A WWE transmitiu esta sexta-feira mais uma edição do SmackDown no canal FOX, a partir do ThunderDome no Tropicana Field em São Petersburgo, na Flórida, a pouco mais de uma semana do Royal Rumble de 31 de Janeiro.

Resultados

– WWE Women’s Tag Team Champions Asuka & Charlotte Flair venceram Riott Squad (Liv Morgan & Ruby Riott) (Non-Title Match)
Cesaro venceu SmackDown Tag Team Champion Dolph Ziggler
– SmackDown Women’s Champion Sasha Banks venceu Reginald
– Apollo Crews venceu WWE Intercontinental Champion Big E (por desqualificação)
– King Corbin venceu Dominik Mysterio

Report

O SmackDown desta semana abriu com um recap do que aconteceu no episódio da semana passada, onde Adam Pierce enganou Roman Reigns e Paul Heyman e fez com que Kevin Owens fosse agora, mais uma vez, o candidato principal ao WWE Universal Championship.

Já no ThunderDome, o show abriu com o WWE Universal Champion Roman Reigns e Paul Heyman e o campeão mostrou-se irritado por terem dito que ele foi enganado e que “card subject to change” é só uma desculpa que os fracassados usam. Roman Reigns começou a falar de todas as suas lesões, mas de como continua a lutar, mesmo doendo-lhe as costas de carregar a WWE.

Adam Pearce acabou por vir ao ringue dizer que os dois já estavam a exagerar, mas Roman Reigns irritou-se com o oficial da WWE e começou a dizer que ele se esforçou durante anos e por isso é que é quem é. Adam Pearce fartou-se de ver Paul Heyman a rir-se dele e foi então que depois de alguns insultos por parte do consultor especial de Roman Reigns, ficou marcado para o main event um combate entre Adam Pearce e Paul Heyman!

A seguir tivemos Sami Zayn algemado às barreiras à volta do ringue a falar de como é injustiçado e que até pode ter agarrado os calções de Apollo Crews no último SmackDown, mas quando foi Apollo Crews a fazer o mesmo já ninguém viu. A injustiça continuou pois o “Great Liberator” foi interrompido pela entrada das WWE Women’s Tag Team Champions Asuka & Charlotte Flair.

– WWE Women’s Tag Team Champions Asuka & Charlotte Flair venceram Riott Squad (Liv Morgan & Ruby Riott) (Non-Title Match): As WWE Women’s Tag Team Champions entraram dominantes neste combate, mas “Punk” Billie Kay lá fez das suas e distraiu a “Queen”, o que abriu espaço para que Liv Morgan colocasse o ímpeto a favor da Riott Squad.

Depois de vários minutos de domínio, Asuka e Charlotte Flair viraram o combate do avesso e quase venceram. No final, Billie Kay tentou ajudar, mas falhou e as WWE Women’s Tag Team Champions venceram o combate depois da japonesa aplicar um Codebreaker e Charlotte Flair acertar o seu Natural Selection.

Nos bastidores, Billie Kay tentou pedir desculpa pelo que fez e declarou a entrada da dupla no Women’s Royal Rumble Match, mas Liv Morgan e Ruby Riott não quiseram ouvir e disseram que já não a queriam mais perto da Riott Squad. Pobre Billie Kay…

De regresso ao ringue tivemos Daniel Bryan, que falou de como o Royal Rumble é especial e de como é difícil explicar o que é o evento, mas a incerteza do que vai acontecer, de quem vai entrar, é entusiasmante e que é o maior desafio de uma Superstar da WWE. Esse desafio o faz sentir vivo, mas que tudo vale a pena porque o vencedor luta contra um dos campeões mundiais na WrestleMania.

Cesaro acabou por interromper o “American Dragon” e disse que está farto de provar o seu valor, e que como já venceu Daniel Bryan e este não está vestido para competir, o “Swiss Superman” lançou então um open challenge que foi respondido por Dolph Ziggler.

O “Show-Off” disse que é o segundo lutador com mais combates Royal Rumble na carreira e é verdade que nunca ganhou, mas que tem resistência para o fazer e o vai fazer este ano, e que aproveita e também aceita o open challenge de Cesaro.

– Cesaro venceu SmackDown Tag Team Champion Dolph Ziggler: O combate começou de forma bastante técnica, como seria de esperar entre estes dois lutadores. Também seria de esperar que a agressividade aumentasse e foi isso que aconteceu, sendo que equilíbrio foi a nota de destaque deste confronto.

