Bret Hart é um dos melhores lutadores da história do Wrestling, e é conhecido não só por tudo o que conquistou no ringue, mas também por ser alguém que não tem medo de dar a sua opinião sobre outros lutadores.

Um dos alvos predilectos de Bret Hart é Hulk Hogan e em entrevista ao CQC Radio, o “Hitman” não perdeu tempo a mandar mais uma farpa ao “Hulkster”, dizendo que já ninguém luta como este, mas sim como ele próprio.

Eu levei o Wrestling para um caminho diferente, penso eu. Quando se olha para os lutadores de hoje, eles não lutam como Hulk Hogan, eles lutam como Bret Hart. O Wrestling tem tudo a ver com acção, velocidade e com contar uma história, e penso que foi aí que eu entrei.

De notar também que Bret Hart foi induzido no Hall of Fame do Canadá, fazendo parte da classe de 2021, ao lado de várias outras celebridades, em especial Keanu Reeves.


Pensas que Bret Hart tem razão ao dizer que os lutadores de agora lutam como ele lutava?

10 Comentários

  1. BigMando6 meses

    E disse alguma mentira? Um dos melhores lutadores de todos os tempos. O Hulk Hogan era mais uma personagem do que literalmente um lutador, o que ele fazia no ringue era básico

  2. Finalmente ouvimos o Bret a sair da timidez e a dizer a mais pura verdade!!! Não só ele como, na minha opinião, a Natalya mudou a antiga geração da Divas Division (junto com a Naomi), mas mudou.

  3. Verdade, ele o Shawn provaram que não é preciso ser um tipo muito grande para se ser uma grande estrela, estes guiaram a revolução para o excelente wrestling que vemos hoje em dia. Uma pena a WWE estar a tentar levar o wrestling de volta aos anos 80

  4. ??6 meses

    Lutam mais como o Shawn Michaels do que como o proprio Bret.

  5. El Cuebro6 meses

    Falou bem!

  6. André Nicola6 meses

    Excelente entrevista. Melhor wrestler com quem trabalhou… Claro. Mr Perfect

  7. L26MC6 meses

    Discordo em certo ponto. Por mais que o Bret possa ter razão, o wrestling também precisa de um herói do povo, alguém que venda, que traga audiências e se olharmos bem para a história os maiores nomes, foram lutadores que pouco faziam em ringue, Hogan, Cena, Batista, Reigns e esses nomes estão sempre nas histórias principais, as histórias que todos querem ver.

    Hoje em dia o público está órfão de boas storylines, do que propriamente de bom wrestling, porque isso encontramos em qualquer empresa.
    Lembro-me de ser miúdo, ligar a TV para ver SmackDown, Raw e ECW, na SIC Radical e nem notava ou passava-me ao lado o que era um lutador limitado, uma má luta etc, só queria mesmo ver o programa e divertir-me com aqueles lutadores que tinha na minha PlayStation e que semanalmente estavam ali no meu ecrã.
    Por isso é que gostava que a WWE, deixasse os lutadores serem mais libertos nem ringue e preocupasse-se mais com os guiões e storylines que ia apresentar.

    • Facebook Profile photo

      Exatamente.

      Enquanto ser humano pode-se apontar tudo e mais alguma coisa ao Hogan (do que é público, claro), mas o impacto dele no mundo do Wrestling é maior do que o de qualquer outro lutador na história (o The Rock veio a tornar-se numa celebridade a nível mundial mas muito fruto da carreira em Hollywood).

      Devemos ter começado a ver Wrestling na mesma altura, porque essa também era a minha programação, hehehe. O meu primeiro show foi a Wrestlemania 23. Eu na altura queria lá saber se o Great Khali só sabia fazer 3 ataques, ligava a televisão todas as semanas para ver aquele monstro. Para ver o Boogeyman a comer minhocas, para ver o Undertaker a fazer coisas sobrenaturais, para ver alguém a dar uma coça ao Edge ou para ver o John Cena a celebrar uma vitória.

      Penso que os fãs hoje em dia ligam muito à vertente técnica dos combates, quando a magia do Wrestling nunca esteve verdadeiramente aí. Com o tempo fui aprendendo claro, a valorizar esta vertente, e a respeitar pessoal como o Bryan, o Styles ou o Davey Richards. Mas o que sempre vendeu verdadeiramente foram as histórias e as personagens.

    • O facto de esses nomes existirem não significa que tenham de existir… Shawn Michaels, Bret Hart, Kurt Angle, Daniel Bryan e Eddie Guerrero foram heróis (não duraram foi tanto tempo nesse papel) e eram wrestlers exímios tecnicamente.

  8. Ele falou muito bem sem dúvidas!