou tão chateado por causa da selfie… o Cena está na foto! 😉
    – Entrevista a Bianca Belair, interrompida por Carmella. A promo da Bianca foi sólida e ainda conseguiu bater na Carmella. Segmento decente.
    – Alexa Bliss vs Liv Morgan. É uma pena que este combate só tenha durado 3 minutos, porque as 2 tem química e conseguiram produzir um combate sólido em tão pouco tempo.
    – Promo do John Cena. Tinha tantas saudades deste homem. Promo perfeita, a melhor promo que vi no Raw em muito tempo! Se são um fã de wrestling, vale muito a pena ver isto, entendes completamente que todos os sacrifícios que ele fez foram pelos fãs. Vejam este segmento!
    – Lashley vs Alpha Academy. Não foi mau, também não foi ótimo. Foi decente e cumpriu no objetivo em deixar Lashley mais forte.
    – Entrevista a Cody Rhodes. É uma boa promo e deu um bom hype ao combate MITB, para além de adicionar uma nova camada à sua feud com Rollins (Rollins vencer MITB e ele ser o 1º a “dar-lhe os parabéns”).
    – Segmento entre Cena, Rollins, Omos e MVP. Foi um ótimo segmento para dar hype ao MITB. Also, o Rollins a cantar a música do Cena enquanto se ri? Ouro!
    – Last Chance Six Pack Elimination para o combate MITB. Acho que isto ter sido um combate de eliminação ajudou imenso. Foi um bom combate, talvez tivesse preferido que outra ganhasse (Shayna, Doudrop, Xia) em vez da Becky, mas ela tem perdido muito recentemente, portanto precisava disto.

    Não Gostei:
    – Last Chance Battle Royal para se qualificar para o combate MITB. É uma battle royal: caos total e difícil de ser boa. Teve ali um ou outro spot, mas nada demais.
    – Entrevista a The Miz, interrompido e atacado por AJ Styles. Então, a WWE vai trazer o Logan Paul de volta (yey…) e, como não tem mais ideias, inventou uma razão estúpida para o Miz e o Logan voltarem a ser equipa após o Miz atacá-lo na Mania… Cristo. Segue-se um combate entre AJ Styles vs The Miz. Durou 12 minutos, a ação não foi grande coisa e ainda terminou em count-out. Cristo x2.

    Overall: 6.5/10. Acabou por ser bom, muito ajudado pelo regresso do Cena, com os seus segmentos e a entrevista do Cody a serem os únicos destaques (bem como a aparição de Danielson, Jericho e Paul Wight). Se não fosse o regresso do Cena, teria sido um show misto.

  6. Raw fraco

    Este main event só ridiculo, logico que seria a becky a ganhar, mas o que fizeram á shaynna e a xia… enfim principalmentr a lutadora asiatica deve estar em pukgas que o seu contrato acabe… enfim

    Já nao chega de SP vs usos, ezekiel vs owens… enfim é arroz ou arroz…

    Bianca vs carmela é mesmo uma anedota do caraças… acho que até a niki ash tem mais credibilidadr atualmente que a carmela… epá nao percebo mesmo…

    O tempo que perdi a cer o raw podia ter estado a jogar alguma coisa

  7. O RAW valeu pelo regresso do Cena!

  8. Anónimo2 meses

    Bom combate entre o Jey Uso vs Montez Ford. Destaco também aparição do Cena, boa promo e bons segmentos que teve ao longo do show.