A AEW transmitiu esta quarta-feira mais uma edição do Dynamite no canal TBS, a partir da UW-Milwaukee Panther Arena em Milwaukee, Wisconsin, rumo ao Forbidden Door do próximo domingo, dia 26 de Junho.

A AEW ainda não disponibilizou todos os vídeos do show no seu canal de YouTube.

Resultados

– Orange Cassidy & Roppongi Vice (Trent Beretta & Rocky Romero) venceram United Empire (Will Ospreay, Mark Davis & Kyle Fletcher)
– Malakai Black venceu Penta Oscuro (All-Atlantic Championship Qualifying Match)
– Hangman Page venceu Silas Young
– Toni Storm venceu Marina Shafir
– Jon Moxley & Hiroshi Tanahashi venceram Chris Jericho & Lance Archer

Vídeos

Watch Wrestling

Report

O Dynamite abriu com Bryan Danielson no ringue e este começou por falar do Forbidden Door e de como terá excelente Wrestling, tendo a seguir falado do completo oposto que é o Blood & Guts.

A seguir explicou que estava ansioso para enfrentar Zack Sabre Jr. e mostrar que ele é o melhor lutador técnico do mundo, e para destruir Chris Jericho e o seu grupo no Blood & Guts, mas que infelizmente não o poderá fazer, mas para ninguém se preocupar com a sua saúde, pois ele está melhor que nunca e irá recuperar.

A boa notícia é que ele irá escolher alguém para enfrentar Zack Sabre Jr. e ele escolheu alguém que está ao seu nível a nível técnico e que irá dar aos fãs o melhor combate técnico que algum dia irão ver.

Depois de ter dito que os fãs só irão saber no Forbidden Door, o segmento terminou com Zack Sabre Jr. na zona de entrada a mandar umas farpas ao “American Dragon”.

Nos bastidores, Jon Moxley falou de tudo o que a Jericho Appreciation Society lhe tem feito, e que o seu grupo irá destruir Chris Jericho e os seus amigos. O “Purveyor of Violence” a seguir falou do combate contra Hiroshi Tanahashi, é o maior combate da sua vida e que ele está decidido em mostrar que é o “Ace” do mundo do Wrestling.

– Orange Cassidy & Roppongi Vice (Trent Beretta & Rocky Romero) venceram United Empire (Will Ospreay, Mark Davis & Kyle Fletcher): Os Roppongi Vice & Orange Cassidy entraram melhor neste opener, mas fora do ringue, Will Ospreay & Aussie Open viraram o ímpeto a seu favor. Este trio isolou Trent Berreta durante vários minutos, mas este conseguiu aguentar e fez o tag a Orange Cassidy que com a sua ofensiva pouco ortodoxa virou o combate do avesso.

O “Freshly Squeezed” e Will Ospreay deram-nos uma pequena amostra do que irá acontecer no próximo Domingo, tendo as quase vitórias começando a aparecer e no final, no meio de todo o caos, Orange Cassidy acertou um Orange Punch em Kyle Fletcher e venceu esta contenda.

Já com os IWGP World Tag Team Champions Jeff Cobb & Great-O-Khan perto do ringue, o United Empire preparava-se para atacar os seus rivais, mas os ROH World Tag Team Champions FTR (Cash Wheeler & Dax Harwood) vieram ao ringue e o grupo da NJPW decidiu sair de cena.

Nos bastidores, Jay Lethal, Sonjay Dutt e Satnam Singh gozaram com a ausência de Samoa Joe, tendo Jay Lethal exigido que o “Samoan Submission Machine” lhe desse o ROH TV World Championship.

De regresso ao ringue tivemos Christian Cage a ser entrevistado or Tony Schiavone, e não perdeu tempo a insultar os fãs na arena, sendo que a seguir afirmou que é uma lenda e que os fãs não deveriam festejar quando Jungle Boy o eliminou numa Battle Royal, e que decidiu estudar o jovem e que teve de ir para as redes sociais, que são um nojo, em especial a parte onde os fãs de Wrestling dão a sua opinião.

