Depois do Revolution do passado domingo, a All Elite Wrestling transmitiu esta quarta-feira, a partir do Daily’s Place em Jacksonville, Flórida, mais uma edição do Dynamite no canal TNT, em concorrência com o WWE NXT.

O AEW Dynamite é transmitido na FITE TV. Subscreve aqui!

Resultados

– Rey Fenix venceu AEW World Tag Team Champion Matt Jackson
– Cody Rhodes venceu Seth Gargis
– Ethan Page venceu Lee Johnson
– AEW Women’s World Champion Hikaru Shida, Ryo Mizunami & Thunder Rosa venceram Britt Baker, Maki Itoh & Nyla Rose
– TNT Champion Darby Allin venceu Scorpio Sky

Vídeos

Watch Wrestling

Report

– Rey Fenix venceu AEW World Tag Team Champion Matt Jackson: O combate entre Matt Jackson e Rey Fenix começou de forma técnica, mas rapidamente os dois lutadores começaram a acelerar como seria de esperar e acabou por ser o lutador mascarado a levar a melhor nos primeiros momentos.

Ainda assim e com o passar dos minutos, Matt Jackson virou o ímpeto a seu favor e conseguiu controlar este opener durante algum tempo. No entanto, Rey Fenix voltou a equilibrar e voltámos a ter um combate bem mais técnico e agressivo, em especial com Matt Jackson a usar o Sharpshooter sempre que podia, na tentativa de fazer o luchador desistir. No final e depois de alguns contra ataques, Rey Fenix com um Tombstone Piledriver conseguiu o pin e venceu este combate de abertura.

A seguir tivemos Jon Moxley e Eddie Kingston, com este último a dizer que no Revolution procurou defender o seu amigo e que desmaiou por ansiedade, porque pensava que ia haver uma grande explosão e que os dois se podiam-se magoar, mas que felizmente não foi isso que aconteceu. Os dois lutadores gozaram então com a suposta explosão que ia acontecer e que deve ter sido uma bomba paga pelo Impact Wrestling.

No final, Jon Moxley revelou que pode não ter ganho o AEW World Championship, mas reconquistou um amigo para voltar a beber uns copos, tendo os dois então deixado o aviso a Kenny Omega e aos Good Brothers, que se eles pensam em apontar uma arma, convêm usá-la.

– Cody Rhodes venceu Seth Gargis: Cody não mostrou problemas e com o Figure 4-Leg Lock venceu este combate contra Seth Gargis.

Já depois do combate, Cody Rhodes ia ser entrevistado, mas foi interrompido por Penta El Zero Miedo, que usou um tradutor e disse que se Cody Rhodes é o “Príncipe do Pro Wrestling”, então ele é o “Lord da Lucha Libre” e que quando se enfrentarem ele vai destruir o braço do “American Nightmare” de tal forma que este não vai conseguir pegar na sua bebé. Esta frase fez Cody Rhodes sair disparado em direção ao lutador mascarado e a brawl que foi parada por vários lutadores.

De seguida, Orange Cassidy & Chuck Taylor estavam numa arcada e desafiaram Miro & Kip Sabian para mais um combate, em que várias máquinas de jogos estarão à volta do ringue.

A seguir tivemos Tony Schiavone a entrevistar Sting e este falou do TNT Champion Darby Allin e antes que pudesse concluir, foi interrompido por Lance Archer. Este disse que não precisa de vencer um Ladder Match para ser a cara da revolução e que se não lhe derem o que querem, ele vai tirar mais do que tempo a quem o incomodar.

– Ethan Page venceu Lee Johnson: O “All Ego” entrou de forma bastante dominante e controlou Lee Johnson durante vários minutos, mas este mostrou uma grande vontade de vencer e conseguiu ter algum ímpeto, mas Ethan Page nunca perdeu controlo da situação. No final, o Ego’s Edge foi o suficiente para a vitória.

Assim que o combate terminou, Ethan Page continuou a atacar Lee Johnson, mas QT Marshall nada fez e o ataque só terminou quando Dustin Rhodes chegou.

Em seguida vimos imagens de “Hangman” Adam Page a festejar o facto de agora ter ganho o dinheiro de Matt Hardy e o cowboy explicou que comprou 6 garrafas de whiskey, deu algum dinheiro para ajudar a educação na cidade de Jacksonville e ainda comprou um novo corta-relva. O segmento terminou com “Hangman” Adam Page e os lutadores da Dark Order a saírem de cena para ir comer gelados.

