Frank casino

Depois do Payback deste domingo, a WWE transmitiu esta segunda-feira mais uma edição do Raw na USA Network, novamente a partir do ThunderDome no Amway Center e já a caminho do Clash of Champions que acontecerá no final deste mês de Setembro, a dia 27.

Resultados

– Keith Lee venceu Dolph Ziggler
– Mickie James venceu Lana
– Randy Orton venceu Kevin Owens
– Cedric Alexander & Viking Raiders venceram Hurt Business (MVP, Shelton Benjamin & WWE United States Champion Bobby Lashley)
– Liv Morgan & Ruby Riott venceram The IIconics (WWE Women’s Tag Team Championships Nº1 Contender’s Match)
– Seth Rollins venceu Dominik Mysterio
– Raw Tag Team Champions Street Profits vs Andrade & Angel Garza (No Contest) (Tornado Tag Team Match)
– Randy Orton venceu Keith Lee e Seth Rollins (WWE Championship Nº1 Contender’s Triple Threat Match)

Report

O Raw abriu com o anúncio de que no episódio de hoje teremos Keith Lee vs Dolph Ziggler, Kevin Owens vs Randy Orton e Dominik Mysterio vs Seth Rollins, com os três vencedores a defrontarem-se num Triple Threat Match para definir o próximo candidato principal ao WWE Championship no Clash of Champions.

Randy Orton foi a primeira Superstar a vir ao ringue e o “Legend Killer” veio bastante mal disposto pela sua derrota contra Keith Lee no Payback, e começou por falar dos 3 punts que deu a Drew McIntyre no último Raw e que este não merece ser WWE Champion, mas sim estar lesionado.

O “Viper” continuou a fazer a sua promo dizendo que ele não deveria ter de enfrentar Kevin Owens, nem defrontar mais ninguém, pois ele deveria ser o candidato principal no Clash of Champion, isto se o WWE Champion Drew McIntyre estiver apto para chegar ao grande evento.

Keith Lee acabou por interromper Randy Orton e relembrar-lhe da sua derrota no Payback e que se calhar ele é que merece uma hipótese pelo WWE Championship. Porém, também Keith Lee foi interrompido, mas de forma muito mais rude, por Dolph Ziggler que o atacou pelas costas.

– Keith Lee venceu Dolph Ziggler: A força de Keith Lee foi sempre um factor determinante neste combate, com Dolph Ziggler a só conseguir reverter o ímpeto a seu favor, quando fez batota.

Depois de um domínio não muito pronunciado do “Show Off”, a força do “Limitless” fez mesmo toda a diferença, pois depois de vários golpes incríveis, Keith Lee acertou a sua Spirit Bomb e venceu assim mais um combate.

Nos bastidores, as novas WWE Women’s Tag Team Champions Shayna Baszler & Nia Jax tiveram uma promo onde cada uma puxou os louros para si própria pela conquista dos títulos, mas foram interrompidas pela Raw Women’s Champion Asuka que ficou cara a cara com a dupla da “Queen of Spades” e a “Irresistible Force”.

De regresso ao ringue tivemos Asuka que disse estar preparada para qualquer desafio e foi então interrompida pela veterana Mickie James, que quer um combate pelo Raw Women’s Championship.

Só que Lana e Natalya interromperam a sua rival Mickie James, num segmento que acabou numa brawl e que nos levou ao segundo combate da noite.

– Mickie James venceu Lana: Lana usou toda a batota possível para tentar dominar Mickie James, mas a veterana virou o combate a seu favor de forma bastante rápida e com o seu Mick Kick arrecadou a vitória.

Em seguida no backstage, Charly Caruso queria entrevistar Aleister Black, mas foi Randy Orton que saiu do balneário do “Dutch Destroyer” sem dar explicações.

Noutra zona dos bastidores, as IIconics foram entrevistadas sobre o seu combate neste Raw, onde irão enfrentar a Riott Squad, onde as vencedoras serão as novas candidatas principais aos WWE Women’s Tag Team Championships, enquanto a equipa perdedora deixará de ser uma equipa.

– Randy Orton venceu Kevin Owens: Ainda antes do combate começar, Aleister Black atacou Kevin Owens pelas costas e de forma bastante agressiva, com o “Dutch Destroyer” a atirar o “Prizefighter” contra o ringue e finalizando o ataque com o seu Black Mass.

Quando o combate realmente começou, Kevin Owens ainda tentou mostrar alguma da sua resiliência, mas a vitória sorriu a Randy Orton depois de acertar um RKO.

