Depois do Full Gear do último sábado, a AEW transmitiu esta quarta-feira mais uma edição do Dynamite no canal TNT, a partir da Chartway Arena em Norfolk, Virgínia.

O AEW Dynamite é transmitido na FITE TV. Subscreve aqui!

Resultados

– Bryan Danielson venceu Evil Uno
– Orange Cassidy & Tomohiro Ishii venceram The Butcher & The Blade
– Nyla Rose venceu Hikaru Shida (Quartos-de-Final do TBS Women’s Championship Tournament)
– Dante Martin & Lio Rush venceram The Acclaimed (Anthony Bowens & Max Caster)
– TNT Champion Sammy Guevara venceu Jay Lethal

Vídeos

Watch Wrestling

Report

Depois de revermos algumas imagens do Full Gear, tivemos a The Elite nos bastidores e Kenny Omega explicou que tem coisas para resolver e que não pode fazer isso na AEW, e que pede para eles “segurarem o forte”. Adam Cole disse que o faria, mas Kenny Omega explicou que estava a pedir isso aos Young Bucks, o que causou um pouco de confusão entre o grupo.

No ringue, a Dark Order apresentou o novo AEW World Champion “Hangman” Adam Page e este explicou que até costuma ser uma pessoa envergonhada, mas que agora é o campeão e se os fãs quiserem ele vai celebrar o National Cowboy Sh!t Day no ringue.

Quando “Hangman” Adam Page ia falar do seu próximo adversário, Bryan Danielson apareceu e primeiro deu os parabéns ao novo campeão, mas depois disse que tem pena que Kenny Omega não seja o campeão. “Hangman” Page respondeu dizendo que venceu Kenny Omega em menos de 30 minutos, ao contrário dele.

O candidato principal irritou-se e afirmou que Cowboy Sh!t pelos vistos é só falar e não lutar, pois ele luta todas as semanas e “Hangman” Page não. Os insultos foram subindo, em especial com Bryan Danielson a dizer que não quer que o “Cowboy” tenha uma desculpa quando perder, e o segmento terminou com a Dark Oder a não deixar os dois novos rivais lutarem, apesar de ser isso que o público queria ver.

– Bryan Danielson venceu Evil Uno: Bryan Danielson entrou de forma bastante agressiva, algo que Evil Uno tentou equilibrar, mas quando o “American Dragon” está na zona é quase impossível que isso aconteça.

Ainda assim, o lutador da Dark Order deu alguma luta, mas no final Bryan Danielson acertou a sua Busaiku Knee, tendo decidido acertar vários pontapés na cabeça de Evil Uno, antes de aplicar o Triangle Choke e vencer este opener.

Assim que o combate terminou, Bryan Danielson explicou que a forma como “Hangman” Page se comportou foi o que fez com que ele tivesse pontapeado a cabeça de Evil Uno, e prometeu destruir todos os elementos da Dark Order até lutar contra o AEW World Champion. O “American Dragon” fechou esta promo desafiando Colt Cabana para um combate no próximo Dynamite, em Chicago.

A seguir tivemos imagens dos bastidores do Full Gear e uma promo de MJF irritado por as pessoas acharem que ele não sabe lutar, e que ele provou que todos estão errados e que veremos o que está no seu futuro.

Nos bastidores íamos ter uma entrevista a Eddie Kingston, mas este foi logo interrompido pelos 2Point0 e Daniel Garcia. O “Mad King” não estava com paciência para os ouvir e explicou que nem está para olhar para os 2Point0, mas que Daniel Garcia se quiser lutar, basta dizer.

– Orange Cassidy & Tomohiro Ishii venceram The Butcher & The Blade: A pouco ortodoxa dupla de Orange Cassidy & Tomohiro Ishii entrou melhor neste embate, mas a maior química de equipa de The Butcher & The Blade fez com que estes ficassem no controlo. Orange Cassidy conseguiu aguentar a ofensiva dos seus adversários e fez o tag a Tomohiro Ishii, que entrou com tudo e decidido a virar o combate do avesso.

