A AEW transmitiu esta quarta-feira mais uma edição do Dynamite no canal TBS, a partir do Footprint Center em Phoenix, Arizona, rumo ao Revolution de 3 de Março.

Resultados

– “Hangman” Adam Page vs Swerve Strickland (Empate por Tempo Limite) (AEW World Championship Nº1 Contender’s Match)
– AEW Women’s World Champion Toni Storm venceu Red Velvet (Non-Title Match)
Blackpool Combat Club (Bryan Danielson, Jon Moxley & Claudio Castagnoli) venceram Hechicero, Volador Jr. & Mascara Dorada
Konosuke Takeshita venceu Chris Jericho
– Sting & Darby Allin venceram AEW World Tag Team Champions Ricky Starks & Big Bill

Vídeos

Watch Wrestling

Report

Em destaque neste Dynamite tivemos um Nº1 Contender’s Match ao AEW World Championship, e ainda um AEW World Tag Team Championship Match entre os campeões Ricky Starks & Big Bill e a dupla de Sting & Darby Allin.

16 Comentários

  1. Alexandre3 semanas

    Dynamite EXCEPCIONAL, um show 10/10. AEW semana após semana mostra porquê é a melhor companhia de wrestling do mundo. Tem outras por aí que deveriam remover a palavra “wrestling” do nome pq são companhias puramente midiáticas e não companhias de wrestling.

    • Arn3 semanas

      Ina bem, calma. Em 2024 as coisas têm sido melhores, mas calma.

    • Rooben3 semanas

      Tambem achei o show desta semana excelente , mas dou apenas um 9/10
      A razão disso é o anúncio de Tony Khan
      Anuncia que vai fazer um anúncio e apenas é para dizer que vai fazer um show em Boston ?
      Use o Instagram para isso
      Scott D’Amore para booker já ontem

    • lol3 semanas

      Anuncia um anuncio a anunciar Mercedes Moné. Foi mais isto.

      Quanto ao ep: Jericho, goty, vai descansar. O combate foi ok, mas prefiro ver te a lutar sempre bem.

  2. Cebola3 semanas

    Muito bom show!!!

  3. Muito bom! Collision vai ter que se esforçar muito dessa vez pra ser o melhor da semana 👏👏👏

  4. Mikas3 semanas

    Um Show recheado de storylines, parece mentira.

  5. Brooo3 semanas

    O grande anúncio 🤣🤣🤣

  6. Uau.. Sting, Christian e Samoa Joe campeões. A Dixie Cater estava, de facto, muito à frente do seu tempo.

    • g7863 semanas

      Mas qual problema dos 3 serem campeões? Agora só wrestlers com menos de 30 anos podem ser campeões?

      Os 3 são ótimos wrestlers e fazem um trabalho excelente na AEW, o Christian mesmo passou o primeiro semestre de 2023, perdendo feuds para engrandecer o Jack Perry e o Wardlow, os wrestlers com idade mais avançada tem todo o direito de terem reinados também.

      Fica tranquilo, a AEW já teve vários campeões jovens, e vai continuar tendo vários outros no futuro.

      Tenha um bom dia.

    • Mikas3 semanas

      Com menos de 40 😀

    • Amigo, mas onde é que eu disse que havia um problema?

      Constatei um facto e disse que a Dixie estava à frente do seu tempo porque não deixa de ser interessante o facto de lutadores que estavam no prime há 15 anos na sua empresa, serem hoje campeões numa empresa main stream.

      Eu não tenho problema nenhum com isto, muito pelo contrário, prefiro ver um destes 3 a campeão do que alguém com quem não esteja familiarizado.

      Vocês estão tão habituados à malícia que existe nas redes sociais que levam tudo para essa zona. Tira a pica comentar, sinceramente

    • Bem percebido.

  7. Anónimo3 semanas

    Destaco o combate inicial.

  8. Estamos a chegar a um ponto óbvio onde Adam Page e Swerve Strickland no ring é magia garantida! Depois de 2 combates incríveis, onde se incluiu um dos melhores da história, os 2 voltam a entregar com um sensacional combate, que adiciona intriga à sua feud. Será que o Hangman virou heel? Um possível double turn? A atitude de cada um deles certamente indicou algo desse género. A triple threat no Revolution vai ser brutal, recomendo a verem o opener deste Dynamite! De seguida, Red Velvet vs Toni Storm cumpriu a sua função, com ambas as mulheres a terem o seu destaque e a Toni Storm a brilhar, novamente. Blackpool Combat Club vs Team CMLL seguiu-se e achei um ótimo combate, com um bom público, que exibiu bem os lutadores da promotora mexicana. Aumentou-se o build para um Team AEW vs Team CMLL no futuro. Pouco depois, Chris Jericho vs Takeshita. O Takeshita venceu num bom combate, certamente a decisão correta… o que não foi a decisão correta é a forma como venceu! Devia ter ganho limpo, porque é que o Don Callis ajudou? É para terem uma razão para continuar esta feud exausta? Metam o Takeshita a lutar por um singles title, raios! Chegamos ao main event onde pá, é surreal. Quantos anos tem o Sting? E o homem ainda faz dives daqueles, que lutador (doido) absolutamente incrível. De elogiar o Big Bill neste combate, grande exibição. Aqueles momentos onde ele começava a dançar para receber as vaias divertiram-me imenso. E de elogiar também o ataque dos Young Bucks pós combate, excelente forma de conseguir enorme heat! Em geral, achei isto um bom episódio de Dynamite.

  9. Apontamentos gerais sobre a AEW atual…

    Essa 3 Way vai ser brutal, não apenas a luta, mas também a construção pode ser fantástica. Vem double turn!

    Cadê a Julia Hart? Não vai lutar no Revolution? Enfim.

    UK era suposto ser a stable do momento, e é apenas isso que fazem? Em termos te wrestling eu prefiro a 3 Way pelo World Title, mas em termos de storyline, por que não adicionar o Wardlow aqui? Afinal eles tem negócios com o Joe, atacaram o Page e querem o AEW Title.

    Por falar em falta de destaque, Bang Bang Scissor Gang se uniram para que? Não foi pra enfrentar os UK? Por mais que goste das interações deles, onde está a sede de vingança? Já esqueceram?

    Purrazzo vs Storm pode roubar o show, só não quero que a Deonna vire uma Taya caso perca a luta.

    Novamente, saudades Britt e Rayter. O Tony pode preparar algo bem feito, por que quando todas estiverem reunidas com a Mone, como não lhes dar tempo de tela?

    CMLL vs AEW. Honestamente? Não muito interessado. O Bryan poderia estar sendo usado para algo muito melhor no Revolution.

    Perdão, Y2J… sei da sua importância, mas não aguento mais. Ser um perdedor constante não valoriza ninguém!

    E o pior, o Tony não aproveita o momentum das suas estrelas, jogou várias vezes fora o Hobbs, está deixando de lado o Hook sendo que este teve seu maior momento. É só observar como fez direitinho com o Swerve.

    Miro?

    Acho bom esse ser o ano da House of Black, melhores personagens dessa empresa atualmente.

    Parabéns aos envolvidos no ME e no segmento final, está valendo a pena totalmente pra mim.