A WWE transmitiu esta segunda-feira mais uma edição do Raw na USA Network, a partir do ThunderDome no Tropicana Field em São Petersburgo, Flórida, a penúltima antes da WrestleMania 37 de 10 e 11 de Abril.

Resultados

– Sheamus venceu WWE United States Champion Riddle (Non-Title Match)
– Braun Strowman venceu Jaxson Ryker
– WWE Champion Bobby Lashley venceu Shelton Benjamin (Non-Title Match)
– Raw Tag Team Champion Xavier Woods venceu AJ Styles (por desqualificação)
Naomi venceu WWE Women’s Tag Team Champion Shayna Baszler
– Drew McIntyre venceu Ricochet
– Drew McIntyre venceu Mustafa Ali

Report

O Raw abriu com uma entrevista a Drew McIntyre que aconteceu durante esta segunda-feira, a falar da oferta que o WWE Champion Bobby Lashley fez a todo o balneário do Raw, que colocou a prémio a cabeça do “Scottish Warrior”.

Já no ThunderDome tivemos o Hurt Business no ringue e estes relembraram a oferta, quem conseguir lesionar Drew McIntyre antes da WrestleMania 37, ficará com o lugar do “Scottish Warrior” na luta pelo WWE Championship.

Depois de ninguém ter aceite a proposta do Hurt Business, o WWE Champion Bobby Lashley virou as suas atenções para Cedric Alexander & Shelton Benjamin, por estes terem falhado na semana passada contra Drew McIntyre e deu a entender que os dois já não faziam parte do Hurt Business.

Cedric Alexander e Shelton Benjamin tentaram defender-se, sendo que “Gold Standard” não ficou feliz e não teve problemas em atacar Bobby Lashley, mas o WWE Champion conseguiu dar conta dos dois lutadores.

Nos bastidores tivemos o WWE United States Champion Riddle, lembrando que só queria fazer umas perguntas a Sheamus, mas este atacou-o e agora ele está zangado. Riddle seguiu caminho e foi chatear Titus O’Neill, mas este também o deixou a falar sozinho. Quando o “Original Bro” ia na sua trotinete a caminho do ringue, acabou por ser atacado pelo “Celtic Warrior”.

Ainda nos bastidores, Cedric Alexander e Shelton Benjamin foram falar com Adam Pearce e os dois querem mostrar que sem eles Bobby Lashley não é nada. Shelton Benjamin desafiou o “All Mighty” para um combate neste Raw, já Cedric Alexander disse que se sobrasse algo de Bobby Lashley, o enfrentaria na próxima semana.

– Sheamus venceu WWE United States Champion Riddle (Non-Title Match): No primeiro combate deste Raw, Sheamus entrou melhor e de forma mais agressiva contra Riddle, mas o “Original Bro” conseguiu também ele aumentar a agressividade e acabou por virar o ímpeto a seu favor durante alguns momentos.

Sheamus acabou por conseguir dar a voltar e controlar deste embate, dominando o WWE United States Champion durante vários minutos, mas este não se deixou ficar e com os seus strikers e um grande golpe da terceira corda virou o combate do avesso.

Nos minutos finais do combate tivemos Sheamus a fazer vários golpes, mas Riddle foi sobrevivendo a tudo e até quase surpreendeu o “Celtic Warrior”, mas este com uma joelhada do outro mundo venceu o combate.

Assim que o combate terminou, Riddle atacou Sheamus, mostrando-se irritado por esta derrota e por ter sido atacado antes deste opener. A rivalidade entre os dois vai agora culminar num title match na WrestleMania 37.

Nos bastidores, Shane McMahon não quis dar nenhum detalhe sobre o que irá dizer sobre Braun Strowman e afirmou que teremos de esperar para ver.

Ainda no backstage do ThunderDome tivemos Drew McIntyre a falar com AJ Styles e Omos, dando a entender que o “Phenomenal One” podia aceitar a proposta de Bobby Lashley, mas a dupla disse que está mais interessada em destruir os Raw Tag Team Champions The New Day na WrestleMania 37.

De regresso ao ringue tivemos Shane McMahon, acompanhado de Elias e Jaxson Ryker, que mostrou um cartão do 5º ano de Braun Strowman, onde mostrou as notas do “Monster Among Men” e de como ele era mau aluno.

Os insultos a Braun Strowman continuaram, até que o “Monster Among Men” se dirigiu ao ringue para ter o seu combate contra Jaxson Ryker.

