Faz login e remove a publicidade
Frank casino

Como já sabemos, Charlotte Flair perdeu o NXT Women’s Championship no NXT TakeOver: In Your House deste domingo, num Triple Threat Match contra Rhea Ripley e Io Shirai. Apesar de não ter sofrido o pin, a “Queen” viu de perto o pin da lutadora japonesa à australiana, depois de um Moonsault.

Pouco depois do NXT TakeOver: In Your House e em reação ao combate que as três tiveram, Charlotte Flair foi até ao Twitter para afirmar que os fãs têm-na visto em muitos ringues ultimamente, mas que partilhar o ringue com Rhea Ripley e Io Shirai foi a continuação de legado que o WWE NXT está a criar na divisão feminina da WWE.

Logo a seguir, a “Queen” acrescentou uma mensagem de parabenização à “Genius of the Sky” pela sua vitória, num tweet que também mencionou várias outras ex-detentoras do NXT Women’s Championship. Charlotte Flair afirmou que o título pertence agora a Io Shirai.

No entanto, ainda antes do NXT TakeOver: In Your House, Charlotte Flair deu uma entrevista ao Sportskeeda em que mencionou algo particularmente interessante.

Em consequência de Tessa Blanchard ser a Impact Wrestling World Champion, um título maioritariamente masculino, Charlotte Flair falou da possibilidade de lutar também por títulos masculinos na WWE, tal como fez Chyna há longos anos. Apesar de não ter afirmado isso convictamente, não descartou a possibilidade.

É algo que quero perseguir, mas se olharmos para a big picture, quando as mulheres são bem sucedidas em diferentes organizações por todo o mundo, todas somos bem sucedidas e ganhamos com isso. Portanto, ela ter tido essa conquista [do título mundial do Impact Wrestling] é incrível.

Devemos todas apoiar e ficar extremamente orgulhosas, como mulheres, porque quando uma está a sair-se bem, todas nos vamos sair bem. Isso foi o que conduziu a Women’s Revolution, portanto não é algo que só ache agora. Não posso ficar mais orgulhosa e feliz pelo que ela tem feito pelas mulheres em todo o mundo.

No entanto, o futuro a curto prazo de Charlotte Flair não deve passar por nenhum título masculino da WWE, mas sim pelo Raw Women’s Championship que está neste momento nas mãos de Asuka. A “Queen” vai voltar a enfrentar a campeã num rematch da semana passada, que terminou em count-out.

Para já é apenas um rematch no Raw numa altura em que Asuka está numa rivalidade com Nia Jax, lutadora que irá enfrentar no Backlash de domingo. No entanto, corre o rumor de que a “Queen” poderá ser a próxima adversária da japonesa numa rivalidade pelo título, com base na história desta não a ter conseguido vencer na WrestleMania 34.

Por onde achas que vai passar ou por onde gostavas que passasse o futuro de Charlotte Flair na WWE?

47 Comentários

  1. Anónimo2 meses

    Isso
    Se vinga pelo namorado e conquista o US Championship

  2. Rock vs cena2 meses

    Sim ótima ideia!
    Charlotte vs Lesnar ganhando a Charlotte e se a wwe não fizer isto é porque é racista, xenófoba e sexista!

  3. Grande LOL. Já agora, ela que tente lutar contra o Lesnar, Lashley, Roman e depois que comente se quer realmente lutar por um título masculino. Eu sei que só lhe falta o MITB e os titulos tag, mas por favor….

  4. Podiam criar um titulo intergenero que só podesse ser defendido com alguma estipulação diferente para promover ainda mais a igualdade de género, mas daí a ganhar um mundial ou universal espero que não.

  5. David2 meses

    Só se for o 24/7

  6. Facebook Profile photo

    Penso que se está a referir ao 24/7 7/11 European Asian American Antarctican anti Hardcore championship!

    • O 24/7 7/11 non sense tv title já foi ganho por Tamina, Carmella, Kelly Kelly, Maria Kanellis, Candice Michell e Alundra Blayze. Concerteza a Charlotte iria dar “prestígio”

    • Facebook Profile photo

      Se o título tivesse Hardcore à mistura (como antigamente) mudava logo a maneira de ver de muita gente. Antes também havia aquelas trocas estúpidas só para entreter, mas por vezes víamos aquelas cadeiradas do nada, holy shit, podia haver a era “Attitude PG” 🤣😏

  7. yuumi2 meses

    Io Shirai tem capacidade de destruir mais da metade do roster masculino da wwe, e nem venham como mimimi. Quanto a Charlotte, seria muito legal ver ela com um titulo intercontinetal.

  8. Rated R2 meses

    era o que mais faltava! Mas estas gajas agora querem tudo, que respeitem masé as divisões

  9. Parece-me que depois do que aconteceu neste último TakeOver, Charlotte Flair voltará ao Raw a full-time (a brand vermelha tem poucas estrelas de topo na divisão feminina) e irá rivalizar com Asuka pelo título no Extreme Rules e/ou SummerSlam.
    Em relação a essa possibilidade da Charlotte lutar por títulos masculinos, porque não? Se Chyna conseguiu ser “levada a sério” como campeã Intercontinental, acho que eventualmente ela poderia vir a ser considerada credível com o título dos EUA.

