Depois da WrestleMania 38 do último fim de semana, a WWE transmitiu esta sexta-feira mais uma edição do SmackDown no canal FOX, a partir do Fiserv Forum em Milwaukee, Wisconsin, rumo ao WrestleMania Backlash de 8 de Maio.

Resultados

– Xavier Woods venceu Butch
– Gunther venceu Joe Alonzo
– Drew McIntyre venceu Sami Zayn (por count-out)
– Liv Morgan venceu WWE Women’s Tag Team Champion Sasha Banks

Report

O SmackDown abriu com Kayla Braxton a entrevistar Ronda Rousey e esta afirmou que uma lutadora para ser a melhor tem de conseguir vencer o seu adversário duas vezes no seu pior dia e na WrestleMania 38, só conseguiu venceu Charlotte Flair uma vez e que no WrestleMania Backlash quer enfrentar a “Queen” num I Quit Match.

No titantron, a SmackDown Women’s Champion Charlotte Flair e esta explicou que a sua rival nem num jogo de Damas a consegue vencer quanto mais um “I Quit” Match e que Ronda Rousey tem de ir para o fim da fila. A ex-campeã afirmou que as duas se irão enfrentar num “I Quit” Match e Charlotte Flair não só irá dizer essas palavras, como as irá gritar.

Ainda antes do primeiro da noite começar, os New Day foram provocando o grupo de Sheamus e irritaram Butch.

– Xavier Woods venceu Butch: Butch entrou de forma bastante agressiva e dominante tendo conseguido neutralizar a velocidade de Xavier Woods. O lutador dos New Day foi dominado durante vários minutos, mas este conseguiu colocar a sua maior velocidade e virou o ímpeto a seu favor.

Quando parecia que Butch estava encaminhado para uma vitória na sua estreia, Xavier Woods com um small package surpreendeu o britânico e venceu este opener.

Assim que o combate terminou, Butch virou-se aos seus companheiros, mostrando grande frustração com a sua derrota.

Nos bastidores, Sami Zayn estava a discutir com Adam Pearce, que a sua derrota contra Johnny Knoxville não devia contar porque ele enfrentou várias pessoas e que ele quer o seu respeito de volta e que quer enfrentar a próxima pessoa que sair do balneário masculino. Quando saiu Drew McIntyre, o “Great Liberator” ainda tentou esquivar-se deste combate, mas não conseguiu fugir e ficou assim o embate marcado para mais logo.

A seguir tivemos a estreia de Ludwig Kaiser (Marcel Barthel), a apresentar Gunther para a sua estreia no SmackDown.

– Gunther venceu Joe Alonzo: Gunther destruiu o seu adversário sem problemas, tendo vencido depois do seu Powerbomb.

Nos bastidores, Raquel Rodriguez (Raquel Gonzalez) foi entrevistada e explicou que o balneário feminino nunca viu ninguém como ela. Os Lotharios ainda tentaram arrastar a asa à nova lutadora do SmackDown, mas esta mandou-os passear.

De regresso ao ringue tivemos um Happy Talk, mas Happy Corbin ainda estava arrasado com a sua derrota na WrestleMania 38, sendo que só existe uma pessoa culpada pela sua derrota contra Drew McIntyre, Madcap Moss.

Happy Corbin começou a explicar que Madcap Moss quis fazer o WrestleMania Weekend sobre si e com a sua vitória na Andre The Giant Memorial Battle Royal e que este está a esquecer-se de qual é o seu lugar. Madcap Moss fez algumas “piadas” que Happy Corbin não gostou e este mandou-o fazer uma boa piada e Madcap Moss provocou o seu amigo, que o atacou pelas costas.

Tivemos então uma brawl entre os dois que aconteceu tanto dentro como fora do ringue, mas no final, Happy Corbin teve de sair de cena a fugir do seu ex-amigo.

No escritório de Adam Pearce, Jinder Mahal estava a exigir um combate pelo WWE Intercontinental Championship, mas Ronda Rousey apareceu e o ex-WWE Champion preferiu sair de cena, tendo o oficial da WWE afirmado que a lutadora terá a sua resposta no sábado sobre o “I Quit” Match contra Charlotte Flair.