– Braun Strowman venceu Jaxson Ryker: Braun Strowman dominou desde o primeiro segundo, sendo que Jaxson Ryker ainda tentou dar luta, mas no final não teve nenhuma hipótese contra o “Monster Among Men”, que acabou por vencer depois de aplicar o seu Running Powerslam.

Assim que o combate terminou, Braun Strowman tentou atacar Shane McMahon, mas Elias atacou-o, mas nem ele nem Shane McMahon conseguiram controlar o “Monster Among Men”.

Já depois de Shane McMahon ter fugido para a rampa, Braun Strowman pegou no microfone e disse que aceitou lutar contra ele, mas que o combate terá a estipulação que o “Monster Among Men” quisesse. Por isso, na WrestleMania 37 eles irão enfrentar-se num Steel Cage Match.

De seguida tivemos mais uma edição do The Dirt Sheet e vimos The Miz e John Morrison começarem por insultar Bad Bunny por várias vezes, isto até finalmente termos visto a estreia mundial da nova música “Hey Hey, Hop Hop”. A música foi basicamente uma paródia a Bad Bunny e a Damian Priest, com alguns ritmos latinos.

Quando o videoclip terminou, tivemos Damian Priest e Bad Bunny a dizer que a música até estava gira, mas que na WrestleMania 37, Bad Bunny vai vencer The Miz e fazer dele a sua p*ta. O segmento terminou com Bad Bunny a dar um grande soco ao “A-Lister”, antes de destruir o set do The Dirt Sheet.

De regresso aos bastidores tivemos Randy Orton a falar que durante a sua carreira teve o prazer de enfrentar várias lendas, mas nenhuma se compara a “The Fiend”. O “The Viper” pensava que tinha feito tudo o que era preciso para tirar o rival da sua vida, mas que depois de meses a lidar com Alexa Bliss, tudo não passou de uma armadilha por parte da lutadora, mas que finalmente ele agora sabe o que tem de enfrentar. Randy Orton reforçou que na WrestleMania 37 irá fazer de tudo para destruir a abominação que é “The Fiend”.

– WWE Champion Bobby Lashley venceu Shelton Benjamin (Non-Title Match): Shelton Benjamin entrou de forma agressiva neste combate e conseguiu controlar o WWE Champion durante alguns momentos, mas o “All Mighty” virou o combate a seu favor e dominou o seu ex-parceiro de grupo durante vários minutos.

Uma distracção de Cedric Alexander fez com que Shelton Benjamin usasse o Pay Dirt e quase venceu o WWE Champion, só que a força de Bobby Lashley fez a diferença e no final, depois do Hurt Lock, o “All Mighty” venceu o combate e deixou um aviso a Drew McIntyre rumo à WrestleMania 37.

Nos bastidores, os Raw Tag Team Champions The New Day foram chatear AJ Styles e Omos, mas o “Phenomenal One” não estava interessado nas conversas dos campeões e desafiou Xavier Woods para um combate.

Ainda antes do combate tivemos uma “Game Night” apresentada pelos New Day e que teve como concorrentes AJ Styles e Omos. Tudo começou com um jogo de charadas, que os New Day venceram. A seguir foi um jogo onde um jogador de uma equipa desenhava e o outro tinha de adivinhar, e mais uma vez os New Day ganharam, o que ia irritando cada vez mais o “Phenomenal One”.

No entanto, quem acabou com esta noite de jogos foi Omos, que afirmou que eles não precisam de vencer estes jogos estúpidos, mas precisam sim de vencer o combate na WrestleMania 37.

– Raw Tag Team Champion Xavier Woods venceu AJ Styles (por desqualificação): Xavier Woods usou a sua velocidade para dominar AJ Styles e teve o controlo do combate durante vários minutos, sendo que o “Phenomenal One” nunca conseguiu ter controlo nesta contenda. Omos acabou por se fartar de ver este combate e atacou Xavier Woods, o que causou a desqualificação de AJ Styles.

Omos tinha decidido que hoje era o dia em que ia enviar uma mensagem enfática aos New Day e atirou Kofi Kingston para a zona dos ecrãs, antes de destruir Xavier Woods com uma espécie de Double Hand Slam.

Em seguida tivemos imagens do que aconteceu na semana passada entre Randy Orton, Alexa Bliss e “The Fiend”, antes de irmos até ao recreio da lutadora. Esta começou a falar de que o “The Viper” cometeu um erro ao achar que tinha acabado com o “The Fiend”, mas que este simplesmente ficou preso na sua caixa e que o “Legend Killer” será morto na WrestleMania 37.

