WWE transmitiu esta sexta-feira mais uma edição do SmackDown no canal FOX, novamente a partir do Performance Center à porta fechada, e com os olhos já postos no Money In The Bank do próximo dia 10 de Maio.

Resultados

– King Corbin venceu Drew Gulak (Men’s Money In The Bank Qualifying Match)
– Sheamus venceu Daniel Vidot
– Lucha House Party (Lince Dorado & Gran Metalik) venceram The Miz & John Morrison
– Lacey Evans venceu Sasha Banks (Women’s Money In The Bank Qualifying Match)
– WWE Women’s Tag Team Champions Alexa Bliss & Nikki Cross venceram Carmella & Dana Brooke

Report

O SmackDown desta semana abriu com os novos SmackDown Tag Team Champions The New Day a dirigirem-se ao ringue. Kofi Kingston começou por falar da vitória que Big E conseguiu na semana passada, que lhes deu o 8º reinado de campeões, e de todas as equipas que têm menos reinados que eles.

Enquanto Kofi Kingston falava, tivemos a primeira interrupção do segmento, com os Lucha House Party a vir ao ringue. O duo de mascarados quis pedir uma hipótese pelos SmackDown Tag Team Championships, mas ainda antes de entrarem no ringue foram interrompidos pela entrada de The Miz & John Morrison.

The Miz pegou no microfone e começou a queixar-se de terem perdido os SmackDown Tag Team Championships num simples Triple Threat Match e que os New Day nunca os venceram em combates de equipas. Antes que o “Awesome One” continuasse a falar, os Forgotten Sons dirigiram-se ao ringue e Steve Cutler afirmou que eles é que vão dominar a divisão de Tag Team do SmackDown.

A seguir tivemos uma brawl da qual The Miz e Morrison fugiram, e no final Jaxson Ryker mostrou o domínio dos Forgotten Sons ao fazer uma Powerbomb em Kofi Kingston contra Big E.

Ainda antes do primeiro combate da noite, tivemos no backstage The Miz e John Morrison a desafiarem os Lucha House Party para um combate neste SmackDown.

King Corbin venceu Drew Gulak (Men’s Money In The Bank Qualifying Match). No primeiro combate da noite, King Corbin e Drew Gulak começaram de forma mais técnica do que seria de esperar, mas Drew Gulak mostrou que queria aproveitar esta oportunidade e mostrar uma agressividade bastante grande, que o fez dominar os primeiros minutos.

Porém, a maior força e tamanho de King Corbin começaram a fazer-se sentir e este começou então a dominar o combate. Depois de um domínio de alguns minutos, Drew Gulak estava a começar a recuperar o ímpeto, mas fora do ringue tivemos Cesaro e Shinsuke Nakamura a atacar Daniel Bryan, o que distraiu Drew Gulak.

Esta distração abriu espaço para que King Corbin aplicasse o seu End of Days e assim o “Rei” vai estar no Men’s Money In The Bank Ladder Match.

Depois do combate, King Corbin juntou-se a Cesaro e Shinsuke Nakamura e continuaram a atacar Drew Gulak.

Sheamus venceu Daniel Vidot. No segundo combate da noite tivemos Sheamus, mais uma vez a destruir o seu adversário, com Daniel Vidot a ter perdido em cerca de um minuto para o “Celtic Warrior”.

A seguir tivemos mais um video package sobre Jeff Hardy, cobrindo a sua redenção desde o seu regresso à WWE em 2017 e até aos dias de hoje.

Ainda antes do próximo combate começar, Sheamus voltou a mostrar-se frustrado com Michael Cole, por este estar a dar destaque a Jeff Hardy e não a ele, tendo mesmo dado um “calduço” ao comentador.

Lucha House Party (Lince Dorado & Gran Metalik) venceram The Miz & John Morrison. Os ex-campeões estavam decididos em libertar toda a sua frustração em Lince Dorado & Gran Metalik e foi isso que aconteceu durante 90% do tempo, com The Miz & John Morrison a dominarem por completo o combate que pediram.

No entanto, quando Grank Metalik entrou em ringue, a velocidade do luchador fez a diferença de forma inesperada e virou o combate de tal forma que, depois de um pin rápido em The Miz, os Lucha House Party venceram o combate, para choque da equipa dos ex-campeões.

Lacey Evans venceu Sasha Banks (Women’s Money In The Bank Qualifying Match). Em seguida tivemos as rivais Lacey Evans e Sasha Banks em ação, para ver quem se qualificaria para o Women’s Money In The Bank Ladder Match. A “The Boss” tinha uma estratégia bem definida: magoar a mão direita de Lacey Evans para que esta não pudesse acertar o Women’s Right.