Christian Cage afirmou que Jungle Boy até tem talento, mas que não tem mentalidade para vencer e que ao contrário de outros, ele não está aqui para ajudar os mais jovens, está aqui para fazer dinheiro e que os mais jovens deveriam tentar ter combates que as pessoas falassem durante mais que uns dias, tal como ele fez.

O veterano continuou a insultar Jungle Boy e a família deste, tendo até dito que a mãe do jovem tem é pena que ele não queira ser o pai de Jungle Boy, e que é bom que o pai do jovem esteja morto, para não ter de ver a vergonha que o seu filho se tornou.

Luchasaurus veio ao ringue e ainda pensou em atacar Christian Cage, mas este lá conseguiu com falinhas mansas acalmar o “dinossauro”.

Nos bastidores, os AEW World Tag Team Champions Young Bucks & Kyle O’Reilly falaram nos bastidores e não perderam tempo a insultar Darby Allin & Sting, tendo anunciado que no Forbidden Door os Young Bucks irão juntar-se a Hikuleo e El Phantasmo para enfrentar uma equipa liderada pelo “Stinger”.

– Malakai Black venceu Penta Oscuro (All-Atlantic Championship Qualifying Match): Penta Oscuro entrou melhor, mas rapidamente Malakai Black com os seus strikes virou o combate a seu favor. O líder da House of Black dominou durante vários minutos, mas o luchador voltou a equilibrar e rapidamente as false finishes foram começando a surgir.

A agressividade nunca diminuiu de intensidade, sendo que Penta Oscuro até acertou um Fear Factor da segunda corda, que de forma incrível não lhe deu a vitória, e ainda fez com que o luchador ficasse lesionado, o que abriu espaço para que Malakai Black com um Spinning Heel Kick vencesse este embate e se qualificasse para o Fatal 4-Way Match do Forbidden Door que terá o All-Atlantic Championship em jogo.

Com PAC já em ringue, Miro apareceu no titantron e este continuou irritado com o seu Deus, sendo que no Forbidden Door irá destruir todos os seus adversários e fazer com que eles conheçam o seu criador.

Em seguida tivemos um video package de Wardlow a explicar que está à espera que o TNT Champion Scorpio Sky recupere e quando isso acontecer, ele lhe irá tirar o título.

– Hangman Page venceu Silas Young: Este embate começou de forma agressiva, com Hangman Page no domínio tanto dentro como fora do ringue.

Silas Young conseguiu virar o ímpeto a seu favor com alguma batota e dominou o ex-AEW World Champion durante alguns minutos, mas o cowboy nunca se dá por vencido e com um Superplex equilibrou as contas.

As quase vitórias foram aparecendo, mas no final, Hangman Page meteu o pé no acelerador e depois da sua Buckshot Lariat, conquistou mais uma vitória.

Assim que o combate terminou, Adam Cole ia interromper, mas foi também ele interrompido pelo IWGP World Heavyweight Champion Jay White que afirmou que o líder da Undisputed Elite não poderia enfrentá-lo pelo seu título.

Já em ringue, o “Switchblade” afirmou que “Hangman” também não podia enfrentá-lo, mas este não quis saber e tivemos uma brawl entre os três, sendo que até parecia que Adam Cole ia atacar Jay White, mas foi então que ouvimos uma moeda a cair e tivemos a chegada de Kazuchika Okada à AEW. Os quatro envolveram-se numa brawl, que acabou com Jay White e Adam Cole a fugir.

Nos bastidores, a TBS Champion Jade Cargill, Keira Hogan insultaram Kris Statlander, enquanto Stokely Hathaway afirmou que está à procura de uma nova Baddie.

Continuando pelos bastidores, Kris Statlander e Athena gozaram com Jade Cargill e Stokely Hathaway, tendo dito que até podem haver 20 Baddies, mas elas as duas e Willow Nightingale irão continuar a dar cabo delas.

