Frank casino

A WWE transmitiu esta sexta-feira mais uma edição do SmackDown no canal FOX, novamente a partir do Performance Center e a pensar no Backlash que acontecerá no dia 14 de Junho.

Resultados

– Sheamus venceu 10-Man Battle Royal (Intercontinental Championship Tournament Qualifying Match)
– Lacey Evans vs Sonya Deville (empate por double count-out)
– Sasha Banks venceu WWE Women’s Tag Team Champion Alexa Bliss
– Shorty G venceu Cesaro
– Daniel Bryan venceu Sheamus (Meia-Final do Intercontinental Championship Tournament)

Report

O SmackDown desta semana abriu com imagens fora do WWE Performance Center, onde aconteceu um acidente de carro que teve como vítima Elias, que estava a ser tratado por uma equipa de médicos. A polícia chegou à conclusão que o carro pertencia a Jeff Hardy, e foi encontrada uma garrafa de whiskey dentro do mesmo. O “Charismatic Enigma” foi encontrado a alguns metros do local e acabou por ser detido e levado para a esquadra.

No backstage, o agente Adam Pearce explicou aos lutadores o que se passou e o que poderia acontecer com o torneio para definir o próximo Intercontinental Champion. Daniel Bryan queria lutar, enquanto AJ Styles queria ir direto para a final, com o “Phenomenal One” a insultar Daniel Bryan por não querer ir também direto para a final.

Várias outras Superstars estavam presentes neste segmento e no final foi marcada uma Battle Royal em que o vencedor defrontará Daniel Bryan na meia-final, por um lugar na final do torneio onde já está AJ Styles.

– Sheamus venceu 10-Man Battle Royal (Intercontinental Championship Tournament Qualifying Match): O primeiro combate da noite foi então uma Battle Royal entre 10 lutadores e o vencedor ganharia então a hipótese de lutar contra Daniel Bryan na meia-final do Intercontinental Championship Tournament.

Como sempre nas Battle Royal, tivemos um combate bastante caótico, mas que rapidamente viu os lutadores a serem eliminados. Os últimos 5 foram: Sheamus, Cesaro, Shinsuke Nakamura, Jey Uso e Shorty G. Este último parecia mesmo destinado a vencer, tendo eliminado Cesaro e Shinsuke Nakamura em menos de nada. Só que, sem o árbitro ver, o “Swiss Cyborg” voltou a entrar no ringue e eliminou Shorty G.

No ringue ficaram então Jey Uso e Sheamus. Os dois lutaram durante alguns minutos e foi então que, já no apron, o ex-campeão mundial eliminou Jey Uso com um Brogue Kick, e ganhou assim a hipótese de defrontar Daniel Bryan ainda neste SmackDown.

No backstage tivemos Sonya Deville a preparar-se para o seu combate contra Lacey Evans, que a atacou pelas costas de forma provocatória, tendo saído de cena em seguida.

– Lacey Evans vs Sonya Deville (empate por double count-out): O combate entre as duas lutadoras foi bastante equilibrado e agressivo desde o primeiro momento, com Lacey Evans a mostrar também ela ter bastante qualidade no que toca às capacidades no que toca ao Wrestling técnico.

Porém, este descambou para uma brawl fora do ringue, que fez o árbitro chegar ao final da contagem de 10, e assim o combate terminou empatado. Já depois do combate ter terminado, Lacey Evans atirou Sonya Deville contra a quina da mesa dos comentadores, tendo “ganho” assim este confronto.

No backstage, Shorty G e Cesaro estavam a discutir depois de Cesaro ter eliminado Shorty G nas costas dos árbitros. O “Swiss Cyborg” desafiou então o “pequeno lutador” para um combate, que este aceitou acertando um Forearm no lutador suíço.

De seguida tivemos mais um video package dos Forgotten Sons onde falaram que o sangue das Superstars do SmackDown em breve estará nas suas mãos.

De seguida tivemos mais uma edição do “Moment of Bliss”, com as WWE Women’s Tag Team Champions Alexa Bliss & Nikki Cross a terem como convidados os SmackDown Tag Team Champions The New Day. As duas equipas entregaram presentes entre elas e antes que muito pudesse ser falado, tivemos a SmackDown Women’s Champion Bayley e Sasha Banks a vir ao ringue.