No balneário do Raw, Drew McIntyre mandou alguém ser homem e enfrentá-lo e, depois de atacar Angel Garza, Humberto Carrillo e Drew Gulak, ficou cara a cara com Ricochet. Este disse que o conhece há muitos anos e que apesar da palavra de Bobby Lashley para ele não significar nada, se o “Scottish Warrior” quer lutar, então vamos ter combate.

– Naomi venceu WWE Women’s Tag Team Champion Shayna Baszler: Naomi tentou usar a sua velocidade para dominar, mas Shayna Baszler usou a sua técnica para controlar o combate. Porém, fora do ringue, tivemos o caos total, com Lana a atirar Nia Jax contra Mandy Rose, sendo que Dana Brooke atacou a “Ravishing Russian”. Toda esta confusão abriu espaço para que Naomi, com um pin rápido, vencesse Shayna Baszler.

No backstage vimos Matt Riddle em conversa com Asuka, mas o “Original Bro” esqueceu-se do que tinha para dizer.

Em seguida tivemos a assinatura de contrato para o combate pelo Raw Women’s Championship na WrestleMania 37, que será entre a campeã Asuka e Rhea Ripley. A “Nightmare” não teve problemas em dizer que ela irá tornar-se nova campeã no grande evento do ano e, já depois do contrato estar assinado, Asuka continuou a falar e foi então que Rhea Ripley atirou a mesa contra a cabeça da “Empress of Tomorrow”.

Por alguma razão, as WWE Women’s Tag Team Champions Nia Jax & Shayna Baszler interromperam e vieram-se queixar de não terem combate na WrestleMania 37, mas a sua promo não teve nada a ver com isto e as campeãs acabaram por desafiar Rhea Ripley e Asuka para um Tag Team Match na próxima semana.

– Drew McIntyre venceu Ricochet: Drew McIntyre queria despachar o combate o mais rapidamente possível, mas o atleticismo de Ricochet fez com o “One and Only” dominasse durante algum tempo. No entanto, Ricochet perdeu tempo a ir para o seu 630 e quando tentou acertar o seu golpe, o “Scottish Warrior” desviou-se e acertou o seu Claymore Kick, vencendo o combate.

Assim que a campainha tocou, Mustafa Ali atacou Drew McIntyre pelas costas e já depois do árbitro os ter separado, o escocês mostrou-se com vontade de lutar contra o antigo líder dos RETRIBUTION.

– Drew McIntyre venceu Mustafa Ali: Mustafa Ali continuou a atacar a perna esquerda de Drew McIntyre, tal como tinha feito quando o atacou pelas costas, e acabou por dominar o “Scottish Warrior” durante alguns minutos. Porém, Drew McIntyre contra-atacou um salto da segunda corda com um Glasgow Kiss, sendo que em seguida acertou o seu Claymore Kick e venceu também este combate.

Já depois do combate terminar, Drew McIntyre pegou no microfone e disse para o WWE Champion Bobby Lashley ser homenzinho e vir ele próprio ao ringue destruí-lo. O “All Mighty” veio ao ringue, mas o que tivemos foi uma troca de palavras, mas o ambiente azedou rapidamente e tivemos então uma brawl que foi ganha pelo escocês.

Porém, do nada tivemos King Corbin a vir ao ringue e a atacar o “Scottish Warrior”. Depois vários golpes do “Rei”, o WWE Champion Bobby Lashley voltou ao ringue e aplicou o Hurt Lock por várias vezes, enviando novamente uma mensagem enfática ao seu rival, rumo à WrestleMania 37.


O que achaste do WWE Raw desta semana?

43 Comentários

  1. Eduardo3 semanas

    Não acredito no K vi. Hurt Business A acabarem

    • Jonatas3 semanas

      Tbm não tô acreditando,tinha tudo para se expandir e ser a melhor stable,mas infelizmente isso aconteceu!

  2. Jooj3 semanas

    Caralho wwe pq? Só o pq? Uma das stables mais promissoras e que já estavam se tornando realidade. Por que?

  3. feud de m**** entre braun e shane sem interesse mas este tweet está muito bom LOL

    https://twitter.com/WWE/status/1376697199761952773

  4. Facebook Profile photo

    Que palhaçada esse fim do Hurt Business. Inacreditável. Bullshit total, WWE merece uma grande vaia na vitória do McBoring

  5. Joelson Souza Ribeiro3 semanas

    Talvez, Brock lesnar faça seu retorno e ataque o Drew e desafie o Bobby lashey kkkk

  6. Pedro Almeida3 semanas

    Elias a aliar-se ao Shane, Elias em confusões com o Braun Strowman, uma história tão nova e refrescante. Não havia outro heel para fazer o trabalho sujo do Shane?