– Toni Storm venceu Marina Shafir: Este embate começou de forma técnica e quando Toni Storm parecia que ia aumentar a velocidade, Marina Shafir com os seus strikes e Nyla Rose nas costas do árbitro, fez com que a neozelandesa ficassem em apuros.

A lutadora moldava controlou de forma dominante durante vários minutos, mas Toni Storm com um DDT fora do ringue virou o combate do avesso. Nyla Rose ainda tentou interferir, mas Toni Storm com um pin rápido apanhou a sua adversária e venceu o combate.

Assim que o combate terminou a “Native Beast” atacou Toni Storm, mas a AEW Women’s World Champion Thunder Rosa veio em auxílio da sua rival, que acabou por usar o título para tirar Nyla Rose de ringue, algo que não agradou à campeã.

Nos bastidores, Darby Allin & Sting afirmaram que Kyle O’Reilly está é com medo e que eles irão enfrentar o Bullet Club, ao lado de Shingo Takagi e Hiromu Takahashi.

A seguir tivemos um video package a promover o combate entre Andrade e Rey Fenix que acontecerá no Rampage.

– Jon Moxley & Hiroshi Tanahashi venceram Chris Jericho & Lance Archer: O main event começou de forma caótica, com a dupla de Jon Moxley & Hiroshi Tanahashi a dominar, isto até Sammy Guevara nas costas da árbitra atacar o lutador do Blackpool Combat Club, e assim Chris Jericho & Lance Archer ficaram no domínio.

O “Wizard” e o “Murderhawk Monster” dominaram durante vários minutos, mas o “Purveyor of Violence” foi aguentando e quando fez o tag ao “Ace” este virou o combate a favor da sua equipa, tendo quase vencido-o sozinho.

Este embate foi ficando bastante caótico com o passar do tempo, sendo que Chris Jericho quase venceu depois de contra-atacar o High Fly Flow com o seu Walls of Jericho, mas Hiroshi Tanahashi foi sobrevivendo, no final, Jon Moxley acertou o Paradigm Shift em Lance Archer, tendo o “Ace” acertado mais um High Fly Flow e conquistou assim a vitória.

Assim que o combate terminou tivemos Jon Moxley e Hiroshi Tanahashi num cara a cara dentro do ringue que durou minutos, isto enquanto a Jericho Appreciation Society, Lance Archer e Minoru Suzuki estavam envolvidos numa grande brawl com Eddie Kingston, Wheeler Yuta, Santana e Ortiz, algo que nem os árbitros, nem os oficiais da AEW conseguiram parar.


O que achaste deste AEW Dynamite?

42 Comentários

  1. El Cuebro2 dias

    Zack Sabre Jr na área hein, bem que falaram que ele estava nos USA e o Bryan deixou o mistério no ar, mas eu acho que sei quem irá substituí-lo, um certo ROH Champ, Jon Gresham pode fazer a melhor luta de pro-wrestling técnico da história, pelo menos uma delas enquanto o Bryan não está disponível por lesão!

    • Rooben2 dias

      Cesaro is All Elite

    • El Cuebro2 dias

      É algo que eu realmente gostaria de ver, um grande recomeço para a carreira dele, certamento o Claudio/Cesaro merece isso demais, todos queríamos ver mais dele na WWE, que venha! E torço para que o Gresham venha também, quem sabe Bray, esperemos!

  2. Facebook Profile photo

    Que combate de abertura!

  3. Dark Nash2 dias

    Só na AEW mesmo pra ver o Orange Cassidy e a Roppongi Vice vencerem a equipe do Ospreay.

    • Cuca Beludo2 dias

      Sinto cheiro de hater do Orange Cassidy.

  4. Cuca Beludo2 dias

    Como eu senti falta do Christian Heel

  5. Willow2 dias

    Uma pergunta, o ring da aew é menor em relação ao da WWE ou é só impressão devido ao ângulo que geralmente o show é filmado?

  6. Willow2 dias

    Miro x Black x PAC vai ser monstruoso.

