Batista fala de Undertaker e shows da WWE na Arábia Saudita

3 meses 7

Apesar de ter estado com Triple H nos ESPY Awards da ESPN, nos últimos dias, Batista tem sido bastante crítico na resposta a alguns questões que lhe têm colocado sobre a WWE. Já tinha feito críticas sobre o processo criativo da companhia e agora, de certa forma, voltou a fazê-lo relativamente a outros temas.

Numa recente entrevista com Tom Philip para a GQ, Batista recebeu algumas questões relacionadas com Wrestling. O “Animal” foi questionado sobre o seu combate contra Triple H na WrestleMania 35 e respondeu que ficou bastante feliz e satisfeito com o mesmo.

Batista afirmou que foi mesmo o seu último combate, que nunca mais voltará a lutar. No entanto, admitiu que há a possibilidade de voltar à WWE com outro papel. E que devia ser esta a atitude de muitas outras lendas e antigas estrelas, voltar para terem outros papéis e não pelas “razões erradas”.

Esta resposta levou o “The Animal” a falar sobre os shows da WWE na Arábia Saudita, que têm contado com o regresso de várias lendas da WWE, como foi o caso recente de Undertaker e Goldberg no Super Showdown. Combate que Batista acha que nunca devia ter acontecido.

Sobre o combate, Batista disse o seguinte:

Eu liguei-lhe. Eu liguei ao Undertaker e disse-lhe “Há alguma forma de te fazer mudar de ideias?” e ele riu-se. Eu sabia que não o iria conseguir fazer pensar de outra forma. Ele disse “Parecia bom quando começámos a falar sobre isto a primeira vez”. Eu apenas vi os highlights, que na verdade foram lowlights. Não foi bom. As circunstâncias foram más. Eu acredito que o Undertaker regressou por boas razões. Ele voltou porque ele ainda ama o que faz. Mas desejava que o utilizassem da forma correta. Acho que um combate contra Goldberg foi uma forma errada. Acho que não é bom para ninguém, especialmente não é bom para os fãs. Eu não iria à Arábia Saudita sequer. Não quero saber contra quem seria o combate. Simplesmente não iria.

O “The Animal” falou assim sobre um dos casos mais polémicos da WWE nas últimas semanas, o Super Showdown e o main-event entre Undertaker e Goldberg que não correu conforme as “expectativas”. Batista aproveitou assim a oportunidade para voltar a criticar a WWE, desta vez em relação à utilização que a companhia dá a algumas das suas lendas.


Concordas com Batista quando ele defende que as lendas da WWE devem ser usadas de outra forma que não a lutar?

7 Comentários

  1. Showstealer3 meses

    Geralmente o Batista costuma estar certo nas suas observações e esta análise não é exceção. Acho que a WWE tem de se focar mais no roster atual pois são eles que vão estar por lá no futuro e não as antigas glórias, que deveriam ser restringidas a aparições surpresa ou algo do género.

  2. Até tem razão no que diz.

  3. Wwe is rollins3 meses

    Homem de poucas palavras conservador mas faz sempre declarações convincentes

  4. Kauê Silva3 meses

    Há de se concordar com o Batista, agora ele falou bem e certo!

  5. Anónimo3 meses

    Concordo.

  6. therocker773 meses

    Com o cachê que os árabes dão queria ver se recusava.

    Contudo concordo em absoluto com o que ele diz

  7. Pedro Duque3 meses

    Há muitas coisas que posso não concordar com o Batista mas em relação á sua opinião em que ele diz que o combate entre Undertaker e Goldberg nunca deveria ter acontecido neste ponto estou a mil por cento de acordo com ele

Comentar