Estas vangloriarem-se de terem colocado os WWE Women’s Tag Team Championships no mapa e o segmento escalou com alguns insultos entre as lutadoras. Foi então que Sasha Banks, que parecia estar preparada para tudo, mas que não estava preparada para que Bayley a fizesse ter um combate contra Alexa Bliss.

– Sasha Banks venceu WWE Women’s Tag Team Champion Alexa Bliss: Tivemos um combate que Alexa Bliss dominou os primeiros minutos, até que “The Boss” conseguiu virar o ímpeto do mesmo. O domínio de Sasha Banks durou algum tempo, sendo que perto do final Alexa Bliss conseguiu equilibrar. O final foi de extremo equilíbrio, com as duas lutadoras a quase vencerem por várias vezes.

Porém Bayley, que estava fora do ringue, viria a ser um factor decisivo, pois ao distrair Alexa Bliss abriu espaço para que Sasha Banks vencesse o combate com um pin rápido.

– Shorty G venceu Cesaro: Depois de se terem desentendido por causa da Battle Royal que abriu a noite, Cesaro e Shorty G enfrentaram-se. Apesar da entrada forte de Shorty G, a força do lutador suíço foi um factor importante desde os primeiros segundos da luta.

Cesaro teve o combate dominado quase na sua totalidade, mas Shorty G nunca desistiu e mostrou toda a sua garra. No fim, com um Rolling Sunset Flip, Shorty G surpreendeu Cesaro e venceu o combate.

Em seguida tivemos imagens do “Mr. Money In The Bank” Otis e Mandy Rose a relaxar na piscina, e quando Otis foi para a piscina, a “Golden Godess” teve um sonho com o seu namorado a roçar o não PG. Mandy Rose, para além de sonhar que Otis falava de forma normal, também a vimos a cair nos braços desta versão de Otis.

A realidade foi um pouco diferente, com Otis a entrar dentro da piscina com uma bomba e a molhar Mandy Rose, que no entanto não ficou zangada e acabou por juntar-se ao “Mr. Money In The Bank” dentro de água e aos beijos.

De regresso ao backstage tivemos o WWE Hall of Famer Kurt Angle a anunciar que Matt Riddle se irá juntar ao roster do SmackDown. Foram transmitidas imagens de apresentação do “Original Bro”, mas não foi anunciada qualquer data para a sua estreia.

Noutra zona do backstage tivemos Sheamus a ser entrevistado e o “Celtic Warrior” mostrou-se irritado pelo hype à volta de Matt Riddle, antes de afirmar que vai vencer Daniel Bryan e conquistar pela primeira vez o Intercontinental Championship. Daniel Bryan interrompeu a entrevista e os dois tiveram um pequeno “bate boca”.

– Daniel Bryan venceu Sheamus (Meia-Final do Intercontinental Championship Tournament): O main event da noite começou de forma técnica, com Sheamus e Daniel Bryan a mostrarem bastante respeito um pelo outro. Só que como seria de esperar, estes dois lutadores elevaram a agressividade muito rapidamente, com o “American Dragon” a ganhar vantagem nos minutos seguintes.

Porém, Sheamus conseguiu o controlo do combate e utilizou a sua agressividade e strikes poderosos para dominar Daniel Bryan durante vários minutos. Mas com Daniel Bryan já se sabe o que a casa gasta, e o ex-campeão mundial nunca se dá por vencido, tendo conseguido equilibrar o combate para a reta final.

Os minutos finais foram assim repletos de false finishes e até parecia que Sheamus iria vencer quando estava a preparar um Brogue Kick. Foi então que apareceu Jeff Hardy, que tinha sido detido no início do SmackDown, e que distraiu o lutador irlandês.

Isto abriu espaço a Daniel Bryan para acertar o Yes Knee em Sheamus e vencer o combate.

Assim que o combate terminou, Jeff Hardy atacou Sheamus até este ter fugido do ringue.


O que achaste do WWE SmackDown desta semana?

38 Comentários

  1. Éwerton4 meses

    Sheamus,tem que voltar a ser face,e voltar a sua antiga theme.