    • Cuca Beludo2 dias

      Faltou o Tomohiro Ishii, vai ser uma Four-way match, e sim vai ser monstruoso.

    • Willow2 dias

      É verdade esqueci de mencioná-lo, o fatal 4 será brutal e já deixo minha aposta no Miro.

  7. Facebook Profile photo

    Decidi dar mais uma oportunidade ao dynamite visto que era um go home show. Boa promo do christian, o heel turn ja tardava. Deve ser dificil ter lutas mais previsíveis do que as da aew. Quando nao o são é porque a equipa da mascote comica da empresa vence uma suposta “estrela” da njpw, que pela forma como a aew as apresenta, sao tudo menos estrelas. Nao ha video packages para o pessoal como eu, que nao conhece estes lutadores, ter o minimo de informação sobre os mesmos. Isto e um show unicamente para os harcore fans, e nao ha tentativa nenhuma de alargar o público, depois admiram se das audiencias. O tony khan parece que so sabe bookar rivalidades de uma forma: ataque dos heels, run in do babyface para salvar o rival, ficar 1 minuto no meio do ring a encara lo. A build para o ppv foi fraquissima e os combates sao incrivelmente random. Also, o jericho tem uma stable de pai 7 gajos, por alma de quem e que ele fez equipa com o lance archer? E aquele final…ate percebi a ideia, mas foi tudo feito de forma tao amadora que quase deu vergonha alheia. Mas para o pessoal daqui isto deve ter sido excelente, e ainda bem, cada um com os seus gostos.

    • Rio de Janeiro2 dias

      Para mim foi excelente mesmo. Como você disse, cada um com seus gostos.

    • JOAOPEDROOOOOOO2 dias

      David, o que achavas dos build ups das storylines na A.Era onde a maioria dos main events dos ppv eram marcados 2 shows antes apenas?

    • A aew vai transmitir o count down to Forbidden Door na sexta e ai que eles vão colocar muita videopackage boa, a aew tem os road to também que tem video packages, por isso o que disseste não faz muito sentido porque as coisas estão disponíveis e só pesquisar e também podias dar tempo a NJPW… o Will Ospreay venceu na semana passada num grande combate, achar que ele não está a ser posicionado como uma estrela na aew é no mínimo ridículo…

      Combates previsíveis? Depende de show para show, A WWE é muito mais previsível…

    • E o jericho estar a juntar-te ao archer faz sentido porque o archer no Japão e membro dos suzuki-gun e o suzuki vai fazer equipa com o jericho no domingo, para isso e que se deve ver o count down to forbidden door e os road to, para perceber o que está por trás disto tudo

    • Facebook Profile photo

      Joao pedro, nao sei, nao era nascido nessa altura😂. Simao, nao duvido que as video packages sejam boas, a minha questao e precisamente essa, eles tem bom conteúdo informativo desse, por alma de quem nao metem isso no show semanal em vez dum programa qualquer que nao tem nem metade da atencao que o dynamite? Eu nao deveria enquanto consumidor do produto ter de procurar a informação, devem ser eles a dar-ma. A questao do jericho e a mesma coisa, eu nao sei de que equipa e que o archer faz parte no japao, mas também ninguem me diz. E mais uma vez, o jericho tem uma stable de 7 pessoas, porque e que vai fazer equipa com esse japonês em especifico? Dai o “card super random”. Quanto a previsibilidade, nao concordo, se ha coisa que a wwe nao tem sido (fruto do caos daquele backstage) e previsível. Na aew, os 4 primeiros campeoes mundiais estavam escritos na testa quais iam ser, nao havia suspense nenhum nos combates porque ja se sabia quem ia perder para o titulo para quem.

    • Facebook Profile photo

      Na minha opiniao claro.

    • Facebook Profile photo

      Estou 100% de acordo com o David no que toca à previsibilidade.

      Lembro-me que a única crítica que apontei na altura ao excelente show que foi o All Out, foi mesmo a previsibilidade dos combates, acertei facilmente nos resultados todos. O main event foi talvez o mais previsível da curta história da AEW.

