Como primeiro combate do Raw desta segunda-feira tivemos um Six-Man Tag Team Match no qual o trio de Apollo Crews, Ricochet e Cedric Alexander enfrentou a Hurt Business do WWE United States Champion Bobby Lashley, MVP e Shelton Benjamin, em mais um dos vários combates que já tivemos entre os vários lutadores.

Só que apesar de algum ímpeto ganho pelo primeiro trio durante o combate, quando Apollo Crews estava próximo de fazer o tag para entrar Ricochet, de forma inesperada Cedric Alexander atacou o “One and Only” fora do ringue, antes de entrar no mesmo e aplicar o Lombar Check em Apollo Crews. Quem aproveitou foi Shelton Benjamin, que aplicou de seguida o Pay Dirt para assegurar a vitória no combate.

Depois do combate, tivemos a confirmação de Cedric Alexander a juntar-se à Hurt Business, tal como MVP já desejava há várias semanas. Só que mais tarde, no backstage, Shelton Benjamin avisou Cedric Alexander que é bom que ele faça mesmo parte do grupo e que tudo não seja um esquema do ex-Cruiserweight Champion.

Pouco depois tivemos uma edição do VIP Lounge com Cedric Alexander a explicar porque se juntou à Hurt Business, afirmando que estava farto de levar porrada do grupo e porque percebeu que o mundo do Wrestling serve para fazer dinheiro, e não para fazer equipa com alguém que coloca o seu corpo em risco pelos títulos de outros (Ricochet).

A promo de Cedric Alexander e MVP foi interrompida pelo quarteto dos Viking Raiders, Apollo Crews e Ricochet e tivemos então uma brawl que os Hurt Business perderam, dando origem ao combate seguinte.

Neste novo combate e tal como no primeiro da noite, a Hurt Business saiu vitoriosa. O combate foi bastante agressivo e a Hurt Business dominou durante bastante tempo. O final foi caótico, com os 8 lutadores no ringue ao mesmo tempo e sem a mínima preocupação pelas regras.

No final, depois de um dive de Ivar em que este saiu lesionado, dentro do ringue vimos Cedric Alexander aplicar um Michinoku Driver em Ricochet para a vitória. No entanto, foi uma vitória bastante polémica da Hurt Business, pois a contagem do árbitro não chegou ao três.


O que achas desta mudança em Cedric Alexander ao juntar-se à Hurt Business?

12 Comentários

  1. Que seja bom para ele

  2. Penso que é um bom membro para a stable. Espero que se dê bem.

  3. Facebook Profile photo

    Só faltava o Rico, era força com velocidade 💪🔥

  4. Fico contente pelo Cedric,pode ser que consiga evoluir em termos de personagem com este heel turn,e a Hurt Business é um otimo contexto para ele,e é alguem que da algo diferente à stable.

  5. A WWE desperdíssa lutadores como o Ricochete Porque??

  6. Boa decisão, espero que ganhe os títulos de tags com o Shelton ou MVP e consiga melhorar a personagem dele.

  7. Já estava na hora da heel turn, muito bem espero que ele seja bem aproveitado! Quem se segue mais será que o Apollo vai se cansar de levar porrada e juntar-se? haah

  8. El Cuebro4 meses

    Finalmente isso aconteceu, estava na hora do Cedric ter sua segunda chance, pena que na luta de quartetos o Ricochet levou a contagem, mas seria bom se ele entrasse numa heel turn também, quem sabe entrando para a Hurt Business também, ou então para fortificá-lo no Raw, quem sabe trazendo o Puma da Lucha Underground de volta!

  9. Que possa vencer o título de duplas ao lado do Shelton, e a Hurt Business consiga capturar mais cinturões para dar mais força ao grupo, é uma das melhores coisas da WWE no momento

  10. Anónimo4 meses

    Boa decisão, assim pode ser melhor aproveitado.