É seguro dizer que a ida da WWE à Escócia no fim-de-semana passado foi um êxito, e não só por causa do Clash at the Castle, o SmackDown também conseguiu encher o OVO Hydro.

Para quem não sabe, o programa da blue brand decorreu durante o jogo da Escócia contra a Alemanha para o Euro 2024, e para qualquer outro espetáculo, isto é a pior coisa que pode acontecer. Toda a gente vai querer apoiar a sua nação numa das maiores competições do mundo.

Eu acreditava que o Clash at the Castle iria estar esgotado, mas nunca pensei que conseguissem o mesmo com o SmackDown, e a verdade é que encheram ambas as noites. Isto mostra que quando a WWE vai a um país, atrai multidões, e que nada afeta os seus eventos, o que prova o seu poder como uma marca de valor.

A nível financeiro, foi mais um sucesso para companhia, mas será que também foi para os fãs? Acho que conseguiu ser mais um premium live event bem entregue pela companhia, e as cinco coisas que vou falar nesta lista são prova disso.

4 Comentários

  1. Joe1 mês

    Onde McIntyre foi enterrado ? Só no final desta feud é que podemos ver .se ele ficar por baixo na rivalidade, sem dúvida estará mais que enterrado,punk não precisa sair desta rivalidade por cima

  2. og1 mês

    pq nunca consegue ter o titulo””” nesta companhia e impossivel perder se titulos menos ele. q piada tem o boneco do priest ser o n2 da wwe? e bom q perca no mib.

  3. Tosse1 mês

    Sim,o choro dos marks no final do main event…que delícia

  4. O bias deste gajo é ridículo. Fartou-se de criticar o DoN mas diz que este evento qu esteve repleto de botches e combates razoáveis foi um bom show. Duarte, devias mudar o nome para Talent Name como o Cody Rhodes.