  7. Jérôme3 semanas

    Que fraquito esse raw, esse final do hurt business… piada! Wwe fazendo por merecer os ratings a cair e estagnar com numeros baixos, o produto parece que so piora, strowman vs shane numa steel cage match 😂 que hype em? parei por hoje

  8. Kay Orton3 semanas

    O que é bom dura pouco, mataram o Hurt Business. Se realmente acabou, Cedric e Shelton já podem ir embora da empresa pq nem na divisão de tag eles vão ter chance de algo.

  9. Facebook Profile photo

    Que RAW bizarro, patético. Esse final então, McBoring pinando todo mundo e do nada Baron Corbin aparecendo ???, um dos piores dos tempos recentes e em plena Wrestlemania. É, a situação tá feia pra equipe criativa. Espero que as vaias a esse forçado venham em peso com o público de volta

  10. Jooj3 semanas

    O problema vai ser se a construção dessa briga da Hurt Business terminar com Benjamin e Cedric favorecendo o Drew na WM. Poderiam fazer a dupla querer provar o valor e ajudar Lashley no fim (o que eu duvido) ou o Lesnar destruir Drew antes do combate acontecer e conquistar o cinturão novamente

  11. Gostei:
    – Segmento entre Titus, Riddle e Sheamus. Meh, teve a sua piada.
    – Bom combate entre Riddle e Sheamus também, onde deram um cheirinho do que podemos ver na WrestleMania.
    – Apesar de não gostar da feud, o combate na Mania pode vir a ser bom entre Braun e Shane numa Steel Cage. Braun vs Elias é o habitual. Feud horrível, mas potencial para um bom combate (ou perto) com a estipulação a ajudar imenso.
    – O videoclip do Miz e Morrison é o habitual, os 2 continuam a fazer um bom trabalho como heels.
    – Na semana passada, critiquei a feud. Mas esta semana, estou a mudar um bocado a minha opinião (também fui assim com o Pat McAfee ano passado). Pode vir a ser bom. O soco do Bad Bunny pareceu ser duro, vamos ver se consegue entregar em ringue.
    – Continuam os meus elogios para o trabalho do Orton.
    – Woods vs Styles. Nada de mais, exceto o Omos a atirar o Kofi Kingston até à China. Até estou curioso para ver o que ele pode fazer.
    – Para variar, mais elogios para a Alexa e o Bray. Adoro como a Alexa foi ficando progressivamente mais ”assustadora” com o passar do tempo. E a nova máscara do Fiend também não é calmante.
    – Bom combate entre a Shayna e a Naomi, com uma ótima exibição desta última.
    – O segmento entre a Asuka e a Rhea também foi bom. Gostei especialmente da forma como a Asuka deu sell à mesa. Só tenho pena da Asuka não ser considerada uma ameaça maior devido ao booking que têm vindo a ter.
    – Bom combate do Drew contra o Ricochet. Espero que receba o seu merecido push.

    Não Gostei:
    – Separação dos Hurt Business. Obrigado à pessoa que teve a ideia de separar esta excelente stable.
    – A continuação da feud entre o Shane e o Braun. Continua o bullying… (B.A. Star, lembram-se?).
    – Bobby Lashley vs Shelton Benjamin. Porquê? Friso mais uma vez… o quão horrível foi separar os Hurt Business.
    – A New Day Game Night. Aprecio a tentativa, aprecio o Styles a parecer um drogado, mas não gostei.
    – O Drew McIntyre a andar pelos bastidores a perguntar às pessoas quem quer enfrentá-lo é a forma da WWE dizer: ”Estão a ver este talento inteiro? Yep, nós não usamos!”
    – Meter o Ali… a perder… numa squash match. Boa.
    – Corbin. Fazia mais sentido um Brock Lesnar…

    Nota final: 6/10. Teve os seus bons momentos, mas teve muita (e peço desculpa pela expressão) m*rda. É difícil acreditar que a mesma promotora produz outros 2 programas quase perfeitos.

  12. Bruno Vieira3 semanas

    Bem, já posso eliminar as gravações de futuros programas do Raw. Agora só falta acabarem com o The Fiend e desisto do Raw. Até pode ter sido a melhor decisão mas enfim

  13. Victor Márcio3 semanas

    O nosso top guy DREW, vai recuperar seu título na WrestleMania!

