Frank casino

Matt Cardona, nome verdadeiro de Zack Ryder, chegou à All Elite Wrestling há algumas semanas para se aliar a Cody na luta contra a Dark Order. Só que o lutador despedido da WWE em Abril ausentou-se por umas semanas e o seu amigo perdeu o TNT Championship na semana passada.

Entretanto, Zack Ryder voltou a estar presente no Dynamite desta quarta-feira, novamente para fazer frente ao grupo liderado pelo atual TNT Champion Brodie Lee. Marcado para o All Out está já um Eight-Man Tag Team Match, entre a Dark Order e a apelidada Nightmare Family.

Depois disso, Matt Cardona falou de vários assuntos no seu podcast, Major Wrestling Figure, e afirmou que odeia o termo “jobber”, dizendo que apenas os fãs o utilizam. Isto para defender-se de quem afirma que ele na WWE não passava disso mesmo, um lutador que só perdia combates.

Eu odeio o termo “jobber” e quando alguém o usa. Odeio isso. Um “jobber” para mim é Duane Gill antes de ser Gillberg. Isso é um jobber. Se estás na televisão, não és um jobber. Ganhes, percas ou empates, não és um jobber.

Eu odeio os marks da internet que usam esse termo. Não é uma palavra real. Eu estive na WWE muito tempo e acho que ninguém chamou ninguém de “jobber”. É algo externo à empresa.

Ninguém está tipo: “Hey Hawkins, já perdeste 100 vezes seguidas, és um jobber!”.

Acho que as pessoas usam [o termo “jobber”] incorretamente. [Os lutadores] não o usam. São as pessoas da internet e as pessoas que pensam que são inteligentes que usam isso, e isso irrita-me.


Concordas com estas declarações de Zack Ryder sobre o termo “jobber”?

11 Comentários

  1. The Dark Evil3 semanas

    Mimimi dele

  2. Traumas do passado

  3. É o que é,se alguém faz essa função é um jobber…que raio de ódio que o Cardona tem

  4. lol3 semanas

    tal como a vida real muito fã e acéfalo

  5. Isto é exatamente o que um jobber diria…

  6. Surf3 semanas

    sim chora aí agora, nunca passaste disso por isso odeias

  7. The big dog3 semanas

    Deve ser pq ele foi um ksksksks

  8. Anónimo3 semanas

    Quer goste quer não, quem está sempre a perder é visto como jobber. Penso que ele não gosta muito do termo, por ser aplicado a ele.