Batista é um dos maiores nomes da Ruthless Aggression Era da WWE, e conquistou o seu primeiro WWE Championship derrotando Triple H na WrestleMania 21.

Esta quarta-feira, para celebrar o seu 54º aniversário, Batista recorreu ao Instagram para partilhar um vídeo em que faz uma reflexão sobre esse grande momento, que segundo ele, mudou a sua vida por completo.

WrestleMania 21, este é o fim do combate e não acredito que isso esteja a acontecer neste momento. Eu não posso acreditar nisso. Isso aconteceu tão rápido, onde eu fui de um lutador de segundo plano que eles nunca tiveram grandes planos para ser o lutador mais importante da empresa para agora eu ser a cara, sou o lutador que segura o título.

Muita responsabilidade vem com isso. Eu estava tão despreparado. Eu não estava preparado para o que estava a vir na minha direção. Triple H foi o meu mentor, ele preparou-me o melhor que pôde até então. Chegou a um ponto em que eu estava no topo e tinha que seguir sozinho. Ainda foram muitas lições de aprendizado depois disso. Fui lançado no fundo do poço.

Eu não planeei isso. Assistir deixa-me emocionado. Eu simplesmente nunca planeei isso. Quando eu lutava, ficava feliz por ter um emprego e sempre a pensar que perderia o meu emprego a qualquer momento. Tornar-me campeão mundial foi algo que nunca imaginei.

Eles sempre dizem: “Por que queres estar lá se não queres ser campeão?” Eu estava contente apenas por ter um emprego. Eu só queria ganhar a vida, poder sustentar a minha família. Ser campeão e estar no topo da empresa era algo que estava além dos meus sonhos.

Comigo, são sempre pequenos passos. Eu encontro as coisas quase por acidente, e então eu as persigo assim que descubro que realmente amo alguma coisa. Eu coloco tudo o que tenho nisso, coloco viseiras e às vezes isso é uma falha. Sacrifiquei algumas coisas por causa disso, mas a minha vida é o que é por causa disso. Isso ainda é surreal, de assistir.

Batista lutou pela última vez na WrestleMania 35, contra Triple H. Nos últimos anos tem estado focado em Hollywood, tendo já participado em vários filmes, como: Guardians of the Galaxy, Avengers: Endgame, entre outros.

De notar que o “The Animal” era para ter sido induzido no WWE Hall of Fame em 2020, e depois desta aproximação à WWE e de ter estado nos bastidores do último SmackDown de 2022, talvez o seja este ano.

Aqui é possível ver a reflexão do antigo campeão mundial:


Achas que Batista será induzido no WWE Hall of Fame deste ano?

11 Comentários

  1. L26MC2 semanas

    Saudades quando tinhas duas caras na empresa.
    Uma no SmackDown (Batista) outra no RAW (Cena). Quando aproximava-se o Survivor Series, as cenas eram quase sempre épicas.
    Só de imaginar que tínhamos este dois como caras das 2 marcas e depois tínhamos lutadores que conseguiam ser tão populares e até ter tanto Star Power quanto eles, era incrível.

    • Victor Silva2 semanas

      Imagino que deve ter sido incrível! Quando comecei a acompanhar WWE, já era meados de 2012. Só tinha o Cena, Cm Punk em ascensão, Triple H só fazia lutas esporádicas, Shawn Michaels já havia se retirado, Undertaker era Part-Timer, e o Batista já não estava mais na empresa… basicamente era o fim dessa era com todos esses lutadores clássicos

    • Surf2 semanas

      Punk em ascensão em 2012??? Punk já estava no prime nesse ano, 2007/08 foi o Punk em ascensão

    • Victor Silva2 semanas

      Me referindo a WWE, não fora dela

    • The Undertaker2 semanas

      Você pode achar que o Batista era o cara do Smackdown, e o Cena do Raw, eu já achava que o Undertaker era do SmackDown, mas o Batista era sim um nome importante, mas em segundo lugar, minha opinião.

  2. DC2 semanas

    Bons tempos.

  3. JOAOPEDROOOOOOO2 semanas

    Foi realmente fantástico. A entrada do HHH na WM21 foi brutal, mas todo o build-up dos evolution foi enorme. O Batista faz o seu regresso aos evolution atacando o campeão mundial que era apenas o Goldberg. Brutal

  4. Bons tempos! Saudades de ver o “The Animal” em ring

  5. El Cuebro2 semanas

    Eram bons tempos com certeza, uma outra era da WWE, sem tantas complicações, burocracia, ideias ou personagens ruins, etc, confesso que queria ver o Batista de volta aos ringues para uma luta definitiva, aquela contra o Hunter até foi boa, mas poderia ter sido melhor, fora que ele merece seu lugar no Hall of Fame que já deveria ter vindo!

  6. Facebook Profile photo

    Ainda lembro das palavras do JR “the beast as been unleash”

  7. Anónimo2 semanas

    Teve uma boa carreira o Batista.