Os últimos minutos foram extremamente confusos, como é habitual nos combates da Hardy Familly Office, mas Tomohiro Ishii não veio à AEW para perder e depois do seu Brainbuster em The Blade venceu este embate.

Nos bastidores, Andrade El Idolo e os FTR (Cash Wheeler & Dax Harwood) foram entrevistados e os três estavam irritados com as suas derrotas no Full Gear, e explicaram que vão falar com Malakai Black e se este quiser, os Lucha Bros, Cody Rhodes & PAC vão sofrer num Eight-Man Tag Team Match.

A seguir foi transmitido um video package com imagens do AEW Women’s World Championship Match do Full Gear, assim como uma promo de Tay Conti, que está determinada em recuperar da derrota e um dia tornar-se campeã.

De volta ao backstage, a AEW Women’s World Champion Britt Baker foi entrevistada e explicou que está farta da luz dos holofotes e por isso quer falar de quem será a primeira TBS Women’s Champion, Jamie Hayter, tendo feito vários elogios à britânica.

– Nyla Rose venceu Hikaru Shida (Quartos-de-Final do TBS Women’s Championship Tournament): Hikaru Shida entrou melhor no primeiro combate destes quartos-de-final, mas Nyla Rose focou o seu ataque no joelho esquerdo da lutadora nipónica. Nyla Rose dominou durante vários minutos, mas fora do ringue acabou por ir contra uma cadeira e isso virou o rumo deste combate. Serena Deeb tentou estragar o combate à sua rival, mas esta manteve-se na luta.

Os minutos finais tiveram várias quase vitórias por parte das duas lutadas, mas a “Native Beast” garantiu a vitória quando aplicou o Stretch Muffler na perna lesionada de Hikaru Shida, que não teve outro remédio que não desistir.

A seguir tivemos Malakai Black, que continuou a ameaçar Cody Rhodes, pelo que a rivalidade entre os dois vai continuar.

De regresso ao ringue tivemos MJF, a dizer que é o lutador mais completo do mundo e que ele merece ser o próximo AEW World Champion, e que ninguém na AEW está ao seu nível, mas foi então que tocou a música de CM Punk. Depois de um cara a cara entre os dois, MJF apresentou-se e CM Punk riu-se na cara do jovem lutador e foi-se embora.

Nos bastidores, Darby Allin foi entrevistado e estava a explicar que não quer tirar um tempo para recuperar e quer lutar contra o maior e mais forte que a AEW tiver para oferecer. Foi então que Billy Gunn interrompeu o lutador e explicou que o combate entre eles acontecerá quando Darby Allin quiser. O segmento terminou com Darby Allin a aceitar o desafio do veterano.

Em seguida tivemos a SuperKliq, que explicou que os Young Bucks ainda estão lesionados e então Adam Cole quer fazer equipa com Bobby Fish no Rampage, para destruir os Jurassic Express (Jungle Boy & Luchasaurus).

– Dante Martin & Lio Rush venceram The Acclaimed (Anthony Bowens & Max Caster): Dante Martin & Lio Rush nem deixaram os The Acclaimed acabar a sua entrada e começaram logo a voar de um lado para o outro, tendo quase vencido este combate em poucos segundos. Contudo, os The Acclaimed conseguiram aguentar a ofensiva dos seus adversários e viraram o ímpeto a seu favor. Dante Martin foi dominado então durante vários minutos, mas conseguiu fazer o tag a Lio Rush, que meteu a quinta mudança e o combate aumentou de velocidade.

Os minutos finais foram bastante equilibrados e as duas equipas quase venceram por várias vezes, mas no final a maior agilidade de Dante Martin & Lio Rush foi decisiva, e o “Man Of The Hour” venceu depois do Frog Splash.

Assim que o combate terminou, a Team Taz apareceu e pela voz do líder de equipa voltaram a oferecer um lugar a Dante Martin no grupo.

