A AEW transmitiu esta quarta-feira mais uma edição do Dynamite no canal TBS, especial Grand Slam, a partir do Arthur Ashe Stadium em Queens, Nova Iorque, rumo ao WrestleDream de 1 de Outubro.

Resultados

– NJPW STRONG Openweight Champion Eddie Kingston venceu ROH World Champion Claudio Castagnoli (Title vs Title Match)
Chris Jericho venceu Sammy Guevara
– Rey Fenix venceu AEW International Champion Jon Moxley
– AEW Women’s World Champion Saraya venceu Toni Storm
– AEW World Champion MJF venceu ROH World TV Champion Samoa Joe

Vídeos

Watch Wrestling

Report

Este Dynamite Grand Slam teve quatro combates com títulos em jogo, tendo o main event sido o embate entre o AEW World Champion MJF e o ROH World TV Champion Samoa Joe, pelo título do primeiro.

13 Comentários

  1. The Name5 meses

    Eddie ganhou em casa! 👏🏻🔥

  2. The Name5 meses

    Esperemos que o Mox esteja bem, pena o reinado acabar tão cedo, mas deve ter sofrido uma concussão depois de não ter reagido ao primeiro pinfall, que tenha aquelas férias que ele merece e volte mais forte 🙏🏻

  3. Moxley se lesionou? Espero que não seja algo grave

  4. AEW Dynamite – ⭐⭐⭐⭐
    Eddie Kingston vs Claudio Castagnoli – ⭐⭐⭐⭐, este combate teve quase de tudo, teve história, teve bons movimentos, bons spots, e finalmente o Eddie venceu o ROH World Championship, estava mais que na hora!
    Chris Jericho vs Sammy Guevara – ⭐⭐⭐, falharam alguns spots cruciais especialmente aquele finisher do Jericho para finalizar o combate, o que realmente salvou o combate foi o que aconteceu a seguir com o Guevara a escolher a stable do Don Callis.
    Rey Fenix vs Jon Moxley ⭐⭐⭐⭐, o combate estava a ser bom, houve bons movimentos, o Moxley funciona muito bem contra high flyers, pena a lesão do Moxley e mesmo que tenha sido por lesão do Mox, é muito merecido o Rey ser novo campeão, ele próprio não queria acreditar, de referir que o árbitro teve muito mal porque o próprio Moxley teve de avisar o árbitro para perder o combate.
    Saraya vs Toni Storm ⭐⭐⭐, estou a gostar da nova personagem da Toni Storm mas este combate foi meio estranho, esperava mais das duas.
    MJF vs Samoa Joe ⭐⭐⭐⭐, só não dou 5 estrelas porque o final do combate não foi dos melhores, ora o MJF leva um pontapé nos tomates e um finisher e consegue se safar? Estiveram mal nesse momento, tudo o resto foi simplesmente uma maravilha de combate, tal como o opener teve muita história envolvida mas também gostava de ver o Roderick Strong vs MJF, e digo-vos continuo a só ver 2 nomes a tirar o título ao MJF, um é o seu fiel amigo Adam Cole que cheira-me que estão à espera dos UE novamente de volta, e o outro chama-se Bryan Danielson.

  5. Pena pelo Samoa Joe não se ter tornado campeão novamente. Entendo terem mantido a Saraya como campeã, mais tarde a Toni será campeã de novo. Bons combates neste dynamite.