  14. Deveriam acabar também com a parceria Alexa e Wyatt. Já enjoa essa feud entre eles e o Orton que se arrasta a 4 meses e ainda é para continuar…

    • Pior é que nem ata nem desata, é só treta mesmo

    • Anónimo3 semanas

      Eu acho que essa dupla funciona bastante bem mas acho que era melhor ele irem para o smackdown e se edge vencesse Roman podiam fazer edge vs fiend pelo título universal

  15. BigMando3 semanas

    Não percebi porque é que apareceu o King Corbin. Também não sei porque é que acabaram com os Hurt Business, tipo há 2/3 semanas estavam recheados de ouro. Que desperdicio de talento, prometiam tanto. É por isso que as audiências baixam…

    • Filipe3 semanas

      Eu gostei… eu estava aqui a perguntar-me ao ver pk nao aparece ninguem do smakdown ou NXT… ainda estava sonhada o Kross aproveitar isto…
      Corbin é dos melhores Heels e isto cai-lhe mto bem na personagem. Ele é dos mais odiados. Se houvesse publico seria demais…
      O problema penso é nao terem nada para Cedric e Shelton. Poderá ser os combates apos WM para Lashley pelo titulo: 3 way Lashley vs Cedric vs Shelton. E sim nem tenho duvida que Lashey vence na WM mais num grande combate pelos 2

  16. WholeRollinsShow3 semanas

    Fui o único que ficou a pensar que o Riddle se esqueceu do que era suposto dizer e improvisou?

    • Essa parte foi genial, mas até fica bem na sua personagem, pelo que não sei até que ponto não terá sido propositado.

    • Filipe3 semanas

      @Luís Salvador foi mesmo engano. Se veresoutra vez, o riddle para e olha para o cameraman com um olhar de quem fez porcaria e diz que n se lembra.. pensou que estava no NXT a gravar as promos.. Asuka nao falando ingles perfeito deveria ser para ela dificil de improvisar…

    • E isso não pode ter sido tudo planeado? Se é para “se esquecer”, há que fingir bem… Para além disso, muitas das promos de backstage são gravadas.

      Ringside News claims that Matt Riddle botching his lines to Asuka during Raw this week was actually planned all along.

  17. RAW absolutamente horrível. Tirando o combate de abertura, não se aproveitou mais nada.
    O melhor do RAW no último ano foram a Hurt Business. Foram durante meses o único ponto de interesse a a única coisa bem construída no RAW. E terminaram a duas semanas da WM37. Neste momento não há nada que me faça querer ver o RAW.

    A Divisão de Tag Team Feminina não tem interesse nenhum. As equipas não sou boas, nem são equipas genuínas. A Nia Jax safa-se nas promos, mas ela é péssima no ringue e está ofuscar a Shayna que tinha tudo para ser uma versão feminina do Lesnar quando apareceu no Main Roster o ano passado…

    A rivalidade pelo titulo mundial feminino do RAW não existe. Duas grandes lutadoras, um grande combate na WrestleMania, mas a história não existe. Não vale a pena ver o RAW e simplesmente basta assistir ao combate no PPV.

    A comédia contínua péssima, os New Day tem a sua piada, mas o segmento foi merdoso. E a rivalidade do Shane é uma parvoíce de todo o tamanho. Não se percebe…. um show de 3 horas, que não se aproveita mais de 20 min. Um roster incrível e tão mal aproveitado. Ricochet, Gullak, Hardy, Ali, Keith Lee….. e andamos a perder tempo com o Shane, com o Fiend e com o Bad Bunny.

    A rivalidade do Bad Bunny também não é boa. Ninguém quer saber. Os segmentos são longos e repetitivos. E cansei do Bray Wayatt. Ele é muito criativo, o Fiend era um personagem com muito potencial para ser uma atração especial, adorei o ano passado Fire Fly match com o Cena… mas isto já está atingir números de estupidez que não se justifica. O Orton está na melhor fase da carreira e anda perdido nesta rivalidade, quando podia estar a ter grandes combates com alguns dos lutadores que estão ser mal aproveitados.

    O pior da WWE está no RAW. Os combates menos interessantes na WM 37 são no RAW. Sinceramente gostava de voltar a ter PPVs só de uma brand. Assim via o NXT, o SmackDown! e podia esquecer que isto existe. Nem as crianças suportam ver isto e acho que neste momento ninguém vai ficar fã de wrestling a ver um episódio do RAW..