Logo de seguida, nos bastidores, tivemos uma entrevista a Rey Mysterio que explicou que não pode enfrentar Seth Rollins por estar lesionado, mas que o seu filho terá essa hipótese. Dominik afirmou então que depois da vitória no Payback está bastante confiante e que tem um 619 preparado para o “Monday Night Messiah”.

De regresso ao ringue tivemos mais uma edição do VIP Lounge com MVP a apresentar o novo WWE United States Champion Bobby Lashley. O “All Mighty” falou da sua vitória contra Apollo Crews e de como o irá vencer outra vez. Shelton Benjamin então falou de como irá vencer Apollo Crews no Raw Underground, ainda antes de Bobby Lashley voltar a ter hipótese de o colocar outra vez no Hurt Lock.

A Hurt Business foi então interrompida por Cedric Alexander e os Viking Raiders, que atacaram o trio e que nos levou então ao próximo combate.

– Cedric Alexander & Viking Raiders venceram Hurt Business (MVP, Shelton Benjamin & WWE United States Champion Bobby Lashley): O combate começou de forma bastante equilibrada, com nenhuma das equipas a ter um domínio claro. Só depois de vários minutos é que a Hurt Business conseguiu isolar Cedric Alexander e dominar durante bastante tempo.

O domínio parecia que estava para continuar, mas os Viking Raiders e a dupla de Shelton Benjamin & Bobby Lashley começaram a lutar fora do ringue e à margem das leis, o que distraiu MVP, dando hipótese a Cedric Alexander de fazer um School Boy que lhe deu a vitória.

Já nos bastidores, a Hurt Business estava a atacar Cedric Alexander até que Apollo Crews e Ricochet vieram na sua ajuda.

– Liv Morgan & Ruby Riott venceram The IIconics (WWE Women’s Tag Team Championships Nº1 Contender’s Match): Este confronto, para além de definir as candidatas principais, tinha também a estipulação de que a equipa derrotada teria de deixar de ser equipa. Tivemos um combate bastante equilibrado desde o início, com as duas equipas a demonstrar um grande sentido de urgência para tentarem sair vencedoras o mais rápido possível.

O final aconteceu depois de uma tentativa de pins rápidos e foi Ruby Riott que apanhou Billie Kay no 1,2, 3 e assim acabaram-se as IIconics. O que tivemos a seguir no ringue do Raw foi uma birra de proporções icónicas por parte de Billie Kay e Peyton Royce, quando se aperceberam que já não eram mais uma equipa.

Já com Seth Rollins e Murphy em ringue, o “Monday Night Messiah” pegou no microfone e culpou o lutador australiano da derrota no Payback e obrigou o seu discípulo Murphy a sair do ringue e a não estar perto do mesmo para não o distrair. Para além disso, Seth Rollins também insultou várias vezes Murphy, que quando ia a sair de cena foi atacado por Dominik Mysterio.

– Seth Rollins venceu Dominik Mysterio: O jovem lutador entrou a 100 à hora e só a maior experiência de Seth Rollins fez acalmar o filho de Rey Mysterio. Depois de vários minutos de domínio por parte do “Monday Night Messiah”, Dominik mostrou a sua vontade de lutar e começou a equilibrar o combate. Depois de várias manobras aéreas de grande nível do jovem, Dominik quase chegou à vitória, mas depois de um Frog Splash falhado, Seth Rollins aproveitou e com o seu Blackout venceu o combate.

Logo a seguir tivemos a primeira passagem pelo Raw Underground, onde vimos Titus O’Neill destruir dois adversários antes de enfrentar Riddick Moss, num combate que o “Prime Time Player” também parecia que ia vencer, mas o ex-24/7 Champion com um low blow deixou Titus O’Neill fora de ação.

De regresso aos balneários tivemos mais uma promo bastante entretida dos Raw Tag Team Champions Street Profits, que gozaram um pouco com os seus adversários deste Raw, Angel Garza e Andrade, e afirmaram que estavam prontos para os vencer mais uma vez.

Em seguida tivemos imagens de algo que aconteceu no início desta segunda-feira, com Akira Tozawa a ser apanhado desprevenido por R-Truth que assim conquistou mais uma vez o WWE 24/7 Championship.

– Raw Tag Team Champions Street Profits vs Andrade & Angel Garza (No Contest) (Tornado Tag Team Match): O combate começou caótico, tal como todos esperávamos, e foi a dupla de lutadores de terceira geração que trouxe a lição bem estudada ao conseguir deixar Montez Ford fora do ringue enquanto atacavam Angelo Dawkins.