No entanto, Lacey Evans nunca desistiu e só a interferência de Bayley evitou a sua vitória num primeiro momento, colocando o pé de Sasha Banks na corda do ringue. Só que a campeã distraiu o árbitro por demasiado tempo, o que roubou a hipótese de Sasha Banks vencer o combate. O final chegou logo a seguir, com a “Sassy Southern Belle” a acertar o Women’s Right em Sasha Banks e a garantir a qualificação para o Women’s Money In The Bank.

Já depois do combate, Tamina atacou a SmackDown Women’s Champion Bayley com um Superkick, e Sasha Banks nada fez para ajudar a sua companheira.

Logo depois foi nos mostrado um vídeo que retrata a história entre o atual WWE Universal Champion Braun Strowman e Bray Wyatt. Neste video package vimos então imagens de Braun Strowman como membro da Wyatt Family.

Depois de ter sido anunciado que Otis vs Dolph Ziggler e Mandy Rose vs Carmella irão acontecer na próxima semana como combates de qualificação para o Money In The Bank, tivemos um pequeno segmento de backstage entre Carmella e Dana Brooke. As duas falaram desse combate da “Princess of Staten Island” e do WWE Women’s Tag Team Championship Match que irão ter de seguida neste SmackDown.

WWE Women’s Tag Team Champions Alexa Bliss & Nikki Cross venceram Carmella & Dana Brooke. O último combate da noite começou de forma caótica, com as quatro lutadoras a partirem para uma brawl que começou dentro do ringue e só acabou depois de um Crossbody de Dana Brooke em Nikki Cross.

Quando se regressou ao ringue, Carmella & Dana Brooke estavam no domínio, porém não foi longo e quando Nikki Cross entrou as campeãs viraram o ímpeto do combate.

Pouco depois, com um DDT de Alexa Bliss em Carmella venceram o combate e mantiveram assim os seus WWE Women’s Tag Team Championships.

No último segmento do SmackDown tivemos a celebração dos 25 anos de carreira de Triple H.

Porém e ainda antes que Triple H falasse, tivemos a surpresa com a presença de Shawn Michaels. Este falou dos anos de carreira de Triple H mostrando alguns “bons” momentos dos dois nos D-Generation X e depois um vídeo com as derrotas de Triple H na WrestleMania.

“The Game” falou em seguida como gostaria de agradecer a todos os lutadores com quem trabalhou e de que a sua carreira não seria nada sem eles. Já o “Heartbreak Kid” quis falar dela (Stephanie McMahon) ter criado uma fenda na relação deles, e então a esposa de Triple H ligou-lhe, para não dar ouvidos a Shawn Michaels.

Tivemos também telefonemas de Ric Flair e Road Dogg, antes da grande surpresa que foi a presença de Vince McMahon. O presidente da WWE veio também dar os “parabéns” a Triple H.

O dono da WWE, apesar de ter dito a muito custo o quanto gostava de Triple H, relembrou alguns maus momentos da sua carreira, como o segmento com Katie Vick, isto antes de dizer que eles os dois (Triple H e Shawn Michaels) estavam a ser aborrecidos e a adormecer as pessoas, e que ele os tinha que expulsar.

Nos últimos momentos do SmackDown tivemos então as luzes do Performance Center a apagarem-se, enquanto se ouvia o som de grilos, ainda com Triple H e Shawn Michaels em ringue.

O que achaste do WWE SmackDown desta semana?

29 Comentários

  1. Hugo9 meses

    Bom…..eu não prevejo o futuro……mas a mim parece que vem ai 1 combate Triple H vs HbK. E digo o porque me parece,quem melhor para o combate de despedida do Triple H do que o HbK?

    • TEX9 meses

      Quem ganharia?

    • Ninguém parede melhor pq simplesmente não vai haver combate de despedida . Vai ser mais um Taker sempre se arrastando

    • Hugo9 meses

      Bom….Tex essa é a melhor pergunta que me podes fazer……mas eu estou 50/50 e não te consigo responder a isso.estou a ser brutalmente honesto.

    • Fan do Drew9 meses

      Espero bem que nao .. o tempo dessas lendas já passou ha muito eu pelo menos nao me intressaria mt ver triple H x Shaw se fosse ainda ha uns 10 11 anos sim .. agr nao

    • Hugo9 meses

      Bom…..é a tua opinião e temos de respeitar mas tu tens de levar em conta o passado entre eles e não o que tu queres ver ou não. Por isso te garanto que será assim e não de outra maneira qualquer com outro lutador qualquer.

    • Bea Ospreay9 meses

      Se isso acontecer tenho 99% de certeza que vai ser horrivel, mas é provavel que aconteça mesmo.