    • Fabricio4 meses

      Apoio total

    • Sinceramente prefiro mil vezes ver o Sheamus como heel. É mais natural. Sempre o achei um babyface boring.

    • Éwerton4 meses

      Ele como face e muito melhor

    • Facebook Profile photo

      Eu acho que fica bem em ambos.

    • Flávio Jr4 meses

      Concordo com o Bruno, acho que fica bom em ambos, basta lembrar da sua ascenção conquistando o WWE Championship, até naquela histórica rivalidade com o Bryan pelo Word Championshis

    • Éwerton4 meses

      Concordo com você Flávio,aquele Sheamus Hell de 2009-2010,foi foda, já aquele Sheamus Hell de 2015 com aquele visual novo,achei um Hell,chato,e como face ele é muito bom também.

    • Concordo, Éwerton, já está na hora

    • Anónimo4 meses

      Realmente, podia voltar com antiga Theme Song.

  2. duzonraven4 meses

    Mancada da WWE usar o alcoolismo de Jeff como storyline! Apesar disso, fiquei curioso para saber com essa história irá se desenrolar, e obviamente teve aprovação do mesmo para que fosse criada!

    Sasha Banks x Alexa é simplesmente um deleite aos meus olhos, obrigado WWE hahaha. Para os que só saber reclamar da Alexa, o segmento antes do combate foi bem legal e o combate também, ela melhorou bastante dentro do ringue!

    Sonya x Lacey foi surpreendentemente bom, Sonya parece estar encontrando seu caminho na WWE!

    Já o segmento com o Otis foi absurdamente ridículo mas muito engraçado!! E ele vem se dando bem hein!!

    • Flávio Jr4 meses

      Estou de acordo com sua análise, amigo! Não acho muito legal usar uma doença como o alcoolismo para storyline, mas se o próprio autorizou, vamos ver.
      A Alexa melhorou muito mesmo, parece que a WWE não errou em apostar nela.
      Sonya vs Lacey me prendeu totalmente, a WWE tem duas ótima atletas para investir, espero que não as larguem no meio do caminho.
      Em relação ao Otis, tinha esperança que ele perdesse a maleta a pro Ziggler, mas não sei se vai acontecer.

  3. Pessoal, o que é que se passou neste Smackdown?? LOL está tudo maluco, parecia algo tirado da WWF nos anos 90. Foram bastante criativos com o show de hoje, principalmente com o angle do Jeff Hardy. Até o segmento da Mandy e do Otis me deixou parvo. Deve ser o meu episódio favorito do Smackdown em mesmo MUITO tempo.

    – Bem, já vi algumas pessoas algo “ofendidas” no Reddit sobre o segmento entre o Hardy e o Elias, mas não vejo qualquer problema lol. Pelo menos na minha ótica. Há gente que fica ofendida muito facilmente. É provavelmente dos openers mais criativos do Smackdown. Se ficam chateados ou ofendidos porque isto é algo realista em relação aos problemas do Jeff Hardy na vida real, tudo bem. Não vai ser para todos. Prefiro histórias criativas e over the top como estas do que uma promo ou um combate a abrir os shows como 99% das vezes. A WWE tem contado uma “redemption story” do Jeff Hardy desde que este voltou e isto é simplesmente um angle que vai ser desenvolvido ao longo do tempo até “descobrirem” que alguém claramente o tramou. Sim, é algo “edgy”, mas também não é isso que os fãs querem? Principalmente para quem idulatra a Attitude Era.. o mais certo é isto ter sido ideia do próprio Jeff Hardy, mas vamos esperar para ver.

    – O segmento seguinte com vários superstars a tentarem decidir o que fazer em relação ao torneio pelo IC Title também foi bastante interessante e criativo. Sheamus, Bryan, Styles, Ziggler, Corbin, Uso, etc todos eles conseguiram mostrar um bocado as suas personalidades num curto espaço de tempo. Não nos podemos queixar que a WWE não foi criativa com estes dois segmentos.. gostei muito!

    – Boa Battle Royal e uma vitória esperada do Sheamus. Conseguiram também usar este combate para criar uma potencial feud entre o Chad Gable e o Cesaro. Gosto muito. Estes dois juntos têm potencial para terem um combate excelente.

