No final do Dynamite desta quarta-feira, La Faccion Ingobernable (Andrade El Idolo, Rush & Dragon Lee) perderam para os The Elite (Kenny Omega & Young Bucks), na primeira ronda AEW World Trios Championship Tournament.

Quem não gostou mesmo nada desta derrota foi Andrade El Idolo, que no final do combate atacou Dragon Lee, enquanto RUSH e Jose The Assistant ficaram a observar, dando a entender que estavam a apoiar o ataque.

Durante o ataque, a máscara de Dragon Lee acabou por sair da sua cabeça, deixando a sua cara exposta, o que foi tentado ser evitado pelas câmaras. Muitas dúvidas ficaram no ar se isto foi algo intencional ou se foi involuntário.

Tudo aconteceu em poucos instantes, já que a AEW teve alguns problemas relacionados com o tempo do show. Segundo Dave Meltzer no Wrestling Observer Radio, era suposto e estava planeado que esta parte final fosse mais longa.

Apesar do combate ter sido relativamente longo, com 21 minutos de duração, era suposto ser ainda maior, e alguns fãs conseguiram notar o despachar dos momentos finais do Dynamite.


Qual a tua opinião sobre esta traição? O que pensas sobre este apressar do show por falta de tempo?

1 Comentário

  1. El Cuebro2 meses

    Estranho algo acontecer assim dentro da Facción, digo Rush e Lee já tiveram momentos separados e também com um sendo heel e o outro face, basta olhar para os tempos de ROH e NJPW, mas não queria ver algo assim no grupo para tão já, espero que tenha sido só algo como o que houve entre Walter e Marcel, agora perder a máscara assim é uma desonra hein, espero que a AEW não tenha mostrado o rosto do Lee!