Só que o “Coach Dawkins” com a sua força começou a virar o rumo do combate, tendo tido ajuda da agilidade explosiva de Montez Ford para virar o ímpeto deste Tornado Tag Team Match.

No entanto o combate haveria de acabar sem um vencedor, pois os RETRIBUTION vieram para o ringue para atacar os Street Profits, Andrade e Zelina Vega. Ainda antes do grupo chegar ao ringue, Angel Garza fugiu com Demi Burnett.

De seguida fomos de novo para o Raw Underground, onde tivemos a estreia de Jessamyn Duke que destruiu a sua adversária. De seguida foi a vez de Marina Shafir, que fez a sua adversária desistir sem problemas.

Logo de seguida, a noite de Billie Kay foi de mal a pior quando Peyton Royce atirou a sua melhor amiga para o ringue e Billie Kay acabou por ser atacada por Jessamyn Duke.

Fora do Raw Underground tivemos uma promo de Apollo Crews a falar sobre a sua derrota contra Bobby Lashley no Payback, em que perdeu o título, e como não irá parar até ser de novo WWE United States Champion, mas que para já irá vencer Shelton Benjamin no Raw Underground.

No último combate na arena de Shane McMahon tivemos Apollo Crews contra Shelton Benjamin, mas esta foi uma luta que descambou rapidamente com os dois a saírem do ringue, o que fez a Hurt Business envolver-se nesta brawl. Cedric Alexander e Ricochet ainda tentaram ajudar Apollo Crews, mas o Raw Underground é o território da Hurt Business.

De regresso aos bastidores, Angel Garza ainda estava a fugir com Demi Burnett, com esta a mostrar-se preocupada por o lutador ter abandonado Andrade e os Street Profits. Angel Garza tentou explicar à sua amiga que eles são lutadores treinados e que ele só está preocupado com ela. Só que quando os RETRIBUTION voltaram a aparecer, Angel Garza começou a correr e não se preocupou minimamente com Demi Burnett.

– Randy Orton venceu Keith Lee e Seth Rollins (WWE Championship Nº1 Contender’s Triple Threat Match): O main event deste Raw começou com Seth Rollins e Randy Orton a discutir, pois nenhum queria enfrentar Keith Lee. O “Limitless” despreocupado com a zanga entre os seus dois adversários, trouxe-os para o ringue e dominou estes primeiros minutos.

Seth Rollins e Randy Orton lá conseguiram neutralizar Keith Kee durante alguns minutos, mas quando se desentenderam, isso deu abertura ao lutador sem limites para virar o combate do avesso.

Keith Lee parecia que ia ser mesmo o candidato principal ao WWE Championship quando acertou a Spirit Bomb em Seth Rollins, mas Randy Orton ataca vindo do nada e acertou o seu RKO no “Limitless”, antes de fazer o pin no “Monday Night Messiah”, confirmando assim novo encontro com o WWE Champion Drew McIntyre para o Clash of Champions, do dia 27 de Setembro.


O que achaste do WWE Raw desta semana?

28 Comentários

  1. TEX2 meses

    Bom RAW a todos

  2. Apesar do SD causar mais curiosidade, o Raw também tem bons tópicos, vamos ver o que vem por aí. Bom show a todos 💥

    • Foi um Raw mediano, achei abaixo dos shows anteriores.
      Destaco claro o Main Event, onde claramente se aposta muito no Keith Lee, da pra ver pelo “respeito” do Orton, que mesmo aplicando um RKO, foi fazer o pin no Rollins, sabendo que o mesmo tinha tomado um Spirit Bomb HAHAHAHAH genial!
      Estão a vender esse move o finisher do Lee, mas capaz daquele velho egocêntrico do gOLDberg não querer ver outro aplicando o “seu finisher” ainda melhor que ele!

  3. El Cuebro2 meses

    Lutas interessante para determinar o nº1 contender, acho que veremos Keith Lee, Randy Orton e Seth Rollins na “decisão” e muito possivelmente o o Randy para desafiar o Drew e talvez virar o campeão no Clash!

  4. Facebook Profile photo

    Só de referir um pequeno erro no primeiro parágrafo do Report, deve ser Kevin Owens vs Randy Orton e não vs Seth Rollins

  5. – Keith Lee vs Dolph Ziggler :
    Já estava a espera desta vitória do Keith, não deixando de ser um bom combate.

    – Mickie James vs Lana :
    Mais um combate que não me deixava de dúvidas de quem ganhava, pelo menos a mim.