    – Combate decente entre a Lacey e a Sonya. Acho que podem criar aqui uma feud relativamente longa entre elas as duas. A Sonya é claramente alguém que a WWE gosta (ganhou à Mandy 2 vezes e saiu como a clara vencedora da feud) portanto fico contente que lhe continuem a dar histórias. Espero que lhe continuem a dar promos também – está claramente a melhorar semana a semana nesse aspeto.

    – Este foi provavelmente dos melhores “moment of Bliss” que já fizeram. Teve um bom flow, serviu para progredir as duas divisões de tag-team e o título feminino e teve boa comédia. A Bayley continua a ser uma heel excelente e uma amiga horrível para a Sasha lol. Adorei toda esta dinâmica do segmento (e a Nikki é hilariante).

    – O combate entre a Alexa Bliss e a Sasha Banks foi decente, apesar do spotlight ter estado na mesa de comentadores. A Nikki é brutal e o Michael Cole já estava mais para lá do que para cá. O pin da Sasha para a vitória foi bastante inovativo. Fico contente por finalmente vê-la a ganhar um combate.

    – Bom combate entre o Gable e o Cesaro, mas fico triste com o que a WWE está a fazer com o Cesaro. E por amor de deus mudem o nome de Shorty G para Chad Gable outra vez, já mete nojo. Já chega do Shorty G e já chega do Cesaro perder 99% dos seus combates. Façam algo interessante com estes dois. Tanto talento desperdiçado.

    – LOOOOL o segmento da Mandy Rose e do Otis. A WWE esmerou-se para este Smackdown. E logo de seguida uma vignette do Matt Riddle!! Let’s fucking go.

    – Muito bom main-event entre o Sheamus e o Bryan, sempre tiveram grande química juntos. E o Jeff Hardy aparece para custar o combate ao Sheamus! Wow lol, este Smackdown foi qualquer coisa de doidos. Não sabemos o que se passou e porque é que o Jeff foi libertado, mas a WWE acabou o show com um cliffhanger e isso é muito, MUITO raro e deixa-nos curiosos para ver o próximo Smackdown e os próximos desenvolvimentos que esta história leva. Consider me invested.

    Este Smackdown não vai ser para todos (principalmente para aqueles que se sentem ofendidos pelo angle do Hardy), mas simplesmente adorei e espero que continuem a apresentar mais episódios assim. Ideias para quem tramou o Hardy? O Sheamus é o que faz mais sentido visto que está em feud com o Jeff, mas acho que podem ir por outro caminho. A ver vamos, vai ser interessante.

    • Não percebo a malta…pede storylines elaboradas e a atitude era de volta e quando fazem algo mais “edgy” fora do normal reclamam…pessoalmente não sou o maior fã do Jeff mas a história que tem contado tem sido bastante interessante e o que se passou hoje acaba por ser um obstáculo à sua redenção…foi mesmo um Smackdown muito bem feito e interessante de princípio ao fim…agora é manter a qualidade

    • Não é uma maioria, mas sim, há quem sinta que foi “tasteless”. Mas isso é normal, vivemos numa era em que as pessoas se sentem facilmente ofendidas. Provavelmente as mesmas pessoas que dizem “BRING BACK THE ATTITUDE ERA, FUCK PG, WHERE ARE THE EDGY STORIES” mas depois quando a WWE sai um bocado da casca, é o terror. Enfim.

    • Facebook Profile photo

      Concordo com tudo o que ambos disseram. Se é mais “PG” reclamam, puxaram algo fora da caixa, reclamam na mesma. Era pôr a esses que criticam, um sabonete na boca ou uma ratoeira nos dedos para ver se deixam de ser conas se sabão…

    • Leão4 meses

      Estou de acordo com tudo! Um dos meus SmackDown’s favoritos dos últimos tempos! A roçar um conteúdo mais “aguçado”. Muito bom.

