Frank casino

Nos últimos dias e em entrevista à ESPN, para além de ter dado a sua opinião sobre os combates cinematográficos na WWE, Bray Wyatt também falou de como é trabalhar com John Cena, de ganhar o seu respeito, lembrou o Firefly Fun House Match que os dois tiveram na WrestleMania 36.

John Cena é uma pessoa tão querida, não é? Que querido que o John Cena é. Que pessoa tão querida. Já passei por tanta coisa com o John Cena. É incrível para mim vê-lo, da estrela que ele sempre foi transformar-se numa estrela de cinema gigantesca.

John Cena é o tipo de pessoa que precisas de ganhar o respeito dele, porque ele não o dá facilmente. Então ouvir isso, para mim e Seth [Rollins], é algo importante, porque como eu disse, John Cena é uma grande estrela. Isso é um marco para mim e para o meu legado. Acho que é muito bom.

Já sobre o Firefly Fun House Match da WrestleMania 36 contra John Cena, Bray Wyatt disse o seguinte:

Foi algo louco. Quando eu cheguei à arena, quando eu passei a porta e não estou a brincar – foram 48 horas, simplesmente apaguei a minha mente. Foi como se tivesse sido teletransportado para outro lugar no tempo. Foi muito louco, do que me lembro, foi muito louco.


O que achas desta declaração de Bray Wyatt sobre como é trabalhar com John Cena?

11 Comentários

  1. Hugo4 semanas

    Bom….
    Agora fiquei curioso,quem mais é que o Bray Wyatt acha querido?
    Quem será o próximo lutador a ser tão tão querido?
    Mas que afirmações são estas vindas do Bray”the Fiend”wyatt? Agora sempre que vir um combate dele,será sempre um combate “querido”.
    Os lutadores têm que ter cuidado com o que dizem,tem de proteger mais a sua “persona” que usam no ringue. Não há problema algum do Bray achar o Cena ou outro lutador “tão querido”,mas não deve dizer isso nos media pois isso mancha a personagem que tem no ringue.
    Desde quando é que o The Fiend acha seja o que for querido?podem dizer mas não foi o the Fiend que disse foi o Bray,isso não interessa é igual.
    Depois admiram-se das personagens não conseguirem ter a “força ” que podiam e deviam ter.

    • Infelizmente esse é um mal já recorrente nos dias de hoje superstars quebrarem o kayfabe em redes sociais, entrevistas etc

    • Surf4 semanas

      Es um querido tbm Hugo, quando não das hate na wwe

    • Little John4 semanas

      Não vejo mal nenhum nestas declarações, pelo contrário, aqui podemos ver que o Bray é uma simpatia na personagem do firefly fun house. Existe uma diferença absurda entre a personalidade Bray e a personalidade the fiend e nestas declarações é sem dúvida Bray

    • Acho errado malta como tu Hugo nao saber distinguir estar em WWE TV e estar fora de personagem,que é o que acontece neste caso.
      Hoje em dia existe social media e imensas formas de comunicar e é dificilimo manter esse “kayfabe”

    • Concordo contigo Little John.

    • Facebook Profile photo

      Oh Hugo, não fiques assim, também és um querido <3

    • Hugo3 semanas

      Bom….
      Pedro obrigado pelas suas palavras,você também é um “querido”.

    • A.M.G.3 semanas

      O personagem do Windham Rotunda é um que sofre de múltiplas personalidades. Existe o Bray “Cult Leader” (que retornou recentemente), um megalomaníaco com complexo de divindade. Existe o Bray “da Funhouse”, o amigável, que aparenta até ter certo medo de seu alter ego, mas que no fundo ainda é um líder de culto megalomaníaco. E existe o The Fiend, o “verdadeiro” Bray Wyatt, sem as máscaras (por isso a ironia dele usar uma), o que é um ser descontrolado e monstruoso.

      Claramente as declarações do Bray na entrevista foram no seu personagem “Funhouse”. Até mesmo se nota pela linguagem, a repetição, uma coisa mais “infantil”, o que tange a esta personalidade.

      O “The Fiend” não poderia dar uma entrevista. Até agora, mal o vimos falar.

    • Hugo3 semanas

      Bom….
      Obrigado por esse tão completo esclarecimento acerca das variadas personas do Rotunda.
      Mas o que há a reter aqui é que as stars não deviam quebrar o kayfabe seja o Bray daqui ou o Bray dali,simplesmente não o deviam fazer e pronto.

  2. Anónimo4 semanas

    São boas declarações. E não é de admirar, outros lutadores já elogiar o John Cena.