      A nível de lutas pelo título Mundial, as únicas que me deixaram um pouco dividido foram: Moxley x MJF e Page x Danielson, de resto sempre pareceu tudo um bocado óbvio.

      Gostava de ver a AEW a arriscar mais neste apecto, sair da zona de conforto e surpreender os fãs. Eu por exemplo, não me importava nada de ver o Tanahashi a ganhar o título mundial, já que a lógica toda aponta para a vitória do Moxley. Gostava de ver mais cenários destes a acontecer, como já aconteceu várias vezes com o título TNT.

    • O problema do Tanahashi ganhar o título e que ele vai emediatamente fazer o G1 não fazia sentido coroar ele como campeão pra andar com o título no Japão.

      Mas na minha opinião tu precisas de saber quem é que está posicionado para saber quem será o próximo campeão

    • Facebook Profile photo

      Então lá está, mais favoritismo para o Moxley. É verdade que neste caso não faz sentido coroar o Tanahashi com o título, mas então sinceramente não sei porquê que o puseram a lutar pelo título tendo isto em conta.

      Não entendi o que quiseste dizer com o último parágrafo.

  8. Jesussss, mal posso esperar pelo Fatal 4-Way Match!!!!
    Qualquer um dos 4 lutadores merece o All-Atlantic, mas estou pelo Malakai!!!

  9. L26MC2 dias

    Quando o Bryan falou em lutador para o substituir e foi falando em lutador técnico, veio-me logo à cabeça o Cesaro, visto que os fãs adoram ele e querem muito o seu regresso aos ringues, seja qual for a empresa.

    Deixar também a opinião que apesar de não ter sido uma estrada tão bem construída e com muitos obstáculos, acho que o PPV não irá desiludir. Se isto tornar-se mesmo anual, vai melhorando muito ano para ano, este ano foi apenas aprendizagem, para o ano já deverão fazer as coisas com mais cabeça e talvez com storylines à mistura.

    • A AEW também teve azar, logo dois dos top guys não vão poder estar presentes, fizeram o melhor que podiam…

  10. Mais um bom show da AEW . O Adam Page não vejo um combate dele que seja mau. A WWE se quiser um Wrestler aserio contrate o Hangman Adam Page.

  11. Willow2 dias

    Me tirem esta dúvida, o ringue da AEW é menor que o da WWE e Impact ou é apenas o ângulo da transmissão que passa esta impressão?

  12. Cebola2 dias

    Nem se quisessem conseguiram fazer um show ruim!!! Ansioso demais para o Forbidden Door

  13. Zoro2 dias

    Meu que PPV brutal !!!!
    Ah esquece, não foi um PPV, mas parecia.
    Que show magnífico, adorei! Começou com – Orange Cassidy e Will Ospreay, e já era de esperar que a equipa de Orange vencesse o combate para deixar aquela duvida, mas Ospreay vai vencer sem combra de duvidas!
    Malakai Black vs Penta Oscuro, aqui também era de esperar que Malakai vencesse mas foi o melhor combate do torneio, foi magnífico!!! E eu adorava que Pac vencesse o título mas tem Miro e Malakai que são favoritos e Malakai deve mesmo vencer porque ainda não ganhou nada desde que chegou à AEW.
    O combate de Hangman Page a meu ver serviu só para dar mais uma vitória e foi um aquecimento para o PPV, nada de mais mas o que se passou a seguir ao combate foi enorme! Estou mais entusiasmado para o combate do IWGP World Heavyweight Championship do que do o interino.
    Quanto à Toni Storm só espero que vença o título, bem merece e estou a gostar muito dela na AEW, é uma wrestler de topo e finamente está a ter a atenção que merece!
    Jon Moxley & Hiroshi Tanahashi vs Chris Jericho & Lance Archer, era de esperar também este desfecho mas acabou muito bem o show, e deixa-me entusiasmado para o que virá no PPV.