    • Facebook Profile photo

      Tenho quase a certeza que quem vai revelar a verdade sobre o acidente do Elias vai ser o Hacker

  4. Smackdown de boa qualidade e bastante entertaining.

    Pontos positivos:
    -Gostei de ver o angle que abriu o show,acho que esta storyline com uma boa coordenação pode levar a algo bom e deixou-me interessado para ver o próximo capítulo.Em relação ao uso dos “personal demons” do Jeff Hardy não vejo mal nisso desde que o envolvido tenha concordado com isso,aliás,não é a primeira vez que a WWE utiliza tal coisa nas suas histórias.

    -Toda a situação em torno do IC title,desde o segmento pós angle,a battle royal e o main event(bom combate),o título foi um dos focos principais do show e isso é algo bastante positivo…ansioso para mais um Bryan vs Styles.

    -Moment of Bliss e combate entre a Bliss e a Sasha,que deram um combate bom e conseguiram construir ali uma feud pelo títulos tag team,nota para a Nikki que estava constantemente a torcer pela Bliss…a conseguir puxar pelo público.

    Momento fun vai para a Mandy Rose e o Otis,teve tanto de parvo como de hilariante,o Otis apesar de não gostar de ver com a mala consegue ser bastante engraçado.

    Pontos negativos:
    -Gostaria de ter visto mais nos matches do Cesaro vs Gable(recuso chamá-lo pelo nome atual) e Lacey vs Sonya,foram matches bastante curtos…no entanto espero ver eventuais rematches no próximo Smackdown

    • O segmento do Otis e da Mandy foi tão.. estranho mas brutal ao mesmo tempo. Nada PG lol. Mas não desgosto, antes pelo contrário até, é das minhas histórias favoritas.

    • Esqueci-me de mencionar o Riddle,a ser apresentado por um dos grandes nomes do wrestling Kurt Angle.
      Não peço que façam já do Riddle um main eventer mas o tratem de forma sensata e sem parvoíces…se tudo correr bem a seu tempo será um dos top guys

  5. Adorei esse episódio. Provavelmente teve uma audiência bastante baixa graças a tudo que está acontecendo nesse momento nos EUA, mas o episodio foi ótimo.
    Esse segmento do Otis com a Mandy foi umas das minhas coisas favorita que a WWE já fez, eu ri bastante.
    Apesar da controvérsia, gostei da aberturado show. Obviamente que o caminho da história irá é de alguém tramou para incriminar o Jeff e não que ele teve uma recaída, então não acho assim tão mal.
    Achei uma boa atitude do New Day e Sasha ao usarem uma faixa em homenagem ao Shad e Hana.

  6. Bom SmackDown, com um opener pouco usual e que só por aí já deixou imensas pessoas (eu incluído) presas ao show de modo a perceber o que se havia passado, bons combates (gostei particularmente de Alexa Bliss vs Sasha Banks e Daniel Bryan vs Sheamus), promos decentes e sobretudo segmentos/angles como o já citado a abrir o programa, o do pessoal todo a falar no backstage sobre o torneio, “A Moment of Bliss” e Mandy Rose & Otis que são fáceis de digerir e interessantes.

  7. Balhote4 meses

    Mais um bom smackdown. O show abriu de forma fantástica na minha opinião com o segmento do “acidente”. Penso que a história foi bem construída desde o acidente à detenção do Jeff Hardy(foi muito interessante pois remonta ao seu passado em que foi várias vezes preso). Penso que o acidente foi causado pelo Sheamus e acho que está é oportunidade ideal para o hacker intervir, pois deve ser ele a revelar as imagens do que realmente aconteceu. Gostei da Battle Royal, todos os lutadores conseguiram ter os seus momentos e a vitória do Sheamus acaba por fazer sentido. Penso que a feud entre Cesaro e Chad Gable ainda nao acabou talvez tenhamos um rematch nas próximas semanas ou um combate entre o nakamura e o Chad. Nesta situação de 2 contra 1 talvez possa estar aqui a primeira aparição do Matt riddle que aparece para equilibrar as coisas e juntar se ao Chad, não sei é só uma hipótese. O único ponto negativo na minha opinião foi não terem desenvolvido a história em torno do universal championship, o que revela que vai ser umcombate so para encher e só espero que nao seja um squash.

    • Balhote, gostei desse teu booking quanto à introdução de Matt Riddle no SmackDown. Seria uma boa ideia para o começarem a integrar na programação de forma regular e dar-lhe destaque progressivo.

