O nosso YouTube está de volta. Subscreve!
Frank casino

A fechar o WWE Raw desta semana tivemos o Fist Fight Match entre a equipa de Kevin Owens, Samoa Joe & Big Show e a equipa de Seth Rollins & AOP. Durante a semana foram especuladas quais seriam as regras desta estipulação, que a WWE só revelou durante esta segunda-feira.

No fundo, o Fist Fight Match foi um Last Man Standing Match entre seis lutadores, mas sem a contagem de 10 do árbitro. O árbitro é que ordenou quando é que o combate acabava, quando visse que uma das equipas já não estava em condições de prosseguir no combate.

Este combate até começou bem para a equipa de Kevin Owens, Samoa Joe & Big Show e a certa altura até parecia que estes iriam vencer. Kevin Owens e Samoa Joe despacharam os AOP junto à stage e mesa de comentadores, enquanto Big Show despachava Seth Rollins bem no centro do ringue. Esta Cannonball do “Prizefighter” foi um dos momentos altos deste combate, salvando Samoa Joe das mãos dos AOP.

No entanto, a grande surpresa aconteceria a seguir. Buddy Murphy ainda estava sentado fora do ringue, desnorteado por ter perdido pela terceira vez contra Aleister Black, e acabou por ser decisivo neste Fist Fight Match. Seth Rollins pediu ajuda ao lutador australiano e, quando menos se esperava, este atacou Big Show com um low blow, ajudando depois o “Monday Night Messiah” a atirar o gigante através de uma mesa que estava no ringue.

De volta ao stage, os AOP conseguiram inverter o domínio de Samoa Joe e Kevin Owens e despachá-los na mesa de comentadores. Os dois lutadores ficaram assim “arrumados” deste combate e a atenção focou-se depois apenas no ringue, onde Big Show fazia frente a Seth Rollins e Buddy Murphy.

Os AOP voltaram ao ringue e pegaram em Big Show para uma grande Powerbomb! Esta primeira Fist Fight da história terminaria pouco depois, quando Seth Rollins aplicou o Blackout em Big Show. Com Samoa Joe e Kevin Owens de rastos na zona da mesa de comentadores e Big Show estendido no chão do ringue, o árbitro não teve outra hipótese que não parar o combate e atribuir a vitória ao grupo a Seth Rollins & AOP.

Já depois do combate ter terminado, tivemos os festejos do grupo e um abraço entre Seth Rollins e Buddy Murphy, confirmando que o lutador australiano se juntou ao grupo do “Monday Night Messiah”.

O que achaste deste Fist Fight Match a fechar o WWE Raw? E achas que Buddy Murphy pode ter futuro como membro do grupo liderado por Seth Rollins?

13 Comentários

  1. Showstealer1 mês

    O combate teve de ser curto devido à falta de tempo, mas até foi porreiro e teve spots brutais.
    Esta inclusão de Buddy Murphy na stable liderada por Seth Rollins é deveras interessante, vamos ver se começa a ganhar regularmente agora que terá mais proeminência no Raw.

    • Joao Silva1 mês

      Sinceramente só para colocar o Aleister Black na feud

    • Showstealer1 mês

      Talvez, mas sendo assim ainda bem para os dois porque não saíram da rivalidade para ficarem esquecidos (especialmente Buddy Murphy, que saiu por baixo).

  2. É bastante agradável ver o Buddy Murphy incluído numa grande Storyline da WWE, é mais que merecido.

  3. Anónimo1 mês

    Inner Circle

  4. Gustavo Noronha1 mês

    Eles colocaram um quarto membro na stable pra ter um combate no futuro contra Undisputed Era.

  5. El Cuebro1 mês

    Que grande combate sem dúvidas, muita ação durante ele todo, grande manobra do KO se aproveitando da rampa de skate! Então o grande push do Murphy é estar na stable do Rollins?! Não gostei muito, mas é questão de se conformar por enquanto.

  6. Cfrp1 mês

    Finalmente Buddy Murphy numa storyline com destaque, acredito que ele apenas esteja no grupo de forma a dar-lhe um push a médio a longo prazo

  7. Pedro Ribeiro1 mês

    Acho que neste momento a criação de um stable é a aposta certa. Existe em todos os shows praticamente (nxt, nxt UK, aew…) logo é uma boa aposta. Aop a serem a força e sempre uma ameaça aos títulos tag, rollins como o main eventer e sempre na Frontline para ganhar o título principal e um talento como o do buddy Murphy para lutar por um título mid card. Grande ideia da wwe e habituem se porque é algo para durar.

  8. Anónimo1 mês

    Gostei do combate apesar de ter durado pouco. Quando a possibilidade de o Buddy Murphy se juntar ao Seth Rollins e aos AOP, até pode ser bom para ele. Assim não cai no esquecimento, e tem algum destaque.

  9. Junior Candido1 mês

    o buddy vai se servir de isca nesse grupo que acabasse de vez seth rollins e os AOP e o the shield 2

  10. O facto de ter sido curto ficou estranho até porque Owens, Samoa e Big Show não são lutadores para serem arrumados tão rápido mas teve que ser..
    Gostei bastante do spot do Owens e da inclusão do Murphy da Stable do Rollins boas expectativas para o futuro do RAW