    – Randy Orton vs Kevin Owens :
    Esperava mais deste combate, sinceramente, não tinha mesmo expectativas da ajuda do Aleister para o Orton ganhar assim tão fácil.

    – Hurt Business vs Viking Raiders & Cedric Alexander :
    Os mental games do MVP com o Cedric, duvido ele juntar-se à alcateia do MVP.

    – The Riott Squad vs The IIconics :
    Mais uma vitória esperada, já no Payback estas duas Tag Team deram um ar de sua graça e agora que já não são uma Team devem de criar uma rivalidade qualquer.

    – Dominik Mysterio vs Seth Rollins :
    Mesmo antes de o combate começar deu para notar o inicio de uma rivalidade entre o Messias e o seu Discípulo.Cada vez mais gosto de ver o Dominik, honestamente só tenho vontade de ver o RAW para ver o seu desempenho e evoluir cada vez mais. Entretanto já estava à espera de uma vitória do Rollins.

    – The Street Profits vs Andrade & Angel Garza :
    Já estava a demorar muito para os Retribution aparecerem de novo, espero antes ou mesmo no Clash of Champions se apresentem todos.

    – Triple Threat Match :
    Para ser sincero, gostava mais de ter visto o Dominik no lugar do Seth. Keith muito bem a mostrar o que vale. E pronto o Randy não vai para de perseguir o Drew até ser WWE Champion

    – RAW Underground & 24/7 Tittle :

    – RAW Underground :
    Titus a mostar o quão dominante pode ser mas depois já se armou muito em machão e acabou por perder para o (não me lembro do nome xD). Os combates das mulheres não prestei muita atenção, só mesmo no fim é que saltou à vista a Peyton a atirar a Billie para lá para o meio. Já o main event no Underground, o mais óbvio aconteceu, o Shelton mandou o Apollo contra o Hurt Business e mostraram-se mais uma vez dominantes.

    -24/7 Tittle :
    Tem sempre aquela piada do R-Truth a aparecer de fundo, pelo menos eu e o meu pai achamos piada e partimo-nos a rir xD.

    (esta semana deu-me na cabeça e decidi comentar o RAW desta semana, btw não sou nenhum pro a fazer isto portanto devo ter dito muita asneira acima)

    • e não sei como aguentei a ver o RAW todo, normalmente chega a terceira hora e vou dormir xD

  6. Facebook Profile photo

    Foi um bom RAW, acho que vai começar uma rivalidade entre o Messias e o discípulo

  7. Jeff Hardy: Intercontinental Champion
    Bobby Lashley: United States Champion
    Randy Orton: Nº1 Contender pelo WWE Championship

    Cada vez mais sinto vibes de 2006.

  8. Bom RAW.
    Destaco:
    – Os combates em torno do candidato principal ao título do Drew;
    – A continuação da feud entre o Aleister Black e o Kevin Owens, isto pode render um excelente combate;
    – O ataque dos Retribuiton, espero que não demore muito a revelar os integrantes.

  9. Facebook Profile photo

    Ora bem, foi um bom RAW mas sinto que falta um ‘hype’ em torno deste show, ao contrário do SD que tem o Romanzito todo contente da vida como heel. Falta algo ‘gigante’ para me cativar a ver o programa. Além do mais, está-se a tornar repetitivo mas já vou a isso.

    – Destaque para a forma de determinar o desafiante ao título do Drew, isto é, SE ele conseguir defendê-lo no CoC. Acho que foi um vencedor justo e gostei do combate entre os 3 no main-event, bem como dos envolventes até ao respetivo.

    – Thumbs up para o domínio dos Hurt Business que, a meu ver, têm a stable mais organizada com o powerhouse deles a ser o champ champ do grupo. Se fosse eu a ditar o funcionamento destes 3, metia o Shelton e mais alguém atrás dos títulos de Tag (Ricochet, Cedric, wtv, alguém que se juntasse a eles) e o MVP tornava-se pura e simplesmente o manda chuva da stable.

    – Novamente, digo, bom aproveitamento de estrelas no RAW Underground, gosto do ambiente ali ‘em baixo’ e é uma boa forma de demonstrar coisas que os lutadores conseguem fazer. Apenas acho que devia de haver uma espécie de sistema para controlar os lutadores que sobem e descem de lá. Por exemplo, imaginem que há uma espécie de Rank Underground em que cada lutador, à medida que ganha ou perde os combates, vê o seu rank variar. Chegando a um certo nível, é promovido para o RAW principal, onde pode ter mais destaque. O contrário, ou seja, um rank no RAW nº1 também seria engraçado.