    • Concordo era uma boa forma de o apresentar ao público do Smackdown e de certa forma dava visibilidade a uma feud de mid card.

  8. Smackdown muito bom ! Um pouco ao estilo da Attitude Era, gostei mesmo muito deste Smackdown.

    – O segmento do acidente e acusarem o Jeff de conduzir alcoolizado foi uma brilhante ideia de abrir o show, já deixou quem estava a ver colado ao ecrã para ver o que ia acontecer.

    – A Battle Royal foi porreira, acho que todos conseguiram mostrar um bocadinho de si.
    Gostava de ver o Sheamus com a antiga theme song.

    – Estou a gostar da construção da Sonya, tem tudo para ser uma futura campeã.

    – Cesaro vs Gable (recuso-me a o chamar por aquele nome ridículo) pode ser uma feud boa para os dois mas acho que só saem os dois beneficiados caso levem isto mais a nível pessoal, caso contrário ninguém vai querer saber.

    – Até hoje foi a única vez que gostei de ver um segmento com as womans tag team champions, acho que vão reter o título e vai ser mais um angle para preparar o face turn da Sasha.

    – O segmento da Mandy e do Otis foi muito engraçado e que sorte que este Otis está a ter MITB + Mandy Rose, o ano de 2020 está a correr bem para alguém pelo menos ahahah

    – Parece que está confirmado, Matt Riddle vai para o Smackdown, acho cedo para esta mudança mas torço para que tudo corra bem, sou muito fã do Riddle e é alguém que pode chegar muito facilmente ao main event com um booking decente.

    – Bom main event, o Bryan e o Sheamus tem uma boa química em ringue e sem falar que temos futuros desenvolvimentos na feud do Sheamus vs Jeff para o próximo Smackdown, vai ser uma boa feud esta.

    A WWE que continue com shows como este que o público volta a ver mais WWE.

    • André Santos4 meses

      tambm nunca consegui chamar o Chad G

    • André Santos4 meses

      tambem nunca consegui caharma o Chad Gable de Shorty G , para mim sera sempre Chad Gable xd

  9. JPB4 meses

    Não a muito o que dizer, mas esse SmackDown me dwu muito vontade de rever!

  10. Anónimo4 meses

    Espetacular, o melhor SD do ano.

  11. Facebook Profile photo

    Gostei do show. Não vou fazer uma análise mais minuciosa, para não ser chato. Também já tivemos a análise do Pedro Santos em que concordo em absoluto por isso, não perder tempo a analisar o show, combates e segmentos. É só verem o comentário dele. Pelo menos, os pontos de vista dele, são os mesmos que os meus, ou parecidos.

  12. Doughc4 meses

    Showzaço
    Booking perfeito e parabéns para as cameras da wwe que filmam sonhos kkkk
    Tudo já foi dito nos comentários.

  13. Muito bom Smackdown. O segmento inicial foi bastante bom, inclusive com o Braun a aparecer etc. Mas o facto do Jeff ter sido preso e duas horas depois estar novamente nas instalações e não se saber “quem” organizou isto tudo, foi um final menos bom. O show da Alexa e da Cross foi realmente interessante, primeiro com os campeões de tag team do Smackdown e depois com a campeã feminina e a Sasha. Gostei imenso. A Battle Royal foi interessante também. Fiquei xateado com nova derrota do Cesaro. Começa a dar pena um gajo tão bom, estar constantemente a perder.

  14. Flávio Jr4 meses

    Acho que temos uma unanimidade aqui, foi um show excelente! Os amigos resumiram muito bem, não sobrou muito o que dizer, só que faltou o desenvolvimento em torno da disputa do Universal Championship, apesar de não ser a rivalidade ideal, a dupla Miz&Morrison poderiam usar a última handicap match que o Braun disputou para apimentar mais a rivalidade. De resto foi muito bom mesmo!

  15. André Santos4 meses

    o que e que o Cesao esta mesmo a fazer na wwe? 😐

  16. Anónimo4 meses

    Foi um bom Smackdown!

  17. Anonimo4 meses

    O campeao da brand mal apareceu que ridiculo

  18. Jose4 meses

    Tiamo