No final, depois de uma troca de várias combinações de pins, Dolph Ziggler quase venceu com o seu Zig Zag, mas a sua agilidade acabaria por lhe trazer problemas, pois o “Show-Off” tentou o Fame Asser e acabou em posição de Neutralizer, acabando por ser Cesaro a vencer este combate.

– SmackDown Women’s Champion Sasha Banks venceu Reginald: Reginald tentou cair nas boas graças de Sasha Banks ao dar-lhe uma flor, mas a “The Boss” deu-lhe um estaladão de todo o tamanho. Reginald foi fugindo de toda a ofensiva de Sasha Banks, usando uma agilidade incrível e inesperada.

No final, Sasha Banks acabou por usar a sua maior experiência e fez Reginald desistir com o Bank Statement.

Já nos bastidores o WWE Universal Champion Roman Reigns estava a falar com Paul Heyman e disse-lhe que ele não se pode esquecer que o vai estar a representar e que é bom que o represente bem.

– Apollo Crews venceu WWE Intercontinental Champion Big E (por desqualificação): Big E entrou de forma dominante nesta nova defesa do título, mas a força e agilidade de Apollo Crews fez o campeão ficar atordoado. Depois de uma autêntica “guerra”, Apollo Crews parecia estar melhor, mas Sami Zayn, que ainda estava algemado à barreira de segurança, decidiu que estava na hora de terminar o protesto e entrou em ringue. O “Great Liberator” acertou primeiro um Helluva Kick em Apollo Crews e em depois em Big E, fez com que este combate terminar em desqualificação.

No seu carro, Kevin Owens afirmou que Roman Reigns puxou uns cordelinhos para que ele não possa estar no SmackDown, mas que no Royal Rumble não vai haver mais cordelinhos para puxar e que ele vai ter de o destruir se quer sair do Royal Rumble com o WWE Universal Championship. O “Prizefighter” explicou então que as letras que tem nos seus dedos são as iniciais dos seus dois avôs, que sempre o apoiaram, e que infelizmente faleceram antes de o ver na WWE, mas que os seus espíritos de luta e sacrifício vivem com ele e por isso ele vai ser o last man standing.

Nos bastidores vimos os Street Profits a tentar convencer Sonya Deville de que mereciam uma desforra pelos SmackDown Tag Team Championships. Esta concordou, mas afirmou que não quer que Montez Ford se lesione e por isso para já isso não vai acontecer.

A seguir tivemos a corrida de obstáculos entre Bayley e Bianca Belair. A “Role Model” foi a primeira a começar e fez o tempo de 1 minuto e 12 segundos. Já depois de acabar a corrida, Bayley dificultou o circuito para que Bianca Belair perdesse. Desde barreiras maiores, até ter de carregar Otis às costas, a histórica campeã tentou de tudo. No entanto, a “EST da WWE” demorou menos 20 segundos que a sua rival.

Bayley ficou um bocado aziada com a derrota e acabou por atacar Bianca Belair, mostrando que a rivalidade entre as duas lutadoras é para continuar.

Nos bastidores tivemos Rey Mysterio a tentar dar instruções ao seu filho, que se mostrou bastante confiante nas suas capacidades. O segmento terminou com o luchador a dizer que desta vez Dominik ia fazer as coisas à sua maneira, mas se corresse mal, da próxima vez o seu filho vai ter de o ouvir.

– King Corbin venceu Dominik Mysterio: Dominik Mysterio usou a sua agilidade nos primeiros momentos para ter o ímpeto do seu lado, mas a maior força e experiência de King Corbin foi o factor que virou este combate do avesso.

O jovem lutador bem tentou dar luta, mas nada conseguiu fazer contra o “Rei”, que acabou por vencer o combate depois do seu End of Days.

Ainda antes do main event começar, Paul Heyman “lesionou-se” a subir as escadas e pagou na mesma moeda a Adam Pearce, dizendo que o card pode mudar e foi então que tivemos a entrada do WWE Universal Champion Roman Reigns. Adam Pearce ainda tentou atacar o “Tribal Chief”, mas acabou por ser uma vítima de uma tareia de todo o tamanho, que aconteceu por todo o ThunderDome.

Porém, tivemos a presença de Kevin Owens, que finalmente conseguiu entrar no ThunderDome. Seguiu-se uma grande brawl entre os dois rivais, com o “Prizefighter” a destruir por completo o WWE Universal Champion. Kevin Owens fechou este grande ataque com uma Pop Up Powerbomb na mesa de comentadores.