  18. JoaoPedrooooooo3 semanas

    Bem-vindos aos padrões de 2021 🙂

  19. Facebook Profile photo

    Raw bem fraco. Eles ate tem um bom card pa wm, mas ha certas rivalidades e decisões de booking que nao se compreende

  20. The truth hurts3 semanas

    Para um Raw “Road to Wrestlemania” com apenas 2 semanas para a WM dizer que o programa foi fraco é o melhor que consigo dizer.

  21. Foi um RAW bem abaixo daquilo que vemos, Hurt Business a acabar, jogos dos New Day, Corbin a aparecer assim do nada, enfim dias melhores virão!

    • Virao quando o velho sair de lá e houver mudança drástica na empresa

    • É verdade, o RAW não merecia uma episódio horrível desses!

    • Embora esteja a ser mau desde janeiro este vai conseguir estar no top 5 dos piores do ano, a menks que a wwe consiga fazer pior que isto semana apos semana, tambem nao é de admirar já

    • Gangrel, velho não faz nada sozinho e sim tem a palavra final, você acha que ele pensou toda essa 💩 sozinha? Duvido, alguém também deve ter dado as ideias pra ele aprovar, essa conta também vai pra essa equipe criativa que de “criativa” não tem nada…

    • Flavio estas certo, mas.o velho aprova a cagada, o velho tambem se lembra de mudar tudo a minutks do show comecar, o velho tiriu o heyman para meter outro que apresenta um trabalho mais fraco… logo o maior problema é ele mesmo… se tivesse outro no comando talvez nao mudasse tudo á ultima hkra, nao tirava um tipo que estava a fazer um bom trabalho como o caso do heyman…

  22. A menos de 2 semanas da wrestlemania e conseguem apresentar um show mediocre…

    Unoca coisa boa do raw acabou (hurt business) parabens wwe por arruinarem o show

    Quanto ás mulheres o que é isto? Agora é na raw que as duas rivais se vao juntar para enfrentar a nia e a shaynna? Eu nao sei mesmo o que se passa naqueles bastidores mas é mesmo grave

    Ali lesionado e luta eno black nao luta a mais de meio ano por pequenas lesoes? Acho que alguem precisa mesmo de cuidados intensivos á cabeça… e a historia dos retribution fica assim? É como o começo sem sentido o fim tambem sem nexo…

    De resto nao vi desenvolvimentos nenhuns de jeito nas feuds para o suposto maior ppv do ano… new day ja deu o que tinha a dar mesmo…

    Minha avaliação de 0 a 10… 2 e só dou 2 porque acho o corbin um bom aliado para o lashley e foi algo inesperado mas até meio que coerente

  23. El Cuebro3 semanas

    Interessante ver a parceria do Lashley com o Corbin, acho que seria melhor para o “King” voltar ao Raw, no mais Ricochet voltou a lutar num Raw depois de muito tempo, até foi bem, mas mais uma derrota isso é difícil de aguentar, espero que ele possa ter um futuro melhor na WWE, o mesmo para o Ali que também perdeu e a mudança de gear já garante o fim do Retribution!

  24. Que episódio de m****. Este Raw foi composto por decisões de booking tão, mas tão más… Nem dá gosto assistir à brand vermelha, isto numa altura em que estamos a pouco mais de uma semana da WrestleMania 37 e por isso o entusiasmo deveria ser maior.
    Destaco pela positiva apenas o bom combate (mais um) entre Sheamus e Riddle e a música relativamente bem conseguida por parte de The Miz e John Morrison. Praticamente tudo o resto (fim do Hurt Business, Shane McMahon com o seu grupinho chato para c******, divisão feminina com 10 minutos de show, King Corbin a aliar-se a Bobby Lashley, etc) é uma desgraça.

    • Tens razão, um RAW dessa maneira que se passou antes de uma WM é um crime, mais vale passarem de vez para a WM!

  25. Este RAW foi fraco,fraco.
    Destaques:
    -Bom combate entre o Riddle e o Sheamus.
    -Boa musica do Miz e do Morrison

    Notas negativas para o fim dos Hurt Business,que é algo incompreensível e já estou a ser simpático.
    Horrível segmento entre o Shane e o Strowman

  26. Anónimo3 semanas

    Bom combate entre o Sheamus e Riddle. Achei mal terem separado já os Hurt Business.

  27. RAW bem fraco
    Destaco:
    – boa música do Miz e Morrison