A seguir ouvimos os Jurassic Express e Christian Cage, e este último explicou que vencer os SuperKliq foi uma das melhores noites da sua carreira. Já Jungle Boy explicou que pode já não ter barba, mas a mudança dentro de si veio para ficar e que no Rampage vai acabar com Adam Cole e Bobby Fish de vez.

Ainda nos bastidores tivemos os AEW World Tag Team Champions Lucha Bros (Penta El Zero Miedo & Rey Fenix) a insultar os FTR (Cash Wheeler & Dax Harwood), e os dois luchadores explicaram que no próximo Dynamite vão mostrar que os Death Triangle e Cody Rhodes são o melhor quarteto do Wrestling.

– TNT Champion Sammy Guevara venceu Jay Lethal: O main event começou de forma equilibrada, mas Jay Lethal mostrou toda a sua experiência ao fazer das costelas lesionadas de Sammy Guevara o seu alvo preferencial de ataque, isto ao ponto do “Spanish God” ter sido assistido pelo médico da AEW.

Ainda assim, essa lesão não parou Sammy Guevara, que continuou a dar tudo, tendo até tentado um Swanton Bomb da terceira corda para uma mesa fora do ringue, mas Jay Lethal desviou-se e tudo indicava que íamos ter um novo campeão.

Mas Sammy Guevara mostrou grande perseverança e mesmo lesionado, depois de duas grandes joelhadas aplicou o seu GTH e reteve o TNT Championship.

O AEW Dynamite terminou com os dois lutadores a cumprimentarem-se e com os Inner Circle a saudarem tanto o TNT Champion Sammy Guevara como Jay Lethal.


O que achaste do AEW Dynamite desta semana?

15 Comentários

  1. L26MC2 semanas

    Infelizmente ainda não vou poder assistir ao show porque trabalho, mas porra!!! Vamos ter já um MJF vs Punk!!! Isto sim será a primeira rivalidade a sério do Punk, se for uma rivalidade para durar 3 combates, o Punk deve ganhar 2 e perder 1.

    Andrade, Cody, Pac e Black, andam bastante perdidos, podiam ter rivalidades a solo, isto de misturar outros lutadores e criarem combates de equipas, é só chato. Podíamos ter um melhor card semanal, aí está um dos pontos fracos, para a baixa audiência. Os fãs já começam a enjoar, porque são 4 dos maiores talentos que já podiam estar a rodar em outras rivalidades.

    Lethal vs Guevara, deve ter sido um ótimo combate.

  2. Facebook Profile photo

    O Bryan é heel na AEW?
    Como trabalho, só tenho tempo para uma promotora e às vezes espreito AEW quando é o wrestler que me interessa, daí fazer esta questão. Os combates lá são fantásticos mas não tenho a noção de como vão as coisas lá. Por exemplo os campeões, os shows mais importantes e quem é heel ou face

    • Na AEW não fazem tanto a distinção entre heel e face, por exemplo o Moxley e o Kingston tanto rivalizam com faces como hells, simplesmente têm aquela personalidade e pronto.
      O Bryan tambem tem mostrado muito mais atitude do que na WWE em que era o típico underdog, mesmo sendo face quer mostrar que é o melhor e para isso quer vencer todos os lutadores da AEW.
      Mesmo assim foi incrível o público vaiar logo o Bryan quando enfrentou o Hangman, o Adam Page está mesmo muito over. Faz-me lembrar quando vaiaram o Punk no combate com o Eddie

    • Facebook Profile photo

      Faz sabem que page merece o momento! Cowboy shit!

