Boas a todos nesta grande casa que é o Wrestling PT!

Apesar de não haver um PPV que a AEW considera como o seu PPV nº1, a sua “WrestleMania” por assim dizer, visto que realiza apenas quatro PPVs por ano, e por isso todos têm um nível de qualidade e atração muito semelhante, o que é certo é que aos olhos de muitos fãs, como é o meu caso, se tivesse que haver um PPV que a AEW considerasse como o seu principal evento do ano, tal seria o All Out. Foi exatamente este evento que a AEW realizou à poucos dias, um evento que já tinha de antemão um card extremamente interessante e algumas perspectivas de surpresas, sendo que a AEW não dececionou em nada na hora de entregar. Diria até que se há um ponto forte que a AEW sempre teve foram os seus PPVs e a capacidade de entregar excelentes combates e momentos, e não só este PPV seguiu o mesmo caminho, como pode muito bem ser considerado como o melhor evento da história da AEW.

Muitos dirão que a AEW não tem uma única identidade e que tenta ser a junção de muita coisa, algo que pessoalmente concordo, mas que não tomo propriamente como desvantagem, afinal, numa promotora de wrestling moderno, com cada vez menos fãs para os quais se possa falar, ter um produto diverso, com vários estilos de wrestling, com várias personalidades diferentes em que sintamos que não vemos sempre a mesma coisa só pode ser considerado, a meu ver, uma enorme vantagem, mesmo que, como às vezes digo e critico, a AEW vá demasiado longe em alguns aspetos. Ora, este PPV foi exatamente o reflexo desta ideia, consistindo num evento muito diversificado e muito rico, cheio de combates diferentes, de estilos diferentes, de rivalidades diferentes, a gosto de quase todos os fãs de wrestling.

E este PPV veio mesmo no momento certo, dado que a AEW tem vindo a construir um momentum que nunca havia tido até agora, levando já várias semanas de um milhão de espetadores do Dynamite, de conversa à volta do CM Punk, Bryan Danielson, Adam Cole, etc., com um belíssimo roster que foi formando ao longo dos últimos meses, que é muito melhor do que aquele com que começaram em 2019, dado que não só foi adicionando talentos conhecidos e reconhecidos como tal, como vários dos seus lutadores com os quais eu tinha várias objeções à sua presença em TV se tornaram melhores ou pelo menos mais toleráveis. Passada esta pequena introdução, o plano para hoje é uma análise ao que foi este All Out, combate a combate.

8 Comentários

  1. Facebook Profile photo

    Bom artigo, concordo com algumas coisas e outras não!

  2. Sandrojr2 semanas

    Melhor ppv da AEW e melhor ppv do ano, talvez o melhor ppv dos últimos 5 anos, ótimo artigo.

  3. Tomylee Joness1 semana

    Bom artigo.

    Em relação as burladas de regras nas lutas, o Tony Khan e outros já falaram publicamente que preferem que as lutas aconteçam daquele jeito, a grande maioria do publico esta focado se divertindo nos momentos que isso proporciona, e são poucos que vão focar mais nas regras do que na ação, por isso eles não tem problema em fazer isso em algumas lutas, é o jeito deles.

    Os mais puristas vão se incomodar um pouco, mas faz parte.

    Eu estou do lodo da galera da AEW nessa questão, eu gosto da bagunça kkkkkkk.

  4. Vitor Oliveira1 semana

    Só espero que não metam o Aew world champ. pro Punk ou Bryan, até pq o Page é merecedor

    • Facebook Profile photo

      Obrigado pelo comentário. Pessoalmente também torço para que o Page tenha a sua vitória sobre o Omega e ganhe o título.