– Drew McIntyre venceu Sami Zayn (por count-out): Sami Zayn ainda tentou fugir nos primeiros momentos, mas acabou por ser dominado por Drew McIntyre de tal forma que o “Great Liberator” percebeu que o melhor que tinha a fazer era ir à sua vida e acabou por fugir pelo meio do público.

A seguir tivemos um video package sobre a prestação de Pat McAfee na WrestleMania 38.

De seguida tivemos o regresso de Lacey Evans, que contou a sua história de vida e de como tudo o que passou a moldou e que é essa experiência que a torna diferente de todas as outras lutadoras da WWE.

Nos bastidores, Liv Morgan prometeu que iria vencer Sasha Banks esta noite e que ela e Rhea Ripley irão conquistar os WWE Women’s Tag Team Championships que no próximo Raw.

– Liv Morgan venceu WWE Women’s Tag Team Champion Sasha Banks: Liv Morgan entrou melhor, mas com um Backstabber, Sasha Banks virou o ímpeto a seu favor. A “The Boss” dominou durante alguns minutos, mas Liv Morgan com o passar do tempo conseguiu equilibrar esta contenda.

No final, as duas acabaram a lutar na terceira corda, sendo que Sasha Banks acertou um Superplex, mas Liv Morgan conseguiu acertar um pin rápido e surpreendeu a campeã de equipas.

A seguir tivemos a Bloodline e o Undisputed WWE Universal Champion explicou que o SmackDown não lhe chega e que já não há muito para ele fazer, mas que ainda há muito para o grupo fazer. O “Tribal Chief” explicou que ele é um homem com dois títulos e que os seus primos só têm um título cada um, e então quer que os The Usos vão ao Raw buscar os Raw Tag Team Championships, para também os unificar.

Shinsuke Nakamura interrompeu a Bloodline, e o “Tribal Chief” explicou que percebe o que o “King of Strong Style” está a sentir por ter perdido o seu parceiro de equipa e deu um abraço ao lutador nipónico, mas os The Usos acabaram por acertar um duplo Superkick no rival.

O SmackDown terminou com a Bloodline a pousar com todos os seus títulos.


O que achaste deste WWE SmackDown?

32 Comentários

  1. Que empresinha pra gostar de estereótipos, Chessus…

  2. Jooj3 meses

    Unificar os títulos de tags vai ser uma decisão boa, já que a divisão de dupla está bem fraca para ter em duas brands cinturões separados. No Raw não sairia de Street Profit, Alfa Academ, RK-BRO e quem sabe os Mysterios. Já no SmackDown parece ainda mais fraco… Talvez seja uma boa escolha

    • Facebook Profile photo
      Fábio Peres3 meses

      Não deixa de ser um passo para o fim da “brand split”, ou sua suavização.

  3. Facebook Profile photo

    Tribal Chief☝️ tem mais que preparado seu estatuto. se a Bloodline 🩸Usos vencer os raw tag team champion da brand red so prova que serão os melhores tag team champion da história da wwe

    • Y2Jean3 meses

      Nada contra a bloodline, mas não consigo concordar que não há nomes na wwe que possa competir com eles.
      Bloodline x Imperium ou legado del fantasma ou UE (infelizmente se foram) ou New Day ou alpha academy (teria q adicionar mais um membro)
      A ideia do tribal chief é mto boa, mas nao está tao acima dos demais, uma pena q a wwe ta escolhendo esse caminho
      Vao tornar o maior pq a compahia diz, n exatamente pq o povo diz…

  4. Cebola3 meses

    Medo do nome que vao dar ao Tomasso Ciampa…

  5. Tiago Rodrigues3 meses

    Xavier a vencer o pete dunne? Miseria….
    Eu digo pete dunne porque para mim butch é só ridículo

  6. Facebook Profile photo
    Wellington3 meses

    Ai quero só ver os chatos do usos tentar vencer os riddle e o randy orton

  7. Victor Silva3 meses

    O Vince está exagerando com tantas mudanças de nome. Butch… Ludwig Kaiser? Raquel… Rodriguez???

  8. BigMando3 meses

    A Liv ganhou à Sasha, mas segunda, o mais certo é que seja a Sasha a fazer o pin na Liv para reter os titulos.