    • Hugo não faças garantias de coisas que não vao acontecer. Esquece lá essa ideia, e o que não falta são lutadores possíveis nesses cenário. Aliás digo te já uma hipotese muito melhor, adam cole bay bay. Triple h tem apostado muito nele. Sinceramente acho que o triiple h bem vai ter um combate para se retirar

    • Hugo9 meses

      Bom….vocês não sabem garantidamente quem é Triple H,vocês não sabem quem é HbK e está visto que não conhecem a história entre os dois,senão não me vinham dizer que o Adam Cole seria melhor porque o Triple H aposta nele. Por isso não me levem a mal quando vos digo que não precebem patavina da história do wrestling,e acho que deviam tentar saber coisas sobre os D genaration X por exemplo e depois então de certeza que mudaram de opinião.

    • André Santos9 meses

      tambm nao estou aver esse combate a acontecer

    • João Pedro9 meses

      Diria que o HHH para se despedir tem de lutar com um dos melhores amigos no ativo, Randy Orton, nuna Wrestlemania.

    • Lol Hugo tenho quase a certeza que conheço a historia do DX melhor do que tu. E volto a repetir Adam Cole seria uma aposta melhor para um combate de despedida do Triple H (combate a meu ver que nunca vai existir, bastava ver o caso do Taker). De que vale fazer um combate com o HBK que não se aguenta sozinho (basta veres o ultimo combate na arábia saudita) e ninguém sair elevado? O HBK ia para casa pq já estava reformado e o Triple H também e no RAW a seguir não havia ninguém elevado… Curiosamente o DX foi formado a pensar no futuro mas isso deves saber já que percebes de wrestling (m3rda mesmo)

    • GOATMichaels9 meses

      O HBK não quer voltar aos ringues, ele disse-o antes e reforçou-o depois do Crown Jewel 2018, nunca mais deve acontecer (espero eu)
      Vai ser infelizmente como o Taker, sempre a fazer um ou outro combate por ano

    • Hugo9 meses

      Bom…..eu vou concordar em discordar.tenho a minha opinião e tu a tua e é assim.e vou parar por aqui porque vejo DigOwens que você está muito exaltado e já está a começar a “exagerar” no que escreve e não vale a pena.

    • Exaltado? Estás muito enganado “gênio” do wrestling. Escreves o que queres lês o que não queres

    • Hugo9 meses

      Bom….obrigado pelo elogio,mas não sou génio nenhum. Sou apenas 1 FÃ a dar a sua opinião,e a ouvir a dos outros quer sejam certas, erradas ou até mesmo idiotas,porque todos gostamos do mesmo e é saudável faze-lo.

    • Larga lá a máscara do politicamente correcto que já te caiu.

  2. Nuno9 meses

    Michael cole não menciones de novo o jeff hardy senão o sheamus não vai ser meiguinho como hoje e assim riposta um brigue Kick. E já agora e para por a rivalidade destes 2 no MITB?

  3. Miz and Morrison a perder de novo. isto me parece um tease para uma futura rivalidade entre eles

  4. Bea Ospreay9 meses

    O que sera o significado do som de grilos?

  5. João Pedro9 meses

    O SD foi mesmo muito agradável de se ver, não estava à espera.
    A divisão tag team está interessante e apesar de algumas teams não serem nada demais, até estiveram a um bom nível.
    A rivalidade da Sasha vs Bayley continua e está a ser interessante
    O Braum vs Bray também está giro, com muitos mind games à mistura, como se esperava e como é giro de se ver
    O segmento dos 25 anos de carreira foi algo muito fixe de se ver. 10 minutos de entretenimento como deve de ser e sem reacts do público, viu-se que estavam todos em família e a falar de histórias caricatas que fazem sempre parte das melhores carreiras.

  6. Facebook Profile photo

    O segmento de Triple H foi ouro! Só reparei num pequeno pormenor, enquanto decorria as vídeo chamadas dava para ver o HHH e a Stephanie em sua casa e não o Hunter no ringue 😂

  7. El Cuebro9 meses

    Só pra constar, poderiam fazer uma luta de várias duplas pelo título do SD, seria uma grande chance para os Sons e a Sasha mais revoltada com a Bayley e nem a defendeu do ataque!

  8. Foi mais um show decente por parte do SmackDown, com destaque para a derrota de John Morrison & The Miz (como previ na semana passada, parece que eles serão os próximos a separarem-se — o que para mim é ainda um pouco cedo, mas enfim) e a vitória de Lacey Evans (não contava que Sasha Banks estivesse de fora do Money In The Bank Match feminino pela sua versatilidade mas é bom ver que a Lacey continua a ter um bom destaque).

  9. Anónimo9 meses

    Foi um show agradável de ver. Gostei da comemoração dos 25 anos do Triple H, foi diferente do que se podia esperar se tivesse público, mas mesmo assim foi bom de ver.