O que achaste do WWE SmackDown desta semana?

31 Comentários

  1. Tribal chief1 mês

    Primeira vez que o roman sai por baixo

  2. Anónimo1 mês

    Bom smackdown!
    Será desta que Cesaro leva um push?
    Lá vai a Bayley elevar a Bianca tal como fez com a Sascha!
    Continua a excelente rivalidade entre ko e o Roman (fiquei surpreendido por o jey não ter aparecido)

  3. Tomás1 mês

    Bianca Belair é Strong 💪

  4. Push do Cesaro sim quero ver

  5. No geral, foi mais um episódio sólido do SmackDown. No início do show, revirei os olhos para aquele main event mas ainda bem que me surpreenderam com aquele ótimo final de show (finalmente Roman Reigns a ter alguma retribuição pelo que tem feito e Kevin Owens está on fire — a promo em que fala sobre os avôs foi especial).
    Destaco ainda a cada vez mais hilariante (mas por vezes séria — como mostra o final do combate entre Big E e Apollo Crews) personagem de Sami Zayn (amarrar-se com as algemas — que lhe auxiliaram na conquista do título Intercontinental no Clash of Champions — “à la greve de fome” foi muito bem conseguido) e a boa prestação de Reginald contra Sasha Banks.

  6. Mais um Smackdown sólido.
    Destaques:
    -Boa promo inicial do Roman,aquele tom calmo e ao mesmo tempo irritante consegue com que tenha grande heat.
    Indo diretamente ao main event,não me surpreendeu que o Heyman acabasse por não lutar e tivéssemos o Reigns a dar tareia no Pearce,o que não contava era que saisse por baixo no segmento para o KO…o que achei que foi bom para intensificar ainda mais esta rivalidade que está a ser muito boa de acompanhar.
    -Achei graça aquele segmento do percurso de obstáculos entre a Bianca Belair e a Bayley.
    -Sami Zayn mais uma vez hilariante com a cena de se algemar em forma de protesto e depois a terminar com o combate do Apollo e do Big E que estava a ser bom…cheira-me que ainda teremos uma 3-way envolvendo os 3.
    -Bacano ver o Cesaro a ter algum destaque desta vez vencendo o Ziggler num bom combate,veremos até onde isto irá.

  7. Se o Bryan (e o Cesaro duh) não venceram a Rumble essa rivalidade poderá culminar na Mania será um GRANDE combate e certamente constará como candidato a um dos melhores match do ano disso não tenho dúvidas.

    • Ricardo1 mês

      Se lhes derem 15-20 minutos admito que possa ser um dos MOYT

  8. Facebook Profile photo

    Comentário sobre o SmackDown:

    – Promo muito boa do Roman, exarcebando cada vez mais e melhor a sua personagem “heel”. Intervenção algo fraca do Adam Pearce, no entanto fiquei interessado em perceber o que ia sair do main event entre Pearce e Heyman. 👏
    – Mais uma vez, a Asuka, campeã feminina do Raw segue na sombra da Charlotte. Fez a sua entrada ao som da música da Charlotte. Quando a campeã não tem o destaque… 🙄👎
    – Combate Tag Team entre ambas e as Riott Squad foi razoável, onde, de novo, foi orquestrado em torno da Charlotte. 🙄🤷‍♂️
    – Segmento no backstage entre a Billie e as Riott Squad normal, a desenvolverem a sua “storyline”. 🤷‍♂️
    – Promo bastante boa do Daniel Bryan onde senti “vibe” de possível vencedor do Rumble. 👌
    – Interrupção do Cesaro, adorei a promo e até fiquei a querer que ele ganhasse mesmo o Rumble. 👏
    – O Cesaro faz um open challenge e responde o Ziegler… revirei os olhos 🙄
    – Bom combate entre ambos, a um ritmo acelerado 👏👌
    – Excelente apresentação da Sasha na sua entrada para um combate intergender que é algo raro na WWE. Props para o Reginald, gostei da sua prestação que me surpreendeu bastante pela positiva 👏👌👍
    – Expectável intromissão do Sami no combate pelo Título Intercontinental 🤷‍♂️
    – Promo muito boa e até com alguma “comoção” do Kevin Owens 👌
    – Sonya DeVille pelos vistos é uma autoridade, quando simplesmente devia estar a combater. Tem tudo para ser uma das figuras principais da Womens Division 😔
    – Resultado esperado na corrida de obstáculos com a Bayley a atacar a vencedora Belair, alongando assim a feud 🤷‍♂️
    – Corbin vence Dominik num combate nada de especial, sempre difícil ser um bom combate estando Corbin lá no meio… 👎
    – Como esperava, Heyman simulou uma lesão e Roman tomou o seu lugar 😁
    – Excelente “cliff hanger” com uma sova do K.O no Roman Reigns 🙌👏👌