  9. Edge3 meses

    Se o titulo estiver com o Orton eles não vencem
    Usos e Roman em todo PPV vai ser Zzzzz
    Da logo um combate pra Charlotte contra Bianca e torna ela Charlotte two belt

  10. jalmeida3 meses

    4 combates ???? deve ser um minimo historico …..kkkkkkk

  11. Facebook Profile photo

    uma coisa eu tenho que concordar, já é a terceira mudança de nome do Dieter, de Axel Dieter foi para Barthel e até que era aceitável, mas criar um esteriótipo alemão e com o nome Ludwig Kaiser é um tanto prepotente por parte da WWE. Eu apenas absorvi o Gunther mesmo achando ridículo, mas Ludwig, tenha santa piedade.

    • Zickelous3 meses

      A mudança para Marcel Barthel era aceitável por ser o nome real dele, mas esse novo é só ridículo msm

  12. MC3 meses

    Estou convencido que a antiga themesong do Reigns tocar pelo meio desta nova já não é um bug mas sim uma feature.. aos meses que assim está, se fosse mesmo engano uma empresa do tamanho da WWE já o tinha corrigido certamente logo depois da primeira vez. Mas damn… que anticlimático estar a ouvir a themesong do Tribal Chief e de repente tocar o início da música dos Shield pelo meio…

  13. ????? Mais vale perder trmpo a ver doaremon que isto, show do inicio ao fim totalmente deprimente…

    RiP pete dunne
    RiP marcel bartell

    Raquel quê? Rodriguez? Agora vai ser prima da Michel Rodriguez e entra no fast furious só pode…

    Para nao falar da mudança horrivel do nome do Walter e da má theme song…

    Combates fracos sem nexo, nao sei para queo sami renovou sinceramente

    Nakamura no segmento final para quê? Que coisa tao mal feita e sem sentido

    Ronda é boa lutadora mas a promar tem 0 de pedra de sal valha me deus a mulher podia ter uma manager não? Ajudava bem

    Enquanto isso shotzi, xia li e afins esperam ser despedidas…

    Ricochet e mahal entusiasmo total… ricochet ganha para depois perder para walter, aliás GHUNTER… ao menos o homem deverá ter destaque inicialmente mas nao precisava de mudanças nenhumas…

    Smackdown a baixo de 0, pior show deste ano, pós wrestlemania ainda por mais, parabens!!!

    Nick Khan se te der alguma coisinha eu faço uma festa (apoio Ryback)

    Vinçe abre os olhos e vê que so te querem destruir o legado, retira te e passa o testemunho ao hunter e a stephanie, para ontem por favor! Obrigado

  14. Anonimo3 meses

    Tomara que a Liv e a Rhea percam na segunda feira, para que aconteca o hell turn da Rhea e as duas entre em rivalidade nessa rivalidade tomara que a Liv e a Rhea vai atrás do título da Bianca e que a rivalidade delas dure até o Summerslam com título em jogo.
    E nesse período a Liv ganha o mitb e faça o cash no Summerslam ou na Rhea ou na Bianca e ganhe o título .

  15. Gostei:
    – Xavier Woods vs Butch. O sangue, apesar de acidental, adicionou ao combate e até foi um combate bem sólido, muito em parte ao Butch manter grande porção do seu move-set brutal que tinha quando era Pete Dunne. Achei curioso como Butch descarregou a sua raiva em Sheamus e Holland após perder… podemos ter aqui uma dinâmica interessante.
    – Sami Zayn conversa com Adam Pearce e isto leva a um combate entre Zayn e McIntyre. Honestamente, fico feliz só por ver o McIntyre envolvido em coisas destas em vez de tudo o que ele andava a fazer com Moss & Corbin.
    – Gunther vs Joe Alonzo. Kaiser… o treinador do Sporting de há uns anos está na WWE? Fora de brincadeiras, esta squash foi ótima e uma boa forma de exibir o Gunther no main roster.
    – Happy Talk com Corbin & Moss. Apesar de tudo, dou-lhes mérito: isto foi um ótimo segmento para tornar o Moss face. A reação que teve do público foi brutal. O Moss tem talento, esperemos que tenha agora uma boa gimmick e que tenha sucesso.
    – Vinheta a promover o regresso da Lacey Evans. Fico feliz por vê-la de volta e foi uma boa vinheta para nos relembrar de quem é a Lacey.
    – Liv Morgan vs Sasha Banks. Este era daqueles combates que, com tempo, ia ser sempre sólido. E teve esse tempo. Elogio o final, que foi muito bem feito.
    – Promo da Bloodline, interrompida por Shinsuke Nakamura. 1º, a ideia de juntar os Tag Titles: ADORO! A Tag Division da WWE é tão curta, não faz sentido ter 2 Tag Titles! 2º, obrigado por finalmente o Nakamura voltar a solo e vai já enfrentar o Roman! Vai, obviamente, perder, mas vai ser um combate brutal! E o segmento em si… foi excelente! Vejam este segmento!