    • Facebook Profile photo

      Credível só se o Andrade como campeão, faria sentido, de resto acho arriscado. Vou ser frio na minha opinião, ela tirou o exemplo da colega de profissão, mas na WWE acho difícil. Sabes bem que a China tinha um físico que muitos homens não têm. A Charlotte também têm nome para ser levada a sério, é uma jogada arriscada e fica sujeita a ficar “gasta” para os fãs. De resto, está bem onde está porque têm bem com quem lutar. Indirectamente (a divisão feminina já não dá pica)! Eu penso que um descanso seria bom mas ela é uma mulher determinada. Vai ser outra Limousin Riding Jet Flying quando for mais velha 😊🤙

    • Sim, claro que é difícil e eu sinceramente prefiro que não se aventurem nisso. Mas em termos de estatura física e legitimidade na divisão feminina, a Charlotte seria das poucas mulheres (se calhar mesmo a única) do wrestling atual que podia vencer vários lutadores do mid card da WWE que não cairia “o Carmo e a Trindade”. No entanto, percebo o teu argumento e concordo com ele.

    • Facebook Profile photo

      Obrigado Jorge. 🤘

    • No problem, Bruno 😉

  10. Miguell _Legend-12 meses

    Sem dúvida, e quem disser não a uma mulher para ganhar o titulo masculino é machista. Aliás acho até que se a Charlotte não ultrapassar o recorde de 16 títulos mundiais será considerado machismo. Todas as mulheres deviam competir por títulos masculinos sem dúvida….

    Bruhh não…. Já agora proponho o seguinte: Brock Lesnar a vencer o raw women championship.

  11. Bill Rods2 meses

    Completamente ridículo. Por essa ordem de ideias, mandávamos o Apollo Crews contra a Asuka quando perdesse o US Championship, só para haver maior diversidade nas divisões.

  12. Sendo assim acabem com os títulos femininos e coloquem todo ao molho.
    Ou peguem no 24/7 e tornem-no um Intergender Hardcore Title

  13. SBTAKER2 meses

    Elas não precisam lutar por titles masculinos, elas já tem muitos! oras

  14. Tiago Pereira2 meses

    Completamente ridiculo

  15. Se for preciso ainda vai ganhar o Raw Women’s Championship contra Asuka. Porra, comecem a dar oportunidades a outras. Sempre arroz. Sobre lutar por títulos masculinos. Acho que sim e depois também quero ver homens a lutar contra títulos femininos. Igualdade para todos.

  16. Antonio2 meses

    Bater em mulher é crime e dar cadeia/tribunal 🤣😁😁😁😁😁😁

  17. El Cuebro2 meses

    Não sei se lutas intergender funcionariam na WWE, mas quem sabe algum dia!

  18. Fan do Drew2 meses

    Gostava de a ver como campeã dos estados unidos

  19. Alexandre2 meses

    uau!! isso seria ótimo para a credibilidade dos homens e do wrestling de uma maneira geral. Seria demais ver a charlotte ganhando do Drew pelo título da wwe, quem sabe a alexa bliss possa derrotar o Strowman pelo universal tittle, uau!! idéia incrível! Vai pra cozinha mulher!!!

  20. Acho que a Charlotte ou qualquer outra atras de titulos masculinos seria um bocado ridiculo e no contexto da WWE nao faz muito sentido.
    No Impact a situaçao da Tessa é completamente diferente desta,no Impact é mais facil fazer este tipo de coisa,na WWE ja envolve muito mais coisas

  21. Bankonthat2 meses

    Ja agora ponham os viking raiders contra as boss n hug conection pelos titulos de equipas femininas

  22. Se isto acontece se ai é que me desligava completamente do produto actual deles

  23. Anónimo2 meses

    A Charlotte agora deve ficar mais focada no Raw. Quanto a possibilidade de lutar por títulos masculinos, não concordo muito com isso, não vejo necessidade para isso acontecer.

  24. Junior 0072 meses

    Só rindo mesmo dessa daí . 🤣🤣🤣

  25. JOAOPEDROOOOO2 meses

    Se for para ela continuar o que estava a fazer (aparecer em todos os shows), o 24/7 seria o indicado, para valorizar o título, bater nuns jobbers e ter alguns segmentos engraçados dumas “quase tentativas” (ao estilo do que fazia o Eddie Guerrero) e que até podiam ser com o R-Truth ou com o Andrade, porque todos sabem que são casados.

  26. Tiago Massango2 meses

    Nós temos ter uma superstar igual a Chyna para ficar historico e essa superstar clarooo q vai ser a Charlotte

  27. Anónimo2 meses

    Eu não acredito que ela vença o Roman Reigns como vi num comentário aqui nesta página, acredito que a força muscular de um Homem é diferente de uma mulher, o que pode acontecer is o homem considerar a mulher e fazer com que ela vença . Porém existe mulheres fortes também, isto eu respeito. Mas viram o que aconteceu com com o Randy Orton e super women Beth Phoenix? So não se subestima a ninguém!!