Durante o Dynamite Holiday Bash da passada quarta-feira tivemos um combate entre Nyla Rose e Ruby Soho a contar para as semi-finais do TBS Women’s Championship Tournament, que foi ganho pela “Runaway”.

No entanto, durante a entrada da “Native Beast”, tivemos um triste momento em que um fã das primeiras filas levantou um cartaz que dizia “Nyla Rose is that’s guy dad” ou seja “Nyla Rose é o pai daquele rapaz”. Este era um cartaz claramente transfóbico, tentando denegrir a lutadora da AEW.

Durante a sua entrada e lendo o cartaz, Nyla Rose reagiu da melhor forma possível, apontando o dedo do meio ao fã. Felizmente, este também não durou muito mais tempo dentro do Greensboro Coliseum, tendo sido expulso pela equipa de segurança a mando dos responsáveis da AEW.

Ainda assim, o momento foi percebido pelos fãs, amigos e familiares da lutadora e partilhado nas redes sociais.


Achas que a AEW agiu bem em expulsar este fã pelo cartaz apresentado?

14 Comentários

  1. Triste ver gente com esta mentalidade tão atrasada, parece que há gente que não evolui

  2. Blissful11 meses

    O mínimo. Deveria ser preso, inclusive. Infelizmente nos EUA isso AINDA não é crime, mas se até aqui no Brasil a lei já está contra esses imbecis, é só uma questão de tempo mesmo.

  3. Lucas11 meses

    AEW fez mais do que certo em expulsar esse criminoso. Não podemos mais tolerar esse tipo de preconceito enrustido de “liberdade de expressão”. Digo mais, a AEW, em tão pouco tempo, conseguiu se tornar ainda mais inclusiva que a própria WWE. Indivíduos que compactuam com qualquer tipo de intolerância, favor, nem fazer questão de responder meu comentário, pois não tenho tempo com gente tapada.

  4. Rei de lisboa11 meses

    muito bem, assim é que é, já está na altura de olhar mais para ciência e para a história, e perceber que ser trans, gay, bi, ou o que for, é normal, e temos que normalizar isso. Esse tipo de discriminação tem de acabar. Sobretudo nos desportos. e no wrestling. E eu percebo a religião, eu sou ateu, mas já fui cristão e fui um ignorante, respeito a crença de cada um, mas isso já chega. Apesar de achar mito e ofensivas sobretudo o cristianismo,o judaismo e o islamismo, mas eu ás religiões eu respeito Se vcs(só para os lgbtsfobicos não para todos) não concordam, respeitem. só isso.

  5. El Cuebro11 meses

    Eu vi isso acontecendo e realmente tem pessoas que não se ajudam, gostei da atitude da Nyla também e muito bem que a AEW expulsou essa pessoa, esse não é fã de wrestling, se fosse não faria tal coisa!

  6. Pena que não levou uma surra das boas após o ocorrido. A mulher está lá, lutando, dando seu melhor e entretendo os fãs e é obrigada a ver uma cena dessas. As pessoas não estão nem aí se vão machucar as outras ou não.

  7. ??11 meses

    Nyla mandou bem.

  8. Fizeram muito bem e ainda levavam uma multa!

  9. JOAOPEDROOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO11 meses

    A empresa fez o correcto. Uma coisa é a pessoa querer ter liberdade como há 20 anos atrás, mas é escusado trazer de volta as coisas más e os abusos e ofensas.

  10. Facebook Profile photo

    Eu a AEW faria melhor…
    Sempre que aquele sujeito fosse para entrar num espetáculo deles era barrado! Ia para uma lista negra de pessoas que estavam proibidas de entrar.
    E supondo que isso existe mesmo, sera que o homem já não se encontra neste momento nessa lista? Era bem merecido!

  11. Anónimo11 meses

    Situação lamentável.

  12. Alexandre11 meses

    quero ver os homens trans nos esportes masculinos também, cadê? Só vejo mulher trans nas divisões femininas, porquê será….???

  13. Undertaker11 meses

    Ué, expulsar pra que? Deixa o cara, todos devem ser livres, não acha? Se esse pessoal pode ser livre pra queimar a rosca pq o cara não pode expressar uma opinião dele? kkk Quanto mi mi mi