    – Estou curioso para a feud Owens vs Black. Sinto que há potencial aqui e espero que o clash deles seja impactante, ambos merecem.

    Pontos Negativos:
    – Separação, para mim, sem nexo das IIconics. Não entendi aquela estipulação, de todo, e espero que isto não signifique que uma delas (ou ambas) vá abandonar a empresa. Digo mais, gostei da estipulação, apenas acho que foi imposta em cima do joelho. 0 de build up para um combate tão importante quanto aquele para uma dupla…

    – Repetição dos Combates. Eu já tinha reparado (e até comentado aqui nas semanas anteriores) que está a ser feita uma exaustão das rivalidades no RAW. Passo a citar um tweet do Sean Ross: “5ª vez desde julho que temos Shelton vs Apollo, 4ª vez em 2 semanas que temos um combate a envolver o Seth e o Dominik e foi o 4º combate entre as IIconics e a Riott Squad em Agosto.” Vá lá equipa criativa da brand vermelha, mexam os cordelinhos que talento ali não vos falta.

    – RETRIBUTION estão a perder o ritmo e o meu interesse xD Já não está na altura de revelarem quem são e o que querem? A cada aparição que surge deles sinto que a aura que os envolvia está a desaparecer.

    • José Carlos2 meses

      Pedro você está feliz, sente prazer em gozar com o Roman Reigns sobre “esse Romanzito deve estar todo feliz por ser heel”, não é? Porquê têm de haver Malta a gozarem com ele seja face ou seja heel? Não gostam dele tudo bem, mas parem de o denegrir. Até pode não estar a gozar com o Roman Reigns você mas essas piadas ou gozamento já cansa.

    • Este “José Carlos” deve ter alguma dificuldade na interpretação da língua portuguesa ou então é um simples troll que anda por aqui…aparece aqui cada um.

    • TEX2 meses

      Quem já cansa és tu José Carlos

  10. Reparem quando randy orton fez RKO no keith lee ele ia cair mas faz uma cambalhota este randy nunca desilude

  11. Foi um bom RAW,teve pontos a meu ver interessantes que passo a destacar:
    -Gostei do torneio para se definir o adversário do McIntyre no Clash of Champions,todos os combates foram bons.
    Mencionar o ataque do Black ao Owens a continuar a feud entre eles e a mais uma boa prestaçao do Keith Lee quer no combate com o Ziggler bem como no main event,esta a ser bem apresentado e colocado numa boa posiçao no card.
    -Bons segmentos no RAW Underground,foi bom rever o Titus que parece estar numa boa forma.
    -Hurt Business tem estado em grande destaque,fizeram bem em meter o titulo dos EUA no Lashley para dar mais legitimidade a stable,no 6-man tag onde tiveram envolvidos ainda pensei que o Cedric fizesse o turn mas tal nao aconteceu.
    -Quanto aos Retribution acho que ja esta na hora de revelarem os membros,se demoram muito mais tempo perdem o timing e o publico perde o interesse.

    Por fim,à que dizer que ja ha algumas feuds no RAW que estao estagnadas e é preciso seguir em frente e ha combates que se repetem bastante,sei que o roster é curto mas à que se evitar tal situação.

  12. Facebook Profile photo

    8.0 de 0 a 10 do Bruno Meltzer!

  13. max araujo2 meses

    acho que o combate mais prevísivel seria o randy orton vencer o drew porque se não me engano perderia o terceiro ppv seguido e isso não seria bom,tomara que façam uma boa luta

    • Anónimo2 meses

      Uma boa luta vão fazer de certeza, independentemente de qual for o resultado.

  14. José Carlos2 meses

    GOAT of Wrestling “The DemoGod” desculpe a sério não quero chatear sou português. Gosto do Roman Reigns e não gosto quando falam mal dele.

  15. José Carlos2 meses

    TEX vou parar de ser chato OK? Não gosto que me chamem troll. Eu vivo muito o Wrestling cá em casa, até fico nervoso ao ver Wrestling mas tenho de deixar de viver tanto o wrestling.

    • TEX2 meses

      Tens de deixar é de ficar ofendido com algum comentário que muitas vezes o sentido da frase é o contrário do que tu dizes.
      Eu também salto e pulo com o Wrestling mas não fico com esses comentários chatos para os outros. E é bom ver que ainda á gente que vive o Wrestling. 🎉😉

  16. Anónimo2 meses

    Foi um bom Raw. Destaco o main event e o ataque dos RETRIBUTION, foram bons.