  3. Mais um bom episódio, destaque ao confronto do Bryan e do Hangman
    – Promo do Kenny já a plantar o início da provavél feud Elite vs Undisputed Era
    – Que belo confronto do Hangman e do Bryan. Ver o Bryan ser vaiado mesmo antes de dizer algo de mal foi incrível, só mostra o quanto o Hangman é popular. E ainda bem que a AEW lhe deu o título, temi mesmo que o dessem ao Bryan num Omega vs Bryan II, mas felizmente a AEW não esquece os seus originals
    – Bryan vs Uno foi um bom combate e serviu o propósito, incrível como o Bryan sem nenhum turn consegui ser tão vaiado
    – Promos do MJF e do Eddie serviram o propósito, a rivalidade do Eddie e do Daniel deve servir para dar uma vitória ao Eddie que já precisa
    – A rivalidade Malakai, Andrade, FTR, Cody, Pac, Lucha começa a ficar muito chata mesmo, já é bem altura de seguir em frente
    – Promo da Britt, serviu o seu propósito, colocou over a Jamie Hayter e plantou o início da rivalidade com a Thunder Rosa
    – Shida vs Nyla foi bom, não há muito mais a dizer
    – Punk vs MJF foi incrível, mal posso esperar por isto, vai ser muito lindo de ser as promos dos dois, era o que mais queria ver quando o Punk regressou e mal posso esperar
    – Promo do Darby, parece que vamos ter Billy Gunn vs Darby, serve para dar uma vitória ao Darby depois da derrota com o MJF, acho interessante de se ver
    – Lio & Dante vs Acclaimed, bom combate, não me acredito que o Dante se junte á team Tazz
    – Quanto ao Futuro Cole & Fish vs Jurassic Express acho interessante e mais uma ver a preparar uma futura reunião da original Undisputed Era, falta chegar o O´Riley
    – Lethal vs Sammy, que belo combate. Só podia com dois lutadores deste calibre, curioso para ver o futuro do Jay Lethal

  4. Facebook Profile photo

    Finalmente uma rivalidade a sério, Punk x MJF.

    • Pro wrestling not sports entertainment2 semanas

      Ok pra ti eddie vs punk foi fraco e? Deram nos uma promo do cacete, e toda a rivalidade foi de uma intensidade incrível, como a muito não se via! E kenny vs hangman?

    • Facebook Profile photo

      Punk x Eddie deu uma boa promo sim, mas so isso, foi demasiado curto para considerar uma rivalidade a sério

    • ??2 semanas

      Ele deve ter se referido as feuds do Punk desde que chegou Pro wrestling not sports entertainment.

    • Pro wrestling not sports entertainment2 semanas

      Tiveste uma promo bastante intensa, do melhor que houve, no combate conseguiste ver ódio, deixaram transparecer isso, rivalidade e isto!

  5. Kay Orton2 semanas

    Eddie Kingston conseguiu fazer CM Punk ser vaiado no Full Gear e agora Hangman conseguiu que Bryan Danielson também fosse vaiado, tudo isso num período muito curto. Isso parece ser bobo mas pra mim é interessante demais.

  6. Show sólido do início ao fim. Gostei bastante do segmento de celebração do novo AEW World Champion “Hangman” Adam Page (digo com toda a segurança que é o maior babyface do Wrestling na atualidade) e da forma como Bryan Danielson “respondeu” às vaias (contracena muito boa), os dois Tag Team Matches também foram decentes, aquela interação entre CM Punk e MJF “fez crescer água na boca”, e o main event mostrou do que Jay Lethal é capaz na AEW e acabou por ser uma boa retenção do TNT Championship para Sammy Guevara.

  7. El Cuebro2 semanas

    Lethal vs Sammy foi um grande main event hein, agora entendo porque tiraram o Lethal da Foundation na ROH, a AEW já o tinha na mira e aconteceu, quem sabe o restante da stable também venha! Bryan vs Page promete também, acho que o Bryan será um heel temporário, no mais Punk vs MJF seria main event em muitos lugares hein!

  8. Anónimo2 semanas

    Bom segmento entre o Adam Page e Bryan, vai ser interessante ver esta rivalidade. Boa interação entre o MJF e Punk, espero que saía daqui uma rivalidade longa para o Punk. Destaco também o main event, foi um bom combate.