    Não Gostei:
    – Entrevista a Ronda Rousey, interrompida por Charlotte Flair. Mais um mês desta feud… yey. A estipulação de um I Quit Match pouco adiciona à feud e o segmento em si foi medíocre.
    – Entrevista com Raquel Rodriguez, interrompida pelos Los Lotharios. Honestamente, uma forma nada adequada de introduzir uma ex-NXT Women’s Champion. E acredito que esta já é a 4ª vez que alteram o nome da Raquel desde que chegou à WWE… (Raquel Rodriguez e Gonzalez, Reina Gonzalez e Victoria Gonzalez). Escolham 1, caramba!
    – Drew McIntyre vs Sami Zayn. Bem, isto foi um desperdício de tempo… tudo para dar uma rematch na próxima semana. LOL.

    Overall: 7/10. Uma SmackDown bem desfrutável esta semana, muito ajudada pelo público. Destaco o segmento final, o turn de Madcap Moss e a estreia de Gunther.

  16. ShinSlayer3 meses

    Sonho seria o Shinsuke voltar solo e já tirar o titulo do Roman, mas…

    • mirandelas3 meses

      mas só podes sonhar. Penso que vai ser o Cody mas só para o Summerslam assumindo que a feud vá acontece o que logicamente a um certo momento irá acontecer e até lá o Roman tem o shinsuke com que se entreter

    • ShinSlayer3 meses

      Exatamente… tudo mostra que o Nakamura vai perder pro Roman, até porque não faria muito sentido o Roman chegar a tudo isso e perder, a n ser que a WWE queira fazer algo como no RR 2018.

  17. Anónimo3 meses

    Destaco o regresso da Lacey Evans, boa promo. Ótimo segmento envolvendo a Bloodline.

  18. Kick_Ass3 meses

    Esperava um SmackDown de bem melhor qualidade. Foi um show de “ajustes” de feuds e introdução de novos lutadores resumidamente.

    Pela positiva destaco:
    – Gostei do segmento entre o Sami e o Adam Pierce, foi engraçada a reação do Sami ao ver o McIntyre a sair do balneário xD.
    – Estreias do Gunther/Kaiser e da Raquel Rodriguez. Pessoalmente gostei da interação dela com os Los Lotharios, podiam dar uma push a esta tag e a Raquel pode bem ajuda-los a ter mais destaque.
    – Retorno da Lacy Evans.
    – Fim desta treta do Happy Corbin e o seu amiguinho de piadas Madcap Moss. Espero que o Moss saia por cima nesta feud e que o Corbin volte com a sua anterior gimmick de Lone Wolf.

    Pela negativa destaco:
    – Promo da Ronda a abrir o show. Foi uma fraca promo, a WWE devia atribuir um manager à Ronda.
    – Derrota da Sasha, não faz sentido uma campeã tão recente já sofrer uma derrota.
    – Ausência do Ricochet. Não aparece na WrestleMania e agora também não aparece no SmackDown ?? Isto é descredibilizar completamente o lutador e o próprio título.
    – Sinceramente espero que a WWE não esteja a pensar terminar com a brand split… existe muito lutador talentoso nos 2 rosters e assim esses lutadores nunca iriam ter chances de atingir outros patamares e ter o seu devido tempo de antena.

  19. Destaco deste Smackdown as aparições do WALTER e Raquel no main roster embora que podiam ficar com os mesmos nomes!
    A Bloodline está cada vez melhor e nem sei o que pode parar Roman Reigns e os Usos!