  6. Gostei:
    – Claudio Castagnoli (c) vs Eddie Kingston (c). Um combate brilhante entre estes 2, com o Eddie finalmente a ter o momento que tanto merece! Eddie é World Champion! Voltando ao combate, teve psicologia muito boa e a história esteve presente o tempo inteiro. Terminamos esta feud numa nota brilhante, com Claudio e Eddie a apertarem mãos no fim. Vejam este combate!
    – Chris Jericho vs Sammy Guevara. Mesmo com a sua idade, o Jericho ainda consegue sacar de uns combates muito bons e este foi um desses. Ainda estou de boca aberta com aquele Shooting Star Press a ser revertido num Codebreaker. O segmento pós-combate foi exatamente igual ao segmento entre Jericho e Shawn Michaels na WrestleMania 19 e foi executado muito bem. Sammy Guevara na Don Callis Family é algo que me interessa, vamos ver como corre.
    – Jon Moxley (c) vs Rey Fenix. O conteúdo do combate foi muito bom, como se seria de esperar. Estes 2 são brilhantes nos seus próprios estilos e combinaram-nos muito bem. A lesão do Moxley forçou o final improvisado e uma mudança de título que, aparentemente, não era para acontecer. Esperemos que o Moxley esteja bem. Ele conseguiu sair pelo próprio pé, o que dá bons sinais, mas já li aqui no site que foi uma concussão e isso não é brincadeira nenhuma. Certifiquem-se que ele está mesmo bem antes de voltar. Palavra negativa para o árbitro: mesmo que não seja o final planeado, se o wrestler não dá kick-out, contas o 3!
    – Toni Storm vs Saraya (c). Já disse aqui o quanto eu amo a Toni Storm? Ela é incrível. Este combate foi uma agradável surpresa. Possivelmente o melhor combate da Saraya desde que chegou, nem que seja só por aquela sequência onde a Toni, uma mulher bissexual, beija a Saraya, casada com um idiota profundamente homofóbico, e depois espeta-lhe com uma Piledriver. O público no final estava por detrás da Toni e, com esta derrota, espero que a personagem dela fique mais instável e que traga mais ótimos momentos.
    – Samoa Joe vs MJF (c). Isto é wrestling na sua forma mais simples e pura. O babyface que todos querem que vença contra o monstro heel que quer acabar com ele. E funcionou brilhantemente. A vinheta com o MJF a imitar o Bret Hart antes do combate é perfeita. O combate em si tem ação muito boa (nomeadamente aquele spot de arrepiar onde o MJF cai de pescoço na ring apron), sequências muito boas, um tremendo selling do MJF ao seu pescoço, o drama do Adam Cole vir ao ring (e a lesionar-se pelo caminho, que não seja nada de grave igualmente) para o motivar a continuar. E depois o momento engraçado do MJF vencer com batota e o Cole a esconder as provas do árbitro. No final do show, não podia pedir algo melhor que isto. Não consigo dizer que seja um dos meus candidatos a melhor combate do ano pelo final, preferia que o MJF vencesse limpo, apesar do facto que teve piada ele a vencer sujo. Vejam este excelente main event pelo AEW World Title!

    Overall: 9.5/10. Uma noite incrível de wrestling e, facilmente, o melhor Dynamite do ano. Queria dar o 10 mas o final assustador de Moxley e Fenix fez-me temer pelo pior. 2 histórias terminaram em definitivo e criaram uma nova dinâmica na storyline de Guevara e Jericho ao juntar Sammy Guevara com Don Callis e eu estou interessado em ver no que isso dará. Destaco o show inteiro e volto a desejar as melhoras a Jon Moxley e Adam Cole, ambos lesionados.

  7. lol5 meses

    saturadíssimo do reinado do mjf e aqui perdeu-se uma grande oportunidade para acabar com ele.

  8. André Taker5 meses

    Última hora.
    Mustafa Ali saiu da WWE.
    Confirmou há bocado essa situação.

  9. André Taker5 meses

    A Emma também foi dispensada.

  10. André Taker5 meses

    Aliyah também foi dispensada.

  11. Anonimo _BR5 meses

    Impressionante como o Samoa Joe faz excelentes combates. Acho q é um dos lutados mais subvalorizados q existem. Deveria ter tido muito mais valorização na WWE, a mesma q ele teve no TNA…

  12. Anónimo5 meses

    Ótimo main event.