Frank casino

Dias depois da WWE ter tentado registar duas marcas em oposição a pedidos de registo por parte de Cody Rhodes, surge agora a informação de que a empresa de Vince McMahon está a fazer o mesmo, e de forma ainda mais descarada, com a equipa de Dash Wilder & Scott Dawson.

Os The Revival terão uma luta contra a WWE pela frente, de forma a garantir os direitos de algumas das marcas das quais fizeram os registos há algumas semanas. A empresa fez o pedido de registo de “No Flips, Just Fists”, “#FTRKO” e “Say Yeah”. Estas três marcas foram usadas na WWE, e a empresa considera que devem ser suas.

Ao que tudo indica, a WWE tem agora 90 dias, até 26 de Agosto, para justificar o porquê das marcas deverem pertencer a si e não à equipa agora conhecida por Fear The Revolt.

Esta tem a intenção de usar algumas das marcas fora da WWE, inclusive em algum merchandise. Assim, e até indicação em contrário, parece que Dash Wilder & Scott Dawson terão que esperar mais algum tempo e que o processo chegue ao fim para poderem usá-las livremente.


O que achas desta atitude da WWE? Justifica-se tentar registar algumas das marcas que Dash Wilder e Scott Dawson registaram?

10 Comentários

  1. Isto é algo que já não surpreende

  2. Para mim trata-se de pura mesquinhez da WWE, uma vez que os The Revival já saíram da empresa e por isso não faz sentido que a empresa de Vince McMahon queira salvaguardar marcas que nunca mais utilizará.

  3. Mais do mesmo… Podem dizer que é tudo uma questão de negócios, mas na minha opinião é a WWE a fazer birrinha e a tentar de alguma formar tramar os Revival.

  4. Bea Ospreay5 meses

    Depois não gostam quando falam mal da empresa.

  5. Yves5 meses

    Fds qlq dia nao ha nome quense possa dizer ou chamar, nem expressoes… um bocado triste essas coisas..

  6. Anónimo5 meses

    Fazem isso para que? Só ficam mal vistos. Querem as marcas para as meterem para um canto. Que se deixem disso.

  7. Pro Wrestling Fan5 meses

    A empresa mais mesquinha neste business.

    Petty af.