Quando parecia que Christian Cage ia ser entrevistado, tivemos o AEW World Champion Kenny Omega a interromper esta entrevista ainda antes dela sequer começar, sendo que o campeão veio acompanhado por Don Callis e pelos Impact Wrestling World Tag Team Champions The Good Brothers.

manager começou por dizer que eles é que mandam na All Elite Wrestling e que eles tiraram o que as pessoas e Tony Khan queriam, que era uma grande explosão, mas que ainda assim eles ganharam, porque no final da noite fizeram Jon Moxley e Eddie Kingston parecerem estúpidos.

Depois de vários minutos de conversa, Eddie Kingston veio ao ringue e continuaram a gozar com o “Mad King”, ao ponto de terem feito uma contagem em que Don Callis se deitou em cima de Kenny Omega. Depois de várias provocações, Eddie Kingston atacou Kenny Omega, mas os Good Brothers atacaram-no, isto até Jon Moxley vir em auxílio do seu amigo.

No entanto, o segmento não tinha terminado, pois Christian Cage apareceu em ringue e depois de uma troca de palavras com Kenny Omega, este tentou atacá-lo, mas acabou quase por sofrer um Unprettier, mas Don Callis não permitiu. O segmento terminou com Christian Cage a pegar no AEW World Championship.

– AEW Women’s World Champion Hikaru Shida, Ryo Mizunami & Thunder Rosa venceram Britt Baker, Maki Itoh & Nyla Rose: Ainda antes deste Six-Woman Tag Team Match começar, Maki Itoh fez a sua entrada e estava a cantar como sempre, mas Hikaru Shida, Ryo Mizunami & Thunder Rosa saíram disparadas para atacar as suas adversárias, mas isso não impediu Maki Itoh de acabar a sua música, num momento surreal.

Mesmo assim, no meio desta confusão, Britt Baker e Nyla Rose conseguiram isolar Thunder Rosa e dominaram por vários minutos. Quando esta fez o tag, Ryo Mizunami e Hikaru Shida viraram o combate do avesso e este combate tornou-se uma confusão tremenda. Depois de várias quase vitórias, Thunder Rosa conseguiu apanhar Maki Itoh e com um golpe poderoso venceu este Six-Woman Tag Team Match.

Assim que o combate terminou, Britt Baker atacou Thunder Rosa com uma muleta.

A seguir tivemos imagens num bar de Matt Hardy a falar com os Private Party e “Big Money Matt” anunciou que The Butcher, The Blade e The Bunny assinaram com ele e agora vão todos juntos destruir a Dark Order.

– TNT Champion Darby Allin venceu Scorpio Sky: O combate pelo TNT Championship abriu de forma técnica, com o campeão a entrar melhor nesta contenda, mas uma lesão no seu tornozelo abriu espaço para que Scorpio Sky controlasse o title match durante bastante tempo.

Ainda assim, a vontade de vencer de Darby Allin já é mais que conhecida e o campeão manteve-se na luta, sendo que usou a sua velocidade para equilibrar este confronto. As false finishes foram-se acumulando, em especial quando Scorpio Sky contra atacou o Coffin Drop com uma Powerbomb. No final, Scorpio Sky ia aplicar o seu TKO, mas Darby Allin com um small package venceu o combate e reteve o seu título.

Depois do combate, parecia que os dois iam-se cumprimentar, mas Scorpio Sky atacou Darby Allin e aplicou o heel hook para tentar lesionar ainda mais o tornozelo do TNT Champion.

O segmento final da AEW foi o “conselho de guerra” do Inner Circle e Chris Jericho começou por admitir que o grupo tem sofrido um pequeno declínio nas últimas semanas e que tudo pode mudar, até pode haver o anúncio de um novo membro.

MJF não gostou da ideia, mas foi interrompido pelo regresso de Sammy Guevara e este pediu para mostrar umas imagens que tem e foi então que vimos MJF a falar com Santana, Ortiz e Jake Hager a dizer que vai ter de se cortar a cabeça da cobra, ou seja, despachar Chris Jericho do grupo.

Quando parecia que Santana, Ortiz e Jake Hager iam atacar Chris Jericho e Sammy Guevara, o Inner Circle original voltou-se contra MJF, que teve de se deitar no chão quase a chorar para não ser atacado.

MJF disse então que ele nunca quis o Inner Circle de Chris Jericho, porque estava a construir o seu grupo. As luzes apagaram-se e quando se voltaram a acender tínhamos os Wardlow, os FTR, Shawn Spears e Tully Blanchard no ringue e este novo grupo atacou os Inner Circle de forma bastante violenta.

O ataque terminou com Chris Jericho a sangrar e nos momentos finais tivemos Wardlow a aplicar uma Powerbomb através de várias mesas, a partir do palco deste Dynamite. MJF lidera agora uma nova facção!


O que achaste desta edição do AEW Dynamite ?