    Mais um sólido episódio do SmackDown! Única coisa de mau neste episódio, sendo muito picuinhas, é o tratamento de campeã da Asuka… De resto, storylines desenvolvidas, Bryan e Cesaro parecem credíveis vencedores do RR e um main event muito bom!

    De 0 a 10, dou um 7!

    Abraço a todos 👌

  9. David Machado1 mês

    Um excelente smackdown na minha opinião. Sami Zayn é ouro e merece chegar ao main event. Uma palavra para o Cesaro, que muita gente diz que não tem mic skills, mas sempre que eu o vejo a promar considero-o muito bom. Esperemos que vença o RR

  10. Balhote1 mês

    Foi mais um bom smackdown, um pouco inferior ao da semana passada, mas mesmo assim foi bastante entertaining. O destaque vai obviamente para o Reigns, é inevitável ele anda mesmo a carregar a companhia há anos e neste momento, na minha opinião, é uma das melhores coisas do wrestling senão a melhor. Gostei da vingança dele contra o Pearce e de todo aquele angle à volta do ” card is subject to change”, foi bem feito e deu uma continuidade ao smackdown da semana passada. Gostei também do ataque do Owens, pela primeira vez a sair por cima num segmento, foi uma grande brawl e acho que o combate deles no RR vai ser bem hardcore. A única coisa que estranhei foi a ausência do Uso, espero que não seja algo relacionado com o covid. Para mim, o segundo destaque da noite vai para o Sami Zayn, achei muita piada ao protesto que ele fez e adorei as interações que ele teve com toda a gente que ia para o ringue( os cartazes dele também eram porreiros) .Gosto imenso da character dele só tenho pena que depois chegue ao ringue e perca sempre. Acho que o Zayn tem tido destaque nos últimos meses e merece pois tem feito um bom trabalho, gostava de ver um triple threat no RR pelo IC title. Para além disto, destaco também a vitória do Cesaro e o “Obstacle course” que acho que foi bastante entertaining. Pelo lado negativo, aquele combate entre o Dominik e o Corbin nunca devia ter acontecido, foi só para encher e foi basicamente um squash

  11. Bom Smackdown.
    Destaco:
    – boa abertura, com uma promo muito boa do Roman Reigns, que levou a um main event muito bom
    – boa promo do Daniel Bryan e do Cesaro (bom combate com o Ziggler, aquele sequência para o Neutralizer🔥, se não fosse aquele Styles Clash diria que era o melhor golpe da semana), gostava que um dos dois ganhasse o RR, dando preferência ao Cesaro
    – bom o que aconteceu em torno do titulo intercontinental, que deve render um triple threat no Royal Rumble

  12. The Phenomenal One1 mês

    Mais um bom episódio do SmackDown, como de costume, meus destaques:
    • Ótima promo de abertura do Roman Reigns, como é habitual.
    • Boas promos de Daniel Bryan e Cesaro, e um bom combate do “Swiss Superman” contra Dolph Ziggler, será que a WWE está dando um push ao Cesaro? Quem sabe uma vitória surpresa no Royal Rumble?
    • Combate intergender interessante entre a Sasha Banks e o Reginald, com uma “boa” apresentação do Reginald, mas o resultado foi o esperado.
    • “Obstacle Course” divertido entre Bayley e Bianca Belair, e o ataque após o fim da corrida foi bom, para alongar a feud entre as duas.
    • Ótimo “Main Event”, em que o feitiço virou contra o feiticeiro, e no final, pela primeira vez desde que retornou à WWE em Agosto do ano passado, o Roman Reigns saiu por baixo, e isso serviu para esquentar ainda mais o Last Man Standing Match do Royal Rumble.