  14. Dark Nash2 dias

    A United Empire só foi pra AEW pra perder, desnecessário …

    • DaniFixe2 dias

      Nem por isso,mas não é uma Stable ainda muito forte para estar a ganhar fora do Japão.

    • coiso2 dias

      Está 1-2 neste momento…

    • El Cuebro2 dias

      Realmente é um tanto estranho considerando o ímpeto que foi gerado para o Ospreay que é o líder da stable, tecnicamente eles poderiam ter mais resultados positivos, mas é coisa do momento, nem se sabe se eles irão aparecer mais nos shows da AEW além dessa trilha para o Forbidden Door, então acho melhor esperarmos mais um pouco!

    • The Name1 dia

      Não têm contrato com a aew, é normal eles perderem, mas deram espetáculo, o Ospreay vai ganhar no domingo, daí também terem perdido esta quarta feira.

  15. El Cuebro2 dias

    Foi só impressão minha ou os lutadores japoneses que apareceram ou lutaram ontem no Dynamite estavam meio “travados”, digo ou com receio de fazer certos movimentos ou se movendo meio devagar mesmo?! Notei isso no Tanahashi e no Suzuki principalmente.

    • coiso2 dias

      Oui. Pensei: se lutarem assim no main event será uma seca de todo o tamanho.

    • The Name1 dia

      Provavelmente não se queriam lesionar antes do evento, com o azar deste mês com as lesões que a AEW têm tido, não vale arriscar, mas domingo vai ser 🔥

  16. I2G2 dias

    É uma pena a AEW não poder contar com Punk, Bryan e Omega, provavelmente os 3 mais mediáticos do roster, mas ainda assim a NJPW apresenta todo o seu star power e acredito que poderemos ter um evento brutal.

  17. Anónimo1 dia

    Uma pena o anuncio do Bryan, que tenha uma boa recuperação. Boa promo do Christian. Bom combate ente o Malakai Black vs Penta Oscuro. Destaco também aparição do Okada, já era sem tempo! O combate pelo IWGP World Heavyweight Championship, promete.

  18. Gostei:
    – Entrevista com Bryan Danielson, interrompido por Zack Sabre Jr. Um segmento fantástico para começar o show. Esperemos que Danielson volte rápido. Quanto ao seu substituto, já sonho com o ex-Cesaro.
    – United Empire vs CHAOS. Um combate bem divertido entre estes 6, com belas sequências.
    – Promo do Christian Cage, que acaba por manipular o Luchasaurus. Isto vai ser o Christian da TNA, ou seja, o melhor Christian. Adoro que uma parte desta promo foi basicamente “o teu pai está morto, a tua mãe quer comer-me, vai-te f*der”. Eu adoro o Christian heel. Uma autêntica masterclass em promos de heels. Vejam esta promo!
    – Penta Oscuro vs Malakai Black. Um bom combate, com aquele package piledriver a ser o grande destaque. Foi divertido de se assistir.
    – Adam Page vs Silas Young. Boa estreia de Young na AEW, com uma ótima exibição apesar de ter perdido. Após o combate, tivemos um segmento entre Page, Cole, White e o estreante Kazuchika Okada!!! Vão ser estes 4 no Forbidden Door pelo título de Jay White. É preciso dizer mais o quão fantástico este segmento foi?
    – Tanahashi & Moxley vs Jericho & Archer. Um ótimo combate para introduzir Tanahashi aos desconhecedores. Não deu tudo, mas teve bem. Moxley e Jericho igualmente.

    Não Gostei:
    – Toni Storm vs Marina Shafir. Medíocre, nada de substância. Shafir teve melhor mas ainda longe de um nível bom e não deu assim grande ímpeto para a Toni.

    Overall: 6.5/10. Foi bom, mas não me satisfez as medidas como um go-home show. Pareceu um show normal, e isto devia ter sido algo especial, considerando que o próximo PPV vai ser histórico! O destaque vai para a promo do Christian, bem como Okada. Os combates foram bons mas nada por aí além.