16 Comentários

  1. no more words1 mês

    AEW is the best
    AEW number one

  2. Ethan hunter é incrível man, merecia um oponente mais relevante para sua estreia

  3. Eita que o idoso já chegou confrontando um dos melhores, nossaaaa

  4. Victor WWE1 mês

    Esse Dynamite foi espetacular, gostei da face turn do Eddie Kingston e o Christian atacando o Kenny Omega espero que os dois tenham um combate, também foi cruel o ataque da nova facção do MJF e ainda o Inner Circle se tornando babyface essa nova rivalidade tem tudo pra ser ótima.

  5. Litos1 mês

    CHRISTIAN E OMEGA QUE HYPE

  6. Rooben1 mês

    Ai esta o 4 membro dos novos 4Horsemen.
    Excelente show e grande final .
    Desiludido com o Christian.
    Nao tem expressões, esperava mais dele

  7. Dani Fixe1 mês

    Estiveram bem nas justificações da falha de explosão. Quanto à feud entre Omega e Cage, não aquece nem arrefece.

  8. Grande show bastante dinâmico. Só acho que estão a criar stables a mais

  9. Facebook Profile photo

    Será que eles pretendem fazer aquele Blood and Guts que não conseguiram fazer no ano passado, com esta nova stable do MJF vs Inner Circle??

  10. L26MC1 mês

    Incrível, parece que estamos a viver uma nova Era na AEW. Tudo neste Dynamite foi bem trabalhado.

    • Completamente de acordo! Foi um excelente episódio, desde um opener muito bom a um combate pelo título TNT bem porreiro que teve um heel turn “necessário” no final e um main event angle fantástico. Isto sem falar em novas rivalidades que começaram… O AEW Dynamite está em grande desde o final de 2020, a meu ver.

  11. Que show pos PPV fantastico.
    Destaques:
    -Segmento final espetacular,desde Sammy a aparecer,tease de turn do IC no Jericho à revelaçao da stable do MJF.Tudo nesta historia tem sido bem apresentado e o meu hype para esta historia esta la em cima.
    -Pelos vistos teremos feud entre o Archer e o Sting.
    -Bom match entre Sky e Darby,e esta nova atitude dele deixa-me interessado para ver o que se segue para ele.
    -Match muito fixe entre o Fenix e o Matt Jackson
    -Boa promo do King e do Mox.

    Notas para as estreias da Itoh e do Ethan Page

  12. Anónimo1 mês

    Bons desenvolvimentos a volta do MJF e Jericho.

  13. Ual, que diferença entre essa edição do Dynamite para anterior, foi realmente muito bom mesmo!

    Rey Fenix venceu AEW World Tag Team Champion Matt Jackson
    Já começamos com um opener sensacional, talvez a match of the nigth (em dúvida entre essa e o TNT Championship). O Matt é bem decente em singles match, mas o Fenix é de outro mundo mesmo, embora eu achei os Lucha Bros uma das melhores Tags do mundo, espero mesmo que “Death Triangle” tire os títulos dos YB.

    – Cody Rhodes venceu Seth Gargis
    Acho que esse match foi mais pra maquiar a derrota do Cody no Revolution e dar start a feud com o Penta, que por sua vez não entendo o porque dessa run solo, mas acho muito talentoso e carismático, vai se sair bem.

    – Ethan Page venceu Lee Johnson
    Boa vitória do Ethan, o adversário poderia ter sido melhor, mas entendo também que vão o construir para mais pra frente ir atrás de títulos.

    – AEW Women’s World Champion Hikaru Shida, Ryo Mizunami & Thunder Rosa venceram Britt Baker, Maki Itoh & Nyla Rose
    O que foi aqueles golpes com microfone da Maki na Hikaru? Ela tava atacando uma adversária ou fazendo cafuné? HAHAHAHAHAHAH
    Ok, tendo em vista as limitações da maioria, achei uma boa match.

    – TNT Champion Darby Allin venceu Scorpio Sky
    Ainda em dúvida se essa ou o opener, mas gostei muito, ambos são excelentes em ring e já havia até citado, o que faltava no Skorpio era atitude e uma personagem menos genérica, parece que com essa turn, é o que ele irá ter daqui pra frente.

    E que Main Event brutal foi esse? Fiquei muito empolgado com o desenrolar da história, o MJF com tão pouca idade, é um heel espetacular mesmo. Ansioso para ver o que sai daí, com certeza será coisa boa.

    Christian Cage pelo AEW World Championship? Olha, ainda é um pouco cedo para falar, mas se o combate sair mesmo, com certeza será de nível 5 estrelas. Embora eu ache que o Kenny tenha que perder pra alguém de credibilidade, também acho um pouco cedo pro Cage chegar e já levar o ouro assim, sendo que existem vários outros talentos a serem elevados nesse patamar, mas foi que nem eu disse, ainda é cedo, se sair a feud mesmo, vamos curtir e vem o que vem por aí.