  13. Como de costume ultimamente mais um bom SD!
    – Belo opener com o Roman mostrando toda a sua evolução no Mic, ao meu ver, a sua personagem está quase que perfeita.
    – Eu particularmente não estou muito interessado nas campeãs TAG até ver o heel turn da Charlotte, onde aí sim a história ficará interessante.
    – Cesaro venceu SmackDown Tag Team Champion Dolph Ziggler num bom combate e fica a expectativa para ver se esse punsh do Cesaro vem mesmo, é o que esperamos.
    – Gostei da interação entre a minha delícia Sasha (💙) e o Reginald. Porém o próprio Reginald mostra que não basta um wrestller fazer só malabarismos para ser bom…
    – O DQ entre o Big E e o Apollo mostra que o Sami ainda não saiu da rota do título, o que acho bom.
    – King Corbin venceu Dominik Mysterio, o que mostra que estão tentando solidificar mesmo a personagem do Corbin de alguma forma e ansioso para o possível confronto com o Priest, acredito ambos irão fazer um bom trabalho juntos.
    – No Main Event, foi um refresh ver o Roman a sair por baixo daquele jeito (foi uma surra haha), o K.O realmente é porreiro e espero que o mesmo volte a ser campeão mundial esse ano, está merecendo muito!

  14. Facebook Profile photo

    Grande Smackdown na minha opinião, isto porque, deu-me a impressão de haver muita mais curiosidade para o RR.
    O Bruno Meltzer Riddle De 0 a 10, avalia o show como 8!

  15. El Cuebro1 mês

    Só eu que adorei o ataque do KO ao Roman no final do programa? É ótimo ver o KO nessa atitude, lembra ele no começo da carreira na WWE! E o Roman faz aquilo tudo com o Pearce e não vem nenhuma “suspensão” ou “multa” por parte da WWE como fazem para outros casos? Enfim e no mais é ruim ver o Corbin e o Cesaro não sendo bem utilizados como poderia acontecer!

    • Eu também adorei, El Cuebro. Foi bom variar para não se tornar repetitivo termos o Roman sempre a sair por cima no final.
      E realmente essa é uma boa questão, talvez não tenha havido nenhuma multa em kayfabe porque fazia parte de um suposto combate e, portanto, não foi um ataque “ilegal”.

    • El Cuebro1 mês

      Faz sentido Jorge, mas a luta com o Paul Heyman não chegou a acontecer? Digo isso porque não vi o final do SD ontem.

    • Paul Heyman fez-se substituir por Roman Reigns e este último atacou Adam Pearce ainda antes do toque da campainha; logo, nunca houve combate oficial.

  16. JOAOPEDROOOOO1 mês

    Diferença entre ter Paul Heyman e não ter, muito melhor o SD que o Raw, atualmente.

  17. BigMando1 mês

    Finalmente o Owens saiu por cima do Reigns! Foi um bom SmackDown, pena que as Riott Squad não venceram os titulos de Tag Team! Aquele “Neutralizer” do Cesaro foi muito bom e penso qie vai ganhar o Royal Rumble Match (já devia ter acontecido à algum tempo).

  18. Anónimo1 mês

    Mais um bom SmackDown. Excelente promo do Roman. Boa promo do Daniel Bryan. Bom combate entre o Cesaro e Ziggler. Espero que o push do Cesaro seja para durar. E bom Main event.

  19. Foi um bom Smackdown!
    Destaco o seguinte:
    – Gostei do início do Smackdown com Roman Reigns a fazer uma boa promo e a dizer aquilo que todos sabemos que é carregar a empresa às costas e também o anuncio de combate entre Adam Pearce e Paul Heyman!
    – Interessante como vai correndo o “documentário” do Sami Zayn com as suas injustiças que até algemou-se e ficou ali por um bom tempo, com isso o combate pelo Intercontinental Championship acabou em DQ por causa do Sami, por acaso não estava à espera!
    – Bom combate entre Cesaro e Dolph Ziggler, com o Cesaro a levar a melhor com Styles Clash improvisado e já vai 2 vitórias seguidas!
    – Segmento muito engraçado entre Bayley e Bianca em que a Bayley a mostrar mais uma vez que não sabe perder!
    – Achei engraçado a luta da Sasha e Reginald, até demonstrou uns bons truques ahaha!
    – Dessa vez o Roman ficou por baixo da brawl e levou 2 Stunners a não esquecer!

    • ShinSlayer1 mês

      Finisher de Cesaro chama-se Neutralizer, mas parece muito um Styles Clash mesmo kkkk

    • Acho que visualmente a única coisa parecida entre os golpes é a queda, pois para aplicar, os encaixes são diferentes, se analisar da até pra perceber bem.

    • Sim eu sei que é o Neutralizer mas no combate pareceu mesmo o Styles Clash, eu tive essa impressão pelo menos!