10 – O “Eater of Worlds” come o seu primeiro

Claro que se deve considerar, de imediato, que ao falarmos dos grandes momentos, o centro tem que ser mesmo aquele momento em si e não estarmos a pensar no que se seguiu. Sim, Bray Wyatt vencer o seu primeiro WWE Championship foi um grande momento, mas não podemos deixar de nos lembrar que o seu reinado e feud de Wrestlemania foi muitos tipos de “lackluster.”

Foi no evento de 2017 e John Cena era o WWE Champion, naquele que seria o seu último reinado com esse cinto até então. Já aí temos um grande momento de levantar da cadeira, ao vermos o Campeão, e logo o Cena, a ser eliminado sem chegar sequer a finalista. Por Bray Wyatt. Se não ganhasse era realmente um desperdício, mas ainda tinha um grande desafio pela frente. O homem a quem Cena tirara o cinto e que devia estar com uma tremenda fome por esse ouro novamente: AJ Styles. Wyatt realmente sai por cima, vence a Chamber, e começa o seu caminho em direcção à Wrestlemania como WWE Champion. Após anos de subutilização e de fraca capitalização nos seus dotes e potencial, Bray chegava finalmente ao topo e com uma grande vitória.

No registo fica impecável – e ele ainda viria a ter o Universal Championship por duas vezes, já com a sua infame nova gimmick, para ampliar o seu currículo – mas por acaso já na altura era possível ver-se defeitos nesta vitória. Wyatt ganhou o título, sim, mas não teve grande construção em direcção a esse topo, foi uma subida repentina do midcard conturbado com feuds das qual saía regularmente por baixo, para o topo. E que, mesmo assim, foi previsível, devido a ter um parceiro que acabara de vencer a Royal Rumble e havia aí uma feud fácil de fazer. Tão fácil que ainda dura até hoje, ou melhor, foi retomada, com muito mais fogo. Literalmente. Bray realmente perdia o título para Randy Orton na Wrestlemania, tirando muito brilho a este seu grande momento. Mas não se lhe deve tirar o tal grande momento, ainda para mais com um combate de qualidade inegável que foi aquela Chamber que venceu.

5 Comentários

  1. El Cuebro4 meses

    Primeiro de tudo um bom artigo, e olhando esses momentos mostra como o evento é grande mesmo, no mais uma pena que a vitória da Shayna não se concretizou na Mania depois e poderia ter sido a grande vez do Mustafa Ali também!
    OBS.: nada contra a KofiMania, foi somente um comentário, o Kofi mereceu muito também!

  2. Faltou aí aquela mítica chamber com o Santino Marella a dar show ahaha

  3. Anónimo4 meses

    Bom artigo.

  4. Brock4 meses

    Como é que aquela eliminação chocante do John Cena em 2009 não está aqui? É sem dúvida a eliminação mais chocante de sempre. O homem entra em último lugar e era o atual campeão mundial e é eliminado em 2 minutos.

  5. Bom artigo como sempre!