Os Young Bucks são uma das melhores Tag Teams do mundo, como foi provado no seu combate no AEW Full Gear, em que conquistaram os AEW World Tag Team Championships contra os FTR.

Em entrevista ao podcast The Walkway to Fight Club, os Young Bucks afirmaram que ninguém se vai lembrar da história antes do embate, por causa da qualidade do combate que tiveram.

Eu penso que as pessoas só se vão lembrar do combate, pela “carta de amor” que esse combate foi ao Tag Team Wrestling.

A história antes do combate poderia ter durado um pouco mais, há pessoas que dizem que as coisas foram algo apressadas. Penso que no futuro ninguém se vai lembrar da história. Na minha opinião, as pessoas só se vão lembrar do combate.

Por exemplo, toda a gente só se lembra do combate entre Hulk Hogan e The Rock, mas ninguém se lembra que antes do combate, o Hulk Hogan tentou atropelar o The Rock com um camião. As pessoas só se lembram do combate.

Penso que o nosso combate contra os FTR vai ser a mesma coisa.

Noutra entrevista, desta vez ao Fightful, os Young Bucks falaram sobre a possibilidade de terem assinado pela WWE, tendo dito que rejeitaram propostas da empresa de Vince McMahon pelo menos 4 ou 5 vezes, tendo também dito que Kenny Omega esteve bastante perto de assinar pela empresa.

Nesta entrevista, os Young Bucks fizeram grandes elogios a Triple H pela forma como negociou com eles, mas que no final do dia, não estavam convencidos de que a WWE era o melhor destino para eles.


Pensas que os Young Bucks têm razão quando dizem que no futuro ninguém se vai lembrar da história, mas somente do combate contra os FTR?

9 Comentários

  1. L26MC2 meses

    Eu nem do combate vou lembrar.
    A AEW, salta muito depressa as suas rivalidades como se nada fosse. Acho que deviam trabalhar melhor nas rivalidades longas, por norma duram 1 combate ou 1 PPV, para terminar.

    • Simao_P12 meses

      Estás errado, o que a AEW faz é long-term storytelling eles fazem um combate de rivalodade em ppv e deixam isso em stand by para continuar a história mais tarde e o qie vai acontecer com o cody e o mjf até umas semanas atrás o cody mencionou que queria ir atrás do MJF mas foi interrompido pela team Taz. A AEW não cria histórias lineares e creio que isso e bastante mais interessante que na WWE.

      A AEW vai voltar a contar a história dos FTR contra bucks mas ainda é cedo para voltar a fazer outro combate….

    • Anónimo2 meses

      Então nunca deves ter visto a NJPW… a isto chama-se “long-term storytelling” tal como o Simao_P1 referiu e não acontece coisas como ter Seth Rollins vs Baron Corbin em 3 PPV’s seguidos, já para nem falar do facto que a AEW tem apenas 4 PPV’s por ano o que torna as coisas bem melhores, a fazer alguma alteração só de passassem de 4 para 6 por ano, mais que isso já chega a ser ridículo e deixa de tornar os eventos em algo especial.

    • L26MC2 meses

      A WWE não faz isso? Que eu saiba muitos dos lutadores que já rivalizaram ao longo dos anos, vão buscar para as suas promos coisas do passado, entre eles.
      O Cody entre essa rivalidade com a Team Tazz, também já teve numa rivalidade intensa com o Broodie Lee…

    • Simao_P12 meses

      De longo termo a wwe não faz essas rivalidades, e que sejam com sentido, a ultima vez que a wwe fez algo parecido foi com o cena e o rock talvez, com o bryan na wm xxx (e este nem sequer era o plano original)….

    • L26MC2 meses

      Edge e Orton, ainda à pouco tempo rivalizaram e já sabemos que vão rivalizar novamente e continuar a história entre ambos, na qual também falam bastante do passado.
      Bray e Strowman, também tiveram uma rivalidade, pelo título e abordavam o passado… devo ser eu que secalhar não estou a perceber o contexto da coisa.
      A questão não é o histórial das rivalidades ou os combates em si, o grande problema é saberem contar as histórias e fazerem bons segmentos.

  2. Anónimo2 meses

    Podem se lembrar mais do combate, mas da história também se lembram, a menos que não estivesse a prestar muita atenção a isso.

  3. Dani Fixe2 meses

    Não quero saber. Só quero saber quando voltam a lutar. Foi muito bom!