O Talking Smack regressou durante a passagem da WWE pelo ThunderDome, sendo que foram muitas as vezes que as interacções entre Paul Heyman e os lutadores da brand azul acabaram por ser notícia.

Já depois de Paul Heyman ter sido trocado por Pat McAfee como apresentador do programa, a WWE voltou agora a fazer mais alterações no Talking Smack. Em vez de ser como sempre, onde tínhamos dois apresentadores e os lutadores iam sendo entrevistados, o formato do programa agora foi completamente alterado.

Agora temos Matt Camp e Peter Rosenberg em estúdio fazendo um resumo do programa, enquanto Kayla Braxton faz entrevistadas nos bastidores aos lutadores, o que faz com que o programa seja diferente do que era habitual.

Sendo que o formato clássico do Talking Smack era bastante apreciado, esta alteração é algo que poderá desagradar aos fãs do programa, e pode ser uma questão de tempo até o Talking Smack acabar novamente.


Gostas deste novo formato do Talking Smack ou preferias o formato antigo?

9 Comentários

  1. Carlos manuel2 meses

    Serio, a resposta e que seria melhor Como o de 2016.

  2. Facebook Profile photo

    Concordo, tanto para o Talking Smack e para o Raw Talk, para acrescentar esta troca de formato, o Talking Smack e o Raw Talk voltaram a ficar exclusivos para assinantes da WWE Network.

  3. Eu gostava como era o formato normal. Era das minhas coisas favoritas que acontecia no SmackDown. Uma pena estarem a acabar com algo tão fixe, mas isto já é o normal na WWE.

  4. Ou seja,mexeram no que estava bom e acabaram por estragar.
    Clássico…

  5. Anónimo2 meses

    Deviam ter mantido como estava.

  6. Estava tão bom como antes..

  7. Khongolo2 meses

    Estava bem antes